Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A lábia do doutor "papagaio"

Rui Gomes, em 23.12.16

 

papagaio-engraado-doutor-25200880.jpg

 

Eduardo Barroso em plena campanha eleitoral com o intuito de ajudar o seu "afilhado" a permanecer no trono para o qual ele próprio contribuiu em não pequena dose quando ainda era presidente da Mesa da Assembleia Geral. 

 

Eis algumas das suas pérolas do dia:

 

«Fui presidente da assembleia geral do Sporting no mandato anterior ao de Bruno de Carvalho e sei o que fizeram aqueles senhores em relação ao nosso clube. Os bancos foram a minha casa, a casa do Daniel Sampaio, estávamos arruinados, depauperados, estávamos inclinados para a desgraça».

 

«Não irei alterar o meu apoio ao presidente só pelo facto de o clube não ser campeão nacional já neste ano. O que Bruno de Carvalho fez é genial e se estiver o mesmo tempo que Luís Filipe Vieira no Benfica terá mais títulos».

 

«É normal que agora haja lenços brancos e contestação, é normal. Somos exigentes e estamos frustrados. Portanto acho que que aproveitar este momento de crise para apresentar alternativas ao Bruno é cobardia. É vergonhoso, existe um tempo próprio para o fazerem. Há badamecos, que por terem dado uns pontapés na bola, se permitem a criticar as acções e as atitudes do presidente Bruno de Carvalho, são uma vergonha».

 

«Prometemos que lutaríamos pelo título, presumo, por isso não vamos atirar a toalha ao chão. Há duas semanas podíamos estar em primeiros. Se não conseguirmos o primeiro, temos que lutar pelo segundo e pela Taça de Portugal».

 

Como a memória é curta e tão conveniente. Essa dos bancos terem ido a casa dele e de Daniel Sampaio é hilariante, até porque desconhecia que ele dava consultas em casa.

 

Critica quem agora surge, ou possa surgir, para apresentar uma candidatura, pelos vistos, pelo estado das coisas com a equipa. É caso para perguntar ao doutor "papagaio" se um eventual candidato deve esperar até a equipa vencer alguns jogos, para então avançar. Claro, com tudo isto, esquece, ou finge que não se lembra, do que ele, Daniel Sampaio e Bruno de Carvalho andaram a fazer durante mais de dois anos, na orquestração do golpe de estado que eventualmente ocorreu. Claro, nesse caso, o argumento será que os fins justificavam todos e quaisquer meios, incluindo ele assistir a reuniões do Conselho Directivo para depois vir cá para fora relatar tudo ao Bruno. Pudor e integridade, características notáveis deste personagem !?!

 

publicado às 17:02

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


19 comentários

Sem imagem de perfil

De CDS a 23.12.2016 às 22:06

Enfim, nada a que não estivessemos habituados deste "senhor".
Tudo depende da hora a que escreve!
Imagem de perfil

De PF a 24.12.2016 às 05:23

Já disse neste espaço a simpatia que nutria por este senhor, sinceramente parece-me uma pessoa simpática, amiga do seu amigo e no fundo boa pessoa, o que aconteceu então para se tornar tão rezingão e insuportável, quanto a mim dois fatos ao nível desportivo, porque a nível pessoal não sei nem me interessa, a primeira foi a forma como foi tratado no Sporting na altura em que era Presidente da Assembleia Geral, vitima de agressões várias, psicológicas e até físicas como aconteceu pelo menos uma vez, esta situação fez com que ficasse magoado com algumas personagens do clube do seu coração, porque ele vive apaixonado pelo Sporting, disso não tenho dúvida nenhuma e quando alguém vive uma paixão tão grande e é desconsiderado da forma como foi transforma a paixão em raiva e ódio que por vezes leva à "cegueira.
O segundo facto, por incrível que pareça, foi o seu abandono do programa desportivo em que semanalmente participava, e que de uma forma um pouco inusitada abandonou, ainda não consegui ultrapassar esse trauma, no seu intimo teme que o considerem um "cobarde" alguém que fugiu e desistiu de lutar pelo seu Sporting, nos seus escritos semanais vem constantemente com argumentos justificativos que só prova que o assunto ainda não foi ultrapassado, por vezes é de tal maneira grosseiro e mal educado que só se entendem em alguém que transporta um ódio dentro de si, neste caso ao Pedro Guerra, é de tal maneira cego este ódio que o Sr. Barroso não consegue perceber o futebol nunca pode ser um assunto de vida ou de morte, temos que saber relativizar as coisa e dar-lhe a importância que realmente têm.
Foram quanto a mim estes dois factos os responsáveis pela transformação de Eduardo Barroso, tornaram-no numa personagem azeda, mal disposta e até um pouco insuportável como Bruno de Carvalho odeia exactamente as mesmas pessoas Eduardo tornou-se num defensor acérrimo do presidente do Sporting, o problema quanto a mim está na emoção e na razão e lamentavelmente Eduardo Barroso não está a conseguir separar os dois campos.

Comentar post


Pág. 2/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo