Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A entrevista dum "Senhor"

City Lion, em 10.09.15

 

18806205_v4ePk.jpg

Pensei em não escrever este post porque o que interessa mais é olhar para quem está hoje a servir o Sporting e pelo título já perceberam que obviamente não irei falar aqui duma entrevista ao treinador do Sporting (e muito menos ao Presidente).

 

A verdade é que não consegui ficar indiferente à entrevista desta semana do Marco Silva. Depois de a ler fiquei ainda mais com a convicção que foi uma boa aposta do Sporting (aqui mérito do Bruno Carvalho) infelizmente desperdiçada e até boicotada (aqui demérito do Bruno Carvalho e alguma culpa do próprio Marco Silva).

 

O médico e o cozinheiro, entre outros, têm tentado passar a imagem que o Marco Silva era fraco treinador e má pessoa e esta entrevista veio-nos recordar exactamente do contrário.

 

O que vimos no Sporting foi um bom treinador, claro ainda a aprender e com margem de progressão e um bom homem, calmo, ponderado, humilde e muito próximo dos jogadores e adeptos.

 

A minha primeira impressão na entrevista, até por ser quase simultânea da que foi feita a Jorge Jesus, foi notar a clara diferença de personalidade entre ambos, nomeadamente na forma como falam dos ex-clubes, sendo que Marco Silva tem muitas mais razões de queixas.

 

Marco Silva relembra e muito bem que o Sporting sempre foi candidato a ganhar títulos e, ao contrário de Jesus e apesar de ter ganho a Taça de Portugal, não se lembra de dizer que foi a partir dele que passámos a ser candidatos.

 

ng3322834.jpg

Põe o dedo na ferida ao apontar que indemnizámos e muito rapidamente quem julgámos que poderíamos despedir com justa causa. Caiem assim por terra todas as mentiras e canalhices que foram ditas por quem achava desde o início que estava a tratar com um “tótó” maleável, que até não impediu as “negociatas” que, com raras excepções, foram nessa pré-época (como na anterior) feitas à custa do Sporting.

 

Assustou-me ler que o Marco Silva acredita que o nível de investimento do Sporting seja hoje semelhante ao do Benfica e do Porto. Acredito que ele esteja bem informado e a ser assim confirma o meu pior receio que seja entrámos mesmo numa aposta de enorme risco.

 

Soube bem lembrar aqueles jogos históricos da Taça no Dragão e da final mas custou relembrar o jogo fora com o Schalke que também poderia ter sido histórico.

 

Percebi que afinal só empatámos em casa com 3 equipas abaixo dos 2 primeiros – este ano já vamos num empate num jogo. Às vezes quando se exagera muito até pessoas informadas, como eu acho que sou, vão na conversa e eu estava mesmo convencido que tinham sido mais os empates caseiros.  

 

Lembrei-me ainda daquele jogo decisivo em Alvalade com o Benfica no qual o Jorge Jesus plantou uma camioneta e o que lhe valeu desta vez não foram os “limpinhos, limpinhos” mas um golo fortuito no fim.

 

ngF710B6FA-0307-46A0-A5BD-88CD68DAB213.jpg

Se o ano passado me dissessem que o Marco Silva esta época estava na Champions nunca me passaria pela cabeça que isso não fosse sinónimo de que o Sporting não estivesse lá. Temos que agradecer às contratações falhadas da época passada (este ano parece-me que falhámos menos), à falta de alinhamento entre Direcção e treinador (este ano começaram aos beijos mas o ano passado também), aos árbitros do playoff e, “last but not least” à mudança de treinador, porque não teriamos passado na pré-época pelo tempo de conhecimento de jogadores / adaptação que o Jesus passou e não acredito que o Marco Silva guardasse substituições para o prolongamento. Por outro lado também é provável que o Marco Silva não tivesse tido os mesmos reforços.

 

Foi lamentável também não ter havido condições para uma “passagem da pasta” como pela entrevista se percebe que aconteceu com Vítor Pereira e Marco Silva no Olympiacos.

 

Da época com Marco Silva fica também a recordação da valorização de jogadores como Paulo Oilveira (acho que está todo espremido e é bem limitado), Cédric (ainda nos deu algum dinheiro), Adrien (que fez uma grande época), João Mário (ignorado por Jardim explodiu com Marco Silva mas ainda pode melhorar) e Carrillo que começou a ser fundamental na nossa equipa (como é possível não termos tratado logo da renovação?).

 

Espero que da próxima vez que voltar a falar do Marco Silva seja para festejar o regresso dele a Alvalade. Seria bom sinal que esse momento ainda fosse distante, mas tenho um “feeling” que não será assim.

 

publicado às 12:46

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


55 comentários

Sem imagem de perfil

De Lion73 a 10.09.2015 às 13:57

O Sporting de Marco Silva, supostamente minado pela gestão desportiva da SAD, recebeu a base da equipa de Leonardo Jardim, perdendo apenas um jogador titular, este substituido por um belo central como é Paulo Oliveira e o privilégio de poder contar com um jogador de classe mundial como Nani.

Repito: recebeu a base da equipa vice campeã. Mais Nani.

Com uma alternativa para a lateral esquerda ( internacional A argentino ), com uma alternativa para os 2 avançados mais utilizados ( Tanaka, que em cerca de 1000 minutos fez 7 golos e 5 assistências ) e um João Mário mais maduro e com rotinas de primeira Liga

Recebendo ainda Ewerton, que foi importante nos últimos meses de competição, essenciais para o nível de pontuação que se obteve ( segunda volta muito melhor que a primeira ).

Se a politica de contratações falhou em dotar o 11 de mais valias capazes de elevar o nível da equipa no curto prazo, além de Oliveira e Nani e depois Ewerton, essa mesma politica teve a montante a ausência de vendas relevantes ( excepto Rojo, mas num processo cuja aplicação dos valores de venda aconselhavam prudência ), a manutenção dos jogadores mais importantes e o foco em jovens prospectos de campeonatos periféricos. E a manutenção da massa salarial.

Marco Silva teve, portanto, mais e melhores alternativas ( e mais rotinadas e experientes e adaptadas, que transitaram de uma época para a outra ) que Jardim e obviamente menos meios que os rivais. Como era inevitável.

É falso que Adrien, jogador que muito aprecio, tenha feito uma boa época ou pelo menos comparável com a época anterior.

É falso que Cedric tenha feito uma boa época. É outro jogador que aprecio mas que baixou claramente o nível.

É falso que vistos individualmente, esses jogadores que transitaram para Silva, tenham evoluído e melhorado o seu rendimento, pelo menos de forma evidente, com a excepção de Carrillo.

É falso que o Sporting esteja a fazer um investimento semelhante ao dos rivais. O que o Sporting está a fazer de diferente, é manter e mais uma vez, os seus jogadores nucleares, acrescentando mais experiência ( custo das contratações, por volta dos 111M ) e agora com maior folga para o aumento da carga salarial ( derivadas esssencialmente dos vencimentos de Teo, Aquilani, Ruiz e Jesus ), não compensado com as saídas de pesos pesados como Capel, Miguel Lopes e Rubio ( em salários ) ou com as vendas de Sarr, Rabia e do extremo espanhol.

O benfica, só nos 50% de Jimenez, gastou cerca de 80% do total investido pelo Sporting em todas as contratações que fez. Mas tem ainda os 1,4M pelo empréstimo de Mitroglou mais os 7M que tem que pagar, obrigatoriamente, no final do ano, mais Carcela, Tarabat, Murillo, Marçal , etc... ( nos que não houve aquisições de passes, houve prémios de assinatura ) e talvez Cervi. Entre 25M a 30M, portanto.

Manterá a massa salarial muito acima da do Sporting ( no ano passado o dobro, entre 50% a 75%, esta época ).

Do porto nem é preciso justificar.

Marco Silva não sabe, claramente, do que está a falar. Ou se sabe, finge que não sabe.
Sem imagem de perfil

De Fight for your Right a 10.09.2015 às 14:08

lion73 só posso concordar consigo.

claro que não tiro mérito ao ms e estou agradecido pela taçla de portugal.
Imagem de perfil

De Profeta a 10.09.2015 às 14:30

Mas esqueceste-te - ou talvez não - que Leonardo Jardim apenas teve um campeonato com 30 Jornadas, não teve Champions nem Liga Europa, foi eliminado na Luz na 2º eliminatória da Taça, e na Taça da Liga só fizeram 3 jogos. Num ano do Porto de Paulo Fonseca, não foi assim tão difícil ficar em 2º lugar, jogando apenas de semana a semana.

Na época passada, houve um campeonato com 34º Jornadas, uma Champions com 6 jogos (em que só não passamos a fase de grupos devido a uma bola que bateu na cara do Jonathan Silva), mais 2 jogos da Liga Europa, uma Taça de Portugal jogada por inteiro - que culminou com a vitória, em que pelo meio fomos ganhar ao Dragão. Para além disto, perdemos Rojo, peça fundamental no eixo da defesa. Até o Maurício parecia bom jogador a jogar ao lado do Rojo. Para não falar no Eric Dier. O Nani só jogou bem até à sua lesão no Bessa. A partir dai eclipsou-se, e hoje está no Fenerbache, quando já vinha em declínio desde há 2 ou 3 anos no M.United. O próprio Porto com o que investiu, ficou muito mais forte, em relação ao ano do Paulo Fonseca...

Já nem falo nos reforços, no banco com poucas soluções, ou do facto de lhe terem feito a vida negra. O que é facto, é que 7 anos depois, lá houve um treinador com a capacidade de ganhar alguma coisa, e no campeonato, a nível pontual, ficamos ao nível de um candidato ao titulo. 76 pontos, noutras épocas, teria dado para nos sagrarmos campeões. Não é muito normal duas equipas passarem dos 80 pontos. O #Colinho do SLB deu para isso, assim como as muitas opções de qualidade que Lopetegui (apesar de fraco treinador) teve ao dispor, permitiram isso.

Este ano, com as condições que não foram dadas ao Marco Silva, é espectável que passemos dos 80 pontos, e a partir dai, tudo pode acontecer. Este ano há bons reforços, o treinador tem mais autonomia, e nem tem o desgaste da Champions, porque a Liga Europa é mais acessível.

Não há necessidade de tirar mérito a quem o teve. Apenas isso.

Sem imagem de perfil

De Lion73 a 10.09.2015 às 15:11

Mas eu não retiro méritos.

Não os acrescento mais que a conta, o que é diferente.

Sou da opinião que Silva é um treinador capaz e unicamente do ponto de vista dos resultados, merecia mais uma oportunidade.

Mas não o elevo ao Olimpo por um terceiro lugar ( não faltava mais nada ) e uma vitória na Taça, importante, mas não deixa de ser um troféu que há 2 anos foi conquistado pelo Guimarães e há 3 pela Académica.

Do ponto de vista individual e rendimento, não vejo que o Sporting tenha perdido de forma clara na troca Rojo/Oliveira. Nem que o rendimento de Maurício tenha baixado pela saída do argentino. Que, nos primeiros 2 meses de Jardim até esteve num plano inferior a Maurício ( sendo muito melhor jogador ) e em linha com a má época de estreia.

Há que relativizar um pouco a questão da sobrecarga do calendário. Sim, esta é factual. Mas desse calendário constaram jogos da Taça da Liga onde foram utilizados suplentes dos suplentes e jogadores da B e na Taça de Portugal apenas 3 jogos contra equipas das Ligas profissionais.

Marco Silva podia ter tido mais e melhores soluções, mesmo considerando as fortes restrições orçamentais ( responsabilidade da SAD ), mas recebeu contudo uma equipa estabilizada, que manteve o seu núcleo e com melhores alternativas que o sucessor, núcleo que em grande parte foi responsável pela evolução competitiva notável registada com Jardim e não esteve ao mesmo nível, com Silva. Uma boa parte não esteve, pelo menos. Ou foi demasiado irregular.

E, globalmente, é essa a grande aposta do Sporting, mais uma vez, juntamente com o novo treinador.

A manutenção dos jogadores mais valiosos e determinantes, quero dizer.
Imagem de perfil

De Profeta a 10.09.2015 às 16:20

Então diz-me lá, o que podia o Sporting de Marco Silva ter feito, que estava ao seu alcance, e não conseguiu?...
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 10.09.2015 às 16:43

Volto a repetir. Unicamente do ponto de vista dos resultados, entendo que MS merecia ficar.

Mas questionando em simultâneo, também: o que fez Marco Silva de tão transcendente para ainda hoje se chorar por ele? Quando se tem JJ?

O terceiro lugar era o mínimo obrigatório e pior seria escandaloso.

A taça de Portugal é uma conquista importante mas reitero que deve ser relativizada. Entre os 4 últimos vencedores constam Guimarães e Académica. Além do que todos vimos... conquistada quase por milagre contra uma equipa e já que se bate na tecla das condições de MS, muito inferior, a todos os níveis, que a equipa do Sporting.
Imagem de perfil

De Profeta a 10.09.2015 às 18:20

Não é uma questão de chorar pelo Marco Silva. É uma questão de reconhecimento.

O que interessa na pratica são os resultados. E pelos vistos, admites que ele cumpriu com a sua obrigação, tendo em conta a matéria-prima de que dispunha.

Ganhar uma Taça de Portugal, em que o Sporting jogou com menos 1 jogador durante quase todo o jogo, acho que foi épico. Assim como não nos podemos esquecer do bom jogo no Dragão, em que eliminamos o Porto.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 10.09.2015 às 19:05

Cumpriu com os minimos? Cumpriu.

Conforme referi, sendo um treinador jovem e com 4 anos de contrato, do ponto de vista desportivo justificava a continuidade, apesar da qualidade do futebol ( demasiado jogo exterior para a cabeça do Slimani ), dos desequilibrios no processo defensivo durante parte da época ( a equipa defendia mal, como um todo ).

Aprovei a sua contratação, assumo que eventuais erros decorrem da aposta em alguém com talento mas inexperiente ( portanto, com virtudes e defeitos, é uma aposta da responsabilidade da SAD, que não pode exigir o melhor de 2 mundos e em que o próprio presidente é um jovem com muito para aprender ) e portanto havia condições para um melhor trabalho esta época.

Claramente não houve entendimento profissional entre presidente e treinador, nem capacidade e vontade de se entenderem. Pelo que tenho conhecimento, houve factos de alguma gravidade dos quais ninguém está totalmente isento de culpas.

Parte-se para outra, agora com um treinador que em teoria, dá bem mais garantias e após uma época de consolidação competitiva.

E não é reconhecimento. Isso é o que eu devoto a Marco Silva. É mesmo choro e manipulação da figura de Marco Silva como arma de arremesso à direcção. E ele foi na conversa.
Imagem de perfil

De Profeta a 10.09.2015 às 19:59

Se me perguntarem se prefiro Jesus a Marco Silva, assumo que prefiro o Jesus. Para já, ainda o considero melhor treinador, e pelo menos, não é um treinador de baixo-perfil, na medida em que tem carreira feita, e não permitirá palhaçadas semelhantes à da época passada...

Mas estou convencido que Marco Silva será um caso sério no futebol...

Imagem de perfil

De City Lion a 10.09.2015 às 15:28

Lion73, espero que o Paulo Oliveira venha a ser um belo central mas ainda falta um bocado para lá chegar. Fomos vice campeões num ano especial sem competições europeias e Porto fora do normal equipa nunca foi grande coisa em termos de jogadores. ok veio Nani que ajudou parte da época mas saiu o melhor central. Reforços mt fracos e quando dizemos que o melhor foi o Paulo Oliveira esta tudo dito. Quanto ao investimento se como diz gastamos esta época 75% do Benfica é uma loucura comparando as receitas de um e outro.
Sem imagem de perfil

De Paulo a 10.09.2015 às 15:34

Ainda neste último Europeu sub-21 o Paulo Oliveira foi considerado dos melhores do Europeu, a par do William. A critica especializada de futebol em Portugal reconhece Paulo Oliveira como dos melhores centrais do futebol português, mesmo apesar de tão novo.

Só Marco Silva demorou uns meses decisivos no inicio do campeonato a perceber o óbvio.

Já o Jorge Jesus... sem Nani, sem Rojo, sem William e sem Ewerton consegue colocar já a equipa a jogar muito mais à bola e já leva também um troféu ganho. Diferenças.
Sem imagem de perfil

De Luis a 10.09.2015 às 16:23

MS nao escolhia os jogadores a contratar, jogava com os que tinha a disposição e com "reforços" do Presidente.
JJ escolhe os jogadores e estrutura com que quer trabalhar. Diferenças.

E sinceramente, tirando o jogo com o Academica e com CSKA (casa) não vi nada de tão espectacular no nosso futebol, para além de ja termos falhado um grande objectivo com culpas da arbitragem e também de JJ.
Imagem de perfil

De Profeta a 10.09.2015 às 16:23

Então o Marco Silva não conquistou um troféu???

Espera pelo fim da época para fazermos as contas. Uma coisa é certa: Jesus tem melhores condições para trabalhar, e tem que fazer mais que o Marco Silva...
Sem imagem de perfil

De Fight for your Right a 10.09.2015 às 17:02

nisso concordo que jesus tem de fazer mais que ms.
Sem imagem de perfil

De sergiom_ a 10.09.2015 às 22:48

JJ também já ganhou um troféu, ou a super taça não conta?
Imagem de perfil

De City Lion a 10.09.2015 às 17:31

Paulo Jorge Jesus com um plantel bem mais caro do que o da época passada tem que fazer mais do que até agora. Ok que ainda vamos no inicio mas a eliminação contra o Cska e o empate com o paços mesmo que com atenuantes nao podiam ter acontecido. Ainda quero ver isso do jogar muito à bola porque em Aveiro tambem foi fraco e a Academica esta muito em baixo. Pode ser que contra o Rio Ave ja fique mais convencido.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 10.09.2015 às 15:41

O que referi é que o orçamento dos vermelhos será entre 50 a 75% acima do orçamento do Sporting. É substancialmente diferente da sua interpretação.

Sem imagem de perfil

De RMSCP a 10.09.2015 às 13:59

Eu continuo a achar que o pessoal não via os jogos do Sporting na altura do MS. Olhavam para os resultados e achavam que era uma maravilha ou algo do género.

O MS, no Sporting, foi incompetente. Podia ter tentado evoluir mas desistiu. E isto é um facto. Basta olhar para as exibições do início da época e comparar com as restantes. Em vez de tentar melhorar a sua ideia de jogo, decidiu por o Sporting a jogar à "clube pequeno".

Depois o mito do plantel fraco. O MS teve melhor plantel do que o que temos agora. Não é por se gastar mais dinheiro em contratações que se fica com melhores jogadores. Bryan não é melhor que Nani. Téo não é melhor que Montero. João Pereira não é melhor que Cédric. Naldo não é melhor que Ewerton.

Falar do jogo com o Benfica na época passada não abona a favor de MS. O Benfica abdicou de jogar e o Sporting não conseguiu criar uma única oportunidade de golo durante todo o jogo! Passámos o jogo todo a brincar aos cruzamentos. Isto foi o "futebol" praticado pela equipa de MS durante 2/3 da época.

Como disse no início, não é possível ter visto os jogos do Sporting. Adrien e Cédric fizeram uma grande época? O Naby Sarr concorda e acrescenta que também fez uma grande época.

Em suma, grande parte dos adeptos prefere um treinador simpático mas incompetente do que o contrário. Depois, quando os resultados são menos bons, culpam tudo menos o treinador simpático.

Cumps
Imagem de perfil

De City Lion a 10.09.2015 às 15:30

RMSCP, equipa sempre com personalidade mas jogadores limitados fruto de muito erro nas contratações. Concordo que no jogo com o Benfica deviamos ter jogado mais. Acho muito injusto dizer que o Marco Silva é incompetente mas tem direito à sua opinião e acredito o futuro esclarecerá.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 10.09.2015 às 17:34

"Como disse no início, não é possível ter visto os jogos do Sporting. Adrien e Cédric fizeram uma grande época? O Naby Sarr concorda e acrescenta que também fez uma grande época."

LOL muito bom
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.09.2015 às 14:04

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De City Lion a 10.09.2015 às 15:34

Paulo, Paulo Oliveira é excelente? Ainda falta muito para o ser - é bem limitado mas muito esforçado na linha dum Tonel. Afrontou a entidade patronal porque recusou-se a fazer um frete que podia fazê-lo perder logo o balneário? Comparar a vitoria da Supertaça com a da Taça é infeliz mesmo sendo contra o campeão como diz - duas semanas depois o Arouca fez o mesmo fantástico resultado. Acredito que ele seja benfiquista mas com perfil de leão, enquanto hoje temos um que se diz sportinguista mas com perfil de lampião.
Sem imagem de perfil

De Paulo a 10.09.2015 às 15:39

Sim, Paulo Oliveira é excelente. Basta dizer os analistas do último Europeu Sub-21 e os críticos especializados do futebol em Portugal que o acham já um dos melhores centrais do futebol português. Só Marco Silva não percebeu isso a tempo útil.

Comparar o benfica com o braga do Conceição é comparar a estrada da beira com a beira da estrada. A vitória da Supertaça (sem Nani, sem William, sem Ewerton) foi, a vários níveis, muito mais importante. E a qualidade de jogo da equipa com JJ é muito superior.

Marco Silva era um cínico, um falso. Tentou colocar (com sucesso numa certa falange) os adeptos sportinguistas contra a direcção. O Sporting já teve a sua quota parte de Carlos Manueis e Peseiros.
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 10.09.2015 às 14:14

Obviamente que quando escrevi acima 111, queria escrever 11,1M.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 10.09.2015 às 14:14

Confesso que pensava que o CL tivesse ficado frustrado com a entrevista de MS afinal pouco malhou em BdC, dai este extenso texto que é apenas e só mais uma mão cheia de suposições interpretações com as inquinações já habituais.

Outra coisa acho que as comparações entre MS e JJ e MS com LJ são desnecessárias e serão sempre injustas tanto para um como para o outro! as realidades vividas por um não serão possíveis de repetir pelo outro.

SL,
Imagem de perfil

De City Lion a 10.09.2015 às 15:36

Sergio Palhas, admiro me muito que apesar de nunca gostar dos meus posts continuar a lê-los e comentá-los mas so posso agradecer a atenção. Apreciei claro o facto do Marco Silva não ter aproveitado para malhar no Bruno Carvalho não faz o género dele de todo. As comparações têm sempre o seu quê de injusto concordo.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 10.09.2015 às 16:17

É sempre um prazer perder tempo consigo CL :).

SL,
Sem imagem de perfil

De Josué a 10.09.2015 às 14:35

"A entrevista dum "Senhor"

E é isto mesmo que resume Marco Silva: um senhor dentro e fora de campo, bem comportado, educado e simpático.

No entanto no que mais interessa: trabalho técnico e táctico é apenas mais igual a tantos outros que grassam no futebol português e que por mais que tentem nada além de Taças de Portugal ou taças da liga ganharão.

De qualquer forma boa entrevista, pese a falta de perguntas difíceis. E já que o companheiro que escreveu este artigo gosta tanto de deixar as perguntas que faltaram, eu ajudo e deixo duas:

- Marco, que faltou para que a equipa nunca soubesse controlar a profundidade defensiva ,e defensivamente fosse sempre muito débil, sendo que bastava colocar a bola entre linhas ou nas costas para estar logo batida?

- Marco, qual foi o motivo para que na apresentação tivesse falado em futebol de posse e durante a época a maioria dos jogos foi jogada com um amontoar de cruzamentos a espera que algo de bom acontecesse?



Imagem de perfil

De City Lion a 10.09.2015 às 15:38

Josué, cá estaremos para ver a carreira do Marco Silva. Concordo que revelámos debilidades defensivas mas sofremos com boa parte da época dum William em sub rendimento e duma defesa central bem lenta. Tivemos muitos jogos de posse até em sitios bem complicados mas com o plantel + ambiente criado dificilmente se conseguiria fazer muito melhor do que os pontos que fizemos e a Taça que ganhámos e a carreira na Champions.
Sem imagem de perfil

De Fight for your Right a 10.09.2015 às 17:08

desculpe lá city lion mas isso de defesa lenta etc também se trabalha.
se apontamos erros ao jesus no cska também o marco os cometeu.
Sem imagem de perfil

De RMSCP a 10.09.2015 às 16:12

100% de acordo, caro Josué. Por causa desta treta de termos "treinadores senhores" é que depois ficamos com um historial de treinadores que mete medo. Continua-se a avaliar se o homem é bonito, simpático e bem formado quando o que realmente interessa é se ele percebe alguma coisa sobre treinar uma equipa de futebol ou não.

E as suas perguntas também gostava que as tivessem feito. Mas isso seria falar de futebol, coisa que os "pseudo-jornalistas" e "comentadeiros" que temos neste país não sabem fazer.

Cumps
Imagem de perfil

De Profeta a 10.09.2015 às 14:35

Quanto é que o badocha vos paga ao comentário??

Imagem de perfil

De City Lion a 10.09.2015 às 15:41

Profeta todos sabemos que alguns recebem para "acompanhar" os blogs mas tambem ha outros que são mesmo uns fanáticos pro-Carvalho. Eu percebo que os haja porque batemos no fundo e ele tem algum carisma especialmente entre os mais novos.
Sem imagem de perfil

De Fight for your Right a 10.09.2015 às 17:11

acho de mal gosto essa pergunta profeta.
essa pergunta também podia ser dirigida a si.
Sem imagem de perfil

De J.Pinto a 10.09.2015 às 14:37

Não li a entrevista de MS, mas dou-lhe os meus parebens por não ter sido mais polemico (com ou sem razão)

Depois acho que MS é um bom treinador - talvez um pouco receoso em inovar e mais focado no resultado do que propriamente na exibição

Não é muito diferente de Leonardo Jardim

o problema todos sabemos foi a sua relação com BC e quando isso acontece ninguem fica bem na foto - nem ele nem o presidente

Não havia outra coisa a fazer senão seguir a sua carreira noutro clube

Espero que tenha sorte e que como treinador portugues dignifique o nome de Portugal la fora


PS: Sinceramente não percebo o que quer dizer aqui:

"Põe o dedo na ferida ao apontar que indemnizámos e muito rapidamente quem julgámos que poderíamos despedir com justa causa".
Imagem de perfil

De City Lion a 10.09.2015 às 15:43

J. Pinto é verdade o que diz que foi bom vê-lo evitar polémicas à Jesus. Trata-se de um bom treinador que dada a inexperiência a certa altura ter-se-à assustado com a cama que leh fizeram o que não criou propriamente as melhores condições de trabalho. Em relação ao PS citei o que disse Marco Silva - se o Sporting tivesse mesmo razão não pagaria qualquer indemnização.
Sem imagem de perfil

De J.Pinto a 10.09.2015 às 16:49

Não sei se o Sporting tinha razão, mas esse assunto tinha de ficar resolvido rapidamente para se poder inscrever JJ, no entanto eu vi o processo como uma arma negocial para não pagar a totalidade do contrato

Não é uma atitude simpatica mas poupou-se cerca de 2M e eu como adepto do Sporting e não do MS, não aplaudo mas percebo o que se fez

E no outro lado fez-se pior ao contrario do que diz - para além de não pagarem mais nada a JJ ainda o processaram em 7M
Sem imagem de perfil

De HY a 10.09.2015 às 22:20

Critiquei aqui mesmo quem utilizou esse argumento contra o MS e faço o mesmo agora: esse é um argumento falso e que serve para ambos os lados. Os acordos fazem-se porque são mais vantajosos para as partes do que prosseguir as demandas e isso tem muito pouco ou nada que ver com ter razão ou não. Não fica ao bem ao MS usar esse argumento, tal como namoricaria bem ao Sporting fazê-lo.
Sem imagem de perfil

De ytzhak a 10.09.2015 às 14:43

aposição de aspas à volta de Senhor, no título: o subconsciente é muito traiçoeiro
Imagem de perfil

De City Lion a 10.09.2015 às 15:44

ytzhak, e a letra maiuscula também.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.09.2015 às 14:52

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De City Lion a 10.09.2015 às 15:46

Paulo, não se trata de adoração mas de respeito, consideração e pena que não tenhamos esta oportunidade de contar por muitos anos com um treinador que em tão pouco tempo revelou grande potencial. A minha mulher não iria achar graça ao que me sugere e viver hoje na Grécia deve ser tramado.
Sem imagem de perfil

De Paulo a 10.09.2015 às 15:49

Se Marco Silva tivesse esse potencial todo, alguém o viria buscar cedo, logo, nunca ficaria muito tempo.

Mas pelos vistos não terá assim tanta qualidade, já que ao contrário do Leonardo Jardim (que o Mónaco veio pagar 3 milhões de euros, comprando-o), os únicos que queriam o Marco Silva era o Olympiacos e o benfica (clube do coração de Marco Silva).
Sem imagem de perfil

De Luis a 10.09.2015 às 16:31

Por amor deus...Podem não gostar do MS mas não caiam no ridículo, o MS tem 38 anos, cerca de 5 anos de carreira como treinador profissional...estas a espera do quê? Que fosse despertar o interesse dos tubarões europeus em tão pouco tempo de carreira e com apenas um trofeu conquistado? Sejam coerentes...gostaria de saber onde estava o JJ e que equipa estava a treinar com a idade actual do Marco Silva.
Sem imagem de perfil

De Luis a 10.09.2015 às 16:20

Até parece que existem muitos treinadores que tenham ficado mais do que 1 ano em Alvalade.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo