Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 16.12.13

 

 

 

«Já chega de tanta crítica a Bruno de Carvalho. Opinião é uma coisa, agora sempre para o mesmo lado já cheira a trauma... Será que ele é assim tão mau ???

 

Todos merecem o benefício da dúvida e por enquanto uma coisa mostrou, é que quem manda no clube é ele, para o bem e para o mal... do meu ponto de vista que sou um sócio com menos de cinquenta anos, essa atitude do presidente só pode resultar em melhores resultados, porque desde que me conheço outras políticas deram no que está à vista de todos.

 

Saudações leoninas e seremos sempre da mesma equipa quer se goste ou não...»

 

Leitor: Filipe

 

Observação: Apesar de não concordar com tudo o que o nosso leitor diz, respeito a forma construtiva e respeitosa como expressou a sua opinião - até se deu ao cuidado de comentar em um post mais atrás e sem relevância alguma a esta temática - e, nestes termos, respeito sobretudo o seu pleno direito a expressão livre, condição que hoje em dia é frequentemente ignorada no universo leonino, nomeadamente na blogosfera. 

Não deixo de reconhecer que tudo o que ultrapassa os parâmetros de razoabilidade provoca incómodo e corre o risco de se tornar insignificante , no entanto, continuo a não compreender, ou melhor, compreendo mas não posso de forma alguma aceitar que Bruno de Carvalho tenha um tratamento especial ou diferente de qualquer outro presidente na história do Sporting. Não me vem à ideia um único líder do nosso Clube centenário que não tenha sido criticável e criticado pela sua liderança e, muito em especial, dado as circunstâncias excepcionais como este presidente chegou ao poder - através da crítica incessante e de uma oposição efectiva - é tão ou mais criticável que qualquer outro, quer se goste quer não. Que o até agora sucesso da campanha futebolística vá longe para moderar os ânimos, até é compreensível e, diga-se, expectável, mas não só os resultados desportivos constituem a essência do Sporting, passado ou presente. Por conseguinte, continuaremos a criticar Bruno de Carvalho, e outros, sempre que entendermos que há justa causa para a expressão e não serão as inúmeras tentativas a intimidação por parte de determinada facção de sportinguistas que nos irão demover deste curso livre e democrático. Aliás, se a premissa em que o blogue é assente fosse direccionada a agradar a todos, sempre, a sua razão de ser deixava de ter significado algum.

 

Nota: Já depois de ter preparado este texto, surgiu um comentário de um leitor - por incrivel que pareça, referente a uma simples troca de impressões com terceiros sobre o jogo com o Belenenses - que serve para ilustrar até que ponto estende esta obcecação, quase paranoia, em que alguns vivem o Sporting do momento: Disse o leitor: «(...) Mais uma semana na frente, frente ao Nacional, mais uma oportunidade de tentar pedagogicamente convencer os mais velhos que não se pode jogar sempre perfeito, pois estão sempre a reclamar e quem os ouve não fica lá com muita vontade de os ouvir novamente.»

 

Pelos vistos, já não é apenas uma questão de opiniões diferentes mesmo sobre um mero jogo de futebol, tem a ver com a condição pedagógica "dos mais velhos" !!!... Mais palavras para quê ?

 

publicado às 03:21

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


20 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.12.2013 às 18:05

Caro Pean,

Nem sequer comento a sua explicação para os sentimentos em voga - com ou sem razão de ser - mas há um ponto importante que tem passado despercebido, à conveniência, mas que não pode ser ignorado: nem todos pensam da mesma maneira, nem todos têm ou são obrigados a partilhar desses sentimentos e, sobretudo, o direito a livre expressão, construtiva e inofensiva, tem e deve ser respeitado.

Tudo o resto é subjectivo à opinião de cada um.
Sem imagem de perfil

De Pean a 16.12.2013 às 21:39

Tem razão, nem todos pensam da mesma maneira. É um facto.

Apenas tentei explicar o porquê de determinadas coisas acontecerem por aqui e o Rui não entender porque alguns reagem assim.

No entanto posso garantir-lhe que a grande grande maioria daqueles que pensam e reagem dessa forma sentindo o que descrevi são aqueles que (novos ou menos novos) vão aos jogos constantemente, sentem e cheiram a equipa mais de perto, vivem mais de perto e in loco a vida do nosso clube.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.12.2013 às 22:34

Meu caro,

Por muitas voltas que queira dar, não há justificação alguma para "determinadas coisas" acontecerem, aqui ou em qualquer outro lado. Acima de tudo, não se deixe iludir pelo facto de alguns de nós nos dar-mos à "palermice" de escrever em um blogue, algo em severo contrataste com o resto da nossa vida e actividade.

Assisto a jogos de futebol, em Alvalade e outras partes do Mundo, literalmente, desde que usava calções e era levado pela mão, no entanto, nunca senti a tentação de agir da forma como descreve. Agora, que tenho capacidade e poder para muito mais, limito-me a agir em conformidade e não "brinco no serviço". Espero que me faça entender. Há meios adequados para lidar com tudo e todos.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo