Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A "novela" que teima em não terminar

Rui Gomes, em 20.02.14
 

 

O presidente do Sporting afirmou na segunda-feira - palavras para o efeito -. no programa "Dia Seguinte", que um dia iria rir muito a contar a história do caso Elias e o estratagema que foi elaborado pelo jogador e seus representantes, mas pese a minha possível falta de senso de humor, não vejo onde está a piada. O que eu vejo, pela informação disponível, é um atleta a receber um salário que é significativamente superior à maioria dos jogadores do plantel principal, para andar a treinar com a equipa B e com negociações para uma sua eventual transferência que até hoje ainda não encontraram sucesso, quer seja para o Flamengo ou para qualquer outro clube. Compreencde-se perfeitamente que o Sporting defenda os seus interesses, mas daí até existir humor algum em tudo isto, há léguas de distância.

 

Entretanto, o advogado do jogador, Felipe Ezabella, participa que já foi apresentado um pedido à FIFA para a abertura de um processo e que a existência de uma dívida, do Sporting para com o jogador, também já foi participada à UEFA:

 

«Em Outubro passado foi assinado um acordo, do qual há documentos, em que o Sporting reconheceu ter uma dívida com Elias e Elias abdicou da queixa na FIFA. Nesse acordo ficoi estabelecido um valor de compensação da dívida que o Sporting tem para com Elias, a qual seria abatida mediante uma transferência do jogador para um clube brasileiro (...).»

 

«Vai entrar um processo para que a FIFA obrigue o Sporting a pagar. A dívida também já foi comunicada à UEFA. Os clubes europeus têm de apresentar até ao final de Março uma certidão a declarar a inexistência de dívidas, ou então admitindo ter dívidas mas apresentando um acordo de pagamento das mesmas. O que fizemos foi comunicar que estas dívidas não foram saldadas e que não há nenhum acordo de pagamento das mesmas.»

 

As declarações completas do advogado podem ser lidas aqui. Mesmo admitindo que este está a "puxar a brasa à sua sardinha", o que é perfeitamente expectável, sinto imensa dificuldade em encontrar causa para rir. O presidente saberá, decerto, onde reside o humor em tudo isto. 

 

publicado às 12:20

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


18 comentários

Sem imagem de perfil

De iorda9 a 20.02.2014 às 12:40

É a forma de trabalhar desta direcção

Não gosto muito de ver jogadores do Sporting falar mal do clube nos jornais, mas o que é certo é que ser simpatico para jogadores com que não se conta -não está nesta altura no topo das prioridades.

Quanto ao caso Elias não sabemos ainda tudo - e vamos esperar para ver, mas se negociássemos simpaticamente com todos aqueles que sairam "a mal" do clube, provavelmente tinham ficado com melhor opinião do Sporting, mas poupamos certamente muito em indemnizações ou salarios com isso

Bojinov - saiu a mal e a falar em tribunal, mas não me parece que dê em nada e e poupamos milhões com o despedimento

Boula e Oneywu - também não difere muito

Jeffren e Labyad apesar de pagarmos mais 4 meses de vencimento - o facto de ficarem encostados, fez com que aceitassem soluções que em Agosto não aceitaram

Se são as melhores ou mais dignas atitudes - não são, mas entre isso e não ter € para pagar salários aos que contam - a escolha é obvia

Melhores dias virão.
Sem imagem de perfil

De Inocêncio Crédulo a 20.02.2014 às 13:52

Elias, Bojinov, Jeffrén e Labyad, parece que se poupou imenso com os seus despedimentos. Aliás, até parece que os "4 meses de vencimento a mais" (lá ver... julho, agosto, setembro, outubro, novembro, dezembro, 13º mês, janeiro... são 4 meses, não é?) fez com que aceitassem soluções que em Agosto não aceitaram.

Parece. Pois parece. Porque todos sabemos quais as condições que não aceitaram em Agosto e todos sabemos quais as condições que aceitaram agora. E todos sabemos quanto ficaram a perder. E todos sabemos quais as condições em que o Sporting teria de desembolsar os tais "milhões poupados".

Sabemos tudo. Ou melhor. Saberão alguns quantos, porque a generalidade das pessoas não sabe.

Mas sabemos todos que é impossível o Grande Bruno de Carvalho fazer algum negócio errado. Agora e para sempre, ámen.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 20.02.2014 às 14:01

Acho que o caso de Bojinov está no Tribunal Arbitral do Desporto.
Sem imagem de perfil

De manel a 20.02.2014 às 16:18

É uma “novela” interminável, pois o Bruno está ocupado a chutar bolas para fora, imaginando-se um D. Quixote e outras coisas do género.

Como diria o poeta Alberto Pimenta, isso é fazer de mudo ou de mouco:
"Os bichinhos do ouvido
fazem de conta que escutam
o que os bichinhos de conta
fazem de conta que contam
assim tudo corre bem
para uns e para outros
nem uns dizem que são mudos
nem os outros que são moucos."
Sem imagem de perfil

De paulo a 20.02.2014 às 16:31

este blog tá bonito tá. Pelo menos ao nível dos comentários ;)

Por acaso em relação ao Elias ninguém diz nada sobre as notícias de hoje sobre o contrato de cláusulas privadas (ou coisa parecida) com o Jorge Mendes?

Seria interessante ;)

p
Sem imagem de perfil

De alberto a 20.02.2014 às 16:36

Porque Paulo ? Somos obrigados a comentar de acordo com a sua opiniao ?
Sem imagem de perfil

De paulo a 20.02.2014 às 20:03

Alberto , claro que não, claro que não. Cada um comenta o que quer e como quer ;)
Sem imagem de perfil

De Carlos Alves a 20.02.2014 às 18:03

Se me puder explicar o que é um contrato com cláusulas privadas agradecia. Eu não sei. Ou melhor, não sei em que é que um contrato é mais ou menos privado do que todos os outros que lá devem estar. É privado entre as partes envolvidas com excepção do que tiver de ser comunicado à CMVM. Ponto! (como diz o maior)

O que se deve passar é que o Mendes deve ter fatia de Leão no passe do jogador (como é óbvio, pois apenas nhurros acreditam que o Sporting alguma vez deu 8 milhões pelo Elias, não há almoços grátis).

Arranjar coboiadas com o Mendes no momento em que este tem vários jogadores nossos incluíndo alguns dos mais relevantes (Patrício, William, Martins, Adrien, etc) é uma coisa esperta. Mais uma.
Sem imagem de perfil

De Paulo a 20.02.2014 às 20:16

Pois eu tb não sei. Mas que a noticia está aí para quem a quiser ler e coloca mais um "pequeno"grãozinho na engrenagem.

E não posso deixar de referir a maneira como diz que "O que se deve passar é que o Mendes deve ter fatia de Leão no passe do jogador (como é óbvio, pois apenas nhurros acreditam que o Sporting alguma vez deu 8 milhões pelo Elias, não há almoços grátis)"

Se ler o post lá atrás referente ao Jeffren verá que não existe o "deve". Acontece o que está escrito e dito pela direcção e PONTO! Chama-se a isso transparência. boa gestão, prestação de contas, o que quiser chamar.

Mas enfim eu nhurro me confesso. Gostei de ler no jornal do Sporting as noticias com as vendas de Janeiro e a poupança referida de 12,8ME. Coisa pouca. Mas nada disso interessa, o que interessa é que o Elias não joga e por aqui pode-se dizer mal (só um bocadinho ... mas de facto já começam a faltar, felizmente para o clube, argumentos de maledicência).

Depois a subserviência em relação a Jorge Mendes é de bradar aos céus meu caro. O homem pode ser poderoso mas quem forma os jogadores é o Sporting, ele é "apenas" o representante dos jogadores. Isso complica, simplifica .... não sei. Sei "apenas" que o que importa é o que interessa ao Clube em primeiro lugar e só depois ao empresário.

p

Sem imagem de perfil

De Balajic a 21.02.2014 às 16:43

O Mendes é, supostamente, segundo tudo leva a crer, detentor de 50% do passe do Elias (através da muito obscura Quality Football Ireland Limited).

É isto a tal da "cláusula privada"?

Eu continuo à espera é de me rir com o que "o Bruno" vai contar sobre este processo de transferência. Até agora ainda não vi motivos para tal, por isso estou ansioso para me divertir com (mais) esta "novela" realizada pelo actual presidente do Sporting...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 21.02.2014 às 17:34

Caro Balajic, Peter Kenyon (ex-Chelsea) é indubitavelmente um dos principais "actores" da Quality Football Ireland, mas recordo Jorge Mendes ter emitido um comunicado negando a sua participação com esse fundo, salvo como consultor. Vale o que vale.
Sem imagem de perfil

De L a 20.02.2014 às 17:03


A quantidade de panos que o Jardim levou hoje para a conferência... Só neste Sporting e depois não atende o telefone à noite aos rapazes. O mister é que devia ser multado. Eu acho que o que baralha mais os jogadores e independentemente de uns serem apanhados a começar a noite e outros a acabar é que ainda não perceberam todos muito bem para que é que estão a lutar – Mané à Sport tv no último jogo, luta pelo título? "O Sporting está na luta, vamos continuar a trabalhar. Temos de pensar nos próximos jogos e tentar vencer". Criam muitas dúvidas na cabeça dos jogadores e depois já se sabe, só com companhia. Pelos vistos depois também depende tudo da hora a que são apanhados.
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 20.02.2014 às 19:11

Mais uma situação incompreensível.Elias fez uma grande época no Flamengo .
Se algum jogador tem mercado é este.Por outro lado faz 29 ano em Maio.
Só por este facto será difícil obter uma transferência por valores elevados.

"Quem não aparece esquece".
Nem mais.Por cada dia que não joga vai-se desvalorizando.
Se ficar e não jogar,então o seu destino será o de empréstimo ou cedência definitiva no final da época.

Entretanto pagámos o "salário milionário"(com ou sem aspas,à vontade do freguês) do jogador...sem qualquer proveito.E não recebemos qualquer valor pela transferência.
Mas que benefícios temos desta situação?

Não consigo perceber a racionalidade desta política.Já o que se passou com Jeffrén e Labyad foi incompreensível.
Se foi possível encontrar colocação para os jogadores após 4 meses sem jogar então certamente teria sido possível resolver a situação no Verão.

Tão irracional parece tudo isto que até a explicação-para mim absurda-de que os jogadores são encostado por terem sido contratações emblemáticas da gestão anterior parece plausível.

De facto é necessária uma excelente explicação.
Visto de fora é incompreensível.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 20.02.2014 às 19:27

Tenho evitado opinar criticamente sobre este caso porque se desconhece os valores que estiveram/estão sobre a mesa, em relação ao Flamengo ou qualquer outro clube. Números diversos foram noticiados, mas nunca confirmados.

Dito isto, é bem verdade o que adianta. Parece-me que de uma forma ou outra o Sporting está destinado a perder dinheiro com este negócio, é só uma questão de quanto. Precisamente por isso, o bom senso aparenta indicar que quanto mais se atrasar a transferir o jogador maior será a perda.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 20.02.2014 às 20:41

Abstenho-me de comentar este assunto enquanto não se souber de facto o que se passa/passou. Obviamente preferia que o Elias tivesse sido já vendido, mas as tais propostas de 4/6 M€ que foram noticiadas na CS e que supostamente foram recusadas por causa das prestações não teram aparecido, se eu tiver interpretado correctamente o que BdC disse no Dia Seguinte quando falavam sobre Elias: "Às vezes leio, e tenho a noção que o Presidente do Sporting deve ser atrasado mental. Depois lembro-me que sou eu, e lembro-me que aquilo é mentira."

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 20.02.2014 às 21:03

Já dei o meu parecer sobre este assunto e pouco mais tenho para acrescentar. Em relação ao que o presidente disse no programa da TV, não se pode tirar ilações algumas porque ele não afirmou nada de concreto. Além do mais, o que para ele pode não ser um bom negócio para o Sporting, não significa, necessariamente, que não seja, depende da perspectiva.

A exemplo, e puramente especulativo, se tivessem surgido esses 6 milhões - que eu não acredito - a pagar em três ou quatro fracções, desde que não fossem exageradamente distanciadas, acho que seria um bom negócio. Dito isto, ele pode não fazer essa mesma leitura.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 20.02.2014 às 21:09

PS: O que eu penso que aconteceu foi uma proposta entre os 2 e 3 milhões, e em prestações.

Tudo isto, no entanto, não altera o cenário em que quanto mais tempo a contenda se prolongar, maior o prejuízo para o Sporting.
Sem imagem de perfil

De L a 20.02.2014 às 22:36


Até por alguns adeptos se vê que o Sporting é um clube muito atractivo para os fundos, a mudar de direcção de 2 em 2 anos e de treinador ainda mais vezes. Eu como empresário pelo menos não conseguia pensar noutro clube. E a verdade é que já em 2011 estávamos fartos do sucesso, sem fundos e com os cofres cheios. A reestruturação do plantel, sempre com muitos assuntos para resolver no sentido de baixar custos não era segredo para ninguém e como é natural passou a ser responsabilidade de quem interrompeu o mandato.

O Elias foi para o Brasil já em vésperas do Mundial no sentido de se valorizar e a prova que não podia ter corrido melhor são as declarações do ex-seleccionador Mano Menezes que deu Elias como o jogador mais constante do Flamengo, aconselhando como é óbvio a compra definitiva. O empréstimo que custou ao Flamengo cerca de 500 mil tinha uma cláusula de retorno a casa se chegasse uma oferta fora do Brasil e uma cláusula de opção de compra de 8 Milhões no fim do empréstimo. Como o Sporting continua detentor dos direitos desportivos o jogador parece que está inscrito e não joga com o mundial à porta, para além da divida ao jogador já negociada por mais que uma vez. Elias tem contrato até 2016 e ganha 1.3 M/ano.

O Flamengo para avançar para a compra conhecia bem o valor da cláusula, o que também parece evidente dada a vontade do jogador e do Flamengo coincidirem é terem querido descontar a divida ao jogador, independentemente da forma de pagamento. Infelizmente quem veio agora falar em estratagema ainda há pouco tempo também negava a dívida ao jogador no site oficial. Para depois voltar à mesa das negociações unicamente com o intuito do jogador retirar a queixa da FIFA. De onde ainda vão chegar chatices que podem pôr em causa o nosso regresso às competições europeias.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo