Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um caso "bicudo" por resolver

Rui Gomes, em 13.11.13

 

 

Jeffrén Suarez, o avançado espanhol - nascido na Venezuela - que chegou ao Sporting no Verão de 2011 do Barcelona, onde militou durante sete anos. Pelas informações disponíveis terá custado cerca de 3,750 milhões de euros e assinou contrato até 2016. Entretanto o Sporting alienou 25% do seus direitos económicos ao Sporting Portugal Fund por 1,375 milhões de euros e pelos últimos dados conhecidos mantém os restantes 75%.

 

Apesar do seu enorme talento - 30 internacionalizações pelas camadas jovens de Espanha - um historial de lesões e consequentes efeitos psicológicos sempre o impediram de realizar todo o seu potencial. Exibiu este seu talento em algumas ocasiões no Sporting, mas entre outras lesões, períodos de recuperação e baixas de forma, nunca conseguiu afirmar-se.

 

Os detalhes do que terá ocorrido no Verão passado com a nova liderança da SAD não são conhecidos, mas a verdade é que continua a ser um assalariado do Sporting, treina com a equipa B, mas está impedido de jogar por não estar inscrito na Liga.

 

Um caso muito "bicudo" por resolver já que é por de mais evidente que o actual estado das coisas não satisfaz nem o Sporting nem o jogador. Afirmou este recentemente a uma rádio de Tenerife:

 

"Não posso continuar assim. Estou aqui a morder-me para que chegue a reabertura do mercado. Para mim, esta situação é muito incómoda, para o Sporting não sei. Estou aberto a todas as propostas, mas continuar em Portugal é difícil. Nota-se assim tanto que estou como louco para sair ? Mas tenho de ter paciência."

 

Lamenta-se, sobretudo, que tão enorme talento não possa, por vários motivos, contribuir para o desenvolvimento do futebol do Sporting. Terá ou não um salário excessivamente elevado para o orçamento do Clube, mas pelo não rendimento desportivo é óbvio que a SAD terá de resolver a situação quanto antes, não obstante ser um activo com muito pouco mercado. 

 

publicado às 17:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.11.2013 às 22:50

Os casos dos jogadores parados não só são todos e sem excepção inconcebíveis, como pela razão que o provocou completamente inéditos no Sporting. Esta direcção mentiu descaradamente aos sócios e nunca teve quaisquer condições para liderar o clube. Quando os clubes vão para eleições o maior medo com a demagogia dos Azevedos são as rescisões, nesta altura tomara a direcção do Sporting que eles rescindissem todos e ninguém diz nada? Anda muita gente entretida com o bom início de época, no fim saem todos com acordos a dizer maravilhas do clube, ninguém percebe muito bem porquê mas também ninguém faz contas aos prejuízos. Mas há mais casos e ainda mais bicudos que a simples inoperância no mercado, porque nunca tiveram um cêntimo dos muitos milhões que garantiram ter. Ainda tiveram que ceder 10% do passe do Maurício para que o Dionísio Castro desencalhasse o petroleiro, ao que isto chegou. O Maurício tinha é que pagar pelo menos um ano de salários para vir para a Europa e logo para jogar no Sporting.

A propósito do que se está a passar agora, numa fase de construção os resultados dos jogos com os 2 mais sérios candidatos ao título até deviam ser mais relativizados mas também sabemos todos como é que funciona a cabeça das massas adeptas em PT. Ainda potenciar o problema com bazófia costuma dar muito maus resultados. Já os putos que trazemos encostados são casos ainda muito mais sérios e devem ser levados em linha de conta com o que deve ser sempre a gestão desportiva do clube. Não é só com Dier que o que se está a passar no Sporting é um verdadeiro escândalo e já depois do que se passou com Ilori. A verdade é que estamos a deixar cair todos os verdadeiros talentos para ficarmos só com alguns jovens promissores. Dier qualquer dia para jogar só se for na selecção inglesa, mas sem jogar no Sporting? Talvez seja boa ideia começar também a recordar o que ainda dizíamos todos há muito pouco tempo sobre Dier, que falava à leão e tal, porque neste novo Sporting os discursos tendem a mudar em muito pouco tempo, quase como uma moda e sempre à vontade do mesmo freguês. E ainda é o que caracteriza melhor a actual gestão da formação por quem decide tudo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.11.2013 às 23:16

Já há muito que a situação do Dier me incomoda, até mantenho um registo de tudo o que se tem passado com ele e dos minutos jogados. Anda desmotivado e com pouco jogo nas pernas e se assim continuar, pior será.

Depreendo, que pretendem que ele renove além de 2016, mas com estes métodos vão acabar por o perder.

Salvo Jéffren abdicar de muito - contrato até 2016 - não sei como vão resolver este caso. Não espero que apareçam grandes ofertas, nas circunstâncias.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo