Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Reflexão do dia

Rui Gomes, em 21.04.19

 

APITO_f5.jpg

 

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol vai voltar a divulgar, com antecedência, as nomeações dos árbitros para as últimas quatro jornadas da Liga. Em 2017 o organismo federativo decidiu divulgar os nomes dos designados apenas em dia de jogo.

 

A polémica instalou-se depois de César Boaventura ter divulgado a nomeação de João Capela para o FC Porto-Marítimo da 26ª jornada da Liga, apoiando-se num documento da referida nomeação.

 

Entretanto, o empresário voltou a dar a conhecer os árbitros dos jogos Nacional-Sporting (Carlos Xistra), FC Porto-Santa Clara (Manuel Oliveira) e do Feirense-SC Braga (Fábio Veríssimo), ainda antes de as nomeações terem sido tornadas públicas.

 

O Conselho de Arbitragem da FPF vai investigar os procedimentos utilizados no envio das nomeações dos árbitros para a Liga, na sequência das várias fugas de informação.

 

Comentário de Bernardo Ribeiro, director jornal Record:

 

"Ridícula toda a questão levantada em redor dos árbitros nos últimos tempos. César Boaventura é uma figura menor, neste momento apontado como alegado corruptor por dois jogadores profissionais, com ligações que são mais ou menos óbvias e que tem o condão de saber quem vai apitar os jogos dias antes.

 

Mas não é muito difícil. Basta montar uma rede que cubra, por exemplo, os hotéis em que os árbitros costumam dormir. Fontelas Gomes já garantiu que os seus não se sentem ameaçados por ninguém, a não ser o ruído público. É tirar ilações. E ver quem está a gritar.

 

FPF e Liga deviam entender-se. Não por causa dos Boaventuras desta vida. Mas porque o futebol português precisa de gente capaz. Há nos dois lados".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:18

Vitória escapa aos leões na 'negra'

Rui Gomes, em 21.04.19

 

voleibol_scp.jpeg

 

A equipa de voleibol do Sporting deslocou-se este sábado ao pavilhão n.º 2 da Luz para disputar o jogo três do play-off do Campeonato Honda e acabou por sair derrotada por 3-2.

 

Os leões não começaram o jogo da melhor maneira, perdendo o primeiro set por 25-20, mas reagiram bem, vencendo os seguintes dois sets por 25-22 e 25-23.

 

Nos últimos dois sets, a vantagem foi decisivamente encarnada, com triunfos por 25-15 e 15-10.

 

O quarto jogo da final está marcado para a próxima quinta-feira, no Pavilhão João Rocha. Em caso de vitória do Benfica, as águias celebram o título. Se, por outro lado, o Sporting vencer, o título será decidido num quinto jogo, que será disputado no próximo sábado, no Pavilhão da Luz. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:17

Triunfo leonino à tangente

Rui Gomes, em 21.04.19

 

sporting_cp_vs_aguas_santas-5038.jpg

 

A equipa principal de andebol do Sporting recebeu e venceu a AA Água Santas por 28-27 em jogo a contar para a terceira jornada da fase final do Campeonato Nacional Andebol 1. Um triunfo apertado mas que mantém os campeões nacionais colados ao FC Porto no topo da tabela classificativa do Grupo A.

 

O Sporting esteve sempre na frente do marcador e foi para o intervalo a vencer por 19-13. No segundo tempo manteve sempre a vantagem no resultado – só por uma vez com menos de dois golos de diferença para o adversário.

 

Os instantes finais trouxeram acrescida tensão e incerteza ao jogo, especialmente após a expulsão do capitão Carlos Carneiro, no último minuto, que deixou os leões a jogarem em inferioridade numérica até ao final do encontro.

 

Carlos Pasarin, com 7 golos, foi o melhor marcador dos leões, ao passo que do outro lado Pedro Cruz, com 9, foi a maior dor de cabeça para a baliza leonina.

 

O Benfica, também hoje, derrotou, na Luz, o Belenenses por 32-31. Os encarnados são terceiros, a 3 pontos de Sporting e FC Porto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:16

Foto do dia

Rui Gomes, em 21.04.19

 

img_920x518$2019_04_20_20_54_48_1536652.jpg

Estreia de Gonzalo Plata, ontem, pela equipa de sub-23

na vitória por 2-1 sobre o SC Braga.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:15

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 20.04.19

 

11838-1958-ferrari-250-gt-series-1-cabriolet.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

1958 Ferrari 250 GT Series 1 Cabriolet - Leilão 2014 - 6,160 milhões de dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

Vitória justa pela margem mínima

Leão Zargo, em 20.04.19

 

Braga-Sporting_LR.jpg

 

O Sporting sub 23 deslocou-se ao Complexo Desportivo de Fão para defrontar o SC Braga e venceu por 2-1. Tratou-se de uma partida para a 8.ª jornada da Liga Revelação, fase de Apuramento de Campeão. O avançado equatoriano Gonzalo Plata, contratado no mercado de Inverno, estreou-se pela equipa leonina.

 

As duas equipas iniciaram esta partida receando-se mutuamente e procurando impedir situações de perigo nas proximidades das respectivas balizas. Houve muita circulação de bola no meio campo, com os defesas superiorizando-se aos avançados.

 

Progressivamente os leões foram tomando conta do jogo e inauguraram o marcador por Paulinho perto do intervalo. Assistido por Gonzalo Plata, o avançado Pedro Mendes fez o 2-0 aos 54 minutos, numa altura em que o jogo estava controlado pelos sportinguistas.

 

No entanto, os bracarenses reagiram, pressionaram na fase final, e Namora ainda reduziu a diferença no marcador. Pedro Mendes com quinze golos é o melhor marcador leonino.

 

 

Onze inicial do Sporting: Diogo Sousa, Ronaldo, João Silva, Abdu Conté, João Ricciulli, Matheus Nunes, Tomás Silva, Paulinho, Marco Túlio, Gonzalo Plata e Pedro Mendes.

 

Depois deste jogo, o Sporting sub 23 soma 39 pontos e está classificado em 2º lugar, com o Desportivo das Aves, e a dois pontos do Rio Ave que lidera. No dia 27 de Abril a equipa leonina desloca-se a Sintra para defrontar o Estoril Praia.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:41

Juvenis superam FC Porto

Rui Gomes, em 20.04.19

 

img_920x519$2019_04_20_12_11_59_1536467.jpg

 

A equipa de juvenis do Sporting bateu este sábado a sua congénere do Porto, por 2-0, em jogo da fase de apuramento de campeão.

 

Os golos leoninos foram ambos marcados por Tiago Tomás, aos 4 e 62 minutos.

 

Onze do Sporting: Diogo Almeida, Alexandre Lami, Eduardo Quaresma, Rodrigo Rego, Nuno Mendes, João Daniel, Bruno Tavares, Gonçalo Batalha, Tiago Tomás, Tiago Ferreira e Joelson Fernandes.

Suplentes: Raimundo Duarte, Chico Lamba, Gilberto Batista, Daniel Rodrigues, Leandro Gonçalves, Nicolai Skoglund e Paulo Agostinho. 

 

Com este resultado, o Sporting CP passa a somar 7 pontos, mas está a três do líder Benfica, consequência da derrota na jornada anterior. O FC Porto fica com 6.  O SC Braga tem 6 mas só recebe o Belenenses a 28 de Abril.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:46

Um dia perfeito

Rui Gomes, em 20.04.19

 

iaO4qgR3.jpg

 

O que eu considero um dia (sexta-feira) perfeito, em termos desportivos, relativamente a clubes dos quais ainda sou adepto, uns desde que me conheço, outros desde que existem:

 

Sporting 1 Nacional 0

Toronto Maple Leafs 3 Boston Bruins 2 (NHL)

Toronto Raptors 98 Orlando Magic 93 (NBA)

Toronto FC 4 Minnesota United 3 (MLS)

Toronto Blue Jays 5 Oakland Athletics 1 (MLB)

 

Só o SCE Bombarralense - clube da terra do meu berço - que milita na 1.ª Divisão Distrital da Associação de Futebol de Leiria, não jogou esta sexta-feira.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

Leoas são elas

Rui Gomes, em 20.04.19

 

i2001754.jpg

Andreia Reis

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:04

 

56702451_810706975965415_4149479095867906980_n.jpg

 

Penso que é a decrição mais justa e correcta do jogo a que assistimos na Choupana, com o golo solitário a surgir apenas aos 63', por intermédio (mais uma vez) de Luiz Phellype.

 

Onze inicial do Sporting: Romain Salin; Ristovski, Coates, Mathieu e Acuña; Doumbia, Gudelj e Bruno Fernandes; Diaby, Jovane Cabral e Luiz Phellype.

 

Suplentes: Luís Maximiano, Bruno Gaspar, Tiago Ilori, Jefferson, Francisco Geraldes, Miguel Luís e Pedro Marques.

 

Marcel Keizer, na conferência de imprensa pós-jogo, afirmou que o Sporting construiu bem mas não foi eficaz o suficiente no último passe, o que é verdade, mas eu incluiria também a finalização, não obstante várias intervenções de qualidade do guarda-redes "madeirense".

 

download (2).jpg

 

A realidade do dia, no entanto, é que Luiz Phellype marcou o seu quinto golo nos últimos quatro jogos e a equipa conquistou a oitava vitória consecutiva - sétima da Liga NOS - um novo recorde na era Keizer.

 

O Sporting não terá demonstrado um nível exibicional acima da média, como tinha vindo a fazer nos últimos jogos, mas, ainda assim, foi sempre superior à equipa da casa. Houve, porventura, alguma falta de criatividade e penetração pelo corredor central, mas foram criadas mais do que suficientes oportunidades para o marcador ser mais dilatado.

 

Como eu já tinha previsto no post sobre a convocatória, na ausência de Wendel o treinador optou por Doumbia, numa posição mais recuada em relação a Gudelj e Bruno Fernandes, o que terá afectado a dinâmica ofensiva. Dito isto, só Diaby teve três ou quatro lances com golo à vista, acabando por ser frustrado pelo guarda-redes do Nacional ou por desvios de defesas.

 

Com este resultado, o Sporting solidifica o terceiro lugar, com 67 pontos, mais seis do que o SC Braga, que só hoje defronta o Feirense, e menos cinco do que o FC Porto e Benfica.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:03

 

img_818x455$2018_05_24_23_34_39_741130.jpg

 

Frederico Varandas anunciou esta sexta-feira, pouco depois da vitória sobre o Nacional, a intenção de a Direcção do Sporting em avançar com uma participação na Polícia Judiciária na sequência da divulgação pública do relatório da auditoria feita às contas do Clube.

 

Numa declaração prestada aos jornalistas à saída da Choupana, o presidente do Sporting revelou ainda que já foi aberto um inquérito interno e deixou a promessa de "perseguir quem o fez até às últimas consequências":

 

"Na última semana, mais uma vez vimos a exposição pública do nosso Clube, desta vez pela divulgação criminosa do relatório da auditoria. Vamos responsabilizar quem o fez e já abrimos um inquérito interno e vamos ainda avançar com uma participação à Polícia Judiciária. Vamos perseguir quem o fez até às últimas consequências e responsabilizá-los do ponto de vista civil e criminal. A divulgação não partiu de nossa iniciativa.

Vejo muita preocupação de três ex-candidatos com a divulgação do relatório, algo que nós enquanto administração da SAD partilhamos, mas não vi qualquer comentário de nenhum deles sobre termos conseguido fazer o empréstimo obrigacionista em dois meses, termos resolvido o problema de tesouraria que tínhamos, termos ganho a Taça da Liga e garantido ainda a final do Jamor... Não vi nenhum comentário sobre isso, curiosamente.

 

Mas muito mais surreal é ouvir comentar pessoas como o Bruno Mascarenhas ou Carlos Vieira. Estão preocupados com a auditoria... mas para mim é surreal não se lembrarem que fizeram parte um Conselho Directivo que foi responsável por simplesmente limpar as contas de reserva dos bancos, dos casos do Batuque, de transferências que estão na PJ, de empresas chinesas que só emitiram uma factura e fecharam a conta... Essas situações deviam preocupá-los...


A vitória diante do Nacional é o consolidar do trabalho desenvolvido. Estamos num bom momento e podemos melhorar. O grupo sabe disso. Foi a oitava vitória consecutiva, mas quero recordar que no campeonato nos últimos doze jogos vencemos onze e empatámos um. Estamos no bom caminho e é isso que queremos".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:02

Golo (e as hienas...)

Rita Garcia Pereira, em 20.04.19

 

Ainda a festejar o golo de Luiz Phellype perante o Nacional, dou por mim a ler as últimas notícias sobre o Sporting, após uns dias de (meu...) black out.

 

Concordo com os que dizem que o conteúdo da auditoria não deveria ter sido divulgado da forma que foi e sem estar expurgado de toda aquela informação que não deveria ser do domínio dos nossos adversários.

 

21239248_DZQ8Y.png

Quanto a mim, o sítio mais apropriado seria uma Assembleia Geral e, eventualmente, até a mesma em que serão apreciados os recursos das sanções entretanto aplicadas pelo CFD. Suspeito, embora sem ter a certeza absoluta, como é que a mesma saiu para a praça pública e qual a motivação subjacente, acto pelo qual a Direcção, quer queira, quer não, é responsável.

 

Dito isto, não deixo de achar muito interessante que alguns dos ali visados tentem retirar da mesma vantagem, como sucedeu, por exemplo, com Carlos Vieira, protagonista de uma recém-entrevista bastante curiosa, em que se permite passar à frente das ilegalidades que se conhecem e das quais é, pelo menos parcialmente, responsável, e centrar tudo na forma como a mesma foi divulgada.

 

Privilegiar a forma sobre o conteúdo é uma táctica sobejamente conhecida, principalmente quando não se tem interesse algum em discutir o segundo. Nunca gostei de contabilistas arvorados em grandes gestores como nunca fui admiradora de hienas. Quando ambas as características se centram numa pessoa o resultado nunca é famoso.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:01

Foto do dia

Rui Gomes, em 20.04.19

 

57471804_10155867472771923_8739106498476507136_o.j

DIANA ALMEIDA - Atletismo (meio fundo e corta mato)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:00

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 19.04.19

 

09911f3f825641c3d35bd4f2194e7dce.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

1908 Packard Model 30 Touring Car - Leilão 2012 - 319 mil dólares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:00

Os parceiros do Sporting

Rui Gomes, em 19.04.19

 

mv-4139.jpg

 

Os "leões" Tiago Rocha e Ivan Nikcevic (andebol) e Erick Mendonça e Pany Varela (futsal) estiveram presentes num evento organizado no Chiado pela Eyeglass Factory, um dos principais parceiros do Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:54

 

20150810170934.jpg

 

Diz um ditado: "quem não tem nada para fazer, faz colheres". Assenta que nem uma luva à discussão que em tons, às vezes "melodramáticos" está na ordem do dia no universo leonino, como se não houvesse assuntos mais relevantes.

 

Trata-se da histeria que se está verificar à volta da "malfadada" Auditoria dita forense. Não pretendo pronunciar-me sobre aspectos técnicos, aliás aqui muito bem abordados pelo Rampante, mas reflectir sobre o ruído que se estabeleceu em redor da sua divulgação.

 

A Auditoria pedida pela Comissão de Gestão decorreu durante meses, tendo como intuito saber da situação financeira do Clube. Enquanto decorre, esta ou qualquer outra, é apenas do conhecimento da auditora que a está a executar. Uma vez concluída, a não ser que seja considerada secreta, ou só acessível a um grupo muito restrito, torna-se, naturalmente pública. 

 

A questão que se pode colocar é a sua abrangência, isto é, no âmbito do que foi auditado. E isso foi considerado necessário nos seus pressupostos. O que também se pode questionar é a forma da sua eventual divulgação. E isso escapa à vasta maioria senão à totalidade dos que emitem opinião, criticando o modo e o conteúdo.

 

Considerando que durante a execução é do conhecimento de várias pessoas, é impossível garantir total confidencialidade, mesmo que fosse esse o objectivo. Veja-se o que se passa com o segredo de justiça.

 

Ao contrário de alguma corrente de opinião não percebo que o seu conteúdo esteja ou venha a prejudicar o Sporting. O conhecimento da situação financeira, incluindo despesas com pessoal, não pode nem deve ser segredo de "Estado". No âmbito da minha actividade profissional o meu vencimento é público, sem que isso me prejudique ou prejudique a empresa. Conhecimento de salários, por exemplo, são no fundo, segredos de Polichinelo.

 

Sejamos claros: ou somos ou não somos pela transparência; isto é, não podemos ser de manhã e não ser à tarde. Se neste contexto concreto os nossos adversários são opacos, não somos nós que estamos errados mas eles. A transparência num clube como na sociedade é uma virtude e não um defeito. Se ela existisse, talvez não tivéssemos casos "BES", com todo o seu cortejo de desgraças.

 

Há gente a cavalgar a onda de que o facto do conhecimento dos resultados da Auditoria terem sido tornados públicos prejudica o Sporting. Com todo o respeito, não percebo como. Os problemas do Sporting CP  deixam de existir se forem públicos?  Que vantagens é que os nossos adversários estão a tirar disso? Os assuntos sigilosos, como a questão dos empréstimos, estão no segredo dos deuses.

 

O que eu vejo nas discussões de lana caprina, é um aproveitamento da oposição à actual Direcção por parte de brunistas, ricciardistas, outros 'istas', surfistas e até alguns 'enhas'. Não fosse esta oposição ressabiada, reforçada alguns sportinguistas que vão na onda por ingenuidade,  esta discussão nem sequer existia.

 

A questão central nisto não é uma luta com os nossos adversários, que do caso não tiram qualquer vantagem, mas uma luta interna pelo poder, à pala de um assunto usado como arma de arremesso. Trata-se de uma luta autofágica, essa sim, que não une mas divide o Clube. É a essa luta fratricida que os nossos adversários estão a assistir de camarote ,com algum prazer, e da qual podem vir a ter benefícios.

 

Em conclusão, este debate à volta da Auditoria, criada artificialmente, não é inocente. E quem a desencadeou e quem a alimenta, tem uma agenda de interesses que não são os do Sporting. Não fosse este Carnaval em tempo de Páscoa, e já a questão da Auditoria estava esquecida, independentemente do seu conteúdo, das lições e das consequências que lhe estão inerentes, mas que não se resolvem na praça pública. 

 

O que os sportinguistas sérios devem fazer, nesta fase, é apoiar as nossas equipas para que consigam atingir os objectivos que estão em aberto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:04

 

Com o afastamento do Benfica, ontem, pelo Eintracht Frankfurt, e do FC Porto, na quarta-feira, frente ao Liverpool, chegou-se ao termo da participação europeia para os emblemas portugueses esta época.

 

mw-1240.jpg

 

Com uma derrota por 2-0 em solo britânico no primeiro jogo, o FC Porto acabou por sofrer goleada incontestável no Dragão (1-4), sublinhando o poderio do clube de Liverpool. A formação portista deu o que tinha para dar, mas o seu melhor foi insuficiente perante um adversário reconhecidamente mais forte e que apesar de ter o Barcelona pela frente, é um sério candidato à conquista do título.

 

img_770x443$2019_04_18_08_13_59_1535748.jpg

 

Já a história do Benfica é bem diferente. Venceu o primeiro jogo, na Luz, por 4-2, e apesar de poder ser argumentado que não podia sofrer dois golos em casa, especialmente tendo em conta que beneficiou de superioridade numérica desde os 20', foi para a Alemanha com tudo nas mãos para passar a eliminatória.

 

A derrota, por 2-0, em Frankfurt, e o eventual afastamento da Liga Europa, fica a dever-se, na minha opinião, ao treinador Bruno Lage, que além de fazer alguma gestão do plantel, foi para solo germânico com uma táctica difícil de digerir, deixando a ideia que pretendia adormecer o jogo e o adversário. Tanto assim, que a equipa encarnada só fez dois remates nos primeiros 45 minutos e teve apenas 40% posse de bola.

 

É verdade que no primeiro golo o marcador alemão estava em posição irregular - na Liga Europa o VAR ainda não é utilizado - mas este erro da arbitragem não explica tudo, uma vez que, mesmo assim, as possibilidades de um resultado favorável continuaram em alta. 

 

O Benfica ainda deu alguns "ares da sua graça" no segundo período, nomeadamente nos 15 minutos iniciais, mas salvo um potente remate de Salvio que entretanto saltou do banco, nunca verdadeiramente ameaçou a baliza do Eintracht.

 

Em termos financeiros, foi uma campanha muito lucrativa para os dois emblemas. O FC Porto recebeu em excesso de 78 milhões de euros e o Benfica ultrapassou os 50 milhões. Falta ainda a distribuição das percentagens dos direitos televisivos no final da época.

 

Relativamente ao ranking da UEFA, Portugal continua em 7.º lugar, com 9.083 pontos, ligeiramente atrás da Rússia que soma 9.666 pontos. Neste sentido, era muito importante a continuidade destes dois clubes na Europa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:03

Convocatória para o Nacional

Rui Gomes, em 19.04.19

 

57431178_10155910783221555_1886322036943355904_n.j

 

A lista de 19 jogadores convocados por Marcel Keizer para o embate com o Nacional, a contar para a 30.ª jornada da Liga NOS.

 

Algumas ausências notáveis: Renan a cumprir um jogo de castigo pela expulsão frente ao Aves, Bas Dost e Borja ainda no processo de recuperação, embora já tenham treinado nos últimos dias, e ainda Raphinha, sem explicação, que não viajou com a equipa. A ausência mais em destaque, no entanto, é a de Wendel.

 

O médio brasileiro estará sob alçada disciplinar por se ter deslocado a Itália para assistir ao jogo Juventus - Ajax sem a autorização da SAD. Tinha a ideia que uma repreensão e multa seria o suficiente, nas circunstâncias, mas é óbvio que os principais responsáveis por estas decisões, inclusive da equipa técnica, têm outros critérios em mente.

 

Para colmatar a sua ausência, creio que a escolha mais lógica, até pelas suas características técnicas, seria Francisco Geraldes, mas penso que Keizer avançará com quem lhe oferece maior confiança. Assim, Doumbia ocupará a posição "6" e Gudelj funcionará como "8".

 

Este será o 'onze' provável de Marcel Keizer:

 

Romain Salin; Ristovski, Coates, Mathieu e Acuña; Doumbia, Gudelj e Bruno Fernandes; Diaby, Jovane Cabral e Luiz Phellype.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:02

Foto do dia

Rui Gomes, em 19.04.19

 

57484811_10155867589261923_7306197102340603904_o.j

Ginastas Diogo Abreu e Diogo Ganchinho 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:01

Jornal Sporting

Rui Gomes, em 19.04.19

 

57191761_10155910651251555_5294433046504669184_n.j

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds