Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Sporting - Paços de Ferreira, 3 de Abril de 2022, às 20h30

Leão Zargo, em 02.04.22

liga-nos-sporting-cp-x-fc-pacos-de-ferreira.jpg

O Sporting e o Paços de Ferreira jogam amanhã para a 28ª jornada da 1ª Liga. Na época passada, em Alvalade, os leões venceram os castores por 2-0, com golos de João Mário e João Palhinha. O nº 6 foi o melhor jogador em campo, pelo excelente golo que conseguiu e pela forma como jogou e marcou as zonas de pressão e compensou as subidas dos laterais. A equipa pacense treinada por Pepa constituía uma das grandes sensações do campeonato da 1ª Liga. Como o Porto empatou em casa com o Boavista, com este triunfo o Sporting passou a liderar a classificação da competição com 10 pontos de vantagem sobre o segundo classificado. Pela segunda vez na história o Clube liderava com 10 pontos a mais, a anterior foi em 1950-51 com a vitória ainda a valer 2 pontos.

Depois de um início de época algo irregular, o Paços de Ferreira estabilizou o seu futebol e nos últimos cinco jogos para o campeonato venceu quatro e perdeu apenas um, com o Porto. A contratação de César Peixoto contribuiu para essa recuperação e, agora, luta pelo acesso a uma prova europeia. Em treze jogos conquistou 22 pontos, sendo que metade deles foram obtidos como equipa visitante. Trata-se de uma equipa bem preparada e organizada com e sem bola, com jogadores que fazem várias posições. O maior destaque vai para Nico Gaitán e para a capacidade de organização dos médios Luiz Carlos e Nuno Santos, que em Fevereiro foi eleito o melhor jogador jovem da 1ª Liga. Mas, os pacenses valem pelo seu conjunto.

Depois da interrupção para os jogos da Selecção Nacional, “vamos entrar na recta final da maratona que é o campeonato nacional de futebol, embora com outra designação. A comparação com a maratona justifica-se porque é uma prova de regularidade. (…) Que este interregno sirva para recuperarmos forças para lutas imediatas, pois ainda nada está fechado”, como escreveu Nação Valente no Camarote Leonino. A época que decorre está a ser positiva para o Sporting que, até agora, conquistou duas competições (Supertaça e Taça da Liga). Apesar de estar em situação algo desfavorável, ainda está na luta pela Liga Portugal e pela Taça de Portugal. Para o jogo com o Paços de Ferreira, Rúben Amorim tem todos os jogadores à sua disposição, embora Coates e Slimani possam ter regressado das selecções com alguma limitações físicas.

Na fotografia, Palhinha em acção no Sporting 2 - Paços de Ferreira 0 em 2020-21.

publicado às 14:30

Joni Brandão Sporting-Tavira.jpg

Os portugueses Amaro Antunes (W52 - Porto) e Joni Brandão (Sporting - Tavira) foram oficialmente considerados os vencedores da Volta a Portugal 2017 e 2018, respetivamente, pela União Ciclista Internacional, depois de o Tribunal Arbitral do Desporto confirmar a suspensão de Raúl Alarcón. O ciclista espanhol, que viu o Tribunal Arbitral do Desporto confirmar a suspensão por quatro anos decidida pela UCI por "uso de métodos e / ou substâncias proibidas", sofreu a anulação de todos os resultados desportivos entre 28 de Julho de 2015 e 21 de Outubro de 2019

Fez-se justiça a um ciclista que realizou uma época extraordinária a que apenas teria faltado o triunfo na prova-rainha. De facto, Joni Brandão, no plano individual, e a equipa Sporting - Tavira, colectivamente, foram os vencedores do "ranking" da Associação Portuguesa de Ciclistas Profissionais (APCP) em 2018, que premeia a regularidade ao longo de toda a época. O chefe-de-fila do Sporting - Tavira tinha terminado o ano com 1177 pontos, valor que agora será revisto por ter passado de segundo a primeiro classificado na Volta a Portugal.

publicado às 17:00

Um século a formar sportinguistas

Leão Zargo, em 31.03.22

Sporting 100º aniversário do Boletim.jpg

Em 31 de Março de 1922 foi publicado o primeiro “Boletim do Sporting Club de Portugal”, com a periodicidade quinzenal. Inicialmente tinha oito páginas no formato de 20x28, com o pagamento facultativo de 2$00 semestrais. Trata-se do mais antigo periódico europeu de um clube desportivo. O aprofundamento do espírito sportinguista, a defesa dos interesses do Clube e a circulação da informação seriam alguns dos objectivos iniciais e “Razão de ser” foi o sintomático título do primeiro editorial.

Inúmeras gerações de sportinguistas consolidaram a sua paixão e o seu querer através da leitura das narrativas escritas por grandes leões nas páginas do Boletim, que depois passou a Jornal em Junho de 1952. José do Carmo Francisco escreveu que “realizei o meu sonho de criança quando na minha aldeia natal (Santa Catarina) ia atrás do carteiro para ler em primeira mão o jornal do Sporting logo que a D. Teresa ou o senhor Josué lhe cortassem a cinta de papel que o envolvia”. Era esse o sentimento de tantos e tantos leões que, pelo país fora, aguardavam ansiosamente pela leitura do nosso jornal num tempo em que ele era a principal fonte de informação sobre o nosso Clube.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

V. Guimarães - Sporting, 19 de Março de 2022, 20h30

Leão Zargo, em 18.03.22

V. Guimarães 0 - Sporting 4 2020-21 1ª Liga.jpg

Vitória de Guimarães e Sporting defrontam-se amanhã para a 27ª jornada da 1ª Liga. No Estádio D. Afonso Henriques, na época passada, os leões venceram por 4-0 e seguraram de forma convincente a liderança isolada que tinham conquistado na jornada anterior. Um resultado invulgar naquele campo. Pedro Gonçalves bisou com dois golos e Nuno Santos e Jovane Cabral marcaram os restantes. Nos últimos seis confrontos entre os dois clubes no Minho, o Sporting venceu duas vezes e os vimaranenses uma, tendo-se verificado empate nas outras três partidas.

Edwards não engana, é um jogador com características diferentes, muito forte a ir para cima, de entrar nas defesas e desequilibrar. É mais disponível fisicamente do que pode sugerir à primeira vista. Agora, Porro encontrou outro parceiro para fazer a ala direita com grande qualidade. Sarabia deve ser titular, mas é importante haver alternativas. Há ainda Pote que necessita de alcançar o ritmo competitivo, o que se consegue… jogando. Isto é verdade também para Palhinha, mas creio que Ugarte será indiscutível neste momento. Na frente deverão estar Paulinho e Slimani. O primeiro essencial na ocupação de espaços, nas transições e nas bolas paradas, o segundo indispensável na profundidade e na capacidade de luta. Gonçalo Inácio regressa. Feddal viu o quinto cartão amarelo e vai cumprir um jogo de castigo. Os leões não sofrem golos há três jogos consecutivos.

Trata-se de um lugar comum afirmar que é complicado jogar em Guimarães. O resultado da época passada é enganador. Depois de uma fase irregular, os vimaranenses apresentam maior organização e consistência competitiva. Os triunfos com o Famalicão e o Marítimo nas duas últimas jornadas são reveladores. Mas, se jogar como equipa grande, o Sporting é capaz de vencer em qualquer campo. Isso já nós sabemos. Uma vitória leonina permitirá colocar pressão sobre o Porto e manter o Benfica à distância.

Na fotografia, os jogadores leoninos festejam um dos dois golos de Pote no V. Guimarães - Sporting de 2020-21.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Moreirense - Sporting, 14 de Março de 2022, 20h15

Leão Zargo, em 13.03.22

Moreirense 1 - Sporting 1 2020-21 1ª Liga.jpg

O Sporting defronta amanhã o Moreirense para a 26ª jornada da 1ª Liga. Em 2020-21, em Moreira de Cónegos, os leões dominaram a partida, remataram muito à baliza adversária, tiveram dois golos anulados por foras de jogo “milimétricos”, o jogo parecia controlado, mas os da casa marcaram mesmo no final e terminou empatado (1-1). Paulinho estreou-se a marcar com a camisola verde e branca. Depois desta jornada, ainda sem conhecer o travo amargo da derrota, o Sporting continuou a liderar a classificação do campeonato com oito pontos de vantagem sobre o Porto.

A participação na Champions terminou de uma maneira que dignificou a equipa leonina. Houve oportunidades de golo para os dois lados e desde Novembro de 2019, foi a única que não perdeu no Etihad Stadium em jogos da Liga dos Campeões. “Este jogo vale muito, aprendemos muito, crescemos muito, percebemos o que é jogar contra estas equipas”, como sublinhou Rúben Amorim. Apesar da continuidade directiva, a tomada de posse dos novos órgãos sociais do Clube estabelece um virar de página, uma “Nova Era”, o que exige um esforço redobrado. No Sporting tudo tem de ser encarado com determinação e competência para se poder avançar com confiança e sucesso.

O jogo em Moreira de Cónegos revela-se bastante difícil. Com os “grandes”, em casa, o Moreirense joga duro, com inúmeras faltas e perdas de tempo para travar o ímpeto do adversário. Amanhã vamos assistir a isso mesmo, muita luta, muito confronto físico, até pela difícil posição do clube na classificação. Para os leões, a semana foi de recuperação e de concentração, sempre máximas. Pote treinou normalmente com os companheiros, mas Palhinha e Bragança continuam em tratamento médico. Aguardo com expectativa para ver se Paulinho e Slimani mantêm ambos a titularidade visando diferenciar os movimentos ofensivos de aproximação à baliza.

Nota: Na conferência de imprensa de antevisão ao Moreirense, Rúben Amorim insistiu que “tudo pode acontecer” até final do campeonato, que os três “grandes” continuam na luta pelo título e remeteu as contas para o final da época. “Não vale a pena estarmos a pensar, porque não sabemos o que vai acontecer nos jogos do FC Porto ou do Benfica ou do Braga. É vencer o Moreirense, voltar para casa, preparar o próximo jogo e não fazer contas”, concluiu. O treinador sportinguista informou que Palhinha recuperou da lesão que o afastou dos últimos jogos e que Daniel Bragança também vai a Moreira de Cónegos, reconhecendo que, assim, a equipa fica mais forte.

Na fotografia, Paulinho marca no Moreirense - Sporting disputado em 2020-21.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Sporting - Arouca, 5 de Março de 2022, 20h30

Leão Zargo, em 04.03.22

Sporting 3 - Arouca 0 2016-17 1ª Liga Bas Dost.jp

O Sporting defronta amanhã o Arouca para a 25ª jornada da 1ª Liga. Para a 1ª Liga, no Estádio de Alvalade, os dois clubes defrontaram-se pela última vez em 2016-17 e os leões venceram por 3-0, com golos de Bas Dost (dois) e de Joel Campbel. Finalmente uma vitória depois de não se conhecer o sucesso em quatro jogos consecutivos. Com este resultado na 10ª jornada do campeonato, o Sporting ficou com 21 pontos, os mesmos que o Porto, e menos cinco que o Benfica.

O futebol do Arouca tem mais qualidade do que revelam os seus 22 pontos na classificação geral. Há que vencer este jogo, no Sporting luta-se até ao último instante. Ganhar e perder fazem parte do futebol, embora desencadeiem sentimentos diferentes. A tenista Martina Navratilova afirmou que aqueles que, no desporto, defendiam que ganhar ou perder não importava, provavelmente, tinham perdido. Para trilharmos de novo os caminhos da vitória temos de ser capazes de “olhar para dentro” para avaliarmos e corrigirmos o que não está bem. Mais do que os outros, toda a complexidade envolvente que não podemos modificar, o foco será sempre sobre “nós”, com as nossas qualidades, as potencialidades e as fragilidades. Porque nem o ganhar nem o perder são permanentes.

Amanhã completam-se dois anos sobre a apresentação de Rúben Amorim como treinador principal do Sporting, três dias antes de um jogo com o Desportivo das Aves que precedeu a paragem competitiva devido à pandemia de covid-19. Desde essa data, à frente da equipa sportinguista, Rúben Amorim alcançou 50 vitórias em 68 jogos para o campeonato da 1ª Liga. Na história leonina, apenas Joseph Szabo (em 65 jogos) e Randolph Galloway (em 66) conseguiram meia centena de triunfos em menor número de desafios.

Amanhã é dia de jogo e dia de eleições. Que seja um dia de grande sucesso para o Sporting Clube de Portugal!

Na fotografia, Bas Dost no Sporting 3 - Arouca 0 disputado em 2016-17.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Marítimo - Sporting, 26 de Fevereiro de 2022, 18h00

Leão Zargo, em 25.02.22

Marítimo 0 - Sporting 2 2020-21 1º golo de Pote.

O Sporting defronta amanhã o Marítimo para a 24ª jornada da 1ª Liga. Em 2020-21, no Funchal, Pedro Gonçalves bisou na vitória por 2-0. Tratou-se da última jornada da 1ª volta do campeonato, que os leões concluíram com 14 vitórias e três empates em 17 jogos, a sua melhor 1ª volta dos últimos 70 anos. Como o Porto empatou com o B-SAD no Jamor, o Sporting passou a liderar com 6 pontos de vantagem sobre os dragões.

Com o Marítimo disputa-se mais uma final para ser vencida. A equipa sportinguista não poderá contar com Palhinha, Sarabia e Tabata, todos a cumprir castigo, mas nas opções de Rúben Amorim já estarão Coates e Esgaio que falharam a recepção ao Estoril Praia por se encontrarem suspensos. Se a ausência de Palhinha pode ser colmatada por Ugarte, a de Sarabia e a de Pote, ausente por mialgia, originarão a titularidade de Nuno Santos, Slimani ou Edwards. Aposto em Nuno Santos, com Matheus Reis a defesa esquerdo e Feddal ao lado dos centrais, e em Slimani, que Amorim diz ser compatível com Paulinho.

No jogo de amanhã, a pressão estará toda sobre o Sporting e o Marítimo vai apresentar-se descontraído à procura da oportunidade de pontuar. A frustração da pesada derrota com o City já foi analisada e assumida, o futebol tem a condição de gerar expectativas que depois se vão tornar na realidade dominante. A realidade agora é que o Sporting continua na luta pela conquista do bi-campeonato, uma proeza que não alcança desde 1952.

Lista de convocados:
Adán, André Paulo, Virgínia, Porro, Esgaio, Coates, Inácio, Neto, Matheus Reis, Feddal, Rúben Vinagre, Essugo, Matheus Nunes, Daniel Bragança, Ugarte, Nuno Santos, Marcus Edwards, Paulinho, Slimani.

Na fotografia, Pedro Gonçalves, assistido em profundidade por Gonçalo Inácio, prepara-se para marcar o primeiro golo no Marítimo - Sporting disputado em 2020-21.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Sporting - Estoril, 20 de Fevereiro de 2022, 18h00

Leão Zargo, em 19.02.22

Sporting 2 - Estoril 1 1ª Liga 2017-18.jpg

O Sporting defronta amanhã o Estoril para a 23ª jornada da 1ª Liga. Para a 1ª Liga no Estádio de Alvalade, os dois clubes defrontaram-se pela última vez em 2017-18 e os leões venceram por 2-1, com dois golos de Gelson Martins e Bruno Fernandes. Aos 11 minutos a equipa sportinguista vencia por 2-0, mas baixou o ritmo de jogo e a pressão sobre a equipa adversária, sofreu um golo perto do fim e correu o risco de empatar a partida.

Antes de se iniciar, cada jogo de futebol é como que uma folha de papel A4 em branco. No final está toda escrita, mas para alguns jogos são necessárias várias folhas para que a lição fique completa. É o caso dos dois últimos jogos, no Dragão e em Alvalade com o City. Se os nossos jogadores na Liga Bwin revelam grande amadurecimento e traquejo, na Champions chegaram a parecer paralisados perante a categoria dos adversários.

A superação nas adversidades é algo que se vai aprendendo na prática, que se constrói competindo, como recordou Rúben Amorim ao garantir que... “o Sporting vai ser muito melhor no futuro, tenho a certeza absoluta, principalmente porque vejo um Sporting unido”, sublinhando que “precisamos de tempo. Há que aproveitar o jogo (com o City) para crescer”.

Amanhã a equipa leonina estará de regresso à sua realidade competitiva e o que realmente interessa é que seja capaz interpretar o jogo de forma perfeita. No fim de contas, que em campo demonstrem de novo que o todo é mais do que a simples soma das suas partes, o que constitui a essência do projecto sportinguista. E desejamos uma arbitragem imparcial, não é exigir muito.

Na fotografia, Battaglia em acção no Sporting - Estoril disputado em 2017-18.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Porto - Sporting, 11 de Fevereiro de 2022, 20h15

Leão Zargo, em 10.02.22

Porto 0 - Sporting 0 2020-21 1ª Liga.jpg

O Sporting CP e o FC Porto jogam amanhã para a 22ª jornada da 1ª Liga. Em 2020-21, no Dragão, verificou-se um empate (0-0). Com dez pontos de vantagem na classificação, os leões realizaram um jogo bastante seguro e calculista, mas nunca deixaram de espreitar a baliza adversária. Aliás, Matheus Nunes, aos 73 minutos, teve uma ocasião soberana, mas rematou ligeiramente por cima. Seba Coates, Gonçalo Inácio e Feddal foram uma muralha intransponível. Por essa razão, e por hábito, o banco portista deu nas vistas pela pressão permanente sobre os elementos da equipa de arbitragem.

O “clássico” entre o Sporting e o Porto é um dos mais desejados pelos adeptos do futebol português. Trata-se de uma rivalidade muito antiga, com 100 anos, que se iniciou em 1922 quando os dois clubes disputaram a primeira final do Campeonato de Portugal. O jogo de amanhã, pelo que pode definir na classificação do campeonato, é de grande importância para as duas equipas. Defrontar o Porto implica um confronto de elevada dificuldade, mas com humildade, garra, racionalidade e coragem os jogadores leoninos ficarão mais perto do sucesso.

Entretanto, representantes do nosso adversário estão levar a cabo na televisão, imprensa e redes sociais uma intensa actividade coordenada que visa pressionar e condicionar a arbitragem do jogo. Até fazem ameaças de uma “batalha campal” no Dragão e, com falta de vergonha, exigem um “árbitro com classe e categoria”… na perspectiva deles, é claro. Desejamos que os jogadores sportinguistas não respondam a provocações, que sejam rigorosos e audazes, que mantenham sempre o foco no jogo e que estejam inspirados nos caminhos para a grande área adversária. Que sejam verdadeiros “leões”!

Na fotografia, uma imagem do Porto - Sporting disputado em 2020-21.

publicado às 03:49

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Sporting - Famalicão, 6 de Fevereiro de 2022, às 20h30

Leão Zargo, em 05.02.22

Sporting 1 Famalicão 1 2020-21 1ª LIga.jpg

Sporting e Famalicão defrontam-se amanhã para a 21ª jornada da 1ª Liga. No jogo em Alvalade entre as duas equipas na época passada verificou-se um empate (1-1). Pedro Gonçalves e Anderson Oliveira foram os autores dos golos. Foi na 26ª jornada, o resultado foi injusto para os leões que atravessavam uma fase de menor fulgor, cederam empates em dois jogos consecutivos, permitindo alguma aproximação do Porto que ficou a seis pontos de distância.

Cada jogo é um jogo, é verdade, mas o Famalicão da época passada está bem na memória dos sportinguistas. Dois jogos, dois empates. Amanhã mais vale prevenir do que ter de remediar. O jogo traz uma curiosidade suplementar que é a possibilidade de Islam Slimani voltar a vestir a camisola verde e branca. Depois da boa estreia de Marcus Edwards pode acontecer a do avançado argelino, e todos desejamos que o talento de um mais a eficácia de outro nos tragam grandes alegrias.

Sabe-se que no futebol nada é garantido, tudo é possível, isso faz parte da sua beleza e emoção. Da equipa leonina esperamos o mesmo de sempre: foco no jogo, encarado com paixão e responsabilidade, e que a vitória seja a consequência de tudo isso. Aproxima-se o “clássico” no Dragão, que pode ser decisivo para as nossas aspirações no campeonato. E aí só há um resultado que nos interessa, não somos um clube qualquer, somos o Sporting!

Na fotografia, João Palhinha em acção no Sporting - Famalicão disputado em 2020-21.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

B-SAD - Sporting, 2 de Fevereiro de 2022, 20h45

Leão Zargo, em 01.02.22

B-SAD 1 - Sporting 2 2020-21 1ª Liga.jpg

O Sporting defronta amanhã o B-SAD para a 20ª jornada da 1ª Liga. Em 2020-21, no Estádio Nacional, os leões venceram com dificuldade os azuis por 2-1 com golos de Tiago Tomás e de João Mário. Praticamente, os leões tiveram duas oportunidades de golo… que concretizaram. Foi a vitória da eficácia, mas também do empenho e da organização. Adán defendeu uma grande penalidade marcada por Miguel Cardoso. Foi o jogo da estreia de Gonçalo Inácio como titular no campeonato da 1ª Liga.

Conquistada a Taça da Liga, há que trabalhar para vencer o próximo jogo e manter a pressão sobre o Porto. Com estes jogadores, onde as pernas não chegam, o coração chega. Como Rúben Amorim referiu em determinado contexto, “agora é reflectir sobre o que correu bem, corrigir o que correu mal e preparar bem o próximo jogo”. Planeamento + organização constitui a palavra-chave que define o momento sportinguista. Para todos nós, adeptos leoninos, o que é importante é que esta caminhada continue assim, passo a passo, num ritmo certo, constante.

Fechou a “janela” do mercado de Janeiro. Saíram Tiago Tomás para o Estugarda e Jovane para a Lazio, mas entraram Marcus Edwards e Islam Slimani. Entradas “cirúrgicas”, nada foi deixado ao acaso. Agora, o plantel fica mais completo, mais equilibrado, “especialmente a nível de fiabilidade e variabilidade táctica”, como realçou Leão do Norte no Camarote Leonino. As individualidades são importantes, mas o futebol é um desporto colectivo e ter identidade colectiva constitui o princípio básico para alcançar o sucesso. Por essa razão Rúben Amorim privilegia sempre o grupo, o engenho técnico de uns e o engenho criativo de outros estão sempre ao serviço do jogo da equipa.

Como se sabe, Coates não defronta o B-SAD e Porro está em condições de alinhar, o que pode implicar certas alterações. Prevejo que Porro vai substituir Ricardo Esgaio, que Neto e Gonçalo Inácio são certos, que Matheus Reis se tornou imprescindível e que, entre Feddal e Nuno Santos, um deles começa a titular. Os restantes serão os que defrontaram de início o Benfica.

Na fotografia, o B-SAD - Sporting disputado em 2020-21. Tiago Tomás esteve em destaque ao marcar logo aos 5 minutos de jogo.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Sporting - Braga, 22 de Janeiro de 2022, 20h30

Leão Zargo, em 21.01.22

Sporting 2 - Braga 0 2021-22.jpg

O Sporting e o Braga defrontam-se amanhã para a 19ª jornada da 1ª Liga. Em 2020-21, em Alvalade, os da casa venceram por 2-0 com golos de Pedro Gonçalves e Matheus Nunes. Foi um jogo extraordinário entre duas grandes equipas, os leões foram mais fortes, mais eficazes, e seguraram a liderança com quatro pontos de vantagem sobre o FC Porto e o Benfica que nessa jornada empatou com o Santa Clara nos Açores. Adán fez uma grande exibição, daquelas que garantem vitórias.

Amanhã a partida é novamente de elevado grau de dificuldade, o nosso futebol tem de ser positivo e jogado com paixão, energia e inspiração. No Campeonato a luta está ao rubro, todos os adversários querem tirar pontos ao campeão nacional, mas o Sporting é capaz de vencer em qualquer campo se jogar como equipa grande. No final do jogo com o Vizela, Rúben Amorim avisou que “se baixarmos o nosso nível podemos perder pontos, temos de controlar isso, ainda não somos equipa para deixar andar. Temos é de vencer o máximo de jogos possíveis e não pensar muito nas contas”. Nem mais!

No Sporting, a boa notícia é a confirmação pelo presidente Frederico Varandas de que o actual plantel é para manter até ao final da época. Se juntarmos a isso a contratação de Marcus Edwards, a equipa leonina ficará em boas condições para continuar a defender o título de campeão conquistado em 2020-21. A má notícia é que Nuno Santos foi castigado com um jogo e que Pote, Esgaio, Coates, Palhinha e Porro estão em risco de exclusão por cartões amarelos na Liga. Depois do Braga, os leões defrontam, para o Campeonato, o B SAD e o Famalicão, seguindo-se a partida no Dragão.

Ponto de interrogação - O castigo aplicado a Nuno Santos pelo CD da FPF com invulgar rapidez e zelo, implica uma alteração significativa na equipa leonina que vai entrar em campo. Nestas circunstâncias, Rúben Amorim procura mexer o menos possível, pelo que provavelmente teremos Feddal ao lado dos centrais e Matheus Reis na posição de lateral. Mas há outra possibilidade, a entrada de Rúben Vinagre para lateral, com Matheus Reis a fazer de terceiro central. Por mim, aposto na entrada do experiente defesa marroquino que está muito rotinado com os companheiros e que dá grande confiança e estabilidade.

Na fotografia, o Sporting - Braga disputado em 2020-21 que os leões venceram por 2-0.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (época de 2021-22)

Vizela - Sporting, 16 de Janeiro de 2022, 18h00

Leão Zargo, em 15.01.22

Vizela 2 - Sporting 3 Taça de Portugal 2014-15.jp

O Sporting defronta amanhã o FC Vizela para a 18ª jornada da 1ª Liga. A última vez que as duas equipas se defrontaram no Minho foi em 2014-15 numa eliminatória da Taça de Portugal, que os leões venceram por 3-2. André Martins, Paulo Oliveira e Carlos Mané foram os autores dos golos dos leões. Foi este jogo que valeu um processo disciplinar ao treinador Marco Silva acusado de não ter usado o fato oficial.

Depois da má exibição nos Açores, “quem pagou as favas foi o Leça, jogo sem história em que a intensidade e a dinâmica marcaram a diferença do mais forte”, como referiu Julius Coelho no Camarote Leonino. Antes dos jogos tudo é possível, até não faltam indicações teóricas invencíveis, sistemas tácticos, titulares indiscutíveis (e discutíveis) e dinâmicas ganhadoras. Depois, durante o jogo, é que tudo se complica. O Sporting entra sempre para ganhar, mas o plantel tem limitações que são bem conhecidas, nem sempre há inspiração (e transpiração), mas também o adversário tem sempre muito a dizer e a fazer, procurando surpreender a equipa que leva na camisola o símbolo do campeão nacional. No futebol a única previsibilidade é a de que é imprevisível.

O futebol é imprevisível e nele a vitória é efémera, como Rúben Amorim alertou os seus jogadores. Para além do mais, “Esforço, Dedicação, Devoção e Glória” é o nosso lema já com mais de 100 anos. Sendo assim, vamos fazer do próximo desafio o jogo mais difícil deste campeonato… para o Vizela, bem entendido. Porque nós somos o Sporting e os três pontos têm de ser para nós. Provavelmente haverá reencontro com Nuno Moreira e Tomás Silva que já jogaram de leão ao peito.

Na fotografia, o Vizela - Sporting disputado em 2014-15 que os leões venceram por 3-2.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (época de 2021-22)

Santa Clara - Sporting, 7 de Janeiro de 2022, 18h30 (17h30 locais)

Leão Zargo, em 06.01.22

Santa Clara Sporting 2020-21 Pote.jpg

O Sporting defronta amanhã o Santa Clara para a 17ª jornada da 1ª Liga. Nos Açores, para o Campeonato, o Sporting defrontou o Santa Clara por 6 vezes, tendo conseguido 5 vitórias e 1 empate. O único empate (2-2) aconteceu em 1999-00 quando os leões foram campeões nacionais. Na época passada a equipa leonina venceu por 2-1, com dois golos de Pote. O Sporting marcou primeiro, dominou em toda a primeira parte, um erro de Coates permitiu o empate, mas a genialidade de Pote estabeleceu o resultado final. Para vencer, os leões tiveram de vestir o fato de macaco que os açorianos estavam muito fortes defensivamente. Na segunda parte, a raça e o engenho substituíram a nota artística da primeira.

O jogo com o Portimonense já passou, agora segue-se o Santa Clara. No entanto, o duelo com os algarvios constituiu um desafio com lições para as próximas jornadas, ou seja, como desmontar linhas defensivas com seis adversários. Sendo impossível a superioridade numérica no último terço do campo, torna-se indispensável gerar dinâmicas de largura e profundidade e de ruptura que permitam a superioridade posicional. A forma como os jogadores leoninos reagiram quando tinham a bola revelou a intenção de cada movimento, como se tudo estivesse preparado para cair em cima do adversário antes dele perceber que já tinha sido ultrapassado.

A equipa sportinguista vai apresentar-se em São Miguel com algumas alterações. A mais importante será a ausência de Rúben Amorim no banco por causa do novo coronavírus. Jovane Cabral ainda não está em condições de ser chamado a jogo e Gonçalo Inácio e Bruno Tabata cumprem quarentena. Manuel Ugarte, Pedro Porro e Zouhair Feddal já podem ser convocados. Tiago Sousa será o terceiro treinador a sentar-se esta época no banco do Santa Clara. Em dois jogos, venceu em casa o Vitória de Guimarães e perdeu fora com o Paços de Ferreira. Uma coisa é certa, a equipa açoriana vai superar-se para procurar fugir da zona de despromoção.

Na fotografia, Pote aponta o segundo golo no Santa Clara - Sporting disputado em 2020-21.

publicado às 14:30

Este Sporting que temos agora

Leão Zargo, em 01.01.22

Sporting 2021-22.jpg

Em Setembro de 2018 votei convictamente em Frederico Varandas, mas ciente de que a conjuntura que então se verificava no Sporting podia devorar o melhor projecto para a reabilitação do Clube. Nessa altura, escolhi o sugestivo título "Frederico Varandas e o optimismo possível" para um texto de análise aos resultados eleitorais que publiquei aqui no Camarote Leonino. No fim de contas, na vida nada é permanente e no futebol muito pouco é previsível. Como alguém disse, no futebol o que hoje é verdade amanhã é mentira.

Depois de ter tomado posse como o 43º Presidente do Sporting, Frederico Varandas sabia de ciência certa de que não teria muito tempo de "estado de graça". Os apoiantes de Bruno de Carvalho que se lhe referiam como "traidor" e "fivelas" nunca lhe dariam descanso e a votação bastante expressiva em João Benedito estava presente na memória de muitos sportinguistas. Na verdade, dependia do sucesso da equipa principal de futebol. É sempre assim. Ainda houve lenços brancos e exigências de eleições antecipadas em Alvalade.

Com Rúben Amorim, progressivamente, tudo se foi alterando. A esperança e a confiança substituíram a descrença e a desconfiança. Como se previa, o sucesso da equipa de futebol galvanizou e uniu os adeptos. No entanto, deve ser sublinhado que mesmo na fase de maior contestação ao novo presidente houve sempre o número suficiente de sportinguistas que permitiu (e garantiu) o normal funcionamento dos órgãos sociais do Clube. Sem este apoio Frederico Varandas não teria consolidado o seu projecto de governo nem Rúben Amorim teria sido contratado, ou pelo menos não beneficiaria do tempo necessário para levar o Sporting ao título de Campeão Nacional.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (época 2021-22)

Sporting - Portimonense, 29 de Dezembro de 2021, às 21h00

Leão Zargo, em 28.12.21

Sporting 2 Portimonense 0 1ª Liga 2020-21.jpg

O Sporting e o Portimonense defrontam-se amanhã para a 16ª jornada da 1ª Liga. Os leões estão em 1º lugar com 51 pontos, em igualdade pontual com o Porto, e os algarvios em 6º lugar com 24 pontos. No jogo entre os dois clubes na época passada, em Alvalade, os leões venceram por 2-0, com golos de Feddal e Nuno Santos ainda na 1ª parte, e mantiveram a liderança no campeonato com 10 pontos de vantagem sobre os portistas.

O jogo com o Portimonense apresenta-se como muito difícil, e espera-se que seja a arte e o engenho sportinguista a determinar o resultado da partida. Paulo Sérgio volta a Alvalade com a preocupação de fazer encaixar o seu habitual 4x3x3 no 3x4x3 de Rúben Amorim, sabendo que os seus jogadores revelam segurança e personalidade quando se batem fora de casa. Dos 24 pontos alcançados, 19 foram conquistados no campo adversário.

Para vencer este desafio, a equipa leonina só tem de ser igual a si própria. Muito segura defensivamente, nunca se tinha verificado que uma equipa do Sporting tivesse sofrido apenas 5 golos à 15ª jornada. Jogando com a habitual garra e determinação, em velocidade e boa definição no último passe, cortando espaços e impedindo a circulação do adversário, os leões são imbatíveis. Assim, basta-lhes que a arbitragem seja imparcial.

Tiago Tomás e Rúben Vinagre já treinaram integrados com o restante plantel e podem ser opção para o duelo frente aos algarvios. Fora das sessões de treino estiveram Manuel Ugarte, em isolamento após teste positivo de Covid-19, e Jovane Cabral, Zouhair Feddal e Pedro Porro que recuperam de lesões.

Na fotografia, imagem do Sporting - Portimonense disputado em 2020-21.

Adenda: Na antevisão da partida com o Portimonense, Rúben Amorim sublinhou que “obviamente que o mais importante é o nosso jogo, pois ganhando mantemos a nossa posição” e concluiu dizendo que “o que se passa nas outras equipas não nos interessa, quem está mais tranquilo, com mais calma em redor, colhe melhores resultados”. Quanto ao desejo para o resultado entre FC Porto e Benfica, apenas assumiu que fez contas a considerar as três probabilidades.

Sobre o Portimonense, Rúben Amorim afiançou que vai ser um jogo bastante difícil, salientou que tem mais pontos fora do que em casa e que é uma equipa com jogadores rápidos e que defendem bem, e que pode jogar com três centrais ou com quatro defesas.

O treinador do Sporting informou que Tiago Tomás regressou e é opção para a frente de ataque e que Rúben Vinagre ainda não está pronto para jogar. Acrescentou que Jovane está muito melhor e que Feddal e Porro seguem o seu plano de recuperação.

publicado às 14:30

A estreia de Marco Almeida

Leão Zargo, em 26.12.21

thumbnail_SCP 3 - SCF 2 1997-98 Marco Almeida e Ha

Marco Almeida fez toda a formação no Sporting, desde os 10 anos, e estreou-se na equipa principal com 20 anos frente à Académica num jogo para o Campeonato Nacional em 21 de Dezembro de 1997. Teve uma estreia de sonho, o Sporting venceu e ele marcou o único golo do encontro.

O jogador leonino descreveu esse jogo da seguinte maneira numa entrevista a Alexandra Simões de Abreu, em Tribuna Expresso, 1.9.2019:

«Foi com a Académica. Foi uma semana um bocado atípica porque o Marco Aurélio e o Beto eram os titulares, o Marco Aurélio estava lesionado e o Beto castigado, sobrava eu e o Néné. Até então, eu não tinha entrado porque quando acontecia alguma coisa cá atrás, baixava o Oceano ou baixava o Vidigal, porque era difícil apostarem em dois jovens e já lá estava o Beto. Na posição de defesa central normalmente querem mais experiência e estarem ali dois miúdos, com 19 anos, era um bocado arriscado. Mas durante aquela semana fui percebendo que o treinador, às vezes, punha-me na equipa titular, outras vezes não. Entretanto convoca-me e a partir do momento em que estou convocado, penso que vou jogar sabendo que havia as outras opções para fazerem o meu lugar.

Vamos para estágio e no dia do jogo, logo de manhã, o Cantatore telefona-me para o quarto antes do pequeno almoço e diz para eu baixar ao hall de entrada porque queria falar comigo. Ele disse-me: Olha Marco és tu que vais jogar, quero que saibas que vai correr tudo bem, se não correr bem, ou se correr menos bem, eu estou cá para assumir. Se correr bem, o mérito é todo teu porque és internacional português, fazes parte de um dos três grandes do futebol português”. Eu aí tive que o interromper um bocado para dizer que fazia parte do melhor clube do mundo, não era dos três grandes, era do melhor clube do mundo, e tinha a certeza de que iria correr bem e agradeci-lhe a oportunidade. Se estava nervoso? Claro, muito nervoso, mas tive sempre o apoio dos meus colegas mais velhos. Correu bem, ganhámos 1-0, fiz o golo. Era a estreia que eu queria.»

O golo foi marcado logo aos 7 minutos. Canto a favor do Sporting na baliza norte, Marco Almeida subiu à área como lhe recomendou o treinador, colocou-se sobre o lado direito, canto batido, tudo num ápice, a embrulhada de sempre, um movimento rápido, um toque com o pé direito e a bola foi beijar as redes de Pedro Roma. Marco Almeida escreveria mais tarde na sua página no Facebook que «chorei… ri… tive um “flashback”, agarrei-me à camisola do meu Clube e gritava “toma caral*… já tá…” estava rodeado dos meus colegas que minutos antes tanto me tinham apoiado… Faz hoje 19 anos que concretizei um sonho de criança!»

A fotografia é do jogo Sporting - Farense na época de 1997-98. Marco Almeida fez dupla com Beto no centro da defesa, provavelmente a dupla leonina de centrais mais jovem de sempre.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Gil Vicente - Sporting, 18 de Dezembro de 2021, às 20h30

Leão Zargo, em 17.12.21

Gil Vicente 1 - Sporting 2 1ª Liga 18ª j. 2020-2

O Sporting visita amanhã o Gil Vicente para a 15ª jornada da 1ª Liga. Na época passada, em Barcelos, os leões venceram dificilmente por 2-1. Uma vitória alcançada no limite, nos descontos (90+3), um dos jogos mais difíceis jogos para a equipa sportinguista, que assim conseguiu manter a vantagem de oito pontos sobre o 2º classificado, o FC Porto. Coates marcou os dois golos apesar de ter sofrido forte carga emocional. “Perdi um amigo, um irmão”, confidenciou no final do jogo, mas foi exemplar pela entrega, pela dedicação, pela liderança.

Tal como o desafio em Barcelos na última época, o de amanhã apresenta-se também com elevado grau de dificuldade. O Gil Vicente atravessa um bom momento e há cinco jogos consecutivos na 1ª Liga que não conhece a derrota (tem três vitórias e dois empates). O treinador Ricardo Soares conseguiu que a equipa jogue muita confiante, com um futebol pressionante no meio campo adversário e os jogadores procedendo a constante troca de posições. A defesa é muito segura e apenas Sporting, Porto, Benfica, Braga e Guimarães marcaram mais golos.

O futebol evoluiu, é muito diferente do que era praticado no princípio deste século, e o Sporting de Rúben Amorim comprova isso mesmo. Confiança, organização e liberdade responsável nos posicionamentos mantendo sempre a estrutura. Como o leão na caça, defende muito forte e em cima da presa, numa atitude comportamental coletiva, como se se tratasse de um mesmo sentido e dinâmica que todos interpretam da mesma maneira. Quando a equipa recupera a bola percebe-se a intenção do movimento de cada jogador visando a ofensiva no meio campo adversário.

Na fotografia, Coates no Gil Vicente - Sporting disputado em 2020-21.

publicado às 14:30

Futebol e emoção

Leão Zargo, em 14.12.21

Manch. City Sporting 2011-12 Patrício e Hart.jpg

O maravilhoso do futebol não tem nada de banal pois decorre daquilo que é essencial no desporto. A possibilidade de entre duas equipas, a teoricamente menos cotada poder superiorizar-se no confronto entre ambas. O futebol é um espectáculo maravilhoso que, por vezes, em alguns grandes momentos, faz lembrar uma peça de teatro dramático da Grécia Clássica. É que o drama vigia o desenrolar dos acontecimentos, como no jogo com o Manchester City, no Etihad Stadium, em 2012. Não sei se é mesmo verdade, mas diz a lenda que nesse dia muitos sportinguistas perderam anos de vida tamanha foi a emoção daqueles minutos finais

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Sporting - Boavista, 11 de Dezembro de 2021, 20h30

Leão Zargo, em 10.12.21

Sporting 1 Boavista 0 1ª Liga 32ª j. 2020-21 fin

O Sporting defronta amanhã o Boavista para a 14ª jornada da 1ª Liga. Na época passada, no Estádio de Alvalade, os leões venceram por escasso 1-0, com um golo de Paulinho aos 36 minutos, assistido por Nuno Santos que esteve em grande evidência. Foi um jogo de algum nervosismo e de grande emoção que, tendo vencido, permitiu ao Sporting festejar a conquista do título de campeão nacional ainda a duas jornadas do fim da competição. A última vez que o Boavista venceu para o campeonato em Alvalade foi em Janeiro de 1976.

Há um ano atrás, em 5 de Dezembro, no final do jogo com o Famalicão, em que um golo de Seba Coates que daria a vitória ao Sporting foi injustamente anulado pelo árbitro, Rúben Amorim garantiu que “onde vai um vão todos”. Uma frase magistral e premonitória, que se tornaria numa linha de força englobante, mobilizadora e motivadora. Assumida por todos, tornou-se numa palavra de ordem leonina.

O Boavista, agora de novo sob a condução de Petit, é o “senhor” que se segue em Alvalade. Provavelmente, vai jogar a maior parte do tempo lá atrás, muito organizado, sempre à espreita de contra-ataques perigosos. Veremos. O campeonato da Liga constitui o grande objectivo do Sporting, não menosprezando as restantes competições em que participa. É a prova que dá acesso à Liga dos Campeões. Amesterdão foi um momento importante no processo de “crescimento” de alguns jogadores, amanhã será a “doer”.

Na fotografia, os jogadores leoninos festejam a conquista do título de campeão no final do Sporting - Boavista disputado em 2020-21.

publicado às 12:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds