Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

mw-860.jpg

 

Esta minha opinião não é de agora, nem sequer recente, já vem de há muitos anos e nada do que se tem verificado na actualidade do futebol português me faz mudar de opinião: respeito a Instituição Benfica, detesto a cultura desportiva benfiquista e considero-a uma das piores do Mundo, se não até a pior.

 

Reconheço que se trata de uma generalização, e que por ser assim será algo injusta, dado que nem todos os benfiquistas pensam e agem da mesma maneira. Dito isto, creio que é adequada a uma vasta maioria.

 

Isto vem a propósito das decisões de arbitragem do dérbi, em que Carlos Xistra e Hugo Miguel (VAR) cometeram uma série de erros grosseiros, nomeadamente em prejuízo do Sporting. Mas apesar das imagens à disposição, a tal cultura desportiva benfiquista impede mesmo mentes mais sensatas de reconhecer a realidade dos lances mais em disputa.

 

Não vou alterar o meu parecer sobre o jogo, nem sequer pretendo convencer seja quem for daquilo que recusam ver, mas aqui temos mais umas opinões de indivíduos experientes na arbitagem, sobre os referidos lances, assente numa reportagem do jornal Expresso:

 

Esteve mal, mesmo muito mal em alguns lances e foi também mal auxiliado pelo vídeoárbitro. Esta é a análise global dos especialistas à arbitragem conduzida por Carlos Xistra no sábado em Alvalade, num jogo muito intenso e disputado que terminou com o marcador a zero.

 

A marcar esta arbitragem "infeliz", nas palavras de Duarte Gomes, estão essencialmente quatro lances. Dois que dariam lugar à marcação de penálti e dois que deviam ter resultado em expulsão.

 

RÚBEN DIAS EM DOIS LANCES PARA PENÁLTI

 

Os penáltis a que o ex-árbitro internacional se refere envolvem Rúben Dias por contactos de “intensidade excessiva” com jogadores do Sporting no coração da grande área.

 

O primeiro envolveu Mathieu, aos 15 minutos. O central do Benfica usou a mão sobre o ombro do central do Sporting e ainda levantou o pé à altura da cara do jogador.

 

O segundo lance, refere-se a uma carga de Rúben Dias sobre as costas de Bas Dost impedindo o avançado de saltar.

 

Não são grandes penalidades “de preto no branco, mas suficientes para poderem desequilibrar e derrubar os adversários”, escreve Duarte Gomes. Assinalá-los faria ainda mais sentido seguindo o critério do próprio árbitro em lances em que marcou falta atacante por contactos de intensidade menor.

 

DOIS LANCES VIOLENTOS QUE DEVIAM TER DADO VERMELHO

 

Rúben Dias volta a estar envolvido num lance que para Duarte Gomes seria de expulsão clara, quando já ao cair do pano (84’) deixou Gelson Martins no chão depois de o atingir com o cotovelo de forma ostensiva no rosto. Neste caso, garante Duarte Gomes, o video-árbitro "era obrigatório", mas não interveio.

 

A segunda expulsão teria lugar pouco depois. Bruno Fernandes deu um verdadeiro pontapé na perna de Cervi, “de forma despropositada e violenta. Lance passível de vermelho directo" e que também justificava a entrada em acção do VAR, na opinião do especialista.

 

Em resumo, “noite infeliz de um bom árbitro, em partida em que ninguém quis ajudar”.

 

ANALISTAS DO "RECORD" TAMBÉM DÃO NOTA NEGATIVA

 

Como Duarte Gomes, Jorge Faustino e Marco Ferreira estão de acordo com a decisão do árbitro de não punir um lance a envolver Rui Patrício e Rafa logo aos oito minutos. O choque era inevitável, mas não foi faltoso.

 

Defendem que devia ter sido exibido o vermelho a Rúben Dias e a Bruno Fernandes aos 90 minutos, lembrando Marco Ferreira que o jogador não tinha qualquer hipótese de jogar a bola.

 

Quanto às grandes penalidades que terão ficado por assinalar em dois lances que envolveram Rúben Dias, Jorge Faustino concorda com Duarte Gomes e considera que ambos deviam ter dado lugar à marcação de penálti, apesar de, sobretudo o primeiro, ser de difícil análise in loco.

 

Marco Ferreira aceita a decisão do árbitro nos dois casos.

 

Critério largo, frágil no capítulo disciplinar e muito mal auxiliado pelo VAR, resumem os analistas.

 

"TRIBUNAL" COM MÃO PESADA

 

O “Tribunal d’Jogo” é o mais cáustico na análise: “arbitragem catastrófica”, escreveu José Leirós; Jorge Coroado apontou falta de coragem ao juiz da partida e Fortunato Azevedo também considerou o trabalho de Xistra globalmente “sem classe e sem coragem”.

 

Os três concordam que deviam ter sido assinaladas grandes penalidades por falta de Rúben Dias aos minutos 15’ e 56’; e que o vermelho devia ter sido mostrado a Rúben Dias no lance em que atingiu Gelson Martins na cara com o cotovelo.

 

No caso da falta de Bruno Fernandes sobre Cervi, Coroado é o único a achar que o que há a apontar ao médio leonino é ter sido “objectivo no derrube”, aceitando a advertência com cartão amarelo.

 

ÚLTIMA HORA: O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ordenou hoje a abertura de um auto de flagrante delito, pela Comissão de Instrutores (CI) da Liga, com vista à instauração de um processo sumário a Rúben Dias, na sequência do lance com Gelson Martins, no dérbi do passado sábado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:48

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


57 comentários

Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 07.05.2018 às 18:56

A questão dos casos de arbitragem especificamente mencionados, parece bastante consensual entre a maior parte dos comentadores especializados ou não!
Relativamente às agressões do Ruben Dias e do B. Fernandes até acho que a principal culpa é do árbitro que deixou o jogo evoluir para níveis de agressividade desnecessários. A título de exemplo lembro a entrada do Pizzi sobre o Ruiz logo no início que passou sem amarelo e a resposta do B. Fernandes sobre o Pizzi logo de seguida.
Podia mencionar outras mas não o vou fazer, mas houve mais de um lado e de outro!
Aliás já vi um jogo do xistra esta época em que expulsou um jogador por duas faltas absolutamente banais.
Além disso abusou do truque de marcar faltas ofensivas para evitar julgar lances difíceis dentro de área de um lado e de outro!
Em suma xistra é uma mau árbitro, não tem qualquer critério e é mau ou tem falta de coragem, pelo que isto é o rosto da nossa arbitragem, estamos conversados.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.05.2018 às 19:30

Este é um problema transversal e, como tal, vai muito de Carlos Xistra. É um problema da arbitragem portuguesa directamente associado à nossa cultura e à nossa mentalidade.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.05.2018 às 19:31

Perdão... queria dizer "vai muito além de...".
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 07.05.2018 às 19:42

Nisso estamos de acordo! Ainda assim acho xistra particularmente fraco!
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 07.05.2018 às 19:01

Relativamente à introdução que faz sobre a cultura desportiva do benfica, infelizmente não posso concordar!
Não pelo facto de não ter razão quanto aos argumentos que usa, mas por serem transversais aos adeptos portugueses! Não é uma cultura desportiva benfiquista é uma cultura desportiva portuguesa! Só isso justifica que figuras como o saraiva, o guerra ou o j marques tenham tanto destaque!


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.05.2018 às 19:27

A cultura desportiva benfiquista que eu refiro já existe há décadas, muito antes de Saraivas e outros do género surgirem no mapa.

Isso não obstante, reconheço a falta de sentido de desportivismo que existe na sociedade portuguesa.
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 07.05.2018 às 19:55

Não vou contraria-lo! Até porque reconheço que terá mais conhecimento de causa que eu!
Mas poderia alegar que a pior cultura é a do porto!
Da análise que faço, considero que pinto da costa será ao mesmo tempo o dirigente de maior sucesso e o que tem menos escrúpulos! Fez do ganhar a qualquer custo uma religião e deixou muitos seguidores! Considero este o personagem reflexo de tudo que está mal no futebol português, e teve em vieira um fiel seguidor!
O Sporting sempre se pautou por marcar uma diferença em relação aos outros dois, mas BdC trouxe ao de cima a mesma forma de estar e de agir dos outros e acho que hoje em dia não se pode dizer que o Sporting seja diferente!
O discurso é o mesmo em todo o lado, só muda a cor! Todos dizem querer a verdade desportiva e sao umas virgens ofendidas, mas a verdade desportiva só existe quando ganham!
De qualquer modo há muito que o futebol não é um desporto!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.05.2018 às 20:43

A conversa sobre Pinto da Costa é distinta e não necessariamente associada à cultura desportiva do clube mas sim ao reinado de um homem.
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 07.05.2018 às 21:10

São indissociáveis!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.05.2018 às 22:44

Não são, da mesma maneira como eu não associo a minha opinião a Luís Filipe Vieira ou a qualquer outro presidente encarnado.
Perfil Facebook

De João Paulo Gonçalves a 07.05.2018 às 21:10

Tudo dito.
Cumprimentos de um Benfiquista.

Perfil Facebook

De João Paulo Gonçalves a 07.05.2018 às 21:13

Esclarecendo:
Tudo dito por Bento Jesus Carvalho.
Não posso concordar de maneira nenhuma com o Rui Gomes, apesar da consideração que tenho por ele.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.05.2018 às 22:42

Há anos que tenho este debate com grandes amigos meus benfiquistas e, como é de esperar, eles também não concordam.
Sem imagem de perfil

De Zé Vitor a 07.05.2018 às 19:08

Explique lá por que razão a cultura dos benfiquistas é pior que a dos sportinguistas, ou portistas. Sendo todos portugueses, muitos deles membros da mesma família, queira fazer o favor de justificar esse acidente estatístico que transfroma uns em piores que os outros. Detesto ver tipos pensamento simplório armados ao pingarelho. Se eu me atrevesse a generalisar a sua argumentação aos adeptos do sporting diria que com grande probabilidade muitos deles são limitados. A opinião dos adeptos do benfica ficou marcada pelosdois lances a acabar o jogo, daí a opiniãode muitos: 1) Uma agressão sem justificação que pasme-se dá amarelo e 2) um golo mal anulado, ou melhor um ajogada que a não ser mal interrompida teria grande probabilidade de ter dado golo. No conjunto, foi uma má arbitragem com erros para os dois lados e onde o benfica foi muito melhor equipa.

Cumprimentos
Zé vitor
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.05.2018 às 19:25

Este seu comentário, entre outros que já fez neste espaço, apenas enfatiza os meus argumentos.

Não tenho mais nada para lhe dizer sobre este assunto ou o sobre o jogo.
Perfil Facebook

De Luis Vicente a 07.05.2018 às 19:41

Quando não há argumentos chuta para canto.
Olhe a sua cultura desportiva ficou bem plasmada.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.05.2018 às 20:46

Não diga palermices, por muito prazer que tenha em o fazer. O Luis Vicente é O exemplo perfeito do que eu mais detesto da cultura benfiquista.

Dá bocas disparatadas, em linha com o seu carácter, e quando é questionado não responde, foge...como já aconteceu várias vezes neste espaço.

Para evitar de mostrar o que é, esteja calado!!!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 07.05.2018 às 20:53

Foge e muda de nome
Sem imagem de perfil

De Máximo a 07.05.2018 às 20:02

A cultura benfiquista é na sua maioria de arrogância:
"Portugal é pequeno demais para um clube tão grande"
"O Benfica é maior que Portugal"
"Somos o clube com mais sócios no Mundo"
E depois, quer queiram quer não está arrogância transporta-se para o 'Grupo Organizado de Adeptos"
Sem imagem de perfil

De Zé Vitor a 07.05.2018 às 20:40

assim só de raspão que eu não tenho tempo para dar mais para este peditório:
"BRUNO DE CARVALHO – «PORTUGAL E O MUNDO PARAM COM AS NOSSAS CONQUISTAS»"

espero que consiga ver a ironia..

zé vitor
Sem imagem de perfil

De Máximo a 07.05.2018 às 21:12

Era uma tarja no Estádio?!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.05.2018 às 22:46

O Bruno de Carvalho não é o Sporting, assim como Luís Filipe Vieira não é o Benfica.
Sem imagem de perfil

De Máximo a 07.05.2018 às 23:49

Completamente de acordo, eu sou sportinguista.Ninguém esta acima das instituicoes independentemente de quem as dirige.
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 07.05.2018 às 20:08

Desde já peço desculpa ao Rui gomes, que não precisa de advogados porque os seus comentários falam por si!
Mas parece me que a cultura benfiquista que este menciona pode ser sumariada da seguinte forma: há pouco tempo atrás uma proeminente figura do universo benfiquista afirmou que era benfiquista desde que nasceu e que acreditava que era um direito divino do benfica ganhar sempre!!!
Devo dizer que é uma forma de pensar que identifico em muitos benfiquistas!
Os outros estão cá para dar brilho ao clube da luz!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 07.05.2018 às 20:17

Tenha vergonha na cara , os lances que primeiro aconteceram foram os 2 penaltis nao assinalados e a não expulsão do Rubem Dias que transformava totalmente o jogo e esses ultimos lances ja nao aconteciam , logico nao é?
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 08.05.2018 às 10:30

E mesmo a acontecer, o lance do Jimenez, O JOGO ESTAVA PARADO POR FALTA ANTERIOR!!! Quem não conseguir perceber isto, não percebe patavina de futebol! Se o Jimenez é o único a saltar sem oposição da defesa do Sporting, é claro que consegue cabecear para dentro das redes. Friso, sem oposição da defesa do Sporting que já tinha o jogo parado por falta anterior sobre Acuna, se não estou em erro! Caso o jogo não estivesse parado, conseguiria ele marcar? Talvez não!

Insistam nessa mentira, mas ela não se tornará verdade.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 07.05.2018 às 20:04

Eu acho que os 2 lances são para amarelo e não para expulsão... no caso do B.Fernandes é uma entrada dura, mas não foi de sola, logo bem o amarelo. No caso do R.Dias eu também acho que é para amarelo porque ele é descuidado mas não me parece que tenha a intenção de agredir o Gelson.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 07.05.2018 às 20:23

Peo critério que se tem usado é vermelho , deixemo-nos de tretas la porque estamos habituados a sermos sempre as cobaias no codigo disciplinar .
É amarelo quando os jogadores disputam a bola no salto, no ar e os jogadores usam ostensivamente o braço acertando muitas vezes no adversário.

Neste lance é no chão , Gelson é impedido de chegar primeiro á bola devido á cotovelada na cara , aquilo deve ter doído a serio é considerado agressão e nao movimento normal ou de vantagem para a corrida ou para o salto, no jogo de sexta o jogador do Braga partiu o maxilar.
Imagem de perfil

De Corvo a 07.05.2018 às 20:10

Dado a resposta que deu ao Zé Vitor, não vou argumentar consigo pois não teria resposta melhor.
Assim, caro Rui Gomes, só digo que o Benfica esteve sempre por cima do jogo e só não ganhou porque o árbitro lhe anulou um golo limpo.
Assim como já tinha estado por cima do Sporting no jogo da primeira mão onde só não ganhou por três penaltis que a arbitragem, contra agora tão veementemente traz à baila, não quis marcar.
E por último se, eventualmente, houve erros da arbitragem que que vos prejudicaram, nada de mais. Fica como compensação para o jogo da primeira volta onde fomos desenvergonhadamente espoliados da vitória.

Empataram com toda a sorte do mundo.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 07.05.2018 às 20:25

fique com a sorte nos ficamos com o roubo que nos fizeram que nos impediram de ganhar , 2 penaltis e uma expulsão e ainda sacanearem um fora de jogo inxistente ao Gelson que ficou isolado de frente para a baliza.

Roubos munumentais que ficarão para a história negra da arbitragem portuguesa.
Sem imagem de perfil

De Sérgio a 07.05.2018 às 20:28

LOL

"anulou um golo limpo"

É melhor nem comentar senão sou acusado de ter uma "cultura desportiva reles" :).



Sem imagem de perfil

De antonio a 07.05.2018 às 20:35

Nunca disse que a sua cultura desportiva em particular é reles. Se foi isso que retirou dos meus comentários, lamento que não tenha compreendido o essencial.
Imagem de perfil

De PSousa a 07.05.2018 às 20:37

Doí não doí?
Chamem o Capela!
Ou melhor repitam o que nos diziam a nós quando falávamos de arbitragens: "Joguem à bola!" - "Calimeros".
E nestes dois jogos nem foi assim tão mau como a Capleada ou as mãos de Pizzi!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 07.05.2018 às 20:41

ja nao tenho idade para rir a gargalhada , onde é que existem golos com o jogo parado? Em que parte do planeta?
Sem imagem de perfil

De HY a 07.05.2018 às 21:55

Aqui está a demonstração do que o aqui afirma sobre a tal cultura desportiva. Bem haja, Corvo.
Sem imagem de perfil

De HY a 07.05.2018 às 21:56

O Rui aqui afirma...queria dizer
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 08.05.2018 às 10:33

Realmente, o caro não percebe nada de futebol. E insiste em não se esclarecer. O golo não é limpo nem foi anulado. Simplesmente é inexistente. Quando diz que teriam ganho com esse golo, esquece-se de duas grandes penalidades que não foram marcados. Portanto, ficaria 2-1 a favor do Sporting. Não entendo onde é que vê uma vitória do Benfica no campo de Alvalade.

A verdade, é que, mesmo com a grande ajuda do vosso 12º e 13º jogador, não conseguiram vencer porque são uma equipa inferior, com um treinador inferior que tem andado à boleia dos jogos de bastidores. Ponto!
Sem imagem de perfil

De antonio a 07.05.2018 às 20:30

Eu acho que o Rui Gomes não respeita a instituição Benfica e que essa menção é apenas um embelezar da sua posição extremista quanto à alegada cultura benfiquista.

Os benfiquistas têm orgulho no seu clube e suas conquistas, como o Rui Gomes tem acerca do Sporting. Vamos continuar a dizer que temos mais títulos pois isso é factual e faz parte da nossa história. Não achamos que podemos vencer de qualquer forma e de facto não queremos. Nunca na vida condecoraríamos alguém como Pinto da Costa.

Há imensas situações que podia aqui referir como exemplos de que a cultura do seu clube não é melhor.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 07.05.2018 às 20:36

Como??? O Sr Fernando Martins nao foi vosso presidente e por varios anos?

Aconselho-o a rever a história e rever o que Fernando Martins pensavae disse de Pinto da Costa??

Meu caro á muita gente deste lado que tambem conhece a historia passada desde á decadas.
Sem imagem de perfil

De antonio a 07.05.2018 às 20:47

E o que tem isso a ver com o que escrevi?

O Indiana tem o hábito de refutar o que qualquer benfiquista escreve sem pensar minimamente sobre o que foi escrito.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 07.05.2018 às 20:50

"Nunca na vida condecoraríamos alguém como Pinto da Costa."
Sem imagem de perfil

De antonio a 07.05.2018 às 20:57

O que um presidente em particular faz ou fez nada diz sobre a cultura do Benfica. Leia um comentário do Rui Gomes mais acima que refere precisamente o mesmo.

Pense antes de escrever.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.05.2018 às 22:48

Meu caro,

Não sinto necessidade alguma de dizer o que não penso. Se não respeitasse a Instituição assim o diria.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 07.05.2018 às 20:33

Já o motivo porque nem o arbitro , nem o fiscal de linha nem o VAR sancionaram o Rubem na agressão ao Gelson na minha opinião e foi o que senti nesse momento , imaginei-se no banco do Sporting nesse instante e foi isto o que senti.

O lance foi aos 84 minutos quase no final do jogo , e "todos, Var e equipa de arbitragem" ja estavam a acertar o empate e para pararem essa jogada mesmo que se decidissem pelo amarelo ao Rubem TERIAM QUE MARCAR FALTA numa zona muito proximo da linha da area , falta perigosa que poderia dar golo ao Sporting , por isso fizeram vista grossa.Porque foi impossivel tantos olhos nao terem visto.

Quiseram evitarar uns apertos e meteram-se noutros.
Imagem de perfil

De PSousa a 07.05.2018 às 20:40

A cultura lampiã é ganhar a qualquer custo, nem que tenha de existir outras coisas para além do desporto.
Ainda ontem no pavilhão João Rocha se viu, um treinador avermelhado a pedir sempre jogo passivo, um Grilo que não passa disso a provocar os jogadores do SCP e um número três a provocar o publico, claro que depois levaram a resposta.

Mais uma vez saíram do pavilhão sem dar os parabéns ao Sporting, é esta a cultura!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 07.05.2018 às 20:48

Pedro que fique registrado , pasme-se que reclamam um golo com o jogo parado , nao é filme é mesmo verdade.

No andebol mal o Sporting passava o meio campo o Carlos Resende levantava logo de imediato os braços a pedir jogo passivo , inacreditável e isso passou- se em todos os ataques do Sporting .

O Sporting no andebol é a equipa com larga superioridade perante todos os adversários , nao faz anti-jogo e joga sempre melhor e mesmo assim nao teve os parabens de vitória no campeonato pela enorme cultura do Sport Lisboa e Benfica , e no andebol desporto com marca diferente de atletas com outra cultura .
E depois vêm para aqui armarem-se em arrogantes.
Sem imagem de perfil

De Zé Vitor a 07.05.2018 às 21:04

Mais um exemplo da cultura sportinguista.


Carlos Resende: «Parabéns ao Sporting, foi um digno vencedor» in record


Ze vitor
Imagem de perfil

De PSousa a 07.05.2018 às 22:04

Carlos Resende é bem diferente da cultura lampiã, ainda ontem esteve à espera da equipa do SCP para os cumprimentar, sabe o que fez um elemento mais velho da equipa técnica? Disse para irem todos embora, só estavam os 4 da equipa técnica, jogadores já estavam na cabine!
Sem imagem de perfil

De Zé Vitor a 07.05.2018 às 22:17

ó Homem decida-se, o CR é bom ou mau....

"...A cultura lampiã é ganhar a qualquer custo, nem que tenha de existir outras coisas para além do desporto. Ainda ontem no pavilhão João Rocha se viu, um treinador avermelhado a pedir sempre jogo passivo...."


Zé Vitor
Sem imagem de perfil

De antonio a 07.05.2018 às 20:56

O Sporting tem um plantel de andebol manifestamente mais forte pelo que não me surpreende. O Sporting no futebol nunca queimou tempo ou simulações? Devolveu sempre a bola como manda o fair play?

Não confundam estratégias de jogo com cultura desportiva! O Sporting também não dá os parabéns ao Benfica pela recente vitória de Pichardo ou mesmo no futebol nos anos anteriores.

Infelizmente este é um problema nacional - não o tentem colar ao vizinho.
Imagem de perfil

De PSousa a 07.05.2018 às 21:00

Por acaso foi o treinador do SLB que deu os parabéns ao Sérgio Conceição, à espera o JJ agora é do SCP.
O JJ disse logo na conferência de imprensa que tinha dado os parabéns, e acredito que o SCP também o tenha feito, afinal somos os "Dragartos"....
Cola e cola bem nas cores vermelhas a falta de fair play, ou j+a se esqueceu da rega e das luzes?
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 07.05.2018 às 21:49

Sim o JJ é especialmente conhecido por reconhecer o mérito dos adversários !! Já tinha reparado!
Imagem de perfil

De PSousa a 07.05.2018 às 22:01

Sabe a diferença entre o mérito e parabéns?
Fez mais que muitos ao dar os parabéns ao SC!
Sem imagem de perfil

De Máximo a 07.05.2018 às 21:36

Vou dar aqui uma opinião em relação ao Carlos Xistra e ao jogo:
1- Promovido á primeira divisão em 1999 e a internacional em 2008 nunca evoluiu muito na qualidade da sua arbitragem pautando as suas atuações com uma certa irregularidade.
Este jogo do fim de semana é meu entendimento que poderá ter sido o último da sua carreira num derby dado que em Janeiro/2019 fará 45 anos.
2- Em relação ao jogo não há a mínima dúvida que tomou decisões com clara influência no resultado final.
Eu como Observador poderia dar-lhe o benefício da dúvida nalgumas decisões mas há situações bastante evidentes que poderia ter tomado com a colaboração do VAR.
Há claramente dois pênaltis em benefício do Sporting que não foram sancionados.
Há duas expulsões perdoadas ao Ruben Dias e ao Bruno Fernandes.
No lance que o Benfica reclama mão do William Carvalho, o Árbitro já tinha sancionado falta de Jardel sobre o William.
No último lance o Árbitro já tinha sancionado falta sobre o Rui Patrício e só depois de os jogadores do Sporting se desinteressar em do lance é que o Jimenez introduz a bola na baliza.
Resumindo, em ambos os lances o jogo já estava interrompido.
Eu estou a analisar factos e não a concluir quem merecia ganhar o jogo porque no futebol o "merecer" é outro assunto!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.05.2018 às 22:38

Só se enganou naquele lance em que a falta que levou Xistra a parar o jogo não foi cometida sobre Rui Patrício.
Sem imagem de perfil

De Máximo a 07.05.2018 às 23:16

Peço desculpa mas é meu entendimento que o Carlos Xistra marca falta de Jardel sobre Rui Patrício
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.05.2018 às 23:23

Se na ideia dele a falta foi essa, errou. Veja os comentários que essa questão já foi aqui debatida. Não há falta sobre Rui Patrício.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo