Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




À mulher de César...

Rui Gomes, em 06.10.22

O divórcio de Julio César da sua segunda mulher, Pompeia, imortalizou uma frase que se transformou num ditado popular por todos conhecido: “À mulher de César não basta ser honesta, é preciso parecer honesta”.

Esta expressão popular, com um pouco de imaginação alargada, pode ser aplicada ao que ocorreu na terça-feira em Marselha.

O evento relacionado com o embate da Liga dos Campeões divide-se em dois capítulos: o primeiro, o trajecto problemático da equipa leonina do hotel onde estava hospedada para o Orange Vélodrome, onde o jogo se realizou. O segundo, a inexplicável performance de Antonio Adán, guarda-redes do Sporting.

istockphoto-1194733717-170667a.jpg

O trajecto

Houve uma reunião com o Sporting CP, o Marselha e a UEFA, em que os pormenores do trajecto, entre outras questões, foi acertado. O Sporting cumpriu com as proveniências acordadas, a polícia local não cumpriu com a escolta que era da sua responsabilidade.

Consequentemente, o autocarro da equipa leonina viu-se entalado no trânsito da cidade, com a hora do jogo a aproximar-se e sem meios para rectificar o dilema.

Deu-se então o inevitável atraso, com o Sporting a chegar ao estádio apenas às 17h07, ou seja, apenas 38 minutos antes do apito inicial previsto para as 17h45. A equipa leonina entrou para exercícios de aquecimento pelas 17h36, em condições inadequadas, e o jogo, por ordem da UEFA, foi então marcado para as 18h00.

Entretanto, para culminar este cenário, assistimos às bocas avulsas do treinador francês a exercer pressão no Sporting, só para posteriormente afirmar que foi estratégia sua para galvanizar os seus jogadores.

É inadmissível que isto tenha acontecido e que, na realidade, ainda está por explicar. Muita curiosidade sobre a eventual reacção da UEFA, se alguma surgir. Dito isto, não será surpresa que tenha ocorrido em Marselha, uma localidade com um extenso e sombrio histórico. A cidade com a maior taxa de criminalidade no sul da França e que conta com uma extensa base mafiosa, extensível ao futebol. Recorde-se os escândalos financeiros quando Bernard Tapie era presidente do Marselha e a subsequente despromoção do clube.

football-highlights-scores-goals-results-Antonio-A

A inexplicável performance de Antonio Adán

Sobre o guarda-redes do Sporting, o reconhecido jornal francês L'Équipe escreveu o seguinte:

"Um desastre absoluto. É preciso andar muito para trás nos arquivos das taças europeias para encontrar vestígios de uma exibição tão catastrófica de um guarda-redes, que levou a noite da sua equipa do sonho ao pesadelo em apenas dez minutos. Durante um quarto de hora, o Sporting CP parecia ter controlado o assunto e conseguiu confirmar a sua entrada perfeita na Liga dos Campeões. (...) Até que Adán entrou em cena".

Já o jornal Le Monde teve isto para dizer:

"O guarda-redes do Sporting, Antonio Adán, distinguiu-se... em detrimento da sua equipa. Primeiro, chutou contra Alexis Sanchez. Depois, Amine Harit aproveitou o facto de ter ficado à espera para dar vantagem ao Marselha. Poucos minutos depois, frente a Nuno Tavares, o guarda-redes interceptou com a mão... fora da área. O árbitro não hesitou em mostrar o cartão vermelho".

António Adán deu esta explicação no final da partida...

"São dias que acontecem, em que nada corre tão bem como querias. Faz parte do futebol e há que assumir os erros como parte do futebol, assumir a responsabilidade que cada um de nós tem dentro do campo… Já passou. Amanhã há que levantar outra vez, treinar porque sábado há outro jogo. Obviamente que o jogo começou bem com o golo do Trincão, mas muitas vezes o futebol é assim. Não há mais explicações…".

Não venho aqui munido com quaisquer insinuações ou acusações - nunca o faria sem ter provas absolutas - mas quanto mais penso no assunto mais conflituoso fico, ao ponto de não poder aceitar que as acções - não uma, não duas, mas três, especialmente a terceira - de um guarda-redes profissional de vasta experiência como Adán possam ser simples e exclusivamente explicadas por..."São dias que acontecem, em que nada corre tão bem como querias" ou por "faz parte do futebol".

À mulher de César...

publicado às 04:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


87 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuel Parreira a 06.10.2022 às 05:28

Com os meus 77 anos de vida e comecei a ver futebol ainda miúdo, nunca vi nada semelhante, portanto; isto “não faz parte do futebol”. Ainda estou atônito com o que se passou com o Adan.
Sem imagem de perfil

De Sim Abelha a 06.10.2022 às 07:15

Só para que não haja dúvidas - o Rui Gomes está a insinuar que o Adan foi comprado???
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2022 às 12:42

Em que língua prefere o texto?
Sem imagem de perfil

De LG a 06.10.2022 às 08:02


Esta nunca pensei ver aqui.

Parece-me uma coisa muito mais simples, e também sem provas: para além de a equipa estar a defender muito pior, o que o expõe mais ao erro, não será culpa da cura milagrosa da lesão?
"Tratamento conservador" parece um eufemismo para estar a jogar sem estar a 100%, o que potencia erros.

E a difeença de Marselha para o jogo na Alemanha foi o não aproveitamento, que oportunidades de golo por erros de passe na defesa não faltaram ao Eintrach - estamos com um grande excesso de erros individuais não forçados
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2022 às 12:44

O que diz é verdade, mas não explica tudo.
Sem imagem de perfil

De De Perry a 06.10.2022 às 08:27

Eu vi Vítor Damas, comer uma vez três frangos contra a Académica incríveis. Saiu do estádio vaiado por todos, naquela altura falava-se que podia ir para o Porto. Depois foi para Santander, a sua cabeça também devia de andar muito confusa.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2022 às 12:45

Cada caso é um caso, fazer comparações é muito subjectivo.
Sem imagem de perfil

De Carlos Gomes a 06.10.2022 às 13:56

Eu não sei como é que estava a cabeça de Adan, agora, não me parece que tenha sido assobiado quando o seu nome foi anunciado, também não o foi quando se dirigia para a baliza....isto aconteceu com Damas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2022 às 16:36

Cada caso é um caso. A situação de Damas na altura não é comparável com a de Adán até este ponto do Sporting.
Sem imagem de perfil

De José Lima Curral a 06.10.2022 às 08:38

Apenas me tinha ocorrido uma noite infeliz, em que tudo corre mal. Mas não excluo causas externas, de natureza pessoal, perturbadoras da indispensável máxima concentração.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2022 às 16:40

A ideia do post é de fazer as pessoas reflectir e não de adiantar acusações a Adán.

A realidade nua e crua é que algo invulgar se passou para ele agir como agiu.

Possivelmente, como em outros casos do passado, nunca teremos uma explicação concreta.
Perfil Facebook

De José A Cristóvão a 06.10.2022 às 08:47

Lamento dizê-lo, mas o ...desempenho de Adán fez-me recordar o de Meszaros nos quartos de final da então taça dos campeões em San Sebastian. Muito se disse e escreveu sobre o caso, e lamentavelmente ficou até hoje a dúvida!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2022 às 12:46

Como ficará neste caso de Adán.
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 06.10.2022 às 09:20

Curioso o texto, não se insinua, mas…, insinua-se. Tenho para mim que o atraso na chegada ao estádio terá provocado ansiedade nos jogadores, aquecimento feito à pressa, etc, etc. Talvez tenhamos sido anjinhos, Marselha é um caos, é uma cidade europeia grande, com muitos hábitos do Norte de África, não esquecendo que não havendo público no estádio, aquela malta andava com certeza nos seus arredores. Quanto ao Adán, creio que o lance do primeiro golo o desconcentrou totalmente, é um lance tão caricato, que deixa marcas e como deixou.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2022 às 12:50

O que ocorreu no trajeto para o estádio não tem absolutamente nada a ver com sermos "anjinhos"!!!

A polícia não compareceu como competia, num acto deliberado de sabotagem, por falta de melhores palavras.
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 06.10.2022 às 19:03

Desconheço o protocolo, mas em certos locais e eu já andei por muito lado, nunca fiar em ninguém, tomar precauções, antecipar. É obrigatória escolta policial? Foi pedida e não compareceu? É da responsabilidade da UEFA o assegurar um trajecto “ limpo”?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2022 às 19:15

As respostas a estas suas perguntas já foram respondidas e até são do conhecimento público para todos os jogos. Não há nenhum mistério aqui.
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 06.10.2022 às 20:56

Está irritado, também eu. Se coloquei perguntas, é porque não tenho as respostas certas. Se me puder indicar onde ler as respostas às perguntas colocadas, agradeço, se não quiser ajudar, não vale a pena responder. Obrigado.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2022 às 21:15

Eu não estou nada irritado e dispenso esse seu tom.

Não leu que houve uma reunião entre Sporting, Marselha e UEFA onde tudo ficou acertado?

Escolta policial faz parte do protocol normal e está em uso em todos os jogos europeus. Aliás, até em muitos jogos domésticos.

A escolta policial visa principalmente facilitar o trajecto do hotel para o estádio, mas também serve de segurança.

Quer mais explicações???
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2022 às 21:57

P.S.: Ainda está a tentar substanciar a sua tese desmedida que os do Sporting é que foram "anjinhos"?
Sem imagem de perfil

De Carlos Gomes a 06.10.2022 às 09:42

Já estava a pensar que era o único que achava estranho...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2022 às 12:51

Pensar que é/foi estranho e dizê.lo em público, são duas coisas distintas, por razões óbvias.
Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 06.10.2022 às 09:43

Parece um daqueles dias em que não devíamos ter saído da cama. Acontece a qualquer um mas a verdade é que, desde que Adan recuperou "miraculosamente" da lesão, tem tido prestações meio irregulares e que no último jogo atingiram o apogeu.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2022 às 12:52

Terá sido só isso?... Esperamos que sim.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.10.2022 às 10:05

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De João F. a 06.10.2022 às 10:51

"Imbestigue-se"?!

Só pode ter sido escrevinhado por um iletrado imbecil, apoiante duma das máfias que dominam o futebol em Portugal!...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2022 às 12:52

Esse é para ignorar.

Comentar post


Pág. 1/3





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo