Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A Auditoria do Líder

Z Lion, em 13.12.13

 

O Presidente Bruno de Carvalho vai, e bem, cumprir a sua principal promessa eleitoral. Auditar as contas do Sporting para perceber o que se passou no clube nos últimos anos. Prometeu isso aos sócios durante a campanha e por isso tem de cumprir. Aplaudo! Mas espero, sinceramente, que Bruno Carvalho esteja preparado para pagar os custos desta auditoria. Não estou a falar dos 319 mil euros que a mesma vai custar, mas sim do contagio negativo que a mesma irá  provocar em todo o clube e em todos os sócios. É que bastou anunciar que a data em que auditoria ia acontecer, para que 2 antigos presidentes viessem para a praça pública "desenterrar esqueletos", deixando no ar indirectas sobre as verdadeiras razões desta auditoria e disparando graves acusações a antigos presidentes do clube. Não é pois difícil imaginar o que ai vem quando se começarem a saber, ou a especular, mais detalhes sobre as contas do clube e os responsáveis das mesmas. Os nossos rivais serão os primeiros a esfregar as mãos e a criar estratégias de contra-informação e de destabilização para contagiar negativamente o líder. O líder do clube e o líder do campeonato. Por isso pergunto: não será mais prudente auditar no fim da época desportiva? Ou o nosso actual presidente tem de facto outros objectivos, pessoais, acima dos objectivos do clube? 

 

publicado às 18:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


7 comentários

Imagem de perfil

De City Lion a 13.12.2013 às 18:32

Bem-vindo Z Lion! Bruno Carvalho anda sempre em campanha porque precisa mesmo do Sporting para viver e tem um medo enorme que lhe façam "a cama" como ele já a fez. Pelo que tenho visto o interesse dele sobrepõe-se sempre ao do Sporting (como a sua constante necessidade de protagonismo em vez de voltar os holofotes para a equipa). O mal dele foi ter-se habituado a vibrar com os insucessos do Sporting e ter ficado adepto do Sporting Clube de Carvalho. Quem hoje o bajula vai ser quem mais o irá criticar no futuro caso ele não emende a mão e comece a pensar 1º no nosso clube e menos no seu umbigo.
Sem imagem de perfil

De jose antero mendes a 13.12.2013 às 18:47

Antes de escrever convém informar-se quanto tempo vai demorar até serem divulgados os resultados da auditoria.

Mas eu sou um amigalhaço e vou-lhe responder, 13 meses. Portanto não se preocupe, nada será dito no imediato nem no decorrer da época.

"Não é pois difícil imaginar o que ai vem quando se começarem a saber, ou a especular, mais detalhes sobre as contas do clube e os responsáveis das mesmas. Os nossos rivais serão os primeiros a esfregar as mãos e a criar estratégias de contra-informação e de destabilização para contagiar negativamente o líder."

O objectivo da auditoria é(e vai ser) precisamente o contrário. Pôr tudo a nu e explicar tintim por tintim o que aconteceu. De maneira a que não hajam falsas informações nem contradições.

___

Por último, o passado é importante para preparar o futuro. Se os nossos rivais criticarem aquilo que foi mal feito no clube, num passado recente, não será uma arma de arremesso. Eu até digo mais, somo NÓS, Sportinguistas, que mais teremos a criticar, se realmente houve coisas que foram mal feitas(estou certo que as houve). Não estou preocupado com a justiça ou em questões criminais, isso não é o mais importante, o que realmente interessa é perceber como chegamos aqui, porquê, e o que não pode voltar a ser feito.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.12.2013 às 18:59

Caro Z Lion,

Seja bem vindo neste seu "pontapé de saída" no Camarote Leonino e os desejos que continue por muito e bom tempo.

Verifica-se que optou por abordar a "batata quente" do momento, a notória Auditoria que, como indica e como muitos de nós acreditamos ainda vai dar muito que falar.

Um abraço

Sem imagem de perfil

De MaxMartins a 13.12.2013 às 19:27

Tantos "fantasmas" que alguns transportam no subconsciente...!!
Sem imagem de perfil

De Pean a 13.12.2013 às 22:58

Folgo em saber que o blog agora tem um comentador que prevê o futuro, dá sempre muito jeito ter esse dom. Eu também queria.

O caro Z Lion já sabe que a auditoria vai contagiar negativamente todo o mundo sportinguista, sabe que os nossos rivais vão alimentar-se disso para nos dar a machadada final, enfim, vai ser o caos total.

Penso eu que ter os resultados da auditoria será um beneficio mais para o clube do que pessoal.
E ninguém vai para a guilhotina ou para a fogueira, vamos é saber se e onde houve erros graves e evitá-los futuramente.
A montanha parirá um rato, previsão do futuro da minha autoria.

A transparência não é nem pode ser nenhum bicho papão (expressão em voga) em vertente nenhuma da vida e da sociedade. O problema é que sempre nos habituámos a esconder coisas, a não assumir decisões....
Falar verdade mesmo que não se goste e ser transparente curiosamente é uma atitude que todos apreciam e elogiam quando se trata do nosso treinador...
Sem imagem de perfil

De L a 16.12.2013 às 10:50


Invocar o argumento das promessas só se for para dizer que afinal também consegue cumprir uma e no fim ainda vamos todos descobrir que nem isso. Então e as outras? Com ou sem reestruturação financeira, quem atribui sistematicamente mal vários méritos ainda não percebeu que em termos de dependência estratégica voltamos ao tempo de Bettencourt, precisamente o que mais criticavam. E desta vez com um presidente mais ao estilo de Cintra, outro filme que os sportinguistas também já viram e uma combinação perfeita para um "blockbuster" gigante e com várias sequelas. Quem lhe dera agora crédito para um “Pongolle” sem ter que vender mais uma pérola de uma geração fantástica de Alcochete. E também já se sabe que depois é mais um que também queria sair. Para além de questões mais éticas, também é por isto que Luís Duque nunca teve razão quando invoca outro prejuízo que também gostava de ver incluído na Auditoria e que diz que tinha sido a salvação do Sporting na última década, Mourinho. Que exigia sempre muito mais dinheiro que também não tínhamos, se calhar para ainda ganhar menos que Boloni. Ou mais, também é verdade que ninguém sabe mas para treinar jovens oriundos da formação não chegava de certeza. Se o título de 01/02 devia servir para alguma coisa era para todos percebermos que da única vez que gastámos ao nível dos principais rivais fomos nós que festejamos, não deixa de ser relevante num clube com uma história fantástica que a maior parte das vezes nem teve nada a ver com títulos no futebol e que veio sempre a perder muito orgulho nos últimos anos. A coisa mais fácil, incompreensivelmente, é ouvir sportinguistas a dizer mal do Sporting ou não foi assim e com muitas mais mentiras à mistura que a actual direcção também venceu as eleições? A descrença sempre foi o terreno de eleição para tanta demagogia. E se desta vez não corremos os mesmos riscos, pelo menos financeiros, do que veio a ocorrer com Jorge Gonçalves, também foi porque entretanto foram criados mecanismos que defendem melhor o Sporting.

Esta época, mais uma vez, para falarem em méritos no futebol agarrem-se mas é todos ao treinador e nunca se esqueçam de Bobby Robson. Com este populista nem precisamos de nenhum Casino, basta as sondagens continuarem a dar o treinador como o grande responsável pelas vitórias do Sporting e vemos logo onde é que vai parar. Já para não falar que também saiu gente com muito valor de Alcochete e o mesmo nas modalidades, onde quem também já estava lá é que ainda vai valendo ao Sporting. O resto é religião.

E agora a grande razão que me fez vir ao Camarote comentar, sobretudo para o blogue mas também sempre para os mais novos. Está passar um documentário na RTP - http://www.rtp.pt/programa/tv/p30498 - sobre o grande Leão que foi sempre o Manel, mais uma vez fora do clube e que diz muito sobre o que também foi quase sempre o futebol do Sporting. Até como com Jimmy Hagan também chegámos à 13ª jornada lideres, com mais 7 pts que o 2º classificado e ainda fomos acabar o campeonato a 9 pts do Benfica campeão. Que nunca sirva de agoiro mas de aviso contra um certo tipo de discurso porque já tivemos todos tempo de sobra para aprender que ao nível da gestão de expectativas todo o cuidado é pouco. Ou como o grande presidente João Rocha quando mandou embora Big Mal também deu cabo de um dos melhores ataques da história mais recente do futebol português, até europeu - Oliveira, Manel e Jordão. Quando segundo o próprio Manel e os três já trintões, tinham tudo para ganhar mais 3 ou 4 campeonatos juntos, depois do título de 82. O certo é que com todo o património de que se fala hoje e depois de vários incumprimentos que começam com a saída de João Rocha - pelo meio também ainda inaugurou começarmos a perder as melhoras pérolas da formação para o Porto - só voltamos a ser campeões em 99. E novamente com uma equipa de muito trabalho. Nunca se ganham campeonatos só com estrelas. Mas o que ainda há de mais importante para reter no documentário - para além do grande Manel como é óbvio e que como todos nunca devem ter esquecido que deixa o Sporting depois da época do poker nos famosos 7 a 1 ao Benfica - também é aquilo que o Sporting, hoje já historicamente, quase sempre fez de pior no futebol, a troca de treinadores e por tudo e por nada.
Sem imagem de perfil

De L a 16.12.2013 às 10:52


E porque no futebol são essencialmente os jogadores, de quem por incrível que pareça quase nunca se fala na blogosfera leonina. Se da dupla Manel e Jordão quase que basta reter o score dos dois juntos no Sporting e muitas poucas vezes na selecção nacional, creio aliás que nasce aqui o grande divórcio leonino com a selecção da FPF, como também é muitas vezes referida. Mas hoje apetece-me destacar também António Oliveira, que muito provavelmente os mais novos nem sabem quem foi um verdadeiro génio da bola. E quem diria que foi com o muito dinheiro, à altura, que ele ganhou no futebol e muito trabalho do irmão, também a base daquilo a que chamamos hoje “sistema”. Antes já um presidente do Benfica, Fernando Martins tinha permitido que a AFP tomasse conta do futebol em Portugal.

Para terminar, esta época para além de Leonardo Jardim e de um grupo fantástico, há 4 jogadores que são claramente a parte do cimento mais importante de que é feita uma equipa e venham os golos de onde vierem. A sobriedade de Rui Patrício, que nunca vai ser nada fácil substituir. Um miúdo que já é um autêntico imperador no meio campo, William. Adrien como nunca se tinha visto antes, claramente o patrão, o capitão da equipa no campo e o primeiro grande responsável pela dinâmica que a equipa já apresenta, o homem que marca o ritmo do treinador dentro do campo, o primeiro a subir para marcar e o primeiro a marcar o ritmo ofensivo. Se William também é o primeiro responsável por sofrermos tão pouco, Adrien é o maior responsável dentro do campo até pelo grande aparecimento de William. E ainda a taluda que foi encontrar um avançado como Montero. O maior elogio que se pode fazer a um avançado é que nem precisa de marcar golos.

Perder qualquer um deles e mossa maior é sempre perder o treinador, algo que o Sporting nunca conseguiu aprender, também é hipotecar muito do que esta equipa do Sporting ainda pode vir a fazer e já esta época. E depois se Capel joga à vontade em qualquer um dos rivais, Carrilo ainda tem muito que aprender para se tornar um dos jogadores mais fantásticos que já passou por Portugal. Ainda agora contra o Belenenses e depois de uma semana em que os jornais deram conta do trabalho mais personalizado do treinador já entrou cansado, sempre a ouvir Montero e sobretudo Jefferson a gritarem-lhe aos ouvidos e a fazer aquelas coisas extraordinárias sempre aos repelões. Di Maria, por exemplo ainda precisou de mais uma época. Nesta fase o mal amado Wilson Eduardo, que julgo no estádio todos esperavam ver entrar para o lugar de Carrilo e nunca de Capel, até equilibra muito mais a equipa, inclusive na frente. E depois Vitor, que não tenho dúvida nenhuma que ainda vai jogar muito esta época. O que também se tem passado até aqui é que em equipa que ganha não se mexe e muito bem. Tomara todos que a época acabasse da mesma forma.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo