Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

Não obstante o resultado final, cada jogo tem a sua história, e o embate de ontem entre o Sporting e FC Porto, não é excepção à regra.

 

Com a vitória nas grandes penalidades por 5-4, o Sporting apurou-se para a 28.ª final da Taça de Portugal da sua história (afinal, sempre havia Sporting antes de Abril de 2013!), em busca do seu 17.º troféu.

 

Eis a oportunidade para o leitor dar a sua opinião sobre a performance das duas equipas e respectivos jogadores.

 

Referenciamos a crónica de Lídia Paralta Gomes, intitulada "Jogo, joguinho, jogão".

 

mw-320.jpg

"Continuo a não perceber porque é que o presidente esteve a

 festejar no relvado. Isto foi uma aspirina que aliviou a dor"

 

Jorge Jesus

 

"Duas grandes equipas que durante os 120 minutos quiseram ganhar, um pouco mais o Sporting, porque o FC Porto tinha a vantagem de 1-0 e na 1.ª parte quis ganhar algum tempo, muitas faltas, muito tempo a pôr a bola em jogo. Mas os jogadores do Sporting foram muito inteligentes. Disse-lhes que não era importante marcar nos primeiros minutos, era importante marcar primeiro".

 

Sérgio Conceição

 

"Penso que foi um jogo extremamente intenso e competitivo. Viemos aqui a querer marcar e resolver a eliminatória mas houve duas equipas em campo muito encaixadas, com um jogo equilibrado. Penso que foi isso durante a primeira parte e, depois, entrámos bem na segunda. As substituições que fiz foram de acordo com problemas físicos que fomos tendo. O Soares estava assim e lancei o Aboubakar. Depois o Óliver, a 6 minutos do final, com o jogo controlado. Não me lembro de um lance de perigo do Sporting nos 90 minutos. No prolongamento foi diferente, mas naquele momento sabia que com dois avançados o Sporting iria privilegiar o jogo directo e o Reyes fazia todo o sentido entrar".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:54

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


51 comentários

Sem imagem de perfil

De Fidalgo a 19.04.2018 às 08:29

Muito mérito dos jogadores e de Jorge Jesus. Estão todos de parabéns!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.04.2018 às 21:31

Caro Fidalgo,

Merecia a minha primeira resposta do dia, mas entretanto passou-me da ideia.

Como mais vale tarde do que nunca, aqui estou para cumprir, mas creio que entre as quatro dúzias de comentários de registo no post, foi dito o suficiente para complementar devidamente a sua apreciação inicial do jogo de ontem.

Isto, tentando analisar as coisas não apenas em função do resultado.
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 19.04.2018 às 08:33

Os jogadores mostraram muito coração e conseguiram, no prolongamento, ficar por cima do FCP. Podíamos ter ganho antes dos penalties.

Agora é não facilitar contra o Aves e venha mais uma Taça de Portugal.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 19.04.2018 às 09:15

Na minha opinião o JJ teve muito bem ao aguentar as substituições para o final, já que não era essencial marcar cedo, porque aí sim a condição física viria ao de cima..... o Sporting geriu melhor o esforço, acabando o jogo em cima do porto.

O Sporting merece este lugar pela boa época que está a fazer!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.04.2018 às 10:41

Tudo bem que acaba bem, mas hesito em louvar a substituição de Bas Dost. Anulámos automaticamente o nosso jogo aéreo e perdemos um exímio marcador de penalties.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 19.04.2018 às 18:07

Eu não estou a louvar a substituição..... estou a dizer que esteve bem ao adiar as substituições..... eu lembro-me de na final da Liga Europa do benfica com o Chelsea aos 60 minutos o JJ já tinha feito as 3 substituições, enquanto o Rafa Benitez ainda não tinha feito nenhuma aos 90 minutos, o que daria uma grande vantagem no prolongamento. O JJ acho que aprendeu com isso....

Quanto à substituição propriamente dita, eu até percebi..... meter um jogador fresco nos últimos 15 minutos contra um porto que estava a cair fisicamente..... em termos práticos não funcionou, porque o Doumbia tem sido uma nulidade!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.04.2018 às 18:13

Acredito que o Doumbia seja melhor jogador do que tem mostrado no Sporting. Nunca encaixou no sistema de jogo e creio que aquilo que Jorge Jesus exige dele não é adequado às suas características.

Além do mais, tem estado lesionado e quase sem ritmo de jogo. Ontem, não era de esperar grande contribuição dele, salvo porventura aproveitar uma bola perdida na área, o que não aconteceu.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 19.04.2018 às 19:29

A única coisa de jeito que fez foi dar uma cabeçada no Maxi....
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 19.04.2018 às 09:39

Um dado curioso num jogo morno em que as 2 equipas se respeitaram uma à outra durante grande parte dos 90 minutos anulando os pontos fortes, foram os treinadores com as suas decisôes a fazer a diferença e responsáveis pelo crescimento do Sporting que ganhou ascendente acabando por cima do jogo.

A historia repete-se quase sempre da mesma forma quando a ideia de um treinador passa a querer gerir um resultado e é passada para dentro do campo acabando quase sempre por ter dissabores.

Foi assim com o JJ no jogo em Belem no
passado fim de semana depois de chegar ao 1-3 permitindo depois a forte reaçâo do Belenenses que marcou 2 golos fazenfo o 3-3, foi assim com o Rui Vitoria contra o Porto quando meteu o Samaris e tirou os extremos rapidos da sua equipa o que pode ter-lhe custado o titulo e ontem Sergio Conceiçao fez exactamente o mesmo erro quando a 10 minutos do final abdica de procurar o golo metendo mais um central em troca de um medio ofensivo para dessa forma e segundo a sua ideia de gerir a vantagem que trazia do primeiro jogo e acabou por sofrer o golo que empataria a eliminatoria.
Neste caso com a agravante de ter que jogar todo o prolongamento sem grandes soluçoes para o ataque por ja nao poder fazer mais substituiçôes.O treinador do Porto deu com isso o decisivo empurrâo para que os jogadores do Sporting acreditassem ainda mais que poderiam chega à final no Jamor.

Nao é so uma mensagem que leva para dentro da sua equipa mas tambem para o adversario que vê aí a hora de arriscar tudo e cairem em cima deles.
Por tudo isto o resultado é justo e merecido.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 19.04.2018 às 09:46

Ja agora recordar tambem o jogo na Republica Checa em que fomos para la com a unica ideia de gerir os 2 golos feitos em Lisboa e ia acontecendo uma tragedia em que o Sporting fez uma exibiçao vergonhosa.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.04.2018 às 10:45

O Sporting não entrou bem no jogo, levou muito tempo a encontrar a bola e o FC Porto controlou muito do meio-campo a encontrar a bola.

Bruno Fernandes só se encontrou a partir de um certo ponto na segunda parte, fazendo talvez a sua exibição mais modesta da época.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.04.2018 às 11:08

Nota: O comentário não saiu bem. Queria dizer que o FC Porto controlou muito do meio-campo na primeira parte.
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 19.04.2018 às 10:56

O jogo pareceu-me bastante fraco, com duas equipa essencialmente muito lutadoras.
Ainda assim acho que o Sporting mereceu vencer e o mérito vai em primeiro lugar para os jogadores e depois para jj.
Nota alta para Gelson (ninguém lhe tira uma bola) e para Bruno Fernandes (mais um grande jogo).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.04.2018 às 11:11

Concordo com a nota alta para Gellson, lamento no entanto ter desperdiçado aquela enorme oportunidade para golo.

Por acaso acho que Bruno Fernandes fez um dos seus jogos mais modestos da época. Só se encontrou a si próprio a partir de um certo ponto da segunda parte, até esse ponto esteve muito perdulário.
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 19.04.2018 às 13:16

No relato da Antena1 foi afirmado e concordo com tal, Gelson precisa muito e muito urgentemente treinar a finalização para ser um jogador completo e um jogador de 150M. Falha muito quando já tem tudo feito, por si próprio ou pelos colegas de equipa. Foram 3 ocasiões de golo feito contra o AtM em Lisboa e ontem também falha quando não devia. Este tem que treinar urgentemente este aspecto da sua composição de jogador de alto rendimento para ser sempre uma opção perante as melhores equipas do mundo, não apenas porque sabe fintar e fazer umas corridas constantes. As pernas aguentam o esforço até certo ponto, depois deve intervir a capacidade do jogador. E o Gelson tem mesmo que melhorar a sua finalização. É, pelo menos, a minha perspectiva.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.04.2018 às 13:25

É precisamente o que falta ao seu jogo.
Imagem de perfil

De Greenlight a 19.04.2018 às 11:00

Noite de festa para nós, sócios e adeptos do Sporting Clube de Portugal!
O Sporting não fez um grande jogo mas mostrou que tinha mais vontade de o ganhar enquanto o FCP entrou a pensar no empate. De alguma forma inverteu-se o que se tinha passado na Luz no último Domingo, aí com o golo da vitória do FCP nos últimos minutos (mas parece que o SC já se esqueceu disso).
Há que sublinhar o esforço de todos os jogadores do Sporting e como diz o Mestre: "os jogadores são os mais importantes".
Destaque para as exibições de Gelson (o que ele defende agora!), Battaglia e Acuña, dois jogadores excecionalmente lutadores.
Imagem de perfil

De Greenlight a 19.04.2018 às 11:07

Esqueci-me de Coates que marcou o golo decisivo, mais uma vez!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.04.2018 às 11:14

Acho que um Mathieu também fez uma grande exibição, especialmente considerando que estava fisicamente condicionado.

Battaglia, sem ser brilhante, lutou como um leão do primeiro ao último minuto.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 19.04.2018 às 12:28

Muito esforço, muita luta, jogo muito equilibrado e dificil.....
O Porto veio jogar essencialmente para controlar e não permitir veleidades ao Sporting, é uma equipa sólida, coesa e que sabe defender e controlar o adversário.
Á medida que o jogo mais caminhava para o fim, mais evidente era esse controlo por parte do Porto sendo que as substituições foram no sentido de segurar o jogo e diga-se em abono da verdade que até ao golo houveram pouquissimas oportunidades de golo. O Sporting marca e o Porto ressente-se, não estava preparado para se ver em igualdade na eliminatória e isto foi um rude golpe na estratégia, ainda por cima sem poder fazer mais substituições. O Sporting carregou no prolongamento e aí sim, fez jus e mereceu ser o vencedor, embora lá tivéssemos que sofrer nos penalties, (quando Marcano falhou tive logo a "fezada" que íamos passar) penso que somos dignos vencedores porque "quisemos" ganhar o jogo e passar a eliminatória enquanto que o Porto veio controlar o jogo á espera que o tempo passasse fiando-se na vantagem obtida no jogo da primeira mão. Lá diz o velho ditado do futebol: "Quem joga para empatar, regra geral perde" foi assim no domingo, foi assim ontem! PARABENS AO MEU SPORTING e espero ter mais esta alegria de conquistar a Taça de Portugal.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.04.2018 às 18:16

Um amigo meu benfiquista disse-me hoje que Sérgio Conceição optou pela mesma táctica que Rui Victória usou contra o FC Porto no último jogo, com o mesmo resultado.

A bem dizer, o Sporting teve oportunidade de resolver a contenda sem recorrer às grandes penalidades.
Sem imagem de perfil

De Governo Verde a 19.04.2018 às 13:04

Battaglia para mim foi um monstro, e sim na generalidade merecemos, o porto dominou o meio campo, fiquei preocupado com a saída do thunder dost,mas o marçano tirou-me as preocupações. E viva o SCP
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.04.2018 às 13:43

Sem dúvida. Não é um jogador brilhante, mas é um trabalhador incansável, muito importante para a equipa.
Sem imagem de perfil

De Francisco a 19.04.2018 às 13:17

Bom Dia

Um jogo com duas partes distintas; uma primeira parte dominada praticamente toda pelo FCP (mesmo sem grandes ocasioes de golo), uma segunda com sinal mais para o Sporting, mas gostaria de deixar algumas notas:

- Bryan a '8' dificilmente resulta, especialmente contra uma equipa que faz muito pressing..Obriga Batta e especialmente BFernandes a esforcos adicionais. Continuar apostar num jogador de 32 anos, em final de contrato, com dois jogadores contratados recentemente para essa mesma posicao ( com o avultado investimento de quase 10M€) parece me mais uma jogada de mestre..o tal "projecto" em accao.

-Gelson esta nas ultimas, completamente esgostado, mesmo assim consegue ainda ser o maior desiquilibrador..o que diz bastante da falta de profundidade do plantel

- Piscini fez dos piores jogos desde que chegou..

- A insistencia em Bas Dost a titular para estes jogos deixa-me estupefacto..compreendo que por esta altura as opcoes nao sejam melhores, mas na altura dos jogos da champions, em x de encostar no banco o Doumbia por tudo e por nada, talvez nao tivesse perdido o jogador. Nao me recordo de um jogo minimamente aceitavel de Bas Dost contra equipas de valor (Champions league, Derbys e classicos)

- Battaglia menos decisivo que Bruno Fernandes, mas igualmente uma excelente contratacao..e se JJ lhe desse liberdade para transportar e queimar linhas em posse, daria mais ainda nas vistas

- Fabio Coentrao esta de rastos, varolizou-lhe as 'ganas' mas parece que espirra com mais forca e desmonta-se todo

- Concordo que bruno esteve muito longe do jogo (1a parte) e mesmo quando conseguio pegar no jogo nao teve descirnimento.

Penso que vai ser um final de epoca penoso, a maior dos jogadores esta completamente desgastado e as reservas sem qq ritmo competitivo..
Como apenas uma curiosidade, li um artigo no site zerozero.pt, antes do jogo, sobre os jogadores mais ultilizados de SCP e FCP (aqui so contibilizavam jogadores com mais de 1000 minutos jogados):

A diferenca entre o jogador mais utilizado e o menos utilizado no Sporting e de x4.5 ( patricio 4500 / podence 1040 - no porto e de x2.5

o 12 jogador mais utilizado (ristovski) tem menos 1600 minutos que o 11o ( william) - no porto a mesma diferenca e de 90 minutos(!!)

que sirva de reflexao

Cumprimentos
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.04.2018 às 13:28

Sem Bas Dost não temos jogo aéreo. Ponto!!!

Fazer cruzamentos para a área sem ele, mais vale estar quieto. Além do mais os defesas têm que sentir a ameaça que ele representa.

A discussão sobre Doumbia é outra.
Sem imagem de perfil

De Francisco a 19.04.2018 às 14:25

Boa Tarde Rui

Primeiro, com Bas Dost (nos jogos com estas caracteristicas) e comecar a jogar com menos um..volto a pedir para fazer o exercicio de ir atras na fita, e ver os jogos do Sporting contra Real Madrid, Dortmund, FC Porto, Benfica,Barcelona, Juventus, Atletico Madrid ver o rendimento dele e da equipa quando ele esta em campo..penso que marcou um golo contra o Benfica na luz o ano passado.
Segundo Ha cruzamentos e cruzamentos..concordo que o Sporting esta formatado para fazer cruzamentos (as vezes baloes..) para a cabeca de Bas Dost, mas nao tem que ser obrigatoriamente assim..
Com isto nao tou a dizer que a sua entrada nunca e benefica, mas temos que ser realistas, Bas Dost e um excelente finalizador.."apenas" e so..nao constroi, alias sempre que toca a bola fora da area com os pes e por norma uma jogada perdida e pouco ou nada contribui para o processo defensivo (tenho a certeza que seja Jesus que lhe pede para nao esticar jogo nem pressionar os defensas contrarios). Marca muitos golos? Marca sem duvida! mas dois tercos sao golos para encostar a bola la pa dentro (por isso e que so tem 4 golos em que deu 2 ou mais toques na bola...em 60 e tal).

Cumprimentos
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.04.2018 às 15:28

Compreendo o seu argumento, mas creio ser importante para a equipa existir a sua ameaça em campo, caso contrário o jogo pelas alas do Sporting é anulado completamente.

O estilo de jogo dele é muito simples. Entrega rápido e desmarca-se à espera de retorno. Ainda, com a inconsistência de Rui Patrício a colocar a bola em jogo, nomeadamente a pontapear, é o único elemento da equipa que consegue ganhar uma boa percentagem desses lances.

Ele faz-me lembrar o Ian Rush, lendário do Liverpool em tempos de outrora. Como Bas Dost, não se envolvia muito na construção de jogo, mas era letal na área. E quer se queira quer não, há relativamente poucos jogadores hoje em dia com essa capacidade. Na nossa equipa então, é um desastre, com golos falhados à boca da baliza. Quão importante teria sido aquele lance de Montero em Madrid, nos pés de Bas Dost?

Contrário ao que muitos treinadores fazem, obra é o aproveitamento das melhores características dos jogadores à disposição.
Sem imagem de perfil

De Máximo a 19.04.2018 às 20:10

Concordo plenamente com a sua análise em relação ao Bas Dost, sem ele em campo o bloco adversário sobre mais e tem muita utilidade defensiva em lances de bola parada.
Sem imagem de perfil

De Máximo a 19.04.2018 às 20:11

Queria dizer "sobe mais'
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 19.04.2018 às 13:52

Nos jogos que faltam, jogaremos apenas uma vez por semana o que faz muita diferença, permite uma melhor recuperação. É verdade que JJ tem quase sistematicamente utilizado os mesmos mas comparar entre Patricio e Pondence..... é bom lembrar-se há quanto tempo Podence está lesionado....
Sem imagem de perfil

De Francisco a 19.04.2018 às 14:11

Boa tarde Paulo

isso foi para dar somente um exemplo e demonstrar que a diferenca entre os 11 que mais jogam e o resto e BRUTAL..

Mas pronto outra comparacao talvez mais ilucidativa: q diferenca entre William (o decimo primeiro mais utilizado) e Doumbia ( o decimo sexto) e de mais de 1800 minutos..

A recuperacao e aproveitamento do plantel e comecado a ser feito depois de um onze base ja mais estabelecido (Set/Out) nao no final da epoca..o cansaco acumulado existe!! Principalmente animico e o facto de JJ estar SEMPRE a referir isso desde FEVEREIRO nao deve ajudar de certeza..
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.04.2018 às 15:33

A gestão do plantel por Jorge Jesus tem sido nada menos do que horrível. Com a carga de jogos - estamos em curso para bater o recorde com 54 esta época - não surpreende o número de lesões musculares.

A nossa sorte, por exemplo, é um jogador como Bruno Fernandes, que é dos mais utilizados no plantel, ser fisicamente resistente, mas mesmo assim vê-se que está nos últimos "cartuchos".

Para agravar o estado de coisas, as contratações de Janeiros foram absolutamente incríveis. Deviam ter servido para aliviar o plantel até Maio, mas quase que não são utilizados.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 19.04.2018 às 15:54

Mais que muita diferença faz toda a diferença o suplício termina dominio a noite apos o jogo com o Boavista.
E nesse jogo a equipa vai necessitar muito do apoio dos adeptos no estadio.
Apartir de segunda quase que entrar de feitas em comparaçao com o relvado ritmo de meses a fio.

Da para recuperar fisicamente ,recuperar lesoes e ate mesmo treinar,conclusao preparar devidamente os jogos.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 19.04.2018 às 15:55

Quus dizer domingo
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 19.04.2018 às 16:54

Exato jogar só ao fim de semana, 1 jogo por semana é muito melhor em termos de recuperação e acredito que o Sporting vai ter um bom final de época

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo