Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Os alvos do Manchester United

Rui Gomes, em 18.08.14
 

 

O técnico do Manchester United - Louis Van Gaal - tem alvos definidos para reforçar os "Red Devils", com alguma urgência agora, pelo desaire logo na primeira jornada da "English Premier League": Marcos Rojo, Daley Blind, Bastian Schweinsteiger, Arturo Vidal e Angel Di Maria, estão entre os mais em destaque.

 

Segundo o jornal inglês Daily Mail, o Sporting já fez saber a sua preferência por Nani, mas o internacional português não está muito entusiasmado com a ideia de  regressar a Alvalade nesta altura. A outra opção será Anderson, que estará mais receptivo e até já recusou uma cedência para o Brasil.

 

publicado às 15:18

Espectacular !

Rui Gomes, em 03.08.14
 

 

Em jogo integrado na "International Champions Cup", o Manchester United venceu o Real Madrid, por 3-1, com dois golos de Ashley Cole e um de Chicharito. Gareth Bale apontou o único golo dos "merengues" ao converter uma grande penalidade. Ainda apenas com uma semana de treino e condicionado pela recuperação de lesão, Cristiano Ronaldo jogou apenas os derradeiros 20 minutos da partida.

 

Mas se no relvado houve espectáculo, à sua volta algo de especial aconteceu, no Estádio de Michigan em Ann Arbor: 109, 318 espectadores a assistir ao jogo, um novo recorde para futebol nos Estados Unidos, superando a anterior marca de 101,799, que ocorreu na final dos Jogos Olímpicos de 1984, entre o Brasil e a França.

 

A parte ainda mais espectacular é que os mais de 100 mil bilhetes venderam-se em menos de um dia !

 

Relativamente ao jogo, um amigo meu comentou que verificou-se a prova de que o Real Madrid é Cristiano Ronaldo e mais 10. Eu discordei e nomeei o conjunto de grandes talentos à disposição da equipa da capital espanhola. Dito isto, o treinador Carlo Ancelotti fez uma observação curiosa: "A equipa não está habituada a jogar sem o Cristiano nem outros jogadores."

 

 

publicado às 05:05

 

 

O jornalista inglês Steve Bates, do jornal "Sunday People", escreveu um artigo em que garante que a transferência de William Carvalho para o Manchester United é uma realidade à espera de ser anunciada. Segundo o Mr. Bates, o empresário do jogador já visitou o centro de estágio dos "Red Devils" in Carrington, na semana passada, e William Carvalho será transferido por 37 milhões de libras, ou seja cerca de 44,250 milhões de euros, muito próximo do valor da cláusula de rescisão de 45 milhões de euros. Sendo verdade, o Sporting receberá cerca de 26,550 milhões de euros pelo seu 60 por cento e o Sporting Portugal Fund, cerca de 17,700 milhões de euros, pelo seu investimento de 400 mil euros por 40 por cento do passe. 

 

O Manchester United já prepara a próxima época e tem em vista cinco contratações de alto nível, e o William aparenta ser a primeira, a ser oficializada ainda antes do Mundial. Diz ainda Steve Bates que David Moyes tem como alvo Luke Shaw, o lateral esquerdo do Southampton por 26 milhões de libras e também Fábio Coentrão do Real Madrid. No verão passado falharam pela tentativa de contratar Cesc Fabregas do Barcelona e Ander Herrera do Atlético de Bilbao, e juraram que não haveria uma recorrência deste género.

 

  

publicado às 02:58

"Zum zuns" ingleses não param

Rui Gomes, em 21.02.14
 

 

O diário inglês volta à carga com o interesse do Manchester United em William Carvalho, ao ponto de adiantar uma alternativa para substituir o jovem jogador no plantel do Sporting, em antecipação da transferência para Old trafford.

 

Diz o "Mirror" que David Moyes - técnico dos Red Devils - já mandatou observações a William Carvalho pelo menos oito vezes, é um grande admirador do jogador e já tem autorização para o contratar, embora não necessariamente pelo da cláusula de rescisão (45 milhões de euros). Em antecipação da transferência, continua o diário, o Sporting já tem em vista Gonçalo (Santos) do Estoril Praia, aquisição que o clube de Lisboa entende que poderá garantir por cerca de 500 mil euros.

 

Perante isto, só me compete dizer que alguém tem uma muito fértil imaginação ou, então, uma grande fonte de informação, dado que não se vislumbra que o Sporting esteja interessado no médio-defensivo de 27 anos, do Estoril. Está mais do que visto que daqui até ao Verão vamos ouvir inúmeros boatos sobre alguns jogadores do Sporting nomeadamente a sensação da Liga portuguesa, William Carvalho.

 

publicado às 03:44

  

 

O "Daily Star" de Londres noticiou no dia 9 de Janeiro que o Celtic e o Manchester United estão em disputa pelo "jovem maravilha" do Sporting, Carlos Mané. O contrato do jogador de 19 anos, que segundo consta tem uma cláusula de rescisão de 1 milhão de libras, foi oferecido ao clube escocês, e muito embora o treinador Neil Lennon goste muito do jovem, ainda não decidiu se vai ou não apresentar uma proposta.

 

O acima referido parágrafo é uma tradução de parte do texto que surge no diário inglês, que pode ser lido aqui.

 

Uma "notícia" sem grande valor para comentar, salvo apontar que alguém está muito mal informado e desconhece que Carlos Mané renovou o seu vínculo contratual com o Sporting até 2018 e tem uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros. Mesmo em libras, há uma "ligeira" diferença !

 

publicado às 03:24

O "Happy One" não chorou !

Rui Gomes, em 25.09.13

 

 

Uma temática que nada se relaciona com o Sporting mas que eu entendo ser de interesse geral, pelo incontornável e mediático personagem que José Mourinho representa.

 

Diego Torres garante no seu livro "Preparem-se para perder" - em que recorda a passagem do técnico pelo Real Madrid - que José Mourinho "chorou no dia 8 de Maio de 2013", data da confirmação oficial de David Moyes ao lemo do Manchester United, um cargo que o "Happy One" julgava vir a herdar, segundo o autor.

 

Julgo - poderia até dizer sei - que não corresponde à verdade, já que há muito que Mourinho sabia pelo seu amigo Alex Ferguson que ele não seria a escolha. A hierarquia dos "Red Devils" - incluindo os proprietários norte-americanos - gosta muito dele e respeita-o como treinador de futebol, mas por o Manchester United ser um clube muito tradicional, o receio era somente que com José Mourinho viria a polémica e um tipo de mediatismo que não corresponde à sua história e imagem. Dito isto, era de facto o sonho do setubalense suceder a Ferguson e é de admitir que tenha sentido enorme tristeza quando foi informado que o lugar não lhe seria oferecido.

 

As ironias do destino são de facto inexplicáveis. Já tive ocasião de referir em outros escritos que conheci José Mourinho no restaurante do estádio José de Alvalade em 1993, através de Manuel Fernandes. Era ele, na ocasião, o recém-chegado tradutor de Bobby Robson. Já conhecia o seu pai pessoalmente dos seus tempos no Vitória de Setúbal - guarda-redes e posteriormente chefe do departamento de futebol - mas o filho nunca me tinha sido apresentado, até porque era um total desconhecido no "milieu" futebolístico. Quem diria ? 

 

publicado às 03:31

Nani: uma história de sucesso

Rui Gomes, em 09.09.13

 

 
Nani não terá atingido os mesmos patamares futebolísticos do seu colega de Selecção e também sportinguista, Cristiano Ronaldo, mas nem por isso deixa de ser uma história de grande sucesso de mais um dos formados da Academia Sporting. Regista a mais valorosa transferência de todos os tempos do Clube - 25,5 milhões de euros - quando foi transferido para o Manchester United em 2007. Pelos Red Devils já realizou 212 jogos e marcou 39 golos, conquistando 4 títulos da "Premier League" e um da "Champions", entre outros.
 
Noticia o "The Sunday Times" que Nani conta com uma fortuna pessoal superior a 12 milhões de euros e que o novo contrato com o Manchester United - válido até 2018 - dar-lhe-á um salário em excesso de 6 milhões de euros por época, mais prémios. Com 26 anos de idade ainda tem muito para contribuir tanto na Liga inglesa como na Selecção Nacional, a exemplo do que se verificou no recém-embate frente à Irlanda do Norte.
 

publicado às 18:54

Em declarações à imprensa turca, o agente FIFA Marco Kirdemor afirmou que Bruno de Carvalho recusou uma oferta de 18 milhões de euros do Manchester United por Bruma, tendo preferido estabelecer uma parceria com o Galatasaray: «Manchester City, Manchester United, Real Madrid, PSG e Arsenal estavam interessados no Bruma. Vários clubes o quiseram contratar como jogador livre durante o diferendo com o Sporting. No entanto, o Galatasaray não adoptou uma postura oportunista e negociou directamente com o clube. O Sporting venceu o diferendo e o Galatasaray foi premiado pelo presidente do Sporting pela forma como conduziu as negociações.»

 

Por não ter conhecimento de causa, não posso, portanto, refutar as declarações do empresário, mas à distância o cenário que ele descreve parece fantasista e direccionado a aprazer o Galatasaray e, porventura, colocar esse clube num bom plano público pelo elevado investimento que fez em Bruma. 8 milhões de euros é muito dinheiro e, às primeiras impressões, não dá para vislumbrar que género de parceria entre os dois clubes justificaria recusar tão elevada verba. 

 

publicado às 10:51

O futebol indústria

Rui Gomes, em 06.07.13
 
Estive a ler um artigo sobre o impedimento de Nani - recupera de uma operação ao nariz -, AshleyYoung, Chris Smalling e Javier Hernandez, em participarem no estágio de pré-época que o Manchester United vai realizar na Tailândia em breve. Pelos meus anos no Sudeste da Ásia, não imagino pior local para o efeito nesta altura do ano. Ainda hoje em Bangkok a temperatura está a 35ºC e a humidade a 80%, esta tornando o ambiente sufocante ao máximo. O nosso blogue tem leitores de Macau, China e dessa parte do Mundo, que poderão prontamente confirmar esta minha descrição.
O que esta situação serve para sublinhar, de modo esclarecido, é a importância da vertente indústria do futebol moderno, já que não acredito que os «Red Devils» se desloquem para tão longe com objectivos desportivos em mente mas, sobretudo, pelo incontornável marketing e merchandising que estão hoje tão associados ao futebol como as chuteiras aos jogadores. Reforçando este cenário, o Manchester United, em 2012, teve receitas brutas no valor de 367 milhões de euros, dos quais 115 milhões são provenientes do sector comercial. Adicionalmente, o clube tem um contrato de quatro anos de patrocínio com a internacional «Aon Corporation» que lhe paga 22 milhões de euros anuais e, outro, também de quatro anos, com a DHL, relativamente ao patrocínio no equipamento de treino, no valor de 45 milhões de euros. Por tudo isto e mais, o Manchester United não se pode limitar a escolher os seus locais de maior exposição pública, com o clima como factor preeminente, privilegiando a vertente indústria em detrimento da desportiva. Esta é uma incontornável faceta do futebol moderno e os clubes com a maior dimensão de marca, são os que retiram o maior proveito.
 

publicado às 18:04

Uma inciativa inédita

Rui Gomes, em 14.05.13

 

Uma inciativa inédita e louvável por parte dos adeptos do Manchester United. Uma angariação de fundos com o objectivo de juntarem dinheiro para trazer Cristiano Ronaldo de volta a "casa". Quem se inscrever tem de dar uma ordem de pagamento de 10 libras, através da compra ao clube de uma camisola com o nome do jogador português e o número 7. Mas a ordem de pagamento só será executada se o craque for contratado pelo Manchester United. Até ao momento já se tinham inscrito 3679 membros, ou seja, 36.790 libras (cerca de 43.500 euros).

 

A verba é modesta, para já, mas tudo tem um princípio. Um exemplo a seguir pelos adeptos do Sporting - não necessariamente em relação a Cristiano Ronaldo, pelos valores envolvidos - especialmente aqueles que usam e abusam dos assobios ao mais pequeno pretexto. Chama-se isto "put your money where your mouth is !".

 

publicado às 21:00

Pesos e dimensões diferentes

Rui Gomes, em 08.04.13

 

É a ordem natural do nosso universo, perfeitamente compreensível e aceitável face às realidades, que alguns tenham muito e outros tão pouco. A ironia surgiu-me, no contexto futebolístico, analisando o lamentável estado do Olhanense e  até o do nosso Clube, entre outros, depois de ler a notícia de que cada jogador do Paris Saint-Germain receberá um prémio de 400 mil euros pela conquista do título. O emblema «parisien» situa-se em primeiro lugar na liga francesa, com sete pontos de vantagem sobre o 2.º classificado Marselha, com sete jogos por realizar até ao final da época.

 

Também muito a pensar no nosso Sporting, tomei nota de que o Manchester United celebrou hoje um contrato de oito anos de validade com a empresa «Aon», pelo qual receberá 176 milhões de euros para alterar o nome do seu centro de treinos da equipa principal de futebol para «Complexo Desportivo Aon». É precisamente este modelo de investimento que o Sporting necessita, sendo, no entanto, ajustado às dimensões da sua marca e do seu mercado, significativamente inferiores às do clube de Old Trafford. Mais um grande reforço para a família Glazer, proprietária do histórico emblema inglês.

 

publicado às 18:29

Curiosidades

Rui Gomes, em 13.02.13

 

As estatísticas de Cristiano Ronaldo nos dois clubes galácticos que se encontram hoje na Champions, são nada menos do que espectaculares: No Manchester United, entre 2003 e 2009, o avançado português marcou 118 golos em 292 jogos, média de 0,40 golos por jogo. No Real Madrid, de 2009 até ao presente, marcou 182 golos em 179 jogos, média de 1,01 golos por jogo. Dizia um treinador adversário há dias, que os «merengues» entram em campo sempre com um golo de avanço, pela média de Cristiano Ronaldo, e que o adversário sabe, pelo mesmo motivo, que tem de marcar pelo menos dois golos para vencer. Um pormenor do seu palmarés que, não sei bem porquê, nunca me passou pela mente, é que é o único futebolista a conquistar duas Botas de Ouro em dois campeonatos diferentes: pelo Red Devils, na época de 2007/08, com 42 golos e com o Real Madrid, na época de 2010/11, com 53 golos. Um jogador deveras extraordinário e, para mim, o mais completo do Mundo.

 

publicado às 12:09

Alex Ferguson no Sporting ?

Rui Gomes, em 06.01.13

 

Sempre que vem à discussão a azáfama de treinadores no Sporting - especialmente nas últimas duas décadas - vem-me prontamente à ideia o nome de Alex Ferguson. A resposta à pergunta do título do post é apenas e tão só: IMPOSSÍVEL...mas não pelos motivos mais óbvios.

 

Se o lendário técnico dos «Red Devils» de Manchester tivesse tido a infelicidade de vir parar a Alvalade e concretizassse o mesmo registo competitivo do United, nos seus primeiros tempos no comando, é por de mais lógico que não teria passado mais do que o primeiro Natal em Lisboa. Se um seu já falecido compatriota e amigo foi demitido com a equipa em primeiro lugar, Sir Alex teria tido mesmo uma passagem relâmpago pelo emblema ver-e-branco.

 

Quando assumiu o comando do Manchester na época de 1986/87, classificou-o em 11.o lugar da «English Premier League». Mesmo assim, os líders do clube não vassilaram e deram-lhe um voto de confiança para continuar, que ele retribuiu com 2.º lugar na época seguinte. Mas desastre esparava-o; voltou a ocupar o mesmo 11.º lugar em 1988/89 e em 1989/90 mal escapou a despromoção, apaziguando um pouco os ânimos com a conquista da «FA Cup». A sua quinta época continuou a não agradar, pelo 6.º lugar, mas apesar do enorme movimento sensacionalista pela comunicação social na tentativa de promover o seu afastamento, o clube resistiu e, finalmente, em 1991/92 o Manchester United e Sir Alex Ferguson foram campeões de Inglaterra, quebrando um jejum de 26 anos.

 

O resto da sua lendária carreira fica para a história: 37 títulos nacionais e internacionais - e ainda não parou - a adicionar aos 10 que já trazia com ele da Escócia, onde conquistou 10 títulos pelo Aberdeen, que incluem uma Taça das Taças e a Supertaça UEFA.

 

Realísticamente, Sir Alex Ferguson não serve de exemplo em termos comparativos, pelas diferentes sociedades, culturas e inerentes mentalidades e espírito desportivo entre países e clubes, mas dá para sublinhar o que referi no primeiro parágrafo do escrito; no Sporting, não tinha chegado ao Natal e o presidente do Manchester, se não fosse um dos proprietários, tinha ido para a rua com ele. Muito por isto, gostava de ver a liderança do futebol Sporting ser assumida por dirigentes não eleitos e não subjugados ao parecer demagógo e populista. Se algum dia chegar o tal grande investidor - e esse dia vai chegar - ou espera-se que chegue - para permitir a sobrevivência da modalidade ao nível profissional - será precisamente isso que acontecerá. As alternativas simplesmente não existem, por muito que se propague fantasias na praça pública.

 

publicado às 16:26

Sporting 4 Manchester United 1

Rui Gomes, em 14.12.12

 

 
A equipa de juniores sob o comando de Abel derrotou o Manchester United, por 4-1, em jogo a contar para as meias-finais da NextLions Cup a decorrer em Singapura. Depois de estar a perder na fase inicial da partida, o Sporting virou o marcador com golos por intermédio do capitão Carlos Mané, Edelino Ié (2) e Ponde. A final será realizada no domingo, dia 16 de novembro, com o Liverpool.
 

publicado às 17:19

O melhor onze de Ryan Giggs

Rui Gomes, em 09.12.12

Ryan Giggs escolheu o melhor onze da sua vida com o emblema do Manchester United ao peito: Peter Schmeichel, Gary Neville, Rio Ferdinand, Vidic, Denis Irwin, Cristiano Ronaldo, Paul Scholes, Roy Keane, Ryan Giggs e Wayne Rooney.

 

Em termos da sua preferência pessoal, não há argumentos, naturalmente. No contexto do melhor onze da sua carreira, é discutível não existir espaço, especialmente na defesa e no meio campo, para jogadores como Bryan Robson, Teddy Sheringham, Steve Bruce, Patrice Evra e, mais à frente, Ruud van Nistelrooy.

 

Quando questionado sobre a sua escolha de Cristiano Ronaldo, Giggs respondeu simplesmente que um extremo que marca 40 golos numa época, é somente fenomenal.

 

publicado às 14:29

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds