Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A fabricação de Augusto Inácio

Rui Gomes, em 15.02.16

 

original (2).jpg

 

No programa Play-Off da SIC Notícias, Augusto Inácio voltou a falar do caso André  Carrillo, alegando que o Sporting agiu como devia, relativamente à tentativa de renovar com o avançado peruano:

«Todos os clubes grandes normalmente, a dois anos do final do contrato de um jogador, tentam renovar, precisamente para não deixar para o último ano, onde estão sujeitos a tudo. O Carrillo andava-se a falar há dois anos, mas ele não quis. Não se pode dizer que o Sporting deixou para a última.

O Sporting tentou renovar com o William, conseguiu; tentou renovar com o Adrien, conseguiu; o único com quem não conseguiu foi o Carrillo.»

 

No que a André Carrillo diz respeito, considero esta declaração de Augusto Inácio uma pura fabricação. Não tenho comprovativo algum para a expor documentadamente, mas nem por isso deixo de ter uma opinião assente em tudo quanto é lógico e do nosso conhecimento.

 

É nada menos do que incrível que o antigo director-desportivo queira passar a ideia de que a SAD tenha apresentado uma qualquer proposta de renovação a Carrillo há dois anos e, muito mais ainda, uma proposta digna do nome, que foi rejeitada pelo jogador.

 

publicado às 05:56

"Empurrões" mais a Norte ?

Rui Gomes, em 04.01.16

 

Entretanto, Bruno de Carvalho e Augusto Inácio não deixaram passar em branco a polémica arbitragem de Carlos Xistra em Guimarães, que terá viabilizado o triunfo do Benfica, por 1-0:

 

4139_7a457778a98fedb9f0c6939e6d84bd9c.png

«Começar o ano com dois penaltis perdoados não é para qualquer um ! Será que desta vez, também de forma "miraculosa", vai sair a nota do árbitro na comunicação social ?

 

Se pensam que nos adormecem com "quem fez o melhor negócio" enganam-se ! Os 1120 jantares não serão esquecidos !

 

Podem ameaçar com os processos que quiserem que quem não cumpriu os regulamentos não foi o Sporting Clube de Portugal !»

 

                                                           Bruno de Carvalho

 

 

4138_7f26dce989b9d1d6c426469473a46fbb.png

«É destes árbitros que o Benfica gosta. O Vitória de Guimarães foi claramente condicionado, aos 27 minutos já tinha três amarelos. O Benfica passou ao lado de três grandes penalidades e aos 50 minutos podia estar a jogar com nove jogadores. Com arbitragens destas o Benfica é um sério candidato ao título.»

 

Afirmações de Augusto Inácio no programa Play-Off da SIC Notícias, convicto de que o Vitória de Guimarães foi "empurrado para a derrota" pela arbitragem do árbitro da Associação de Futebol de Castelo Branco.

 

publicado às 05:20

Frase do Dia

Rui Gomes, em 12.10.15

 

original.jpg

 

"O Benfica andou anos a fio a falar de fruta e agora oferece a refeição toda"

 

Confesso que gostei imenso desta afirmação de Augusto Inácio, porventura a de maior inspiração na sua curta carreira de comentador televisivo. Isto, em directo, no programa da SIC Notícias "Play-off".

 

Ainda em referência à (não) resposta de Luís Filipe Vieira sobre as ofertas aos árbitros - "O Benfica saberá ajustar as contas no hora e no dia certos" -, Inácio teve isto para dizer:

 

"Penso que está à espera do «derby». Se ganhar está a resposta dada, pois não vejo ali matéria alguma para colocar o presidente do Sporting em tribunal."

 

Até poderá ter razão quanto ao "derby", já no que diz respeito a um qualquer processo em tribunal, há quem tenha seguido esse curso por muito menos, como bem sabemos. O passar de mais algum tempo esclarecerá o estado das coisas.

 

publicado às 09:14

Outra vez Augusto Inácio ?

Rui Gomes, em 21.09.15

 

ng877BEF5E-155D-452A-9BF5-57EF31761FB8.jpg

 

A (não) renovação de André Carrillo já se tornou numa autêntica novela e o ex-director desportivo do Sporting insiste em aumentar o drama com o passar de cada dia, recorrendo ao já bem conhecido "disco". Augusto Inácio teve isto para dizer, na SIC Notícias, este domingo:

Não posso alterar o que disse na semana passada.Se Carrillo mantiver a palavra dada ao presidente, será jogador do Sporting. Entretanto, houve negociações que não terão corrido tão bem. Antes do jogo com o CSKA, foi o próprio jogador que colocou as suas condições; o presidente aceitou e houve um aperto de mão, tendo o jogador dito que, por ele, tudo bem.

 

As negociações estão completamente fechadas. Se me perguntar se está muito complicado, direi que sim. Está muito complicado. O jornal peruano ? É um recado de Elio Casareto. Não é difícil de adivinhar.

 

Se joga, não joga; se é convocado, se não, é um problema que presidente e treinador têm de saber gerir. Não é problema virgem, já aconteceu com Benfica e FC Porto. Se sair, não vai evoluir tanto como poderia com Jorge Jesus.

 

 

Serei só eu que sinto dificuldades em compreender a situação tal como Augusto Inácio a descreve ?... "Houve um aperto de mão", "tendo o jogador dito que, por ele, está tudo bem". Isto, na presença do empresário ou em conversa somente com André Carrillo ?... E onde se encontra o "preto no branco" assinado pelas partes ?... Estamos a falar de um presidente que já rasgou não sei quantos contratos e agora um "aperto de mão" já é suficiente para selar estas negociações ?

 

Agora, "as negociações não estão completamente fechadas" !... Qual é o significado disto ?... E o que interessa para o caso o que aconteceu ou deixou de acontecer com Benfica e FC Porto ?

 

Qual é o objectivo de Augusto Inácio ?... Começar a denegrir o carácter do jogador para justificar o eventual insucesso da tentativa de renovação ?

 

Alguém - Bruno de Carvalho - devia ter o bem senso para dizer a Augusto Inácio para se calar, porque é por de mais evidente que quanto mais fala mais complica uma situação já muito complicada.

 

 

*** Segundo um Tweet da namorada de André Carrillo, domingo à noite, o jogador não seguiu para estágio com a equipa. Jorge Jesus não revelou a lista dos convocados na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Nacional, mas esta informação da companheira do jogador, sendo verdade, confirmará que este está fora da convocatória e não jogará esta segunda-feira.

 

publicado às 04:24

Augusto Inácio, comentador desportivo

Leão Zargo, em 08.09.15

 

18797239_n3DZS.jpg

 

Foi tornado público que o vice-presidente Augusto Inácio é o responsável pelo sector de Relações Internacionais do Sporting, para além de comentador desportivo. O referido vice-presidente afirmou num programa televisivo ter visto o jogo Benfica-Moreirense através de um "website" que reproduz conteúdos televisivos da Benfica TV. No último domingo repetiu a gabarolice adolescente.

 

Para além deste facto desconcertante, Inácio utiliza uma linguagem tasqueira que faz parecer José de Pina um modelo de sofisticação e de elegância e um modelo de abordagem do futebol e da sua realidade competitiva que transforma Rui Santos num distinto professor universitário, António Simões num gentleman e Rodolfo Reis num desportista irrepreensível. Para além de possuir fraca capacidade dialéctica discursiva.

 

Por essa razão, o tipo discurso adoptado por Inácio perde eficácia pois é captado apenas por aqueles que já estariam convencidos da justeza das posições que é habitual nele ao assumir a defesa dos direitos e dos interesses do Clube.

 

Será que a situação de Augusto Inácio no Sporting é de tal ordem que já não tem alguém que o aconselhe relativamente às intervenções televisivas?

 

P.S.: Durante o programa televisivo, Inácio mostrou-se confiante quanto à renovação contratual de Carrillo e afirmou peremptório que "Carrillo assina. Ele já me disse. Por acaso é um profissional espectacular e tenho uma boa relação com ele. Acreditem que vai assinar. É minha convicção que ele assinará a renovação." Oxalá se confirme.

 

publicado às 12:44

 

ng16495445-F10A-490E-97BD-FCCB246F6A64.jpg

Por ser dia de jogo, optamos por não abordar a controversa situação entre presidente e treinador, no entanto, esta recém-declaração de Augusto Inácio não deixa de ser curiosa, no mínimo. Que o treinador não é e nunca foi consultado em relação a reforços para a equipa não é surpresa alguma, mas já o mesmo não posso dizer no que ao director desportivo diz respeito:

Esse assunto está a ser tratado pelo presidente e pela administração. Não estou à frente do processo.

 

Estas, as palavras de Augusto Inácio ao ser instado a comentar as negociações pelo jogador costa-riquenho Bryan Ruiz, pelo jornal "La Nación". Mesmo não estando "à frente do processo", não é o que se esperava de um director desportivo.

 

Ficamos por aqui, por hoje.

 

publicado às 09:46

Tudo não passa de "poeira no ar"

Rui Gomes, em 22.12.14

 

AP716282693285-indian-soccer-players590.jpg

 

À margem do sorteio da Taça de Portugal, Augusto Inácio foi, inevitavelmente, instado a comentar o alegado "arrefecimento" de relações entre Bruno de Carvalho e Marco Silva.

 

«Não se passa nada. Há muita poeira no ar mas não se passa nada. Não vou alimentar coisas que não existem. Essas perguntas (inclusive sobre reforços) nada têm a ver com este momento. O Sporting está empenhado em ganhar a Taça e em fazer um grande campeonato. Este não é o tempo certo para se falar nisso.»

 

Pronto, está tudo esclarecido !??

 

publicado às 20:30

Apenas curiosidade

Rui Gomes, em 04.07.13

 

A ideia de Ghilas vir para o Sporting nunca me entusiasmou por aí além porque, como a história nos ensina, ser um goleador de algum nível em um clube como o Moreirense não significa que o venha ser no Sporting. Não refuto a hipótese que viesse a ser, simplesmente não me impressionou o suficiente para me mover nesse sentido. Dito isto, sempre senti que pela presença de Augusto Inácio na equipa de Moreira de Cónegos, que ele viria mesmo para o Sporting. Tudo indica que está prestes a assinar pelo clube do Norte que mesmo que não precise dos seus serviços, garante assim que ele não vá para Alvalade ou para outro lado menos conveniente. Dado que o custo do passe do avançado do Seattle Sounders, Fredy Montero, deverá ser aproximado ao de Ghilas, sinto alguma curiosidade em saber as razões que levaram a SAD leonina a distanciar-se da sua contratação. Terá sido assente na avaliação de Inácio ou apenas por questões financeiras ?

 

publicado às 10:12

Ainda sobre Augusto Inácio

Rui Gomes, em 04.04.13

 

A situação de Augusto Inácio tem vindo a ser muito falada, por motivos óbvios para todos menos para ele, aparentemente: «Não percebo, à vezes, a dúvida que existe e queria que alguém me explicasse qual é o cargo que ocupo neste momento... Neste momento só tenho um cargo até pelo menos ao dia 19 de Maio, que é quando acaba o campeonato. Se quiser festejar contra o Sporting festejo.»

 

Inácio não é uma pessoa ingénua e não deve passar por tal, nem fazer dos outros ingénuos. No centro da discussão não está somente o seu surgimento no sábado em Alvalade como treinador do Moreirense mas também a sua ausência da SAD sportinguista cujo único elemento, neste momento, aparenta ser Virgílio Lopes. Em causa estão os inúmeros assuntos relacionados com a nova época, os casos dos emprestados, a definição do futuro de Jesualdo Ferreira, possiveis novas contratações e, em geral, o novo organigrama da SAD que, como Jesualdo Ferreira já indicou, ainda não lhe foi apresentado, se é que existe.

 

Além do mais, e abordei esta temática na altura, nunca deu para perceber a ideia de Augusto Inácio ao aceitar o cargo em Moreira de Cónegos - salvo o salário, claro - considerando que acompanhou Bruno de Carvalho em campanha incessante durante dois anos e acabou por ir treinar outro clube já com eleições à vista no Sporting. Eu sou um dos que sente alguma dificuldade em perceber qual vai ser a sua função e a essência da sua contribuição na suposta nova estrutura do futebol leonino, além de não ver de bons olhos a receptividade de Jesualdo Ferreira a trabalhar sob ele e Virgílio Lopes, seus inferiores em tudo quanto é futebol.

 

Nota: Além do já acima referido, se a proposta de Mário Figueiredo para o alargamento da I Liga for aprovada no sábado e esta incluir uma «liguilha» entre os dois últimos classificados e o terceiro e quarto da II Liga, é muito possível que o Moreirense ainda se mantenha em competição pelo menos mais duas semanas.

 

 

publicado às 17:09

Não era mera imaginação

Rui Gomes, em 25.02.13
 

Escrevi aqui no dia 22 do corrente que ou era a minha fértil imaginação ou haveria um «trunfo na manga» quanto à ausência de Augusto Inácio na lista dos 84 nomes de Bruno de Carvalho e a sua aceitação em orientar o Moreirense quando já se previam eleições antecipadas. Um dos cenários que eu então admiti, confirmou-se hoje, pela declaração do candidato, que o técnico integrará a estrutura do futebol caso ele vença as eleições. Além dele, ainda o ex-futebolista Virgílio Lopes - algo que já constava - e um terceiro elemento cujo nome não foi divulgado por ainda estar em actividade na Academia (ficamos nós admirados por informações saírem cá para fora). Não foi esclarecida a exacta função de Inácio, embora no último acto eleitoral estava destinado a ser o admnistrador-geral da SAD, posição, aliás, para a qual não se lhe reconhece o mínimo de competência.

 

publicado às 22:46

Os abutres esperam e preparam-se...

Rui Gomes, em 18.12.12

Realizou-se um «encontro» de adeptos sportinguistas ontem à noite num restaurante em São Pedro da Cova, Gondomar, onde os convidados de honra foram Augusto Inácio e o seu «irmão em armas», o notório candidato derrotado, entre outros «ilustres» da oposição. Apesar do mais que evidente sentido do «amistoso», Bruno de Carvalho apressou-se a esclarecer que era somente um encontro e que «não estamos em campanha». Isto, claro, para quem acredita que o sol nasce no poente! Por mera coincidência e nada mais, um «batalhão» de jornalistas acompanhou o evento e entrevistou diversos dos presentes. Até é caso para admiração o encontro não ter decorrido em simultâneo com a entrevista do presidente Godinho Lopes no programa Trio d'Ataque. Durante o convívio, Augusto Inácio teve ocasião de se pronunciar: «Não vou falar de Jesualdo, de quem sou amigo. A administração da SAD é que tem de responder se é, ou não, a melhor solução para o Sporting. Tenho a maior admiração e respeito por Jesualdo, tenho a minha opinião (!!!) mas não a quero emitir, até porque não sei que funções lhe estão reservadas...diz-se que vai ser treinador dos treinadores...não sei o que isso quer dizer. Eleições antecipadas ? Bruno de Carvalho disse que os mandatos não foram feitos para serem cumpridos, mas sim para serem honrados. Vercauteren pede tempo mas tempo é coisa que não existe no futebol, muito menos no Sporting.»

Atitude cínica e hipócrita de um homem que alega que quer o melhor para o Sporting, mas que, na sua periferia, tudo tem feito para manter uma oposição cerrada. Mesmo quando me deixei seduzir - por equívoco - a apoiar o candidato derrotado no último acto eleitoral, nunca me consegui distanciar da preocupação de ver Augusto Inácio assumir o cargo de administrador-geral da SAD. Não tem o perfil nem a formação pessoal para esse fim. É um homem do futebol, mas além de ter contribuído - e bem - para o título de 1999/2000, o seu mais notável feito foi de passar tanto ou mais tempo no desemprego do que a exercer as funções de treinador. Nos 16 clubes por onde já passou, como técnico, apenas no Vitoria de Guimarães conseguiu permanencer mais do que uns meses. Muito por essa sua experiência, ele entenderá que no futebol «tempo não existe». Palavras a lembrar!

Num aspecto, concordo parcialmente com o seu parecer, quando questionado se existe falta de talento no plantel leonino: «Há jogadores que fazem outros jogadores. Dou um exemplo: o Beto nunca foi tão bom jogador como quando teve André Cruz a seu lado. Falta outra coisa para dar talento, por exemplo, estabilidade.» Tem razão quanto ao melhoramento de certos jogadores quando acompanhados por outros de elevado calibre. O problema, aqui, é que do nível de André Cruz não aparecem todos dias e muito menos no Sporting, pelo encargo financeiro. Quanto à estabilidade «dar talento» não faz o mínimo de senso. Se disser que para um jogador evoluir é necessário estabilidade, concordo plenamente, agora, o talento existe, à raiz, ou não existe. E a falar de estabilidade, qual tem sido a sua contribuição nesse sentido, desde o acto eleitoral ?...

 

 

publicado às 02:35

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo