Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A Champions com esteróides

Rui Gomes, em 22.02.21

img_192x192$2015_10_12_13_07_15_1005695_im_6366777Os planos da UEFA para reformular as provas europeias, e que, em princípio, vão ter efeitos práticos a partir de 2024/25, vão constituir uma revolução completa no futebol tal e qual como o conhecemos actualmente. Se a Champions actual já é um factor de desequilíbrio financeiro em quase todos os campeonatos domésticos, imagine-se o que será uma Champions com esteróides, a garantir um prémio de presença mínimo próximo dos 100 milhões de euros – mais do dobro do que os maiores clubes portugueses recebem actualmente pelos direitos de transmissão de todos os jogos da Liga. Não haja ilusões: cada dez minutos de um jogo da Champions vão valer mais, financeiramente falando, do que um jogo inteiro do campeonato nacional.

Pode ser de facto um caminho difícil para os românticos, mas as rivalidades atravessaram fronteiras, gerando um interesse global que era difícil de imaginar até há 20 ou 30 anos – hoje em dia, sobretudo entre os mais novos, há quem vibre mais com Haaland ou Mbappé do que com as figuras do respectivo campeonato. Para as ligas domésticas, mesmo para a rica inglesa, querer travar isto seria como tentar parar o vento com as mãos. Por isso, a solução é cada uma delas adaptar-se à nova realidade. Mesmo que isso tenha custos, como a redução do número de equipas.

Artigo da autoria de Sérgio Krithinas, Director Adjunto de Record

publicado às 17:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


9 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 22.02.2021 às 18:04

Essa "revolução" está a ser deliberada agora, a UEFA já apresentou os seus planos às Federações e espera pelos respectivos pareceres.

É de crer que neste processo, os clubes nacionais terão oportunidade de manifestar as suas posições sobre o que está a ser proposto.

A ironia, claro, é que isto só verdadeiramente afecta os emblemas de topo.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D




Cristiano Ronaldo