Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A avareza enquanto pecado capital

Rampante, em 19.06.19

O Sporting está a passar uma espécie de mini-revolução, não causada por uma qualquer transferência mais ou menos polémica, mas por causa do novo preçário das GameBox, que sofreu um aumento significativo para a época 2019/2020, o que para mim representa o segundo grande erro da administração de Varandas.

Começando pelo aspecto positivo: a reformulação da organização dos sectores que há muito era “pedida” pelos sócios e adeptos.

Agora o negativo: o aumento dos preços.

64474671_10156036895346555_1189859971404136448_n.j

É verdade que nos últimos anos o Sporting viu o preço das suas GameBox aumentarem, no entanto isso não é “desculpa” para os aumentos deste ano.

Esta Direcção devia ter tido a inteligência para perceber que as receitas de GameBox são uma pequena parte das receitas anuais da SAD (menos de 5M€) e que estes aumentos, mesmo que se mantivesse o numero de GBs vendidas, representariam um pequeníssimo aumento de receitas (menos de 1M€), ou seja, este aumento praticamente não se nota nas contas anuais da SAD.

MAS NOTA-SE, E MUITO, NAS CONTAS INDIVIDUAIS DE CADA SÓCIO

Conheço alguns casos em que entre pai e filho os aumentos batem quase nos 200€, e isto sem contar que já tem custos acrescidos por terem de fazer mais de 300kms cada vez que vão a Alvalade. Mas esquecendo a injustiça crónica para com os sócios de fora de Lisboa, cuja discussão deixarei para outra ocasião, este aumento brutal vai eventualmente afastar muitas famílias de Alvalade.

E mais... se esta Direcção está a olhar para as GB como forma de receitas, então percebem muito pouco da dinâmica comercial de eventos para massas.

Trazer pessoas a Alvalade, devia ser um investimento e não uma fonte de receitas. Daí eu até defender uma baixa de preços nas GameBox.

Porquê?

Porque GB mais baratas representariam um pequeníssimo investimento no “bolo total” de receitas anuais do Sporting…

Investimento esse que seria provavelmente colmatado com o aumento de vendas de GB.

E um maior número de pessoas a assistir aos jogos em Alvalade, cria uma dinâmica viva entre adeptos e sócios, o que faria com que também fosse aumentada a venda de bilhetes pontuais… além de representar também receitas acrescidas em merchandising e melhores contratos na exploração de bares, publicidade, etc… Toda uma dinâmica crescente…

…e tudo isto, sem sequer referir o rendimento desportivo que beneficia de um maior apoio dos adeptos.

Este aumento é, na minha opinião, um erro enorme de Varandas. Avidez de ganho que lhe poderá sair cara.

Primeiro, enche-se Alvalade, e só depois, se poderá jogar com a questão de oferta/procura e fazer aumentar os preços.

Uma decisão incompreensível e sem qualquer justificação aparente, e que, apesar dos meus (consideráveis) conhecimentos na área da gestão comercial, não descortino qualquer razão lógica para ocorrer… muito pelo contrário.

Varandas, que precisa do apoio de todos para a próxima época, “compra uma guerra” que jamais poderá vencer… e basta ver a generalidade de notícias difundidas, bem como toda a agitação precipitada, para verdadeiramente compreender que não há aumentos de preços que possam compensar o momento.

Após esta decisão completamente amadora, espero profissionalismo, pelo que aguardo que alguém da Direcção venha justificar cabalmente esta medida, ou que no mínimo, venha dizer que ouviram os sócios e como tal irão apresentar uma nova tabela de preços.

P.S.: Este aumento não representa simplesmente uma má estratégia de gestão, representa também que na ânsia de fazer dinheiro há quem esteja disposto a jogar com o Amor que os sócios e adeptos têm pelo Sporting. 

Nota final: Para os que ficaram a questionar qual eu considero ter sido o primeiro grande erro desta Administração, considero que foi e é, a Comunicação.

Tags:

publicado às 06:49

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Ghost a 19.06.2019 às 11:17

Excelente tópico, excelente análise.
Se baixassem o preço das GB atraiam mais gente ao estádio, podiam até criar a GB familia para agregados familiares com vários sócios a preço ainda mais reduzido para incentivar o clima familiar no Clube.
O Sporting só tem a ganhar com o estádio cheio, em todas as vertentes que o Rampante tão bem descreveu.
Mas eu até adiantava que, com preços mais baixos este ano, quase certamente vendiam-se mais GB e provavelmente ainda se conseguia fazer mais lucro no final de contas.

SL
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 19.06.2019 às 11:30

Exatamente , estão de facto a irem pelo caminho oposto , falta de visão comercial. que nos deixa a todos perplexos com algo tão simples de analisar.

Inexperiência que nos preocupa , quando de facto deviam era alargar as opções para as GB , como o exemplo que referiu , uma Game Box familiar com preço atrativo que permita as famílias irem ao estádio .

Penso que vão perceber o erro e vão voltar atrás.
Sem imagem de perfil

De Ghost a 19.06.2019 às 11:58

Esperemos bem que sim. Farto de ver aquelas cadeiras horríveis à mostra durante os nossos jogos...

SL
Sem imagem de perfil

De Aracaçu a 19.06.2019 às 12:12

Deviam era de fechar a porcaria do fosso e colocar as cadeiras verdes e brancas como deve ser o estádio do Sporting. Se querem gastar dinheiro em infraestruturas façam-no aí. E não venham com a desculpa do estacionamento ou dos milhões a gastar como fez o farsante do anterior presidente, a justificar o que não fez nos seus mandatos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds