Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O presidente adepto

Rui Gomes, em 16.11.13



Para quem estava preocupado que o presidente adepto do Sporting iria abandonar os relvados do futebol pode ficar perfeitamente tranquilo, dado que Bruno de Carvalho afirmou esta sexta-feira, durante a 33.ª edição dos "Rugidos do Leão" na Batalha, que "do banco não sairei. Sabemos o que é um leão. É o rei da selva, o que manda, coordena, o que faz os outros seguir e não segue ninguém" !... Uma frase populista que tem muito que se lhe diga.

Até me é possível identificar a razão, à raiz, desta sua postura: precisamente por estar a viver o seu desde sempre sonho como jogador ou treinador de futebol que nunca foi; só não consigo perceber ele querer fazer acreditar que o faz em benefício do Sporting e não para satisfazer a sua insaciabilidade pessoal pelo protagonismo associado ao futebol e a exposição mediática proporcionada pela sua presença no banco, ora a dar abraços e a gritar em euforia, ora a dar murros nas cadeiras, ora a ovacionar os adeptos, ora a apontar o dedo na cara dos árbitros, ora, até, a querer entrar na roda da equipa em pleno jogo.

Qualquer impacto que ele pretendia no inícío já está exausto - se é que houve impacto - e agora chegou a hora de ocupar o seu devido lugar como líder do Sporting Clube de Portugal e virar as suas atenções para questões de maior importância para o Clube. Diz ele que "não me importa o estilo do presidente", mas quer ele queira quer não, esse estilo reflecte na Instituição que representa e nos milhões de sportinguistas e não é por esse meio que o Sporting vai conseguir recuperar o respeito estraviado nem a sua posição no futebol português.  


publicado às 16:45

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


21 comentários

Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 17.11.2013 às 00:58

"só não consigo perceber ele querer fazer acreditar que o faz em benefício do Sporting e não para satisfazer a sua insaciabilidade pessoal pelo protagonismo associado ao futebol e a exposição mediática proporcionada pela sua presença no banco, ora a dar abraços e a gritar em euforia, ora a dar murros nas cadeiras, ora a ovacionar os adeptos, ora a apontar o dedo na cara dos árbitros, ora, até, a querer entrar na roda da equipa em pleno jogo."

Não conheço pessoalmente BdC.Mas a acreditar no que escreveu estaríamos na presença de um indivíduo irresponsável e narcisista.Custa-me a acreditar.O facto de estar a satisfazer um qualquer sonho não o impede de exercer o cargo com a responsabilidade que se exige...e ter a noção do cargo que ia ocupar quando se candidatou.

Mais preocupante ,sem dúvida, a não materialização dos investidores e parceiros de que se falou na campanha eleitoral.Para levar o Sporting a bom porto não basta um corte da despesa(que tinha que ser feito), é necessário investimento e não vejo capacidade nesta direcção para encontrar meios para adquirir jogadores de um certo nível.
Montero foi um achado:barato...e muito bom.Daí que veja com preocupação a saída de qualquer jogador importante em Janeiro.

A questão do banco:PdC controlou o sistema a partir do banco.É uma piada,está claro.Quando das escutas do "Apito Dourado",ainda se sentava no banco,o que não o impedia de estar constantemente ao telefone com os amigos.
Não acho esta questão muito relevante.Querendo ser optimista diria que,em face da sua total inexperiência,está a aprender o que é um balneário de uma equipa de futebol ,com tudo o que implica.

A questão do populismo:a postura do actual presidente agrada ao típico adepto do futebol-e é preferível ao que se viu com outros presidentes(FSF,p.ex.) em que não havia sensibilidade para o fenómeno do futebol,com tudo de emocional que envolve.O adepto de um clube não é um acionista-mas se não for acompanhada pelos resultados desportivos e pela capacidade de investimento,é inconsequente.

Penso que para muitos,não será aceitável assistirmos em Janeiro ao tipo de situações que vimos no Verão.Espero a resolução dos casos pendentes,talvez algumas dispensas(Welder e Magrão) e 2-3 reforços com qualidade para serem opções para a equipa principal.
Imprescindível,porque não temos plantel para a época e temos óbvias carências em alguns lugares.

Se fizer pelo menos isto,acho a questão do banco irrelevante.
E para o ano claro,espero uma equipa mais ambiciosa...mas teremos muito tempo para falar disso.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.11.2013 às 01:11

Excelente e construtiva análise meu caro. Concordo com o mais essencial, muito embora fosse possível debater com mais profundidade a postura deste presidente, em particular os motivos que o levam para o banco e os múltiplos eventos em que ele adora ser quase mais protagonista do que os próprios protagonistas.

Contrário ao que os seus devotos apoiantes pensam, a minha oposição à sua presença no banco em nada se relaciona com o desejo de o "atacar" - não falta material para isso - mas sim com o meu conceito, assente em muitos anos no ,do que deve ou não ser. Pinto da Costa, nisso e em muito mais, foi um caso excepcional que não serve de exemplo.

Quanto a Janeiro, não podemos esperar outro "milagre" Montero e pelos condicionantes financeiros teremos de aguardar para ver o que vai "sair do saco", se alguma coisa. A grande expectativa será também a resolução ou não dos casos Labyad e Jéffren , já que o de Bojinov está em tribunal.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.11.2013 às 01:14

Perdão, lapso técnico: era suposto aparecer "assente nos muitos anos no futebol".

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo