Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



CM à maneira

Rui Gomes, em 25.09.13

 

 

No que ao Sporting concerne, o diário Correio da Manhã é o órgão noticioso menos credível do planeta. Precisamente por isso, decidi dar destaque a este seu artigo intitulado Bruno Carvalho arrasa Leonardo Jardim, que até teve direito a espaço privilegiado na capa do jornal.

 

Citando as proverbiais fontes anónimas, o autor, António Pereira, escreve que o presidente do Sporting não gostou que o técnico tivesse falado das arbitragens após o jogo com o Rio Ave em Alvalade e que lhe fez ver - depreende-se que em termos não muito melodiosos - que a obrigação do treinador é treinar a equipa e não falar de arbitragens.

 

Como era inevitável, a publicação provocou reacção entre adeptos com um leque de comentários, entre os quais este que, supostamente, foi o "mais votado":

 

«Este presidente gosta é de protagonismo, agora todas as semanas quer aparecer nos jornais e TV, ele assume o lugar que devia ser do treinador ! E além do mais só vê o Sporting à frente o que é mau para um líder».

 

*** A outra notícia de semelhante profundidade intelectual é sobre a Miss Bumbum que surge a afirmar que "sabe a verdade e o Ronaldo também."

 

publicado às 16:28

One man show

Rui Gomes, em 06.08.13

 

Não vou comentar o jogo do Sporting com o West Ham salvo dizer que foi uma muito fraca exibição em toda a linha. Não sei onde esta equipa vai chegar nas provas oficiais, mas é por de mais evidente que Leonardo Jardim ainda tem uma enormíssima tarefa na mãos. Ainda estamos na pré-época mas vai-se aproximando a hora de definir determinadas questões de jogo e jogadores, pela evidência à vista.

 

No que pretendo abordar, nem sei bem por onde começar. Isto é o Sporting Clube de Portugal ou é uma outra qualquer equipa da aldeia ?... Este aparato do presidente e do director-geral da SAD a flanquear o treinador no banco - que lamentavelmente o realizador da RTP não se cansou de focar repetidamente - tem de ser descontinuado imediatamente. Além da pobre imagem que projecta, duvido muito que permita a Leonardo Jardim o espaço e o à vontade para liderar a equipa das linhas laterais. Como se isto não fosse suficiente, no final da partida assistiu-se a um muito enervado Bruno de Carvalho a ralhar com o 4.º árbitro, a dirigir-se então ao centro do terreno para fazer o mesmo com o árbitro e seus auxiliares e no regresso ao banco a dar um raspanete a William Carvalho. Isto é de facto um "one man show" que não vejo como vai beneficiar o Sporting. Haja sensatez e dignidade e cada um que ocupe o seu lugar. Já é tempo do presidente se concentrar em ser presidente e deixar o adepto para outras ocasiões.

 

publicado às 00:06

 

 

No narcisismo, o amor próprio é inflado, o egocentrismo, egoísmo, arrogância e preocupação apenas consigo mesmo são as principais características. São pessoas que acreditam merecer todos os elogios possíveis porque acreditam ser melhores que todos, em tudo. Nesses indivíduos, a empatia não existe e tendem mostrar-se pouco preocupados com sentimentos alheios, afinal, eles estão sempre olhando para o próprio umbigo, a fim de suprirem apenas as suas próprias necessidades.

 

O sentido narcisista do presidente deve estar hoje em alta, já que todos os diários - desportivos e não só - noticiam a ocorrência, alguns nas capas:

 

* O Jogo: "Labyad proibido de jogar por Bruno de Carvalho".

 

* A Bola: "Empresário de Labyad acusa Bruno de Carvalho".

 

* Record: "Labyad riscado pelo presidente".

 

* Correio da Manhã: "Labyad afastado por Bruno de Carvalho".

 

* Mais Futebol: "Jardim disse que havia ordem do presidente para Labyad não jogar".

 

* Sapo Notícias: "Bruno de Carvalho "risca" Labyad. Mandou Leonardo Jardim retirar jogador da lista dos convocados".

 

publicado às 11:14

Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 19.07.13
 

 

 

 «A ideia de que Montero não acrescenta nada ao Sporting é pregrina, a menos que se entenda que o Sporting está vocacionado para lutar pelo 5.º ou 6.º lugar. Pelo que se pode ver, apesar das questões do contexto competitivo, é um excelente jogador, com boa mobilidade, capacidade de remate e tecnicamente evoluído. Uma bênção a sua contratação.

Bom, tenho as maiores dúvidas que seja contratado porque esta gestão apenas conseguiu contratar Jefferson e o Maurício, um craque da segunda divisão brasileira. O jogo contra os amadores do Canadá foi confrangedor. Bruno de Carvalho está no banco, presta declarações depois do jogo, é um "one man show", apenas não consegue duas coisas fundamentais: resolver o "affaire" Bruma e Ilori, dispensar os excedentários - bizarra a ideia de exigir contrapartidas financeiras pela nulidade de Pranjic que ganha mais de um milhão - e contratar um ou dois jogadores que equilibrem e completem o plantel, nomeadamente o Montero ou um outro ponta de lança como o perdido Ghilas. Aliás, a pergunta que importa fazer é a seguinte: no actual contexto o que foi o Presidente do Sporting fazer ao Canadá ?.»

 

* Leitor: José Guinote

 

publicado às 03:48

Ainda sobre Fredy Montero

Rui Gomes, em 16.07.13

À chegada à grande metrópole Toronto, Canadá, o presidente do Sporting foi convidado a comentar determinadas questões sobre o futebol leonino. Uma destas centrou-se no noticiado mas ainda por confirmar novo reforço, Fredy Montero, proveniente do "Seattle Sounders" da "Major Soccer League" (MLS). O líder do Sporting negou que este esteja agendado para se integrar no grupo em estágio em Alliston: «Não vai haver nenhuma novidade no estágio, não vai chegar ninguém. Montero ? Não vem ninguém para o estágio.»

Na segunda-feira de manhã surgiu-me a ideia de contactar um "velho" conhecido meu nos escritórios da MLS em Nova Iorque. Este limitou-se a confirmar que ainda nada consta oficialmente nos registos da MLS sobre a transferência do jogador para o Sporting. Recomendou-me um director do Seattle Sounders que talvez esclarecesse a situação. Uma vez contactado, este último, compreensivelmente, respeitou o sigilo do processo e apenas afirmou que nada foi ainda oficializado. Em conversa lateral, foi possível apurar que caso a transferência se confirme, o jogador colombiano deverá viajar sozinho para Lisboa, uma vez que a Senhora Montero espera bebé e o casal pretende que o nascimento tenha lugar na cidade de Seattle, onde tem residência permanente e diversos familiares.

Por tudo isto, só é possível concluir que negociações estão ainda em curso entre os dois clubes. O jogador já se encontra em Seattle há mais de uma semana, de malas aviadas, à espera de instruções. Ainda alimentou a hipótese de se juntar à equipa no Canadá mas, pelas palavras do presidente, esse cenário está descartado. Não requer imaginação muito fértil para deduzir o que está a tornar o processo moroso, mas negociações são sempre complexas, por natureza, e os sportinguistas só podem esperar que tudo seja finalizado o mais breve possível.

 

publicado às 16:15

À partida para o Canadá

Rui Gomes, em 15.07.13

 

À partida para o Canadá o presidente do Sporting falou aos jornalistas mas além de um discurso politicamente correcto, pouco ou nada adiantou que contribua para o melhor esclarecimento do futebol do Clube para a próxima época: "Aquilo que eu acredito é que vamos fazer o nosso trabalho sério, que nunca prometemos nada e aquilo que prometo é que vamos continuar neste caminho, de muito rigor e competência sem criar ilusões. O Sporting é o Sporting, sempre será, mas volto a dizer que não vamos passar da pior época de sempre para a melhor época de sempre. O nosso objectivo é entrarmos em cada jogo e honrarmos a nossa camisola, só isso é um grande objectivo para o Sporting."

 

Admitiu, ainda, que o plantel não está fechado - deixando a ideia mais de saídas do que de entradas - "há uma série de situações que se têm de resolver e o mercado só fecha no final de Agosto." Justificou a ausência de Jeffrén e Viola pela necessidade de haver jogadores para disputar a Taça de Honra mas, na realidade, essa disposição deve-se muito mais às suas eminentes saídas do Sporting do que participar no torneio de Lisboa.

 

Recusou, igualmente, abordar o caso de Bruma e de adiantar qualquer explicação sobre a contratação de Fredy Montero, servindo de indicação, porventura, que o negócio do avançado do Seattle Sounders ainda não está finalizado.

 

Penso que o presidente não se deve preocupar tanto com "criar ilusões" porque a vasta maioria de sportinguistas não as alimentam, especialmente quando ele sublinha que o principal objectivo passa por honrar a camisola em cada jogo disputado. O que é por de mais evidente é que a verdadeira constituição do plantel e da equipa só será conhecida a partir de Setembro, depois do mercado de Verão fechar. Até lá, a SAD vai continuar a tentar eliminar jogadores e reduzir salários.

 

publicado às 16:31

Os empresários

Rui Gomes, em 07.06.13

 

Neste defeso, o Sporting terá de colocar fora uma equipa de futebol inteira. Pelo que se foi vendo nos jornais, o Sporting terá de se desfazer dos seguintes jogadores, por impossibilidade orçamental de lhes pagar o acordado:

 

Patrício; Lopes; Onyewu; Boulahrouz; Evaldo; Schaars; Pranjic; Adrien; Capel; Jeffrén e Bojinov.

 

Acrescem a estes 11 inicial, 7 outros casos que parecem "especiais": Os jovens Viola; Rubio e Labyad, que ao que parece ganham demais para a produtividade apresentada.

 

Neto e Owusu, emprestados que o Sporting não tem interesse em manter nos seus quadros.

 

Gelson "desemprestou-se" do Sion, destino desconhecido.

 

Elias, a quem parece que pagamos parte do salário, e cuja manutenção nos presentes moldes se diz ser impossível.

 

São pois, pelas minhas contas por alto, 11+7, os jogadores para quem teremos de procurar colocação na próxima época. Já nem falo de contratações, porque dizem que não há dinheiro para nada...

 

Ora então sabendo que é este cenário que tem pela frente e conhecedor das duríssimas negociações que se avizinham - que certamente incluirão ameaças de não fazer mais negócios, promessas de ganhos futuros, colecta de devolução de favores antes prestados e conversas de pé-de-orelha para que o "X" convença o "Y" a ficar com um ou dois -, que o nosso Presidente decide declarar "guerra aos empresários", basicamente chamando-lhes abutres - sem distinção - e dizendo que tudo fará para acabar com a sua raça. 

 

Ou seja o Sporting precisa de vender. Vai daí, insulta os intermediários ao mesmo tempo que coloca anúncios nos jornais a dizer que o seu produto consome demais para o que produz. Bom, visto de fora parece uma garotice de todo o tamanho. E, infelizmente, diz-se que visto de dentro, também... No dia 1 de Julho começa a pré-época do Sporting. Nessa altura cá estaremos para avaliar os resultados de tal inovadora estratégia comercial.

 

* Texto da autoria de Desert Lion.

 

publicado às 08:23

O som da bancada

Rui Gomes, em 25.05.13
 
A visita a Toronto, Canadá de Bruno de Carvalho deu ensejo a que alguns dos usuais energúmenos viessem para a rua demonstrar a sua total ignorância do Mundo, a exemplo desta verborreia por um adepto de nome "Jacki" que aparece com frequência a comentar nos espaçs noticiosos:
 
" Bruno todos entram a par, cada ano. Competir com $$$ torna-se mais fácil. Toronto, a invenção JEB que esperam dessa Academia ? Porque não vão para lugares onde jogam a bola ? O tempo permite treinar de Abril a Outubro, de pois "tá frio e neve". O BRUNO anda a seguir os passos de outros. A gastar o que não há $$$."
 
Para que fique claro, não tenho nada a ver com a  Academia Sporting de Toronto, ninguém me passou procuração, desconheço as suas linhas de gestão e operação, salvo por amigos que me informam que tem algumas centenas de jovens registados e que o Sporting Clube de Portugal não assume quaisquer obrigações, em contrário, recebe uma percentagem por cada jovem que inscreve e pela visita de elementos dos órgão sociais do Clube, assume as suas despesas, inclusive de viagens e estadia. Aqui não se anda a pedir esmola a Portugal, na realidade, muitas centenas de milhões são enviados por luso-canadianos anualmente para o território português. Apesar de me encontrar na cidade neste momento, não estou a par da agenda do presidente do Sporting, em facto, se tiver vagar, quer ver se não me encontro com ele.
 
Mais directamente ao que o energúmero "Jacki" comenta, deveria informar-se que existe um Mundo moderno e sofisticado fora da sua "aldeia" e que tem condições para tudo a que se propõe, sem Troikas nem outra benificências alheias. O futebol não é a principal modalidade desportiva no Canadá, é verdade, sendo essa dimensão da pertença do hóquei no gelo, mas poucos se alguns países do Mundo têm cerca de 3 milhões - repito 3 milhões de jovens inscritos para jogar futebol organizado  como o Canadá. Só na cidade de Toronto, exclusivo de subúrbios, existem cerca de 400 campos de futebol, muitos com condições para prática 7 dias por semana, 365 dias por anos, indiferente se está frio ou calor, se cai chuva ou neve.
Se o Canadá e até os E.U.A., não têm futebol ao nível mundial não é por não terem meios para esse fim, mas meramente porque existem outras prioridades desportivas. Quando chegar o dia em que esta ordem seja invertida, veremos, então, a capacidade de Portugal e de outros países europeus em competirem com o continente norte-americano.
 
Pelo meu envolvimento no futebol - amador e profissional - ao longo dos anos, já tive ocasião de organizar e liderar diversas digressões futebolísticas a Portugal que sempre incluiram convívio social e desportivo com o Sporting. A mais recente - organização do Peniche de Toronto, que é Filial do Grupo Desportivo de Peniche e Núcleo do Clube de Futebol Os Belenenses - passou-se um dia inteiro com a família sportinguista. A parte da manhã em Alvalade onde a comitiva - dirigentes e atletas - visitou todas as instalações, almoçou na Casa Vinte e Um e conviveu com a Dra. Margarida Caldeira da Silva, então vice-presidente, e com o Dr. Dias da Cunha, entre outros. Pela ocasião, foi oferecido ao Sporting uma antiguidade de muito valor: uma travessa de porcelana com cerca de 150 anos com a esbelta pintura de um leão. Essa antiguidade está permanentemente em exposição no Museu do Sporting. Através da gentileza do saudoso amigo Manolo Vidal e de José Manuel Torcato, a tarde foi passada na Academia de Alcochete, onde se realizou um amistoso com uma equipa mista do Sporting que incluía alguns nomes bem conhecidos: Nani, João Moutinho, Miguel Veloso, Yannick Djalo, Silvestre Varela, Mário Felgueiras e Carlos Saleiro, entre outros. O dia terminou com um jantar na Academia. Todas as despesas assumidas pelo grupo de Toronto, o Sporting não gastou um único centavo, em contrário, todos os celementos com quem convivemos, incluindo jogadores, receberam diversas prendas. Este é apenas um pequeno exemplo, poderia descrever outros com uma envergadura muito superior e profissional. As aparências, por vezes, iludem, especialmente para aqueles que falam sem ter a mínima noção do que dizem.
 
Nota: Como não podia deixar de ser, os jovens do Peniche de Toronto foram goleados por aquela equipa maravilha do nosso Sporting mas, três dias mais tarde, em um outro amistoso no Restelo frente ao Beleneneses - na altura liderado por Manuel José - que incluia um "menino" chamado Rúben Amorim, que dias antes tinha marcado um golo ao FC Porto no campeonato, os luso-canadianos conseguiram "arrancar" um empate (2-2).
 

 

publicado às 15:29

 

Como era de esperar, o presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol, José Fontela Gomes, surgiu em defesa de João Capela, afimando que falou com ele e que o juiz de Lisboa está de «consciência tranquilíssima» em relação ao trabalho que fez no derby: «deu o seu melhor e está com o espiríto de missão cumprida.» Fontela Gomes dá-se à «gentileza» de admitir que há lances duvidosos, mas apressa-se a qualificar a situação, descrevendo-a como mais um caso em que os clubes atiram para cima da arbitragem o que não conseguem fazer em campo.

 

Até há causa para acreditar que João Capela esteja com o «espírito de missão cumprida» mas essa missão, de certo, e pela evidência à vista ,não incorporou fazer uma arbitragem competente e imparcial, bem em contrário. Era escusado o presidente da APAF vir a público defender o indefensável e, no processo, atirar areia para os olhos de todos aqueles que assistiram ao jogo da Luz, tentando dissimular o malicioso trabalho de João Capela. Com tudo isto, não supreenderá, minimamente, que o seu indecoroso desempenho receba nota positiva. É o que a «casa» gasta !

 

publicado às 19:28

 

Não assisti «in loco» à conferência de imprensa realizada por Bruno de Carvalho e só posso recorrer aos relatos noticiosos disponíveis. Nesse sentido, pelo que é possivel apurar, nada de novo foi anunciado pelo presidente, algo que leva a questionar o propósito da mesma. Sublinham-se os seguintes pontos já do conhecimento público:

 

1. Bruno de Carvalho afirmou que vai avançar com a auditoria de toda gestão económica, financeira e desportiva dos últimos anos;

 

2. Negou ameaças de demissão;

 

3. Esclareceu que o perdão da dívida não está sobre a mesa;

 

4. Que a reestruturação da dívida com os bancos e credores está em curso e será resolvida rapidamente;

 

5. Que não há nenhum problema com a entrada de investidores depois da reestruturação ser feita;

 

6. Recusou esclarecer se existem salários em atraso;

 

7. Afirmou que o Sporting comecerá a dar lucro já a partir da próxima época.

 

Terminou, declarando que não é admissível que se queira que uma nova direcção resolva o que não foi resolvido em 17 anos num par de meses.

 

Bem, a começar por esta última consideração, nunca me constou nenhum sportinguista fazer uma exigência dessa natureza. Tudo o que se exige, é que cumpra com tudo aquilo que garantiu, há tão pouco tempo, logo a começar no seu primeiro dia na presidência, incluindo disponibilidade financeira para resolver todos e quaisquer problemas imediatos de tesouraria. Fica a ideia que ainda estamos em plena campanha eleitoral, em que tudo o que é menos positivo é mera fantasia noticiosa e o resto são promessas do mais do mesmo. Conclusão: tanto alarido por tão pouco, quando se torna evidente, pelas palavras de Bruno de Carvalho, que tudo está em curso de acordo com o «programa» e que, inclusive, não há qualquer tipo de problemas com a Banca. Ainda bem que assim é e cada um que acredite o que desejar. O dia chegará, mais tarde ou mais cedo, em que este presidente não vai conseguir esconder-se atrás do discurso demagógico. Veremos quanto tempo será necessário para lá chegar e a que custo ao Sporting.

 

publicado às 19:27

A nova ordem do dia é "emagrecer" !

Rui Gomes, em 30.03.13

 

Uma excelente ideia!... O Sporting gosta de ter presidentes elegantes e Bruno de Carvalho evidencia uns quilitos a mais. Nada melhor do que começar a treinar com uma das equipas, até que o novo departamento de preparação física seja inaugurado.

 

publicado às 13:40

A situação de Jesualdo Ferreira

Rui Gomes, em 26.03.13

 

Confirmando-se, penso que a vasta maioria de sportinguistas concordará que é uma boa notícia. Consta que o recém-eleito presidente já contactou Jesualdo Ferreira por telefone e fez sentir a sua confiança no técnico. Claro, está ainda por esclarecer se o sentimento é mútuo, mediante a visão da nova liderança para o futebol, se é que esta existe, e a receptividade à mesma por Jesualdo Ferreira. Como bem sabemos, no futebol há poucos constantes, especialmente ao que concerne treinadores, mas pela evidência à vista penso que o professor é o técnico ideal para o momento do Sporting, muito pela sua capacidade de lidar e liderar os nossos jovem talentos. Será que os resultados nestes últimos 7 jogos da época irão influenciar pareceres ?

 

publicado às 06:25

O som da bancada

Rui Gomes, em 27.11.12

 

«Eu acho que deve ser dada tranquilidade e tempo aos treinadores para poder fazerem o seu trabalho, também acho que o presidente do Sporting deve ter tempo e tranquilidade para poder fazer o seu trabalho e que deve ficar até ao fim do mandato. (Eu não votei em Godinho Lopes) ».

 

*** Adepto identificado por «Zé Lagarto».

 

publicado às 20:38

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo