Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

images.jpg

 

Um jogo muito desagradável de seguir, um dos piores da época, numa noite fria e chuvosa no Estádio Municipal de Arouca, e com um relvado muito "pesado". Não invejo os espectadores que estiveram presentes.

 

Não me vem à ideia um único jogador do Sporting que tivesse feito uma boa exibição, salvo, porventura, William Carvalho, que, entre tanta mediocridade, esteve menos mal. O jovem Carlos Mané, longe do seu melhor, também acabou por contribuir com duas assistências.

 

ng7DD97B1F-B05F-4ED5-A1A1-740573D1D601.jpg

 

O Sporting nunca se impôs, nunca controlou o meio campo e a construção de jogo evidenciou-se pela sua ausência. Muitos erros de ordem diversa ao longo dos 90+8 minutos, a culminar com aquela infantil retaliação por parte de Jonathan Silva, mesmo ao fechar do pano, que precipitou a confusão verificada e resultou na sua expulsão, ao lhe ser exibido o segundo cartão amarelo.

 

Nota especial para o golo de Tobias Figueiredo, aos 77', salvo erro, o seu primeiro pela equipa principal. Não o posso culpar no lance da grande penalidade; um remate forte a curta distância em que ele leva o braço para trás das costas, mas sem conseguir evitar o contacto com a bola. Ficou ao critério do árbitro, que, diga-se de passagem, fez um trabalho ao nível do jogo, ou até pior.

 

ng5C14A4F9-9B60-4CB0-94B2-D14336D15726.jpg

 

Vem aí o "derby" e teremos, então, de elevar a nossa qualidade de jogo significativamente.

 

P.S. Achei "piada" ao banco do Sporting, que incluía Diego Capel, Nany Sarr e Miguel Lopes, três jogadores que deviam estar a caminho... de algum lado.

 

publicado às 20:17

 

ngE368E195-1CBA-4A7C-BC03-B15D89A723F0.jpg

 

A equipa de juvenis do Sporting goleou este domingo o Atlético, por 6-0, em jogo da 2.ª jornada da Série D da 2.ª fase do Campeonato Nacional, lamentavelmente referente à manutenção/descida.

 

A figura do jogo na Tapadinha foi Gil Santos com um "hat-trick" - golos aos 20', 45' e 79'. Diogo Fernandes (27' e 77') e Hélder Almeida (65'), foram os restantes marcadores.

 

O Sporting lidera a classificação, agora com 48 pontos - duas vitórias em tantos jogos nesta fase - seguido pelo Sacavenense e pelo Núcleo SPG Rio Maior.

 

publicado às 13:46

Campeonato Nacional de Juniores

Rui Gomes, em 31.01.15

 

DOYVNN9M.jpg

 

A equipa de juniores do Sporting terminou a primeira fase do Campeonato Nacional com uma derrota, por 2-1, pela visita a Leiria, mas já estava garantida a passagem para a segunda fase. O golo leonino foi marcado por Ever Gómez.

 

Concluída, então, a 22.ª e última jornada da primeira fase, eis os oito clubes apurados:

 

Zona Norte

 

FC Porto - 51 pontos

V. Guimarães - 44

Rio Ave - 43

Gil Vicente - 40

 

Zona Sul

 

Benfica - 60 pontos

Sporting - 40 (12 vitórias/4 empates/6 derrotas)

União de Leiria - 35

Nacional - 35

 

publicado às 20:28

Vencemos... mas com o eterno problema

Rui Gomes, em 25.01.15

 

scp-aac.jpg

 

O Sporting controlou perfeitamente o jogo do primeiro ao último minuto, sempre a pressionar mas, de igual modo, quase sempre a exibir a já conhecida dificuldade em penetrar uma equipa que joga de "autocarro estacionado".

 

No primeiro tempo, 22 ataques para o Sporting e apenas 5 para a Académica, no entanto, a única oportunidade flagrante para golo - desperdiçada escandalosamente por Montero, a cruzamento de Carrillo - surgiu aos 7 minutos. Os únicos outros lances dignos de registo foram duas jogadas de Adrien, uma na área e outra fora, em que o árbitro não esteve bem e, na segunda, até mostrou o cartão amarelo ao médio do Sporting, por protestos.

 

600.gif

  

A segunda parte começou com mais do mesmo, embora com o Sporting a conseguir mais alguma profundidade, mas também a não concretizar as oportunidades criadas. Aos 53', Adrien com um remate acrobático, ainda mandou o esférico à trave, aos 68' Cédric com um excelente remate que obrigou defesa apertada pelo guarda-redes dos "estudantes" e, finalmente, o golo da partida, aos 76', por João Mário, a aproveitar da melhor maneira a recarga do cabeceamento de Tanaka. Vários outros desperdícios, um por Nani aos 80', frente à baliza.

 

Marco Silva iniciou o jogo com o onze expectável, mas acho que tardou a mexer na equipa, apenas fazendo entrar Carlos Mané e Tanaka, aos 67', em substituição de Adrien Silva e André Carrillo. Miguel Lopes entrou aos 88', no lugar de Jefferson, imagino para estar apto a defrontar o V. Setúbal. na quarta-feira, para a Taça da Liga.

 

ngB84FD390-6C7C-468D-936C-0C0DEE8628F8.jpg

 

Boa decisão vinda do banco, indubitavelmente, para Nani e Jefferson apanharem o 5.º amarelo da Liga. Falharão o próximo jogo frente ao Arouca, mas ficam com o registo limpo para a fase muito complicada do campeonato, que segue, que inclui o eterno rival.

 

A defesa leonina esteve muito serena, especialmente os dois do eixo, com os laterais mais focados nas manobras ofensivas. Rui Patrício não foi chamado a efectuar uma única defesa digna do nome.

 

William Carvalho muito melhor, embora ainda com alguns passes extraviados. Fredy Montero inconsequente, perante este tipo de adversário a jogar com as linhas muito baixas. Não sei se Ryan Gauld estava no banco, mas gostava de o ter visto na segunda parte, em jogo destas características.

 

No final das contas, vale a vitória e os preciosos três pontos.

 

publicado às 18:00

Tanaka ! Tanaka ! Tanaka !

Rui Gomes, em 11.01.15

 

ng2438585.jpg

 

Por alguma razão sempre gostei deste jogador japonês ! Viva Tanaka e Viva o Sporting !!! 

 

812.gif

 

Um final de jogo exuberante pela marcação daquele fabuloso livre, mas, diga-se, merecido, pela excelente exibição do Sporting, que só pecou pela ineficácia de finalização, nas inúmeras oportunidades que criou e desperdiçou, nomeadamente na segunda parte, em que se superiorizou acentuadamente ao SC Braga.

 

Marco Silva não surpreendeu com o onze inicial - foi, aliás, a constituição que eu previ aqui no Camarote - e depois de um início algo morno, com o Braga a criar mais perigo com o jogo de transição, o Sporting acabou por equilibrar a contenda, com Rui Patrício a permitir margem para recuperação com duas ou três intervenções de grande nível, especialmente num remate que exigia golo, aos 40 minutos.

 

Os primeiros 30 minutos do segundo tempo foram totalmente do Sporting e até deu para perder conta dos golos falhados, nomeadamente por Fredy Montero e João Mário, este último até à boca da baliza.

 

 

600.gif

 

De resto, não há nada a apontar à prestação leonina. Não foi perfeita, nenhuma é, mas foi de elevada qualidade, com os jogadores a deixarem tudo em campo. André Carrillo está a fazer-se um grande jogador, Nani fez tudo aquilo que bem sabe e Paulo Oliveira destacou-se na defesa, isto, sem desprimor para Maurício e os dois laterais. William, embora ainda com alguns passes estraviados à mistura, fez um grande jogo. Não viso a crítica sobre nenhum elemento, mas acho que o elo menos eficaz no onze titular foi Fredy Montero. Vamos sentir a ausência de Slimani. 

 

 Tanto Adrien Silva como Maurício viram o 5.º amarelo e vão falhar a recepção ao Rio Ave, na 17.ª e última jornada da Primeira Volta.

 

Com este resultado, o Sporting ascende ao pódio da I Liga e mantém-se na corrida aos dois lugares cimeiros, a quatro pontos do FC Porto e a dez do Benfica.

 

publicado às 22:21

Juvenis falham apuramento

Rui Gomes, em 11.01.15

 

80030.jpg

 

A equipa de juvenis do Sporting entrou em campo este domingo para defrontar o Atlético, consciente de que se não se qualificou para a 2.ª Fase do Campeonato Nacional, pela vitória do Real sobre o Casa Pia.

 

Em jogo da última jornada, Série D, da 1.ª Fase, o Sporting foi à Tapadinha vencer o Atlético, por 4-1. Pouco tempo antes, o Real derrotou o Casa Pia, pelo mesmo resultado.

 

Os comandos de Telmo Costa terminam a competição com 42 pontos - provenientes de 13 vitórias, 3 empates e 2 derrotas - menos 3 pontos do que o líder Benfica, e menos um do que o Real. Curiosamente, registam o melhor ataque, com 82 golos, e a melhor defesa, com apenas 7 golos sofridos.

 

Assim, o Benfica e o Real juntam-se ao Belenenses, Vitória de Setúbal, Vitória de Guimarães, Palmeiras, FC Porto, Padroense e União de Leiria, entre os apurados.

 

É a primeira vez - pelo menos este século - que os juvenis não passam à fase seguinte e à final do Campeonato Nacional.

 

________________________________________________

 

Em nota mais positiva, os iniciados de Pedro Venâncio venceram o Casa Pia, por 2-0, em jogo da 18.ª e última jornada da Série F do Campeonato Nacional, e qualificaram-se para a fase seguinte.

 

publicado às 14:42

 

taca_portugal-trofeu.jpg

 

Com a surpreendente vitória sobre o Benfica, o SC Braga junta-se ao Sporting, Marítimo, Gil Vicente, Nacional, Belenenses, Rio Ave e Famalicão para disputar os quartos-de-final da Taça de Portugal.

 

Até custa a acreditar, mas esta foi a primeira vitória da história do SC Braga no Estádio da Luz - em jogos da Taça de Portugal - assim como foi a primeira vez na sua história que o Benfica foi afastado das competições europeias e da Taça de Portugal antes do final do ano civil. Apesar da péssima exibição, parece que dá outro "sabor" à vitória do Sporting sobre o Vizela. Segundo as reportagens noticiosas, a derrota do eterno rival foi celebrada na Gala Stromp, que teve lugar esta quinta-feira, em Lisboa.

 

O sorteio está agendado para a próxima segunda-feira, 22 de Dezembro, pelas 12h30, na sede da Federação Portuguesa de Futebol.

 

Destaque para o Famalicão que representa o Campeonato Nacional de Seniores.

 

P.S. O Belenenses é um "azul" diferente.

 

publicado às 05:55

Sporting gasta metade dos rivais

Rui Gomes, em 06.12.14

 

visaodemercado_blog.jpg

 

Sem ser surpresa de maior, as mais recentes informações disponibilizadas indicam que o Sporting está a gastar menos de metade dos rivais, em termos de salários dos atletas, treinadores e outros funcionários da SAD.

 

As SAD do FC Porto e do Benfica estão a gastar cerca de 10 milhões de euros por mês para fazer face aos custos salariais. No primeiro trimestre da época de 2014/15 - de Julho a Setembro - os dragões tiveram custos com pessoal de 15,5 milhões de euros, uma subida de 41,5% em relação ao mesmo período da época transacta, ou seja, cerca de 5,2 milhões de euros mensais.

 

Já a Benfica SAD viu um aumento de 2% neste mesmo período, atingindo um total de 14,5 milhões de euros, mais de 4,8 milhões por mês. Contabilizando as duas sociedades, se estes gastos se mantiverem constantes ao longo da época, os custos totais da actual temporada podem chegar aos 120 milhões de euros.

 

Os custos da Sporting SAD sofreram um ligeiro aumento quando comparados aos da época passada, em que os custos com pessoal ficaram por cerca de 25 milhões de euros, ou seja, 2,1 milhões/mês. Isto, comparado com os 48,9 milhões da FC Porto SAD (4,1 milhões/mês) e os 63,2 milhões da Benfica SAD (5,3 milhões/mês).

 

Na época passada, os três grandes do futebol português gastaram 137 milhões de euros em salários.

 

publicado às 04:04

 

80806.png

 

publicado às 05:26

UEFA Futsal Cup

Rui Gomes, em 18.10.14

 

1.jpg

 

O sorteio para a ronda de Elite da UEFA Futsal Cup foi realizado esta sexta-feira, em Nyon, na Suíca. O Sporting está integrado no Grupo A, com as seguintes equipas:

 

Inter Movistar (Esp.) - Grand Pro Varna (Bul) - Charleroi (Bel)

 

Os jogos deste Grupo serão disputados no Pavilhão de Odivelas, entre 18 e 23 de Novembro. Os vencedores dos quatro grupos qualificam-se para a fase final, que será realizada em Abril, em local ainda a definir.

 

publicado às 02:15

 

 

Perante o penúltimo classificado da I Liga - 4 pontos em 6 jogos, 3 golos marcados e 9 sofridos - o Sporting realizou uma exibição muito modesta no primeiro tempo, pese o domínio de jogo, e assim continuou após o intervalo, até Slimani inaugurar o marcador, aos 69', com um bom cabeceamento a cruzamento de Jefferson.

 

A partir desse ponto, com a sua natural superioridade, tudo se tornou mais fácil. Escassos minutos antes Marco Silva fez entrar Adrien Silva e Fredy Montero, em substituição de William Carvalho e André Martins, e pouco tempo depois, Diego Capel também pisou o relvado. O Sporting começou a exibir maior dinâmica de jogo e o segundo golo do avançado argelino surgiu aos 69', a excelente passe de Cédric Soares.

 

Chegou-se, então, ao momento mais esperado: uma jogada em profundidade por Diego Capel e cruzamento rasteiro para FREDY MONTRERO empurrar a bola para dentro da baliza do Penafiel. O seu primeiro golo desde o dia 8 de Dezembro de 2013, na 12.ª jornada de 2013/14, frente ao Gil Vicente.

 

Por fim, aos 85', um soberbo pormenor técnico de Nani, a marcar o 4.º golo do Sporting. Não terei sido o único sportinguista a temer mais um empate a zero, tal a apatia do Sporting para com a baliza adversária. No todo, uma exibição muito aquém do que a equipa é capaz, mas quando se chega à hora da verdade, contam os golos e os três pontos da vitória.

 

Não assisti ao início do jogo, mas constou-me que Marco Silva fez o "favor" de equipar Tanaka. Não era de esperar que ele entrasse no jogo - mesmo quando se andava desesperadamente à procura do primeiro golo - mas é o primeiro passo na direcção certa. É expectável que até ao fim da primeira volta venha a jogar mais uns minutos.

 

publicado às 01:18

Os melhores 45 minutos da época

Rui Gomes, em 27.09.14

 

 

Antes de mais - e escrevi esta nota antes do início do jogo - os meus parabéns a Marco Silva pela coragem de incluir Jonathan Silva no onze inicial. Sugeri esta ideia na crónica do último jogo mas, para ser sincero, nunca imaginei que o treinador o fizesse. O jovem argentino teve alguns lapsos defensivos, mas no todo dos 90' +3, teve um desempenho muito positivo e até marcou um excelente golo, logo aos 2', na bela jogada iniciada por Nani e complementada por André Carrillo.

 

Na minha opinião, nos primeiros 45' da partida viu-se um Sporting em grande nível, de longe o melhor desta época, e o resultado ao intervalo peca por escasso. A equipa leonina foi sempre a mais perigosa e objectiva, controlou totalmente o meio campo, exerceu de forma quase perfeita a pressão alta e executou o jogo de transição com muita eficácia. Esteve sempre mais perto do dois ou três zero, do que o FC Porto igualar o marcador, superou-se em jogadas de ataque e remates, com João Mário, em duas ocasiões, com grandes oportunidades para golo, além de uma jogada espectacular de Carrillo, aos 39 minutos.

 

A segunda parte apresentou um cenário diferente. O treinador portista mexeu na equipa e esta entrou melhor no jogo. Recuperou o meio campo e começou a dar mais profundidade ao seu jogo ofensivo. O golo (autogolo) da igualdade, aos 56', surgiu em directo resultado desta profundidade, e já sete minutos antes, Rui Patrício tinha feito uma grande defesa diante um Jackson Martinez isolado. O lance do golo foi de infelicidade e fruto de alguma inexperiência de Naby Sarr, mas nada mais há para apontar, faz parte do futebol.

 

O maior problema para uma equipa que entra no jogo a exercer pressão alta, é o desgaste físico, e acho que o Sporting acusou por acusar esse desgaste no segundo tempo. Com a senhora da sorte a sorrir, Diego Capel mandou uma autêntica "bomba" à trave da baliza de Fabiano, aos 79', que poderia ter assegurado a vitória.

 

No resumo dos 90 minutos, o resultado não é injusto, mas acho que o Sporting perdeu a grande oportunidade de arrumar o jogo na primeira parte. Como nota final, penso que André Carrillo foi a grande figura do jogo e muito embora no ecrã televisivo não seja possível avaliar o desgaste físico dos jogadores, não vi de bons olhos a sua substituição, aos 65 minutos. Neste sentido, Marco Silva está a tornar-se excessivamente previsível. A entrada de Montero, em substituição de Slimani, aos 78', não acrescentou nada ao jogo, aliás, mesmo cansado que o argelino tivesse, sempre teria uma muito maior presença na área portista. Não vi a linha de jogo, mas não será surpresa alguma vir a verificar que Tanaka foi mais uma vez para a bancada. Já nem comento este tipo de decisões por parte de Marco Silva. Fredy Montero vai continuar a equipar-se até ao derradeiro suspiro. Veremos o que acontecerá em Janeiro, quando Slimani se juntar à selecção argelina na disputa da Taça das Nações Africanas.

 

O Sporting tem agora o Chelsea de José Mourinho pela frente - na terça-feira - e só então é que poderemos avaliar o impacte do clássico no rendimento dos jogadores do Sporting.

 

publicado às 03:45

Dia de Clássico

Rui Gomes, em 26.09.14

 

 

As equipas prováveis:

 

SPORTING

 

Rui Patrício - Cédric Soares - Maurício - Naby Sarr - Jefferson - William Carvalho - Adrien Silva - João Mário - Nani - André Carrillo e Islam Slimani

 

FC PORTO

 

Fabiano - Danilo - Marcano - Indi - Alex Sandro - Rúben Neves - Casemiro - Herrera - Oliver - Brahimi e Jackson Martinez

 

publicado às 06:27

A "guerra" antes da "batalha"

Rui Gomes, em 25.09.14

 

 

- Em vésperas do Sporting - FC Porto, o canal televisivo dos leões emitiu gravações de escutas judiciais, divulgando conversas telefónicas entre Pinto da Costa e o empresário António Araújo.

 

- O dirigentes do FC Porto, incluindo Pinto da Costa, recusaram sentar-se na Tribuna de Alvalade. Os responsáveis portistas assistirão ao clássico a partir de um camarote de imprensa.

 

- O FC Porto rejeita entrar em campo, em Alvalade, na sexta-feira, com crianças de mãos dadas com os jogadores da equipa. Acção protocolar não é imposta pela Liga de Clubes, terão alegado os responsáveis do FC Porto.

 

- António Sousa - antigo médio que jogou nos dois clubes - vê um clássico entre equipas que este ano estão mais fortes, em termos individuais e colectivos, com algum ascendente por parte do FC Porto, embora falte entrosamento e "qualquer coisa" no último terço.

 

- Marco Silva: "O FC Porto é uma equipa forte que nos irá criar dificuldades, mas de certeza que iremos também criar muitas dificuldades ao FC Porto. Haverá momentos para uns e para outros, mas o que interessa é que sejamos nós a sair por cima no jogo. Clássicos são jogos que se definem ao mínimo pormenor. Respeitamos muito o nosso adversário, mas o importante é o nosso comportamento."

 

publicado às 15:46

Finalmente... golos !

Rui Gomes, em 22.09.14

 

 

Na realidade, não considero que o Sporting tenha feito uma exibição muito diferente das que já assistimos - especialmente tendo em conta o adversário - mas, no futebol, uma equipa vive à base dos golos e quando estes aparecem, fazem toda a diferença.

 

Aqueles dois excelentes remates, para golo, de Adrien Silva e Nani, aos 10' e 12' respectivamente, era precisamente o que o Sporting necessitava, urgentemente, para apagar a sombra de Maribor e dar uma boa dose de confiança à equipa. Slimani, aos 25', isolado diante o guarda-redes gilista, até poderia e deveria ter aumentado o marcador, mas a sua ineficácia com os pés manifestou-se novamente.

 

Marco Silva não surpreendeu, minimamente, ao fazer entrar Maurício, Sarr e Jonathan Silva, este último pela indisponibilidade de Jefferson, e até João Mário, em substituição de André Martins. Para ser justo, é a minha opinião que o médio da formação leonina fez um bom jogo e teve muita influência na melhor dinâmica que se verificou do meio-campo do Sporting. Creio que será uma aposta para continuar, havendo lógica e bom senso. Já o mesmo não se poderá dizer com Diego Capel no lugar de Carrillo, decisão surpreendente, mas o treinador terá querido descansar um e dar tempo de jogo ao outro. O avançado peruano acabaria por entrar aos  70', a tempo de marcar o quarto golo do Sporting, finalizando uma excelente combinação entre Nani e João Mário. Este, que também serviu magnificamente Slimani aos 69' e, desta vez, os pés do argelino não o atraiçoaram.

 

Tivemos hoje a primeira real oportunidade para observar Jonathan Silva em acção e não obstante a natural falta de identificação com a equipa, acho que se viram alguns bons pormenores e que o jovem argentino merecerá novas oportunidades para mostrar a sua mais-valia, até porque faria bem a Jefferson adornar o banco durante alguns jogos. Isto, apesar do ataque do Gil Vicente não ter exercido muita pressão sobre a defesa do Sporting.

 

Nani mais uma vez a demonstrar o seu enorme talento e a sua incontornável influência na equipa. William Carvalho não esteve mal, mas ainda está longe da forma que atingiu na época passada. Excelente golo de Adrien Silva e um elemento também muito influente na dinâmica do meio-campo, embora um pouco mais desaparecido na segunda-parte.

 

Uma palavra final - crítica, aliás - para Marco Silva. Continua a demonstrar enorme dificuldade em fazer uma gestão adequada do plantel: André Martins vai de titular - que foi nos primeiros 5 jogos - para a bancada, a fazer companhia a Junya Tanaka, mais uma preterido pelo treinador. É óbvio que o avançado japonês não goza da confiança do técnico, seja para o que for, e até dá para questionar o propósito da sua contratação. A última questão, que só Marco Silva poderá explicar, relaciona-se com a sua decisão de ir a jogo com 6 defesas... contra o Gil Vicente. Os quatro titulares, mais Paulo Oliveira e Ricardo Esgaio. O que fará ele quando tiver pela frente o FC Porto ou o Chelsea ?

 

Os critérios de Carlos Xistra, uma autêntica palhaçada. Nada de novo aqui.

 

publicado às 04:15

 

 

... o treinador e o capitão do Sporting em uma conferência de imprensa pré-jogo da Liga dos Campeões. A última vez foi na época de 2008/09, sob o comando técnico de Paulo Bento, em que se chegou aos oitavos-de-final. Infelizmente, aí, encontrámos o poderoso Bayern Munique em uma eliminatória que fica na história pelas piores razões.

 

Como já será do conhecimento da vasta maioria de sportinguistas, o Sporting foi o primeiro clube português a participar na prova superior de clubes da Europa. Em 1955, na primeira edição, os clubes participantes acederam por convite, atendendo ao seu prestígio de então.

 

O primeiro golo na história da então denominada Taça dos Clubes Campeões Europeus foi marcado pelo "leão" João Martins, frente ao Partizan de Belgrado, em um jogo que acabou empatado, por 3-3, realizado no Estádio Nacional no dia 4 de Setembro de 1955. O Sporting acabaria por ser eliminado, na partida da segunda mão, por 5-2.

 

No total, o Sporting já realizou 60 jogos na Liga dos Campeões: 18 vitórias - 11 empates - 31 derrotas. Nos 30 jogos em casa: 12 vitórias - 7 empates - 11 derrotas. Na condição de visitante: 6 vitórias - 4 empates - 20 derrotas.

 

Nos referidos 60 jogos marcou 76 golos - média de 12,7/jogo - e sofreu 108 - média de 1,8/jogo.

 

Esperamos que seja uma entrada com o "pé direito" diante o NK Maribor, o clube de maior prestígio da Eslovénia - fundado em 1960 - que regista 12 títulos nacionais, 4 taças e 4 supertaças. O Estádio Ljudski, onde o jogo será realizado, na cidade de Maribor, tem capacidade para cerca de 12,990 espectadores.

 

Pela acima referida última participação na "Champions", apenas Rui Patrício e Adrien Silva jogaram de "leão ao peito" na humilhação em Munique. Vejamos onde andavam os restantes jogadores nessa altura:

 

Cédric Soares - Jogava nos juniores do Sporting.

 

Maurício - Era "reserva" do Palmeiras onde Jefferson era titular.

 

Nany Sarr - Jogava nos juvenis do Lyon.

 

William Carvalho - Era juvenil do Sporting.

 

André Martins - Jogava nos juniores do Sporting.

 

Nani - Participava na Champions em representação do Manchester United.

 

André Carrillo - Cumpria a primeira época como sénior no Alianza Lima, Peru.

 

Islam Slimani - Jogava no Chéraga da 2.ª Divisão da Argélia.

 

Fredy Montero - Representava o Seattle Sounders da MLS.

 

Junya Tanaka - Jogava no Kashiwa Ryersol do Japão.

 

Marcelo Boeck - Era o guarda-redes suplente do Marítimo.

 

Diego Capel - Jogava no Sevilha.

 

Oriol Rosell - Alinhava pelos juniores do Barcelona.

 

João Mário - Ricardo Esgaio e Carlos Mané já andavam na formação do Sporting.

 

Paulo Oliveira - Jogava nos juniores do Vitória de Guimarães.

 

Jonthan Silva - Jogava nos juvenis do Estudiantes, Argentina.

 

*** Marco Silva - Era o lateral esquerdo do Estoril Praia.

 

publicado às 10:49

"Leões" inscritos na UEFA II

Rui Gomes, em 07.09.14
 

 

No primeiro post relacionado com as inscrições dos jogadores do Sporting na UEFA para participação na Liga dos Campeões, divulgámos os 25 nomes que constituem a Lista A, sendo 25 o máximo permitido pelas regras da competição.

 

Entretanto, a UEFA publicou no seu site oficial a acima referida lista, assim como a Lista B, que não tem limite de inscrições. O Sporting inscreveu 27 jogadores adicionais nesta segunda lista, que pode ser lida aqui, apresentando o total de 52 jogadores inscritos.

 

A Lista B é composta por três jogadores que actualmente integram a equipa principal: Carlos Mané, João Mário e Ricardo Esgaio. Contrário ao que eu vi noticiado online, estes jogadores não se encontram nesta lista por serem considerados secundários, mas sim por cumprirem os requisitos da mesma, permitindo, portanto, a inclusão de três outros atletas na Lista A, que de outro modo não poderiam ser inscritos.

 

O balanço da Lista B é composto por jovens da equipa B e uns quantos juniores, a exemplo de Vladimir Stojkovic, Pedro Silva e José Postiga, só para nomear três. O que surpreende é a inscrição de 52 jogadores, quando a vasta maioria de equipas limita as inscrições entre 35 a 40 atletas, e com a lista a ter de ser actualizada diversas vezes ao longo da competição. É possível que obedeça a uma qualquer estratégia, mas não é aparente.

 

E, para antecipar qualquer comentário de leitores, esta inscrição de juniores não está associada à que é exigida para a participação dos sub-19 na "UEFA Youth League", como passaremos a explicar no post seguinte.

 

publicado às 04:27

O mercado fechou... finalmente !!!

Rui Gomes, em 02.09.14
Temos vindo a acompanhar a evolução do mercado de transferências desde o primeiro dia - ou melhor, a noticiada evolução do mercado - e mediante a informação que nos foi possível apurar, foram referenciados 65 jogadores pelo suposto interesse do Sporting, entre os quais apenas 8 foram contratados: Oriol Rosell - André Geraldes - Junya Tanaka - Ryan Gauld - Naby Sarr - Ramy Rabia - Jonathan Silva e Hadi Sacko.

Salvo confirmação por parte do Sporting - que nunca se verificará - é impossível saber ao certo quantos nomes são o resultado de mera ficção noticiosa, quantos o Sporting se deu ao trabalho de averiguar as suas condições, quantos despertaram interesse suficiente para ter havido contacto com clubes e/ou empresários e, finalmente, quantos foram na realidade negociados sem sucesso. Entre todos, teremos, porventura, uma ideia mais concreta destes últimos, mesmo sem ter conhecimento dos detalhes. 

Como já aqui tivemos ocasião de comentar, este período de transferências é excessivamente longo e deveras incómodo para clubes, treinadores e jogadores, porque se prolonga além do começo dos principais campeonatos europeus. Disposição há muito contestada, mas, pelos vistos, é ao agrado das entidades que superintendem a modalidade.

Até Janeiro de 2015...

 

 




Todos estes futebolistas já foram apontados pela comunicação social como potenciais reforços para o Sporting. Vamos actualizando a lista consoante os nomes são divulgados:

Charles Monsalvo - Josef Martinez - Darko Lazovic - Derley - Inoh Ezequiel - Loris Benito - Ali Hazami - Oussama Assaldi - Pedro Tiba - Rafael Martins - Marko Marin - Ramy Rabia - Danilo Pereira - Marko Petkovic - Gonçalo Santos - Oriol Rosell - Malik Evouna - Dorin Rotariu - Marçal - Fidel Martinez - Ali Ghazal - Luka Milunovic - Fucile - Marius Tucudean - Carlitos - Ayoub El Khaliqi - Filip Kostic, André Geraldes - Eric Maxim Choupo-Moting - Denilson - Yohan Tavares - Vagner - Jonathan Rodriguez - Junya Tanaka - Carlos Strandberg - Christian Bolaños - Federico Carrizo - Terrence Boyd - Jonathan Silva - Alexander Milosevic - Enes Unal - Ryan Gauld - Pablo Armero - Abdullahi Shehu - Sezer Ozmen - Stefanos Kapino - Vágner da Silva - Stian Ringstad - Enner Valencia - Facundo Roncaglia - Jerson Cabral - Néstor Vidrio - Gael Kakuta - Ravel Morrison - Naby Sarr - Juan Agudelo - Lucas Romero - Hélder Postiga - Vincent Aboubakar - Duje Cop - Anderson - Hadi Sacko - Ahmed Fathi - Virgil van Dijk e Dossa Júnior.

Veremos quantos chegarão a jogar em Alvalade de "leão ao peito".

  

publicado às 01:18

O resultado acaba por agradar...

Rui Gomes, em 31.08.14

 

 
O Sporting fez os seus melhores 45 minutos desta época, não se deixou abater com o golo de Gaitán - aos 11' - igualou o marcador aos 20' com um golo oportuno de Slimani, numa jogada em que o muito alerto Carrillo bloqueou o passe de Artur, e até ao intervalo até acabou por se superiorizar ao Benfica e criou algumas oportunidades para marcar. 
 
A segunda parte apresenta um cenário diferente, com o Benfica a entrar muito forte e a controlar o meio campo, e salvou o Sporting pelo menos três intervenções decisivas de Rui Patrício.
 
Na minha opinião, Marco Silva tardou a mexer na equipa e terá errado quando fez entrar Diego Capel para o lugar de Carrillo, aos 60', quando era aparente que o meio campo necessitava, urgentemente, de ser reforçado. Durante cerca de 30 minutos a equipa da Luz dominou as operações, salvo uma ou outra jogada de contra-ataque do Sporting, que viu a sua melhor oportunidade para vencer a partida aos 88', quando Slimani recebeu um cruzamento de Nani para rematar de primeira, com uma boa defesa de Artur.
 
A defesa do Sporting não fez um jogo deslumbrante mas, em geral, esteve muito bem, com destaque para o jovem Ricardo Esgaio que registou uma excelente exibição. Maurício, Sarr e Jefferson, não sem ocasionais lapsos, também registaram boas exibições.
 
Islam Slimani estreou-se oficialmente esta época e, além do golo, teve mais duas ou três oportunidades de grande perigo. Em abono da verdade, fez sentir a sua presença a um nível que Fredy Montero ainda não conseguiu realizar.
 
Lamento, como sempre, a total ausência de jogo pelo corredor central para criar os indipensáveis desquilíbrios. O Sporting é previsível com o seu jogo pelas alas e os respectivos cruzamentos, que facilita, e muito, a vida a qualquer defesa. Vale o ocasional rasgo em diagonal pelos extremos, no último terço do terreno.
 
Ao fim e ao cabo, o resultado acaba por agradar e, sobretudo, por ser justo, face às exibições das duas equipas e às oportunidades criadas por ambas.
 
O Sporting termina o mês de Agosto com uma vitória e dois empates, 5 pontos entre os possíveis 9.
  

publicado às 20:56

 

 

 

 

 

Quarta-feira, 17 de Setembro

 

Maribor vs Sporting

 

Chelsea vs Schalke 04

 

 

Terça-feira, 30 de Setembro

 

Sporting vs Chelsea

 

Schalke 04 vs Maribor

 

 

Terça-feira, 21 de Outubro

 

Schalke 04 vs Sporting

 

Chelsea vs Maribor

 

 

Quarta-feira, 5 de Novembro

 

Sporting vs Schalke 04

 

Maribor vs Chelsea

 

 

Terça-feira, 25 de Novembro

 

Sporting vs Maribor

 

Schalke 04 vs Chelsea

 

 

Quarta-feira, 10 de Dezembro

 

Chelsea vs Sporting

 

Maribor vs Schalke 04

 

 

*** O calendário de todos os jogos da fase de grupos está disponível aqui.

 

publicado às 21:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds