Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A desgovernação da Liga

Rui Gomes, em 24.02.18

 

19668301_GZJst.jpg

 

O movimento G15, que faria pleno sentido em qualquer outra altura dos últimos vinte anos, talvez deva reflectir na séria possibilidade de servir apenas como outro foco de desestabilização num cenário saturado deles. Já saíram de lá algumas ideias amadoras, que depois caíram por simples imposição do bom senso, mas nenhuma como a desta semana.

 

A não ser que a dita proposta esteja mal explicada (e isso também seria um problema), o projecto de impor um conselho de presidentes que seja "a base da governação" da Liga, ao género "mandamos todos", está para lá do erro. É uma espécie de desmentido da história da humanidade e das organizações. Não acredito que tantos gestores reunidos numa sala (e alguns bons) engendrem uma coisa destas por boa-fé.

 

José Manuel Ribeiro, jornal O Jogo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:25

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


9 comentários

Sem imagem de perfil

De antonio a 24.02.2018 às 08:55

Numa semana crítica em que temos a verdade desportiva adulterada por VARias decisões, sobre o que vem este vendido falar? Sobre um tema que não interessa a ninguém e uma proposta que morrerá na praia.
Tivesse o VAR decidido noutra direção do espetro visível, certamente que vinha este dizer que assim não pode ser.
Sem imagem de perfil

De Marco Santos a 24.02.2018 às 09:21

Este é a voz do ndono.
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 24.02.2018 às 09:33

Perdão, o movimento G16, já que o SLB se meteu lá dentro e eles aceitaram.
Sem imagem de perfil

De Pinheiro a 24.02.2018 às 10:46

Tende a acontecer quando um clube não segue a tática de entrar de paraquedas e fazer exigências.
Quando todos rumam para o mesmo lado, e os novos integrantes aceitam as regras impostas pela maioria, a aceitação tende a ser imediata...
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 24.02.2018 às 11:48

Estamos a falar do SLB, o clube que impediu a distribuição de receitas de TV, fazendo a sua negociata à parte, não estamos?
Sem imagem de perfil

De antonio a 24.02.2018 às 12:37

Não é preciso estar de acordo em tudo para se sentar à mesa. Certamente há uma base de entendimento.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.02.2018 às 12:38

O tal SLB corrupto, inimigo, sem escrúpulos e obscuro? Em que pé ficamos?
Vamos ser comunistas e falar dos porcos imperialistas americanos mas não sobrevivemos sem o dinheiro deles?

Além disso, o contexto e actores são outros.
Com Proença, tenho sérias dúvidas de que o Benfica aceda na centralização.
As posições do clube encarnado costumam ser antagônicos aos de Proença.
Sem imagem de perfil

De Pinheiro a 24.02.2018 às 12:39

Comentário acima é meu.
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 25.02.2018 às 15:33

O que é que o faz defender o monopólio da SportTV?
Se a centralização fosse aprovada hoje como é que o seu clube faria com as dezenas de milhões que ja recebeu por antecipação de receitas?
Isso não o preocupa?

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo