Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A lei da rolha de Alvalade

Ricardo Leão, em 19.11.15

 

19023988_Kez9B.jpg

 

Como o Rui já antes aludiu, o presidente da mesa da Assembleia Geral do Sporting, Jaime Marta Soares, criticou esta quinta-feira as declarações de Rui Barreiro, membro do Conselho Leonino, sobre Bruno de Carvalho em que este apontou o dedo à gestão do presidente do Sporting sublinhando que o caso Carrillo  "é um bom exemplo da incompetência do dirigente, acusando-o de um "belicismo permanente, que causa desunião entre os sportinguistas". "Julgo que há ali aspectos mais de adepto pouco tolerante do que um presidente de uma grande instituição como é o Sporting", disse.

 

Em declarações à TSF, o pirómano Marta Soares garantiu estar a considerar tomar uma "acção disciplinar" contra o membro do Conselho Leonino. "Os órgãos sociais de um clube têm de ser respeitados e há determinadas regras a respeitar", precisou.

 

"[Rui Barreiro] tem de repensar as suas atitudes e práticas. Esse amor que tem ao Sporting deixa-nos perplexos. Que utilize os locais próprios, como a AG e o Conselho Leonino, onde eu nunca o vi fazer nenhuma intervenção", afirmou.

 

Em Alvalade, com este presidente, que tudo quer controlar, nomeadamente a liberdade de expressão dos seus pares, e com estes dirigentes, que mais não fazem do que seguir o seu "Querido Líder", e nos indicam quando e onde se pode falar, a liberdade de expressão é um mero verbo de encher. E mais um processo parece vir a caminho. Por este andar qualquer dia a Secretaria do clube tem de actualizar urgentemente o número de sócios tal a redução drástica que parece estar em curso. Nesse momento até os biliões de chineses vão ficar de olhos em bico ! 

 

publicado às 17:08

 

cb28.jpg

 

Sem ser surpresa alguma, verifica-se que Jaime Marta Soares - presidente da mesa da Assembleia Geral do Sporting - apressou-se à procura dos microfones - neste caso, os da TSF - para atacar Rui Barreiro pela entrevista que o membro do Conselho Leonino concedeu à revista Sábado:

 

«Estou a considerar tomar acção disciplinar contra o membro do Conselho Leonino. Os órgãos sociais de um clube têm de ser respeitados e há determinadas regras a respeitar. Rui Barreiro tem de repensar as suas atitudes e práticas. Esse amor que tem ao Sporting deixa-nos perplexos. Que utilize os locais próprios, com a Assembleia Geral e o Conselho Leonino, onde eu nunca o vi fazer nenhuma intervenção.»

 

 

"Os órgãos sociais de um clube têm de ser respeitados e há determinadas regras a respeitar»... como a memória é curta e conveniente. Sim, também acho melhor levantar uma acção disciplinar contra Rui Barreiro. Quem ousa dar a cara para criticar Bruno de Carvalho merece isso e muito mais. Guilhotina à espera !!!

 

Mas o que eu acho mais piada, a mesma piada que sinto pelas inúmeras vezes que os soldadinhos da falange e outros fazem a referência, é a vincada tendência de remeter tudo e mais alguma coisa para assembleias gerais, como se esse fosse o único fórum para exercer a liberdade de expressão, mesmo ao que concerne o Sporting. Por outro lado, até se compreende a intenção, porque será de facto o único local onde quem ousar tomar a palavra pode ser controlado. Ao fim e ao cabo, onde mais o presidente do Conselho Directivo pode discursar durante duas ou três horas e, depois, um qualquer sócio tem dois ou três minutos para lhe responder ?

 

Não faço a mínima ideia da (in) competência de Rui Barreiro para liderar uma instituição como o Sporting Clube de Portugal, mas agrada-me que um elemento dos órgãos sociais do Clube tenha vindo a público dar a cara e referir alguns dos sentimentos partilhados por muitos outros sportinguistas.

 

publicado às 14:44

 

imgS620I164351T20151107002605.jpg

 

Questões levantadas por Bruno de Carvalho têm em vista «pacificação», diz Marta Soares.

 

Só pode ser brincadeira !

 

publicado às 16:25

Não aprendem a falar menos !

Rui Gomes, em 22.06.15

 

Jaime-Marta-Soares-LBP.jpg

 

«Com a equipa que se tem e com um treinador da dimensão de Jorge Jesus e com a paixão clubista que ele tem, estou absolutamente convencido de que estão criadas condições para que o Sporting seja campeão nacional.»

 

Jaime Marta Soares, presidente da mesa da Assembleia geral

 

 

Para dizer isto, até era melhor estar calado, mas não aprendem !

 

publicado às 06:39

Cale-se Jaime Marta Soares !

Rui Gomes, em 21.06.15

 

darwin_cale_se.jpg

 

«O homem, em sua arrogância, pensa de si mesmo como uma

grande obra, merecedora da intervenção de uma divindade»

 

Charles Darwin

 

 

O Senhor Jaime Marta Soares é apenas um sócio que está de passagem pela presidência da mesa da Assembleia Geral, posição que não lhe confere o poder estatutário e muito menos ainda o direito moral, de mandar calar quem quer que seja, designadamente outros associados e adeptos do Sporting Clube de Portugal.

 

De igual modo, não se lhe reconhece a razão ao propagar a ideia avulsa de que o único local para um sportinguista manifestar o seu parecer sobre a vida do Clube é em uma Assembleia Geral - e que pela sua ausência neste fórum se deve remeter ao silêncio - tendo V. Exa. plena consciência de que por considerações geográficas e outros condicionantes, apenas uma minoria do universo leonino tem acesso "in loco" a uma reunião magna.

 

Da nossa parte, fica desde já sob aviso de que continuaremos a exercer o direito a liberdade de expressão que nos assiste - que inclui a crítica, sempre que, na nossa opinião, haja justa causa para o efeito - onde, como e quando entendermos que é necessário.

 

 

VIVA O SPORTING !

 

 

publicado às 03:32

 

ng2A12109F-1073-46B8-A472-81D1750152FA.jpg

Respeito pelos princípios da Liberdade e da Democracia, bases fundamentais, quer do Estado de Direito, quer da nossa centenária instituição, o Sporting Clube de Portugal.

 

 

O parágrafo de abertura do patético comunicado de Jaime Marta Soares, que se deu ao indecoro de recorrer à "cadeira" da presidência da mesa da Assembleia Geral do Sporting, não para fazer um apelo à união entre os sportinguistas, mas sim para repreender meia dúzia de vozes que ousaram vir a público discordar da sua alma gémea, o presidente do Conselho Directivo, Bruno de Carvalho.

 

Muito mais importante do que a notabilidade de quem falou e do que foi dito, é o presidente da Assembleia Geral abusar da sua autoridade institucional com o propósito único de condicionar o direito a liberdade de expressão do cidadão e do associado, imputando a quem exerceu esse direito, falta de amor e respeito pelo Sporting.

 

É caso para perguntar por onde andava Jaime Marta Soares durante o período em que o seu antecessor, Eduardo Barroso, em cumplicidade com o então vice-presidente da AG, Daniel Sampaio, andaram a orquestrar um "golpe de estado" no Sporting. Hipocrisia patente, sem limites !

 

publicado às 04:33

Jaime Marta Soares "explicou"

Rui Gomes, em 28.11.13

 

 

No âmbito da cerimónia de entrega de bolsas dos Leões de Portugal, realizada no início da noite de quarta-feira num hotel em Lisboa, Jaime Marta Soares - presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting - tomou a palavra após Bruno de Carvalho ter discursado e abordou a polémica precipitada pelas palavras do presidente do Conselho Directivo em Braga, referindo que os problemas do País seriam resolvidos tirando o vermelho da bandeira:

 

«Conheço Bruno de Carvalho. Não acredito que ele em situação alguma fosse capaz de dizer algo que beliscasse o seu sentido pátrio ou os nossos símbolos. Só por pura especulação ou aproveitamento, mas seguramente não tem nada a ver com ele.»

 

Ambiguidade em cima de ambiguidade que acaba por não explicar coisa alguma. Se a intenção de Bruno de Carvalho era de facto dirigir uma tirada jocosa ao Benfica e não "beliscar" um símbolo nacional, a bandeira - aproveitamento sensacionalista ou não - porque não assumir a disposição cerebral e até admitir que a sua tentativa a humor sarcástico foi infeliz pela escolha de palavras ?... Tão simples como isto !

 

Mesmo reconhecendo que humildade não é componente do seu carácter, há sempre a primeira vez para tudo.

  

publicado às 03:42

Momentos e oratórias tristes

Rui Gomes, em 11.11.13

 

 

Uma Instituição, tal como qualquer um de nós na vida, tem os seus dias de menor realização e maior desagradibilidade. Assim foi este fim-de-semana para o Sporting, em que registou três derrotas em tantos "derbies" contra o seu eterno rival: a equipa principal de futebol na 4.ª eliminatória da Taça de Portugal; a potente equipa sénior de futsal que foi vencida por 8-7 e, por fim, a equipa de rugby, em um encontro entre clubes, 49 anos depois, que foi demolida por 34-10.

Servindo de alguma consolação - mas não muita - a equipa B derrotou o Oliveirense, por 3-2, em jogo da 15.ª jornada da II Liga - dois golos de Betinho e um de Iuri Medeiros - , e a equipa feminina de basquetebol que visitou e venceu o Queluz, por 85-44, em jogo da 3.ª jornada do Campeonato Nacional da II Divisão - zona Sul.

 

Para o fim-de-semana não ficar incompleto, tivemos mais uma pouco recomendável oratória pública do presidente da Mesa da Assembleia Geral. Já tinha preparado um extenso comentário sobre o discurso de Jaime Marta Soares - presente no II Encontro dos Núcleos do Sporting do Distrito de Coimbra - através do qual ele peca por extremar pelo exagero pretensioso, uma característica já muito sua, mas acabei por o editar quanto ao seu escopo de apreciações.

Não satisfeito com os seus múltiplos louvores ao presidente Bruno de Carvalho - perfeitamente legítimos pela sua crença no líder e direito a expressão livre - e um leque de considerações no mínimo descomedidas quanto à actual realidade do Clube, em geral, e à equipa de futebol, em particular, optou por uma frase que transborda os parâmetros da verdade e que, de certo modo, até pode ser interpretada como um desrespeito pela história centenária do Sporting Clube de Portugal: «Actualmente o Sporting está a viver um dos momentos mais altos da sua existência».

 

Não assisti, mas foi-me participado que esta frase de Jaime Marta Soares até já foi comentada em um programa televisivo. Mesmo o mais devoto sportinguista é suficientemente sensato para reconhecer que o momento de existência do Clube continua a ser muito delicado, em certos aspectos, frágil até, e que o futuro apresenta incertezas diversas, muito embora seja justo reconhecer algum acréscimo de confiança e optimismo pela aparente acalmia e pela competitividade desportiva da equipa principal de futebol. Dito isto, é um muito pretensioso exagero clamar que vive um dos momentos mais altos da sua existência, salvo se a disposição me ilude completamente.

 

O PMAG ainda optou por abordar outros aspectos da vida do Clube, recorrendo à inevitável demagogia e deturpação de factos relevantes. Uma outra: «Todos nós queremos ganhar, todos nós queremos ser campeões, mas o que importa é que o Sporting se apresente em todos os jogos para ganhar.» Este discurso já se torna fastidioso, pela incessante repetição e por não reflectir a real essência do Clube. É importante, de facto, que o Sporting se apresente em todos os jogos para ganhar, mas tão ou mais importante é ter condições para o efeito, já que apenas o estado de espírito da equipa e dos jogadores não é suficiente. Nos anais da glória não há espaço para perdedores, somente ganhadores, e nada substitui vencer. Sábado à noite na Luz foi o que foi, mas chegado ao fim do dia fomos eliminados da Taça de Portugal. Por conseguinte, Jaime Marta Soares deve evitar "molestar" a audiência com fadas em relação à "força" do Sporting e à sua já concretizada "revitalização", quando ainda há muito caminho a percorrer. Em nada serve os interesses do Clube.

 

publicado às 04:05

Um outro ponto de vista

Rui Gomes, em 31.07.13

"Acredito que com toda a mística implementada pelo presidente Bruno de Carvalho vamos ter muitas alegrias já esta época", afirmou Jaime Marta Soares.

 

Já não há paciência para este tipo de frases de endeusamento do presidente do Sporting, aliás muito vistas nos clubes rivais e agora prática permanente em Alvalade. Se o objectivo é o de limpar a imagem do pior presidente de sempre da Assembleia Geral, este seu sucessor vai no bom caminho. A única coisa boa da frase é a de aumentar as expectativas, que esta Direcção levou a um ponto muito baixo, porque acredito pode ajudar a encher o Estádio.

 

Sem querer ser estraga-prazeres pergunto quais são os sinais que o presidente tem implementado alguma mística, com excepção de ter uma imprensa rendida à sua pessoa, mais uns quantos que o acham o Messias ?

 

Os principais factos até agora, a 3 semanas de começar a época são estes:

 

1. Estamos com o recorde negativo de renovações e vendas de gamebox;

2. Levámos pizzadas nas contratações, até de clubes com os quais dizemos ter boas relações, porque todos sabem com antecedência os alvos do Sporting;

3. Vendemos mal e barato nomeadamente Schaars e Arias, já para não falar do empréstimo de Miguel Lopes ao Lyon, e compramos uns brasileiros desconhecidos (pode ser que tenhamos sorte);

4. Não só não conseguimos renovar com as nossas duas maiores estrelas em ascensão e potenciais convocados para o Mundial se lá chegarmos (Bruma e Ilori) como não se evitou uma situação de conflito com pelo menos um e, pelo que tenho sabido, com ambos;

5. Temos ainda muitas situações a resolver com jogadores a dispensar e um plantel muito desequilibrado;

6. Temos assistido a problemas básicos de organizações normais num clube como o Moreirense mas inaceitáveis no Sporting, inclusivamente agora até com um jogo de pré-época desmarcado, coisa que não me lembro de ver no meu clube;

7. Tivemos a pior assistência de sempre num jogo de apresentação no novo Estádio. Agora até mentimos nos números, que na verdade pelo que me foi dito por fontes bem seguras, terão sido à volta de 20000 e não 29000 espectadores,

8. Somos agora acusados de falta de respeito e de cumprimento pelo Reims no caso Turan e ainda de mentirosos pelo pai de Elias e o pior é que vendo a forma de actuar da nossa Direcção muito do que ele diz não deve andar longe da verdade.

 

Tenho esperança que, apesar da incompetência demonstrada nestes meses por esta Direcção ao nível do futebol, que é no que ainda manda (porque o resto é tratado pela exigência da banca), o treinador e a sua equipa (2.ª escolha mas acredito bem certeira) sigam o seu caminho e, tal como ignoraram os conceitos irrealistas definidos pela Direcção no que respeita à preparação física, conseguirão trabalhar bem com o que têm e até descobrir novos talentos como o William Carvalho. Confio também nos nossos jovens jogadores, esses sim que sabem o que é a mística do Sporting porque a vivem já há muitos anos.

 

* Texto da autoria de City Lion

 

publicado às 04:00

A retórica dos discursos populistas

Rui Gomes, em 29.07.13

 

 

Já não dá para perceber se faz parte de uma estratégia cuidadosamente elaborada se é apenas Jaime Marta Soares a querer dar sinal da sua existência no Sporting, mas qualquer que seja a razão, não é lógico esperar que beneficie o Sporting de alguma forma concreta.

 

O presidente da Mesa da Assembleia Geral sentiu novamente a necessidade de prestar declarações públicas, não por coincidência, logo após uma vitória de pré-época do Sporting. Se pretende intimidar os adversários, vai ter uma enorme surpresa assim que a competição oficial começar, porque não são e nunca foram meras palavras que ganham jogos em campo. Se o objectivo é moralizar as hostes leoninas, deveria ser mais sensível ao perigo de alimentar falsas esperanças que, por natureza, têm a tendência de precipitar repercussões quando não são concretizadas. Por fim, se o seu objectivo é recorrer à usual demagogia populista em prol do presidente do Conselho Directivo, é um esforço inútil perante a maioria de adeptos, porque só resultados desportivos e competência de gestão poderão providenciar essa confiança.

 

Estamos com quatro jogos/treinos de preparação realizados e muito embora vitórias sejam sempre causa para satisfação, estes resultados não têm significado algum, salvo pelo desenvolvimento da equipa para enfrentar as muitas adversidades que a esperam nos próximos meses. Por tudo isto e mais, será mais prudente deixar Leonardo Jardim e os jogadores trabalharem à vontade e sem adornos desnecessários. As expectativas ficam, como sempre, ao critério de cada um dos adeptos. 

 

publicado às 21:52

Conduta condigna e idónea

Rui Gomes, em 08.06.13

 

Em vincado contraste com a indecorosa conduta da última Mesa da Assembleia Geral - Eduardo Barroso, Daniel Sampaio e afins - Jaime Marta Soares, actual presidente da Mesa, em visita ao Núcleo Sportinguista de Ançã, no concelho de Cantanhede, elogiou o trabalho em curso do presidente do Conselho Directivo e assumiu uma posição de solidariedade para com as recém-decisões tomadas. Quer se concorde ou não com o trabaho que está a ser efectuado ou com algumas das decisões - eu não concordo com o corte de relações com o FC Porto - este é o tipo de comportamento que nunca se verificou por parte dos médicos e seus colegas que, na realidade, agiram como uma oposição efectiva ao então Conselho Directivo, criticando-o publicamente ao mais pequeno ensejo e divulgando informações que deveriam ter permanecido no sigílio do foro interno, ironicamente, em cumplicidade com o actual presidente do Sporting.

 

publicado às 21:56

Uma vez papagaio, sempre papagaio

Rui Gomes, em 08.04.13
 

« O clube vai agora falar a uma só voz »

*************************

Contrário à expectativa, essa VOZ aparenta ser a de Jaime Marta Soares !

 

publicado às 22:18

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo