Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Notícias e Comentários

Rui Gomes, em 18.11.13

 

 
* Leões não admitem negociar Adrien em Janeiro. Querem recuperar a percentagem do seu passe.
 
Salvo surgir uma oferta irrecusável e considerando que o Sporting está bem colocado para disputar os lugar cimeiros - já não se fala no título - é uma decisão lógica. Adrien Silva tem contrato até 2017 mas 50 por cento do seu passe, salvo erro, é da pertença do Quality Ireland Football Fund.
 
* Sporting resistirá todas as investidas enquanto estiver na luta pelo título. Os mais cobiçados só sairão pelas cláusulas de rescisão.
 
Aqui a manchete já faz referência àquilo que o Sporting recusa admitir: o título. De qualquer modo, pela mesmas razões aplicáveis a Adrien Silva, é de fazer tudo quanto possível para, no mínimo, não enfraquecer a equipa em Janeiro.
 
* Desempenho de Vítor e Carlos Mané reduzem lista de reforços a uma aposta forte num defesa central.
 
Não compreendo bem a referência a Vítor e Carlos Mané, sendo este último uma grande promessa, sem dúvida, mas é prematuro neste momento fazer apreciações quanto à sua contribuição na equipa principal. Vítor já entrou em cinco jogos da Liga como suplente e ainda não mostrou o suficiente para dar quaisquer garantias. Tanto assim é, que Leonardo Jardim continua a apostar em André Martins. Já a contratação de um defesa central é óbvia, mas não podemos ignorar os condicionantes financeiros.
 
* Salim Cissé pode ser emprestado em Janeiro.
 
Visto da bancada, ainda não justificou a sua contratação, especialmente se integração na equipa principal era o objectivo. Não tenho visto o suficiente da equipa B para avaliar o seu rendimento. Dito isto, não gostei de verificar que lhe foi dado preferência sobre Betinho em diversos jogos.
 
* Izmailov "desaparecido" há 2 meses. Só jogou 23 minutos esta época, mas o empresário nega rescisão de contrato.
 
A ironia do destino !!!
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 05:40

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


22 comentários

Sem imagem de perfil

De Lion73 a 18.11.2013 às 10:34

Cissé, lembro, tem 5 golos em 8 jogos ( 1 ou outro com utilização diminuta ), tem 20 anos e 1 par de anos como profissional e existem Montero e Slimani na A.

Penso que tem provado a pertinência da sua contratação, se esta foi vista numa lógica de médio/longo prazo, como parece ter sido o caso.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.11.2013 às 11:02

Cissé tem uma média de golos por jogo inferior à do Betinho, algo que é possível porque o "jovem" guineense se lesionou, obrigando o magnífico treinador Abel - aquele que já conseguiu arranjar problemas com a maior parte dos jogadores com talento daquele plantel - a colocar o único avançado que restava.

A "escassa utilização" deve-se também à quantidade de vezes que iniciou o jogo e foi substituído, pela sua gritante ausência de qualidade.

http://www.zerozero.pt/equipa.php?id=3660&epoca_id=143&menu=stats

Mas como para os brunistas o Carvalho nunca se engana, nem mesmo quando contrata jogadores ao melhor amigo do Director de Futebol, o Cissé é um "jovem" cheio de capacidade de progressão, que quase marcou tantos golos quanto o Esgaio na Equipa B. Ergo, provou a "pertinência da sua contratação".

Claro que se estivéssemos no tempo dos croquettes, dos interesses e das comissões, jogadores como o Cissé - que vieram roubar o espaço para a progressão de um jogador português e que tem mesmo 20 anos - seriam apenas mais uma demonstração dos sórdidos interesses e da falta de estratégia, do tapar do caminho da afirmação de grandes promessas do futebol luso por causa das negociatas de ocasião.

E os processos de intenções ínvios e o clamor que se geraria pela notícia de que o Guedes - para observadores de ocasião como o brunista que aqui se apresenta, mais uma pérola da formação do Sporting - estaria a um passo de assinar pelo Benfica, por não ser utilizado na Equipa B (onde conta apenas com 2 participações), para o que contribuiu seguramente a contratação do "jovem" Cissé?

E as acusações múltiplas sobre o atentado formação que é feito através da ingerência na Equipa B, em que se obriga que outros coxos como o Welder, o Magrão ou o "jovem" Salomão - a juntar ao Cissé - adquiram ritmo para que depois possam ir aquecer a bancada da Equipa A?

Tudo coisas do passado. Porque com o Carvalho, tudo está bem no melhor dos mundos possíveis.

Longa vida o Carvalho.
Longa vida ao Sporting Clube do Carvalho, o clube do rei da selva (auto-coroado).
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.11.2013 às 11:12

Agora parece que é o João Mário que precisa de ir rodar para fora.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 18.11.2013 às 11:33

Em primeiro lugar, Cissé e Betinho têm rodado, mesmo antes da lesão de Cissé, que regressou agora.

Numa competição com 42 jogos, é natural a rotatividade e que se dê espaço de crescimento a quem se ache que tem potencial e Cissé foi uma aposta do Sporting. Betinho teve e tem o seu espaço, como todos os outros, que têm que fazer pela vida.

Parece-me inegável que Cissé tem revelado valências que o poderão tornar útil, marcando alguns golos de classe e mostrando frieza nos momentos de definição.

Ao contrário do que diz, não tem uma média de golos inferior a Betinho ( pelo contrário ), o que prova que a colagem dos méritos dos jogadores ( ou falta deles ), aos méritos de quem os contratou, coisa que acusa os outros, é feita por si.

Infelizmente para si, os resultados desmentem que haja uma politica desportiva errada ou incompetente, o que não quer dizer que não haja coisas que precisem de ser corrigidas.

Afinal, o salto competitivo da equipa principal do SPorting foi tremendo e a própria equipa B encontra-se neste momento em 3º lugar, com jogadores a evoluirem e a darem nas vistas, como Betinho, Esgaio e Iuri, aumentando as possibilidades de terem oportunidades na A, que tem um plantel curto e criado exactamente para haver espaço para quem prova valor.

Mas nada disto interessa, certo? Para si e para mais uns poucos. Cada vez menos. A realidade tem o mérito de abrir os olhos às pessoas. A quase todas, pelo menos.
Sem imagem de perfil

De ajorge73 a 18.11.2013 às 12:19

Só lhe digo uma coisa: vá vê-lo ao vivo.
Isto não tem nada de Carvalhos ou o que quer que seja. O tipo é mesmo muito mau.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 18.11.2013 às 12:37

Já o vi ao vivo, quer pelos B, quer pela Académica e não é nada disso. Está longe de ser um jogador feito e não sei se alguma vez terá nível para a equipa principal do Sporting, mas os factos falam por si. 5 golos em 587 minutos e alguns de belo efeito. Estão por aí, disponíveis na net, para quem não viu in loco.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.11.2013 às 12:43

."... e não sei se alguma vez terá nível para a equipa principal do Sporting..." Foi uma experiência da competência?
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 18.11.2013 às 12:47

Isso quer dizer o quê? É um jovem de 20 anos, que se vê que precisa de ser trabalhado e parece-me precoce ditar grandes vaticinios relativamente ao futuro do jogador.

O que se sabe, é que tem uma época de estreia muito razoável na primeira liga, para quem 1 ano antes era empregado de hotelaria e nos B, tem 1 golo a cada 100 minutos ou pouco mais.

Não gosto particularmente do estilo, mas é eficaz e frio nos momentos de finalização.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.11.2013 às 12:58

Eu é que gostava de compreender o que é que quer dizer, contratações, só cirúrgicas e para serem uma mais valia imediata na equipa principal. Ou foi só mais bazófia da habitual?
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 18.11.2013 às 13:39

Oriente-se e leia o que está escrito.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.11.2013 às 14:20

Engraçado e elucidativo da perspectiva que um brunista tem da realidade (e da capacidade para clicar num hiperlink).

O Betinho tem 637min, 7 jogos a titular, 3 como suplente utilizado e 6 golos marcados, o que faz tenha 1 golo marcado a cada 106,17min de jogo.

O Cissé tem 588 jogados, 7 jogos a titular, 1 como suplente utilizado e 5 golos marcados, o que faz tenha 1 golo marcado a cada 117,6min de jogo.

Mas para o brunista, "ao contrário do que [eu digo], não tem uma média de golos inferior a Betinho ( pelo contrário ), o que prova que a colagem dos méritos dos jogadores ( ou falta deles ), aos méritos de quem os contratou, coisa que acusa os outros, é feita por si."

Claro que não tem, o raio da calculadora que ainda não está formatada com o add-on do brunismo, em que o leão ruge na selva, lidera e coordena, e mostra a sua juba e independência solto na pradaria, pronto a conquistar o mundo (assim queiram aumentar a área coberta pela reserva natural em que mora).

Mas não deixa de ser curioso que o Cissé - cujas "qualidades" e "juventude" já demonstraram a «pertinência da contratação» e com «valências que o poderão tornar útil, marcando alguns golos de classe e mostrando frieza nos momentos de definição" - ao ponto de ter sido várias vezes substituído pela nulidade da sua exibição e de ter sido rapidamente recambiado para a Equipa B (apesar de ainda ter sido convocado 2 vezes para a Equipa A, o que não deixa de ser notável face à sua falta de qualidade), se tenha tornado de repente numa contratação para a Equipa B, numa aposta de um jogador que estava na 1ª divisão e toca a ir aprender para a 2ª divisão.

Para quê formar jogadores como o Cristian Ponde ou o Guedes, dar minutos ao Mané, ao Podence, para quê renovar o contrato com o Farley Rosa quando se podem contratar jogadores ao melhor amigo do Inácio?

A resposta é evidente: Cissé, Welder, Magrão, Salomão, Hugo Sousa e outros que tais estão aí para mostrar que no futebol não basta talento, é preciso ter bons padrinhos.

Bons padrinhos e umas hienas atrás, para tentar comer os restos do rei leão. Porque o rei leão também precisa de alguma higiene e se, se estiver cansado, alguém a pode fazer por ele.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 18.11.2013 às 14:46

Chorrilho de disparates. Absorve-os como um buraco negro, o que acaba por ser positivo, que há menos para partilhar pelos restantes Sportinguistas.

O anónimo, que não se inibiu de classificar esta contratação como apenas pertinente por compadrios, afirma que Betinho tem uma melhor média de golos por jogo que Cissé. Não tem. 10 jogos para 6 golos, 8 para 5.

A "calculadora" não bateu certo com a afirmação anterior... hum, vamos lá a fazer as contas aos minutos por jogo... e eish, que estão claramente equilibrados! "Ah, mas Betinho tem vantagem" ... para quem chegou este ano Sporting, tem a mesma idade, não vejo que Cisse esteja mal.

Portanto um e resumindo, que chegou ao Sporting há 3 meses, é um flop e dinheiro deitado fora e o outro "perdeu espaço", isto quando se equivalem no que a golos e ajogos dizem respeito. Teoria recheada de factos que a sustentem, a sua. Not.

Mas, ei, tudo vale na cruzada de alguns... a realidade mostra um Sporting mais forte e vale tudo. É o "endeusamento" do presidente, "o culto da personalidade", dizem, demasiado cegos para concluir que o Sporting tem melhorado em todas as vertentes e que os responsáveis merecem alguns elogios e a tolerância dos Sportinguistas, que estes, ao contrário de outros, não tiveram responsabilidades directas na catástrofe desportiva, financeira e patrimonial que o clube vivia há poucos meses atrás.

Mas para D. Quixote, não está nada mal, anónimo.

Há muito moinho de vento com que lutar. A dupla de avançados da A, por exemplo, que se revela capaz e cujo avnaçado titular é provavelmente a melhor contratação dos últimso largos anos e um suplente que, imagine-se, agora existe e até marca golos! Mas, ei Cissé, 20 anos, tem que jogar porque sim ou então é uma contratação falhada.

Ou o "despesismo" do falhanço das contratações de Welder e Magrão, 1 com contrato de empréstimo e outro com 1 contrato de 1 ano e cujos salários, em conjunto, não ultrapassam alguns dos jogadores que estavam na B, no ano passado!

É que estes dirigentes, tão focados em gastar dinheiro ao clube, nem competência têm em fazer contratos de longa duração com este tipo de jogadores, para daí esmifrar o mais possível!

Uma coisa reconheço, diverte-me. E alegra-me. Apesar de perder um pouco de tempo a concluir se determinados comentários serão mesmo a sério ou a mais pura ironia, fico satisfeito pela critica ao actual momento do Sporting, que tem que se basear em cenários e posts falseados/hipotéticos/acéfalos, para poderem viver.

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.11.2013 às 15:19

Cissé, Magrão, Welder, cada vez mais perdido. Admitir que só vieram tapar o espaço a melhor é que nunca. Mas gastou-se pouco dinheiro e ainda bem, a julgar pela amostra da competência. E depois também não havia, big problem. Nem crédito, que no futebol acabou há muito. E se é verdade que não contribuiu no interior para o que ficou para trás, sobram o mal e as soluções que andou a proclamar por fora. Esta é daquelas soluções que já não precisávamos de experimentar. Ao ponto da nossa maior fortuna actual, o treinador, ainda ser a maior prova de quanto o Sporting foi a principal preocupação. Nenhum clube troca de treinador quando está bem servido, a não ser que haja alguma coisa mais importante que o clube.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 18.11.2013 às 15:36

Admiti nada disso.

Cissé tem provado que é um jogador a considerar e a trabalhar, Welder e Magrão parecem-me opções erradas. Pareceram-me na altura, mais me parecem agora. Como na altura também me pareceu que não foram apostas convictas, dada a natureza dos contratos em questão. Welder terá vindo ocupar o buraco deixado pela venda de Arias e a saída de Lopes, jogador que recebia como um craque e em muito pouco era superior a Cedric e facilmente se viu que a própria direcção admite o erro, ao ir buscar Piris.

Magrão, pelo percurso, dificilmente seria uma mais valia a não ser pela experiência e polivalência, mas nem isso lhe valem. São erros, parece-me claro, só que são erros facilmente corrigíveis.

Depreendo, como não podia de deixar de ser no seu discurso situacionista ressabiado, que ainda não engoliu a saída de Jesualdo Ferreira, eminente ex manager/homem forte do futebol/"o homem certo no lugar certo"/"jesualdo ou o caos".

Mais uma vez, os resultados falam por si. Os do braga, os do Sporting, as exibições de Cedric, ostracizado por esse portento que era Lopes, o sr 1M/anuais que não aguenta 90 minutos em campo e por esse fenómeno da lateral esquerda Joãozinho, jogador que muitos adeptos do braga tanto consideram.

Ai que saudades da mediocridade paga a peso de ouro!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.11.2013 às 15:56

Não era má ideia ficar por comentar só o Sporting.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.11.2013 às 16:03

Tenha calma homem, tanta precocidade não costuma estar aliada a uma grande eficácia.

Deixe lá estar que o Welder, o Magrão, o Cissé e o Hugo Sousa não foram os únicos pernetas contratados pela tríade da inalação do futebol.

Mas não se faça valer de resultados a um 18 Novembro. Veja lá que a mediocridade paga a peso de ouro, na sua 1ª época no clube, pelo menos conseguiu estar em 2 competições até ao seu final e, por esta altura no campeonato, tinha exactamente os mesmos pontos (veremos no final da semana se isso se mantém). Um resultado medíocre, certamente. Por isso, não é bem como começa, é mais como acaba.

No resto, também aprecio ver como os brunistas se arvoram na qualidade de defensores da racionalidade das (cirúrgicas, só por um ano) contratações do Welder e do Magrão, do Cissé até 2018, da renovação do Salomão e outros coxos que tais, da "venda" de um titular da selecção da Colômbia (em ano de Mundial no Brasil!!), que ainda levou outro internacional A da Holanda por arrasto, da venda de um dos centrais mais promissores de Portugal por uma verba irrisória, acompanhada por outra venda de um extremo que afinal até tinha mais 3 anos de contrato (e já está na selecção A). Tudo negócios com a chancela "do Carvalho", em que - claro está - tudo ficou pelo melhor no melhor dos mundos possíveis.

Longa vida ao Carvalho!
Longa vida à matilha que segue o rei leão!!
Sem imagem de perfil

De ajorge73 a 18.11.2013 às 19:21

Meu caro, o argumento dos golos por minuto é seu, foi o primeiro a falar nesse indicador nesta conversa.

"O que se sabe, é que tem uma época de estreia muito razoável na primeira liga, para quem 1 ano antes era empregado de hotelaria e nos B, tem 1 golo a cada 100 minutos ou pouco mais."

A calculadora pelos vistos é a mesma...
Sem imagem de perfil

De Octavio a 18.11.2013 às 10:38

O Izmailov foi apanhado com doping. Está afastado, sem treinar com os colegas para que, no âmbito da Champions e Liga, não haja o risco de existirem controlos surpresa que, geralmente, são feitos às equipas que estão nestas competições.
Arranjou-se a desculpa "motivos pessoais" para a ausência e como a comunicação social não questiona nada ao FCP, não passa nada.

Se fosse no Sporting já havia enviados especiais à Rússia, entrevistas diárias na Bola Branca e afins a empresários, ex-jogadores, sindicato dos jogadores, pressões, etc. É no Porto... caladinhos que nem ratos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.11.2013 às 14:03

Admito que é um cenário plausível, sem dúvida, mas será mesmo verdade ?

Já nada surpreende...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.11.2013 às 11:06


"Contratação de mais um central é prioritária ou novas metas devem trazer um central"

Muitos já se esqueceram mas com Ilori e Rojo o centro da defesa até acabou em muito bom destaque a época passada, com o professor Jesualdo Ferreira. E ainda havia para já Dier e Fokobo, mais um encostado na B. Com Tobias Figueiredo e o Ruben, nomeadamente os mais promissores, com muito tempo para acabarem de crescer na B. Como aliás dava muito jeito o muito e tudo que Miguel Lopes acrescentaria à defesa outra vez esta época. Inclusive e infelizmente continuo a pensar que estamos muito longe de ter melhorado o lado esquerdo da defesa, como ainda agora se viu bem no derby e também sem quaisquer ganhos financeiros, muito pelo contrário, como quiseram fazer crer a determinada altura. E essas melhoras, nomeadamente ao nível mais defensivo ainda são possíveis, infelizmente agora só de um lado, através do empréstimo do paraguaio que chegou da Série A.

No meio campo que hoje já parece curto a todos, ainda se vai sentir muito a falta da experiência dos tempos de jogo de Schaars e já nem me apetece falar de Labyad ou de Zézinho, mais uma enorme perda, mais que no ponto da equipa principal. Permitiriam sobretudo abordar a época de uma forma totalmente diferente. E o muito falado crescimento do William e com toda a justiça, nunca passaria despercebido na pré-época, fosse quem fosse o treinador. Também acho que o médio que chegou do Paços ainda se está a adaptar a um clube da dimensão do Sporting e ainda tem muito tempo para justificar a contratação por completo. Pena que não tenha pegado logo de estaca como um plantel com tão poucas opções precisa sempre.

Infelizmente para falarmos mesmo de boas chegadas temos mesmo que nos circunscrever à frente. A lotaria que foi Montero e a utilidade de Slimani em muitos momentos de jogo e em muitos jogos. Infelizmente a venda de Wolfswinkel também não pode deixar de ser associada ao mesmo processo. Um avançado de uma determinada escola, que até na pior época mostrou sempre todo o seu valor. Mas foi nas alas que ainda corremos mesmo o risco de ficar muito pior e já depois da saída de Bruma. Ainda bem que Capel já voltou a contar. E também volta a haver muito talento à solta e à espera na B para toda a frente de ataque.

Quando na época passada se começou outra vez a falar em apostar na formação ninguém pensou que estávamos outra vez tão perto de não poder contar com os verdadeiros talentos. E nenhuma reestruturação financeira passou algum dia por muitas decisões que foram entretanto tomadas. Tal como a história de voltar a encher o balão, outra vez já esta época.

Também serve este comentário a quem nunca tinham falado da equipa B, só a ele, já que também nunca percebeu o processo de saída de Paulo Bento do Sporting. Para o que a equipa B nunca servirá bem é para reciclar entulho, ainda por cima importado. Podíamos e devíamos ter partido para esta época muito mais fortes. Mas como no fim vamos ser campeões perdoa-se tudo.
Sem imagem de perfil

De Visconde a 18.11.2013 às 14:04

A equipa B não devia ser para jogadores como o Cissé e até muitos dos nossos jovens jogadores. Jogadores como o Cissé, que já tiveram experiências como a da Académica não deviam descer a outro nível. Jogadores como Ricardo Esgaio, João Mário, Nuno Reis, etc. Não deviam já estar na equipa B, porque se não vão integrar a equipa A, deviam rodar 1 ano num campeonato mais competitivo para na época seguinte estarem aptos a integrar a equipa principal. A equipa B serve de motivação na transição de junior para sénior e para alguns juniores começarem a perceber o que é o futebol sénior, mais que isso pode começar a ser contraproducente; como no caso do Nuno Reis que parece estar a estagnar ali.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.11.2013 às 14:51

Eu gosto do Cissê.

Temos Slimani e Montero na A

Betinho e Cissê na B

E o Ponde que ainda é mais novo e terá espaço para crescer.

Todos eles têm mostrado credenciais e golos! Presente e futuro!

Muito bem!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo