Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




José Peseiro comenta o Sporting

Rui Gomes, em 08.12.13

 

Em entrevista a "Bola Branca", José Peseiro tece elogios ao percurso do Sporting no campeonato, não deixando de manifestar a sua surpresa pelo feito, especialmente considerando o insucesso da época passada e os recursos superiores do Benfica e do FC Porto:

 

«O Sporting é a melhor equipa do campeonato até este ponto da época. Ninguém acreditaria que estaria em primeiro lugar neste momento. Está muito forte. Era imprevisível. Eu próprio disse no início da temporada, que o Sporting não tinha os mesmos recursos que o Benfica e o Porto para disputar o título. É o conjunto mais consistente, e apesar da equipa ser mais candidata do que era, entendo as cautelas de dirigentes, técnicos e jogadores. É importante manter a ideia de que o Sporting tem que vencer os seus jogos, porque a pressão está sobre o Benfica e o Porto.» Terminou, responsabilizando toda a estrutura leonina «pelos frutos que o clube está a colher».

 

José Peseiro é neste momento o treinador do "Al Wahda", dos Emiratos Árabes Unidos.

 

publicado às 04:13

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Lionheart a 08.12.2013 às 10:57

Seria completamente ridículo se o Sporting tivesse um discurso de que é tão candidato ao título quanto os outros, porque a diferença a nível de investimento nunca foi tão grande. A prioridade a prazo deve ser esbater essa diferença, para que o Sporting tenha mais recursos para se bater com os rivais. No entanto, o facto de a equipa estar nos primeiros lugares dá um grande alento aos jogadores, ajudando imenso a atingir o objectivo mínimo que é o terceiro lugar. Mesmo que não o digam, o facto de poderem ir para a liderança do campeonato faz os jogadores terem muito mais empenho do que se já estivessem a uma distância pontual apreciável dos dois primeiros.

O Sporting está a ser um factor com que ninguém contava no início da época. E ainda falta ver o que podem vir fazer os "miúdos" da equipa B que eventualmente possam jogar na segunda volta. O ano passado foi o que nos safou, embora numa conjuntura completamente diferente.

O Porto e o Benfica estavam habituados a estar à vontade. Ora ficavam em primeiro ou em segundo, o que financeiramente é quase o mesmo. Se o Sporting se mantiver na luta até ao fim pode estragar o "arranjo" e as consequências para Porto e/ou Benfica serão muito mais gravosas. Tenho a certeza que sem o factor Sporting neste momento nem Paulo Fonseca, nem Jorge Jesus estariam sob tanta pressão, porque não se preocupariam em cair para o terceiro lugar. É que para além das consequências financeiras de falhar a presente época, ter de começar a próxima mais cedo a seguir a um mundial não deve ser "pêra doce".
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.12.2013 às 11:14

Faz sentido que assim seja pelas circunstâncias do momento. Veremos até que ponto se vai conseguir manter este ritmo.

Contrário ao discurso de BdC, o Sporting necessita de ir ao mercado de Janeiro mas, por outro lado, para lá ir com opções de baixo custo e qualidade duvidosa, mais vale estar quieto.

A ter que determinar prioridades, um médio criativo - o 10 - seria a aquisição a fazer urgentemente. A questão que fica no ar é se temos condições para gastar o que é necessário.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 08.12.2013 às 11:28

Sim, a grande questão é se consegue manter o ritmo.

O Carvalho não quer dar parte de fraco. O que se compreende, em primeiro lugar para não desalentar os jogadores - porque foram eles que colocaram o Sporting onde está - e em segundo, para que o mercado não nos tome por certos. Palha não falta.

Precisávamos de um "Pedro Barbosa" e de um "André Cruz". Ou, quem sabe, alguém que já lá está pode vir a surpreender. O Leonardo Jardim pode estar a preparar jogadores para os lançar noutra fase da época, quando as circunstâncias (lesões, castigos, condições climatéricas) obrigarem a alterar o plano do jogo.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 08.12.2013 às 11:29

Palha não faz falta, queria eu dizer.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.12.2013 às 11:38

Como já indiquei, adorava saber da planificação da época de Leonardo Jardim. Mas como já citei em um outro post, não compreendo este "amor" por Salomão que ainda nada mostrou, salvo o contrato por "20" anos, especialmente em detrimento do muito promissor Carlos Mané. Por outro lado, este também só tem 30 minutos de jogo até agora - na Liga -, o que não contribuirá muito para o seu desenvolvimento.

Salvo um "achado" inesperado tipo Montero, o Sporting não tem condições para o tipo de jogadores que refere. Além disso, gostava de ver jovens como o Eric Dier jogar mais.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 08.12.2013 às 12:13

A "concorrência" também adorava saber da planificação do Jardim. ;)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.12.2013 às 12:42

No meu caso, em particular, gostaria de saber da sua avaliação de alguns jogadores da equipa B e até dos juniores.
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 08.12.2013 às 13:54

Quando Bruno de Carvalho fala de que não irá reforçar a equipa, é apenas uma forma de elogiar o seu desempenho, mas o plantel "sabe" que podia usar um ou dois reforços para a defesa e o meio campo. O Evandro do Estoril Praia é capaz de ser opção, pois parece já estar adaptado ao nosso campeonato, mas também temos Iuri Medeiros a ser preparado na equipa B. Nesta, dava jeito que se baseasse num onze base com mexidas pontuais aqui e ali, emprestando aqueles elementos que não têm ainda lugar na equipa principal, mas que são bons de mais para a segunda liga, às equipas belgas desta vida. A ver vamos o que vai acontecer em Janeiro de 2014. Importante mesmo, hoje, é que ambas as equipas consigam vencer!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.12.2013 às 14:41

Estou com bastante curiosidade para ver o que Leonardo Jardim e a estrutura - mas tudo parte do técnico, quero crer - farão em Janeiro.

Não é de esperar que o SLB e o FCP andem " a ver navios" a época toda, por isso, é necessário reforçar um plantel que é curto em qualidade individual e numericamente.

Quando Bruno de Carvalho fala, entre os disparates que não consegue evitar, oratória obrigatória pelas circunstâncias e afins, é difícil separar o joio do trigo e, por vezes, até levá-lo a sério, a exemplo do que acontecia frequentemente com Pinto da Costa nos seus anos aureos.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo