Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O problema "central" do Sporting

Rui Gomes, em 18.11.13

 

 

Um artigo de opinião escrito por um adepto - que vale a pena ler - em que ele leva a cabo uma análise geral sobre as capacidades da presente equipa do Sporting, focando o que ele considera ser o problema no centro da defesa. Para dar uma ideia do texto, transcrevo este breve parágrafo:

 

«(...) Uma defesa deve ser constituída por um central experiente e um central rápido. Olhamos para o FC Porto e tem um central rápido, como é o caso de Mangala e um experiente, o argentino Otamendi. Olhamos para o Benfica e verificamos o mesmo, com Luisão (central experiente) e Garay (central rápido). O Sporting não consegue reunir nenhuma das duas premissas. Rojo e Maurício apresentam falta de velocidade e não são experientes, aliás, demonstrammuita imaturidade, como é o caso da grande penalidade por Maurício no jogo com o FC Porto e as constantes faltas desnecessárias e expulsões de Rojo.»

 

O artigo completo da autoria de José Pedro Freitas pode ser lido aqui.

 

Poderemos não concordar com o todo da sua apreciação, mas sublinha algumas questões muito válidas sobre o eixo da defesa do Sporting e o respectivo modelo defensivo, nomeadamente o espaço entre sectores que torna o corredor central mais vulnerável.

 

publicado às 15:54

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


15 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.11.2013 às 23:16


É preciso ser mesmo um grande leão para só ver diferenças entre o Sporting e os dois principais rivais no centro da defesa. Ou dizer que só os centrais é que impedem o Sporting de lutar pelo titulo, que vai dar ao mesmo.

Se nos últimos 2 anos o colectivo nunca conseguiu evidenciar a qualidade de muitos jogadores agora passa-se precisamente o contrário. Devido à forma de jogar, à dinâmica do jogo e sobretudo a forma com pressionamos o adversário esta época e até aqui, é bom continuar com os pés assentes no chão, o colectivo vale muito mais que a soma das partes. Muito mérito por isso para o treinador e ao mesmo tempo também é esta a principal razão porque muita gente não acredita ser possível manter este rendimento sem reforços até ao fim da época. E nem sequer são precisas lesões num plantel quase sem alternativas, também há abaixamentos de forma, sobretudo nos mais jovens que são sempre menos consistentes ao longo de uma época inteira, dias maus, tantas coisas que podem alterar o futebol e o rendimento de uma equipa, ainda muito pouco consolidada e quase sem alternativas. E reforços, desenganem-se todos, sem vendas não chega ninguém e como a manta é curta…

Ainda hoje se discutiram aqui muito reforços, para ser mais preciso falou-se foi muito do Cissé, um portento. E quem defendeu a sua contratação antes de perder muito tempo com o que Cissé já fez na equipa B, devia-se era preocupar em tentar apresentar um argumento que justificasse a sua contratação. E o que é que Cissé fez para chegar ao Sporting, nomeadamente na Académica? Onde para falar a verdade jogou quando outros se lesionaram, Saleiro inclusive. Eu que nem Ghillas nunca dei como um caso sério. O balão cheio para muitos adeptos é mesmo isto. Se alguma coisa ficou provada na última janela do mercado, foi que depois da pior época de sempre, nunca tinha chegado tanta tralha ao Sporting e que sem dinheiro há sempre muito melhores opções em casa. Já para não falar no ódio de alguns a muitos jogadores que já cá estavam. Como se fosse mais compreensível contratar um Cissé que nunca fez nada do que Elias, independentemente do que veio a ser o seu rendimento geral no Sporting. No caso do Welder, ainda não tinha aterrado e foi a própria direcção que pôs a rodar na blogosfera que se tratava de um reforço para a equipa B. Pensei logo que é desta é que vamos ser campeões e subir de divisão ao mesmo tempo. Ainda assim é mais fácil respeitar o absurdo de quem diz que a contratação de Cissé se justifica que duvidar da qualidade de trabalho do professor Jesualdo Ferreira.

O Sporting surpreendeu muito na forma como apareceu a jogar esta época. Muitos podem já não se lembrar mas nos dois primeiros jogos marcaram-se golos de uma forma absolutamente inacreditável, com as equipas adversárias a ficarem mesmo muito mal na fotografia. Em Braga houve aquela expulsão que mudou completamente o curso do jogo e até já ganhámos por golos em fora de jogo, que nem se devia falar esta semana. E depois quando jogamos contra equipas daquele que é o patamar que sempre reclamamos para o Sporting torna-se tudo mais complicado. Ainda agora no derby é muito simplista dizer que um penalty dava o empate, se Jesus não tem descurado o meio-campo depois da saída de Amorim adivinhava-se a continuação de muitas dificuldades na 2ª parte, muitas mais que no Dragão. Jesus também tem muitas responsabilidades pela nossa reacção. E com o passar dos jogos também vão aparecer cada vez mais anticorpos à nossa forma de jogar, à medida que for cada vez mais conhecida, é sempre assim.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo