Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Confesso que me decepciona irritantemente o facto de a nossa equipa principal de futebol se apresentar frequentemente a jogo, sobretudo no estrangeiro, plena e voluntariamente despida tanto da identidade visual do Sporting CP como da força global da sua própria imagem – aquela que, ao longo de mais de cem anos, tornou o nosso Clube distintamente identificável em Portugal e internacionalmente.

Tal como há pouco aconteceu em Istambul, vemos repetidamente, através das reportagens televisivas, os balneários utilizados pelo Sporting decorados com espectaculares fotos dos jogadores envergando a tradicional camisola listada verde-branca – a mesma com que, obviamente, centenas ou milhares de apoiantes se apresentam nas bancadas dos estádios, desfraldando orgulhosamente o estandarte verdejante.

Mas, imensa frustração... nenhuma equipa trajada de verde-branco surge nos relvados, mesmo naquelas partidas em que não existe a mínima hipótese de o seu equipamento se confundir com o do adversário, desperdiçando-se soberanas oportunidades de expansão da internacionalidade do Clube. Um paradoxal algo absurdo, a juntar a tantos outros que contribuem gradualmente para destruir a leal paixão pelo futebol.

82915495_10156546108926555_4880200909847527424_o.j

E, talvez seja apenas pura superstição ou mera coincidência, mas as minhas expectativas de sucesso do Sporting em jogos além-fronteiras desvanecem-se de imediato quase sempre que, com um misto de mágoa e indignação, assisto à entrada em campo da nossa equipa, despojada do seu histórico, famoso e vistoso equipamento tradicional – como se tratasse de um qualquer desconhecido 'clubezeco' do bairro. Sentindo-me então dominado por um mau presságio, infelizmente confirmado pela maioria dos seus desaires…

Reconheço, obviamente, que esta penosa actual realidade se deve às pressões do poderoso mundo mercantilista, sem sentimentos, que domina e infecta cada vez mais o desporto, principalmente o futebol. As exigências dos patrocinadores e fabricantes de equipamentos sobre os clubes são permanentes, intensas e não raramente abusivas. A marca Sporting Clube de Portugal, como as dos seus concorrentes, encontra-se prioritariamente subjugada aos interesses próprios das empresas participantes. O deus dinheiro tudo absorve!

Todavia, há que prevalecer o equilíbrio e o bom-senso. Ninguém, nenhuma marca, ganha com a descaracterização da histórica imagem visual do Clube. Antes pelo contrário: todos perdem. Quanto maior for o sucesso desportivo do Sporting CP e da sua prestigiosa marca – nacional e internacionalmente – mais bem-sucedidas e lucrativas serão as empresas e marcas que o apoiam ou com ele colaboram.

Texto da autoria de Leão da Guia

publicado às 03:18

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


1 comentário

Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 07.03.2020 às 11:55

Concordo, e é um assunto que é igual para todos os clubes.

Pode-se inclusivamente, questionar da legalidade estatutária da utilização de símbolos monocromáticos.

Diz que é tudo a bem do marketing.
E talvez seja.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo