Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Frase do Dia

Rui Gomes, em 29.12.15

 

imagesWPT5EV34.jpg

 

«Temos a ambição de vencer este jogo, o que não é uma obrigação, sabendo que vamos jogar na casa de um adversário muito poderoso. Como Johan Cruyff dizia "nunca vi um saco de dinheiro a fazer golos".»

 

 

Jorge Simão - treinador do Paços de Ferreira - a comentar o encontro desta terça-feira com o Sporting, a contar para a Taça da Liga.

 

publicado às 04:26

 

ng3041817.jpg

Há muito ruído em volta de um resultado que o Paços fez por merecer. Enalteço a equipa do Paços, uma equipa de muita gente jovem, alguns inexperientes na I Liga, com uma média de idade mas baixa das equipas da competição.

 

Continuo a confiar na arbitragem portuguesa. Manuel Oliveira é um dos bons novos árbitros portugueses. Já na época passada nos arbitrou em dois jogos exemplares.

 

Aproveito para desejar as maiores felicidades ao Sporting para o jogo de Moscovo. É muito importante que Portugal esteja representado por mais uma equipa na Champions.

 

 

Para ser justo, não podemos culpar os pacenses pelos critérios de decisão do árbitro Manuel Oliveira, mas também não era de esperar que Rui Seabra - presidente da SDUQ do Paços de Ferreira - viesse a público com quaisquer críticas, depois de assegurar um empate em Alvalade, com um golo de grande penalidade.

 

publicado às 03:54

Foto do Dia

Rui Gomes, em 23.08.15

 

ng30EE6ED8-43EE-4451-B562-3E56A0140512.jpg

 

O "benefício" de ter Bruno no banco... quanto vai custar este aplauso ?

 

publicado às 09:54

Falta gritante de golos !!!

Rui Gomes, em 23.08.15

 

SPORTING-CP-VS_-PAÇOS-DE-FERREIRA1.jpg

 

A superioridade do Sporting não está em discussão, mesmo com uma exibição que não deslumbrou, mas continua a evidenciar-se uma gritante falta de golos, ou porque as combinações no miolo não resultam ou pela ineficácia no último passe ou na finalização. A notória margem para erro mínima permite com que as eventualidades do futebol venham a decidir resultados, neste caso o empate, através da marcação de uma grande penalidade.

 

ng4586474.jpg

Mesmo considerando que se assistiu a uma arbitragem habilidosa - se João Pereira cometeu falta para grande penalidade, a falta sofrida por Slimani não é caso para menos -  não anula a dificuldade que este Sporting tem em marcar golos. Era necessário mais criatividade nas costas de Slimani, mas Fredy Montero pouco ou nada acrescentou nesse sentido. Jorge Jesus também terá visto isso, daí a entrada de Gelson Martins na segunda parte, que veio a dar muito mais dinâmica ofensiva no último terço do terreno. Diria, até, como já tive ocasião de referir em outras ocasiões, que Gelson Martins ou Carlos Mané tem de entrar no jogo logo de início.

 

Jorge Jesus não surpreendeu com Alberto Aquilani no onze inicial. O médio italiano, não estando mal e até mostrando alguns bons pormenores, não fez uma exibição excepcional. Creio que André Silva voltará ao seu lugar, na quarta-feira, frente ao CSKA Moscovo.

 

ng4586464.jpg

Um último reparo para mais uma enorme intervenção de Rui Patrício, aos 57', para salvar o golo, numa situação em que o eixo defensivo leonino falhou redondamente, permitindo com que um avançado do Paços de Ferreira se isolasse frente à baliza do Sporting.

 

Jorge Jesus tem ainda muito trabalho a fazer com esta equipa. Diria, novamente, que a não existência de um homem golo complica, e muito, a vida ao Sporting.

______________________________________

 

Adenda: O resumo do jogo com os principais lances pode ser visto aqui.

 

4139_a7483ac9cdf1a0272f1f79d04fb40202.png4138_55729d5e0230947d6e86e7968be14db7.png

 

publicado às 04:43

Jorge Jesus convoca 19

Rui Gomes, em 22.08.15

 

11873506_10152982656941555_7489315091540126273_n.p

 

Ficaram de fora para a recepção ao Paços de Ferreira, o guarda-redes Azbe Jug, Ricardo Esgaio, André Martins e os lesionados William Carvalho e Ewerton.

 

Muito dá para pensar que os dias de André Martins no Sporting estão a chegar ao seu termo.

 

publicado às 12:33

Alguns factos do jogo

Rui Gomes, em 10.11.14

 

884429.jpg

 

- O Sporting fez 19 remates - 10 à baliza - contra 7 do Paços de Ferreira.

 

- Os mais rematadores: Nani (3) - Slimani (3) e Montero (3).

 

- 5 jogadores do Sporting viram cartões amarelos: Cédric (27') - João Mário (39') - Jefferson (45') - Adrien Silva (70') e Carlos Mané (77').

 

- Os jogadores mais faltosos do Sporting: Naby Sarr (3) - Adrien Silva (3) e João Mário (3).

 

- 7.º jogo consecutivo em que o Sporting sofre golos.

 

- O histórico de duelos entre Marco Silva e Paulo Fonseca continua empatado: 2 vitórias e 3 empates cada.

 

- Foi a pior assistência da época: 28 456 espectadores.

 

publicado às 10:26

Como a noite do dia...

Rui Gomes, em 09.11.14

 

prog_scp_pacos.jpg

 

... A diferença entre a primeira e a segunda parte !... Marco Silva não surpreendeu com o onze inicial, mas esteve muito bem com as alterações ao intervalo, fazendo entrar Fredy Montero e Carlos Mané, em substituição de André Carrillo e William Carvalho, permitindo à equipa maior controlo do meio campo e, sobretudo, a profundidade e dinâmica ofensiva que não se verificaram nos primeiros 45 minutos da partida.

 

O Sporting entro no jogo muito inofensivo - também por mérito do Paços de Ferreira - e acabaria por sofrer um golo aos 31 minutos, em mais um lance em que o jovem Naby Sarr é mal batido, permitindo ao avançado pacense entrar na área e "fuzilar" a baliza de Rui Patrício.

 

Em contraste, após o intervalo, o Sporting dominou completamente o jogo e acabaria por ser premiado - aos 49' - com um belo golo de Fredy Montero, com um potente remate que bateu nas redes a 97 km/hora.

 

Só a falta de eficácia evitou uma autêntica goleada, tais foram as inúmeras oportunidades de golo do Sporting, quase um constante "bombardeamento". Slimani teve golo nos pés, e na cabeça, diversas vezes, e aos 89' falhou de forma incrível mesmo frente à baliza. Minutos antes - aos 87' - Fredy Montero "bisou", em jogada que foi mal anulada pelo árbitro auxiliar com um fora de jogo não existente. Quem se encontrava em posição irregular era Slimani e não o avançado colombiano.

 

Arbitragem muito pobre por parte de Bruno Esteves, sempre  com o dedo no "gatilho" dos cartões amarelos - perdi conta do total, mas creio que só ao Sporting foram mostrados cinco - e com diversos outros erros. Que apenas tivesse dado 4 minutos de compensação, face às múltiplas interrupções de jogo, é inaceitável.

 

O Sporting merecia a vitória pelo que fez na segunda parte do encontro, mas acabou por desperdiçar mais dois pontos. Alguns jogadores uns furos abaixo da exibição de quarta-feira: William Carvalho, a exemplo, e Jefferson também foi uma sombra do jogo da Champions. No entanto, não houve falta de empenho e de querer vencer.

 

P.S. Nani (e o treinador) devia pensar em forçar o 5.º amarelo nesta fase de jogos, para limpar o registo.

 

Adenda: Há muito que "bato nesta tecla" mas... é apenas impressão minha ou o 4x4x2 (na realidade 4x1x3x2) funciona melhor neste Sporting do que o clássico 4x3x3 em que insistimos ?

 

publicado às 20:01

O "11" do dia

Rui Gomes, em 09.11.14

 

10703637_10152302245781555_4271444816681602162_n.j

 

Estes três e quem mais ?

 

Na minha opinião existem quatro dúvidas: Maurício ou Naby Sarr - Jefferson ou Jonathan Silva - Cédric ou Miguel Lopes e André Carrillo ou Carlos Mané.

 

O último caso, creio, apenas para dar descanso a Cédric e tempo de jogo a Miguel Lopes, que já se encontra totalmente recuperado da lesão.

 

Face ao que fez diante o Schalke 04, acho que Sarr merece nova oportunidade ao lado de Paulo Oliveira, até porque Maurício não se adapta muito bem do lado esquerdo. Dito isto, Marco Silva irá reintegrar o defesa brasileiro.

 

Jefferson fez uma grande exibição contra os germânicos, mas é discutível se merece a titularidade em detrimento do jovem argentino, que apesar de se encontrar em uma fase de desenvolvimento, tem dado boas indicações.

 

O jovem Carlos Mané também esteve muito bem na quarta-feira e Carrillo a "saltar" do banco deu dinâmica acrescida à equipa. Escolha difícil para o treinador.

 

Este é o meu "onze", que não será, decerto, o de Marco Silva:

 

Rui Patrício; Miguel Lopes, Paulo Oliveira, Naby Sarr e Jefferson; William Carvalho, Adrien Silva e João Mário; Nani, Carlos Mané e Slimani.

 

publicado às 05:14

O Sporting chegou, viu e conquistou !

Rui Gomes, em 05.04.14
 


O título do post será um pouco exagerado. A bem dizer, o Sporting chegou, viu, começou a orquestrar a conquista, fez breve pausa para admirar a obra e depois é que a finalizou. Seja como for, esta vitória garantiu, para já, o acesso aos "play-offs" da Liga dos Campeões, com o acesso directo à fase de grupos ainda por confirmar matematicamente.

Na realidade, foi um jogo que não suscita muito comentário. O Sporting foi uma equipa muito organizada e competente na primeira parte e quando teve oportunidade para marcar, marcou mesmo, primeiro por William Carvalho, aos 14 minutos, a excelente passe de calcanhar de Slimani e depois por Marcos Rojo, aos 33', na sequência de um pontapé de canto. O Paços de Ferreira não surpreendeu, minimamente: também bem organizado, com a moral em alto pelos recentes bons resultados e, à imagem do seu treinador, a "distribuir lenha à vontade do freguês".

A única disposição do jogo a apontar ao Sporting, foi o seu excesso de conforto com o resultado durante os primeiros 20 minutos da segunda parte, permitindo mais penetração à equipa pacence, resultando no golo de Bebé aos 54 minutos. Rui Patrício terá ficado menos bem na fotografia, embora se admita que foi um potente remate. Dito isto, o melhor guarda-redes português da actualidade fez uma defesa excepcional aos 15', também por remate do avançado do Manchester United. Finalmente, aos 66', a fechar o marcador, o excelente remate de Adrien Silva.

Não gosto de comentar a arbitragem, salvo quando existem decisões com influência directa no resultado, o que não aconteceu. Carlos Xistra teve algumas dificuldades no capítulo disciplinar, mas acho que não fez um trabalho negativo.

Não posso terminar esta análise sem comentar a exibição de William Carvalho: Classe... pura classe ! Se estiveram presentes os usuais observadores do Manchester United que andam há semanas a acompanhá-lo, uma maior garantia que este jovem não vai fazer uma segunda época na equipa principal do Sporting. Infelizmente, diga-se !

Nota à parte: considerando as carências atacantes da Selecção Nacional, é a minha modesta opinião que Paulo Bento não deve hesitar em convocar BeBé. É um daqueles jogadores que cada vez mais deixa a sensação de perigo eminente, sempre que toca na bola e, quando assim é, a sua eventual contribuição para a equipa das quinas poderá ser significativa.

 

publicado às 22:05

 

Palavras de Jorge Costa - treinador do Paços Ferreira - em análise ao jogo deste sábado a contar para a 26.ª jornada a I Liga. Não há jogos fáceis para o Sporting e este não vai ser, em princípio, excepção à regra, perante uma equipa pacense que sob Jorge Costa já conseguiu aliviar a pressão da despromoção, registando dez pontos em cinco jogos, colocando-se cinco pontos acima da linha de água.

 

As considerações do antigo internacional português: "Temos tudo a ganhar. Até aqui andávamos pressionados porque precisávamos de sair do último lugar. Não querendo atirar a responsabilidade total para o lado do Sporting, é um facto que as obrigações do adversário são maiores que as nossas. Este jogo serve, sobretudo, como uma oportunidade de mostrar o valor dos jogadores."

 

Instado a comentar o momento de forma de Bebé - jogador emprestado pelo Manchester United - Jorge Costa entende que o atleta "tem condições" para integrar a Selecção Nacional. 

 

Bebé é alvo de debate recente pela boa época que tem realizado ao serviço dos castores, com adicional destaque pela crise de avançados que a equipa das quinas sofre. Mesmo nestas circunstâncias, não acredito que Paulo Bento o vá incluir no lote dos seleccionados. Nas alas Portugal tem Cristiano Ronaldo, Silvestre Varela, Nani - mediante a sua condição física - e ainda a possibilidade de Ricardo Quaresma. A maior dúvida recai sobre os pontas de lança, com apenas Hugo Almeida e Hélder Postiga, que só agora começou a jogar na Lázio. Como alternativa ainda existe Edinho, que foi utilizado no último amistoso da Selecção. Na realidade, não há muito por onde escolher. Parece fazer sentido a escolha de Bebé, mas não acredito que venha a acontecer.

 

publicado às 18:39

 

 
O Sporting divulgou esta sexta-feira a lista dos 19 jogadores convocados por Leonardo Jardim para o jogo da 26.ª jornada da I Liga com o Paços de Ferreira, sem surpresas algumas. Verifica-se que Shikabala continua a não merecer a confiança do técnico para a sua integração definitiva na equipa principal e, como já é hábito, foi chamado um dos jovens da equipa B e desta vez calhou a Ricardo Esgaio que, aliás, já fez alguns jogos na I Liga na época passada. Não tenho acompanhado ao perto a evolução deste jogador, mas quero crer que está  chegar o seu momento de dar provas que merece permanecer no escalão superior do futebol português, não necessariamente nestes restantes jogos do campeonato mas, decerto, na próxima época.
 
Com 19 jogadores, um terá de ir para a bancada e fica a dúvida se a escolha vai recair sobre Vítor ou Magrão, como é usual, ou se será o jovem Esgaio. Leonardo Jardim surpreendeu ao aparecer com o mesmo onze em dois jogos consecutivos, contra o V. Guimarães, e estamos agora perante a expectativa de ver se ele vai querer a mesma linha pela terceira vez. O Paços de Ferreira tem vindo progredir sob a liderança técnica de Jorge Costa e à imagem do treinador é de esperar um adversário muito agressivo e determinado, especialmente tendo em conta que luta pela sua sobrevivência na I Liga, em 14.º lugar, com 5 pontos de vantagem sobre o Belenenses e o Olhanense.  
 
Heldon ainda não me impressionou, salvo pela sua estreia frente ao Benfica, e por isso hesito em colocá-lo no onze, mas não surpreenderá se for essa a opção de Leonardo Jardim. A outra disposição discutível é a integração de André Martins no seu usual lugar no meio campo, com Carlos Mané a mudar para a ala. Este é o onze com que, na minha opinião, o Sporting vai iniciar o jogo na capital do móvel:
 
Rui Patrício; Cédric Soares, Maurício, Marcos Rojo e Jefferson; William Carvalho, Adrien Silva e Carlos Mané; Heldon e Diego Capel nas alas e Islam Slimani na ponta da lança ofensiva. 

Recorde-se que três jogadores do Sporting estão em perigo de castigo por acumulação de amarelos: Heldon - que já anda há diversos jogos nesta posição -. Slimani - que viu o 4.º cartão frente ao V. Guimarães -, e William Carvalho que, com 8 amarelos, já anda no segundo ciclo que penaliza aos 9.
 
Adenda: Só depois de publicar o post é que reparei que Wilson Eduardo não foi convocada. Dado que não existe qualquer informação sobre uma lesão, terá sido então por opção técnica. 
 

publicado às 17:14

Já temos árbitro !

Rui Gomes, em 01.04.14
 

 

Carlos Xistra - Castelo Branco - foi nomeado pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol para dirigir o encontro entre o Sporting e o Paços Ferreira, da 26.ª jornada da I Liga, a realizar-se no sábado, dia 5 de Abril, às 20h15.

 

Cosme Machado da Associação de Futebol de Braga actuará no Benfica - Rio Ave e Manuel Mota, da mesma Associação, dirigirá o FC Porto - Académica.

 

publicado às 17:51

Nunca esteve em dúvida !

Rui Gomes, em 01.12.13
 

 

Uma exibição muito competente por parte do Sporting, com Fredy Montero a voltar aos golos - os seus 10.º e 11.º da Liga aos 51' e 70', o segundo através da marcação de uma grande penalidade - a não deixar dúvidas quanto ao bom momento que a equipa atravessa e a sublinhar a sua superioridade sobre o Paços de Ferreira.
 
O Sporting entrou no jogo com excelente dinâmica e controlou as operações ao longo dos noventa minutos. William Carvalho continua a impressionar, com um golo - o seu 2.º da Liga - a coroar mais uma muito meritória exibição. A defesa leonina esteve sólida e não permitiu grandes facilidades aos avançados pacenses. Na realidade, a única boa oportunidade de golo surgiu aos 79' com um remate perigoso ligeiramente ao lado da baliza de Rui Patrício.
 
Leonardo Jardim não (me) surpreendeu, reintegrando Marcos Rojo no eixo defensivo e devolvendo Eric Dier ao banco dos suplentes. Uma disposição que me deixa dúvidas foi a integração de Gerson Magrão, não só no lote dos equipados - Vítor Silva foi para a bancada - mas também pela sua entrada em campo aos 68' no lugar do lesionado Adrien Silva, considerando que Fito Rinaudo estava no banco e seria uma opção mais lógica. Isto, não ao que concerne as características dos jogadores mas sim porque, em princípio, Magrão não faz parte dos planos do Sporting e a sua saída em Janeiro é muito provável.
 
Com a derrota no sábado do FC Porto, o Sporting assume agora a liderança da tabela classificativa mas em igualdade de pontos com o Benfica que também hoje derrotou o Rio Ave, por 3-1.
 
 
Nota: Gostei de ver a evidente alegria dos jogadores do Sporting pelo primeiro golo da partida de Fredy Monteiro. Sentiu-se que além do golo, por si, ficaram muito satisfeitos por ter sido o avançado colombiano a marcá-lo. Grande indicação de união da equipa e camaradagem salutar.
 
P.S. Pela indicação de um leitor, verifica-se que errei quanto aos jogadores do Sporting no banco dos suplentes e quem foi preterido. Leonardo Jardim optou por equipar Magrão e, então, Vítor Silva, e mandar Fito Rinaudo para a bancada. A premissa do argumento que cito no texto não se altera, minimamente. Aliás, como respondi ao leitor, ainda compreendo muito menos esta decisão do técnico, partindo do princípio que foi dele.
 

publicado às 22:07

 

 

A lista dos convocados por Leonardo Jardim para o embate com o Paços de Ferreira foi divulgada há instantes. Como é a sua norma, chamou 19 jogadores, o que significa que um deles assistirá ao jogo da bancada.

 

Não existem grandes surpresas nesta lista: pelo regresso de Wilson Eduardo, Diogp Salomão foi devolvido à equipa B, por quem até já alinhou este sábado na vitória, por 2-0, sobre o Marítimo B - golos de Betinho e Iuri Medeiros -  em jogo realizado em Alcochete. Iván Piris, por não constar no boletim clínico, fica de fora, depreende-se, por opção técnica.

 

A grande dúvida sobre o onze inicial - como já aqui abordámos em outros escritos - recai sobre o regresso de Marcos Rojo, mas, não obstante a boa prestação de Eric Dier, Leonardo Jardim deverá optar por devolver o jovem inglês ao banco e integrar Rojo no seu lugar usual. Gerson Magrão aparenta ser a opção mais lógica para a bancada. Por conseguinte, o onze do Sporting deverá ser o seguinte.

 

Rui Patrício; Cédric Soares, Maurício, Marcos Rojo e Jefferson; William Carvalho, Adrien Silva e André Martins: Diego Capel e André Carrillo; Fredy Montero, a alinhar no sistema preferido por Leonardo Jardim: 4x3x3.

 

No banco estarão Marcelo Boeck; Eric Dier; Vítor e Fito Rinaudo; Wilson Eduardo e Carlos Mané; Islam Slimani.

 

publicado às 16:26

Árbitro nomeado

Rui Gomes, em 30.11.13

 

 

Jorge Ferreira foi nomeado pelo Conselho de Arbitragem da FPF para o embate de domingo em Alvalade com o Paços de Ferreira. O juiz bracarense será auxiliado por Inácio Pereira e Cristóvão Moniz.

 

publicado às 00:39

Sporting contratou Vítor Silva

Rui Gomes, em 03.09.13

 

 

À última da hora, o Sporting contratou Vítor Emanuel Cruz da Silva ao Paços de Ferreira, onde jogava há duas épocas. O médio criativo de 29 anos é natural de Penafiel onde alinhou durante três épocas antes de se juntar aos pacences. Em Julho esteve perto de se mudar para o Middlesbrough, mas o negócio acabou por não ser feito. Os termos da transferência para o Sporting ainda não tinham sido divulgados no momento desta publicação.

 

Não conheço o suficiente deste jogador para comentar esta contratação. Há muito que se reconhece a necessidade de um 10 na equipa do Sporting, mas não terá sido o Vítor Silva que os sportinguistas teriam imaginado. Os próximos tempos esclarecerão o mérito deste negócio.

 

publicado às 00:47

Paços de Ferreira

Rui Gomes, em 19.05.13

 

Nunca na sua história o Paços de Ferreira teve

 tantos apoiantes como tem hoje !!!

 

publicado às 05:20

Tribunal d'O Jogo unânime

Rui Gomes, em 07.05.13

 

O Tribunal d'O Jogo é unânime que ficou uma grande penalidade por marcar a favor do Sporting no jogo com o Paços de Ferreira. Isto, apenas como mera confirmação, já que nós também temos olhos e conhecimentos suficientes das Leis do Jogo para avaliar o lance em que Ricky é derrubado pelo guarda-redes pacence. Com estas «brincadeiras» temos cinco grandes penalidades que não foram assinaladas em dois jogos, que nos penalizaram em seis pontos e na possibilidade de assegurar o apuramento para a Liga Europa.

 

publicado às 03:40

Adeus Europa !

Rui Gomes, em 05.05.13

O Sporting fez um bom jogo, um jogo muito competente, mas... e há sempre o mesmo mas, apesar das diversas oportunidades de golo que criou, não conseguiu finalizar, ao contrário do Paços de Ferreira que teve uma única durante os 90+4 minutos e não falhou. Será possível apreciar desempenhos individuais, mas penso que o jogo se resume a quatro lances cruciais: 1) uma bola que André Martins recebeu na grande área pacence e somente com o guarda-redes pela frente rematou para as nuvens; 2) o livro indirecto dentro da área que Rojo rematou contra a barreira; 3) a grande-penalidade não assinalada por Pedro Proença aos 61' por falta do guarda-redes sobre Ricky e, finalmente, o livre do Paços que Josué mandou ao poste e por falta de marcação defensiva do Sporting deu o cabeceamento para dentro da baliza leonina. 

Pedro Proença esteve bem durante todo o jogo excepto no supracitado lance que ele interpretou não ser passível de falta para grande penalidade.

 

Embora o Sporting ainda não esteja afastado matematicamente de um lugar europeu, é realístico pensar que com dois pontos de atraso e mesmo admitindo a derrota do Estoril amanhã frente ao Benfica, é muito improvável que este venha a perder pelo menos três pontos nos seus dois últimos desafios da época; o primeiro contra o Beira-Mar, em casa, seguido pelo Gil Vicente em Barcelos. E isto, partindo do princípio que o Sporting conseguirá vencer os seus restantes jogos. Veremos, agora, o impacto que este cenário vai ter na estrutura do futebol do Sporting.

 

publicado às 22:28

Observação

Rui Gomes, em 05.05.13

Estamos a cerca de duas horas do jogo crucial - para ambas as equipas - em Paços de Ferreira e repito aqui o que já disse em particular: a nomeação de Pedro Proença para este embate inquieta-me, por razões várias, em sentidos opostos - que opto por não divulgar neste momento. Esperamos, então, pelo desenrolar de acontecimentos para depois comentar.

 

publicado às 18:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo