Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A palhaçada é sempre a mesma!

Rui Gomes, em 07.08.22

img_920x519$2022_08_06_21_20_10_2026420.png

O árbitro Hélder Malheiro não teve mãos a medir para o banco do Antas na primeira parte do jogo com o Marítimo, no Dragão. Os protestos de Sérgio Conceição, de forma veemente, valeram-lhe o cartão amarelo. Luís Gonçalves também foi admoestado ao minuto 33. Dois minutos volvidos, por conselho do quarto árbitro, o juiz voltou ao banco dos dragões mas para expulsar o adjunto Diamantino Figueiredo.

Uma pequena amostra do que vai acontecer ao longo da época. A palhaçada é sempre a mesma e tudo passa por entre os pingos da chuva, neste pobre futebol cá do burgo!

ADENDA

img_920x519$2022_08_06_23_12_03_2026503 (2).jpg

O arruaceiro-mor na Flash no final da partida...

"Não me dirigi ao árbitro. Gesticulei a falar com os jogadores e depois o Figueiredo foi expulso por causa do lance do Tagueu, que deveria ter sido expulso. O árbitro apareceu ali como quem vinha com uma pistola. Sentimos no banco que foi injusto. Que em Maio ganhe a equipa que for mais capaz, a que correr mais, e não por outras coisas, por coisas que nos ultrapassam."

Pois... por coisas que nos ultrapassam.

publicado às 04:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.08.2022 às 09:21

É a isto que Sérgio Conceição chama ADN do FCAntas: ganhar, ganhar sempre, de qualquer maneira. Pressionar, pressionar .Até já é conhecido em Londres(Chelsea).
Se tiveéssemos uma Liga, na verdadeira acepção do termo, muitos nem se sentariam ali e o Conceição "atira medalhas" ou entrava nos eixos ou estava fora de 2/2 semanas.
A FPF, também, aos costumes disse nada; é conhecido a relação dos 2 presidentes. Isto é uma pequena aldeia
SL
Sem imagem de perfil

De RCL a 07.08.2022 às 09:40

O comentário é meu
SL
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 07.08.2022 às 10:10

Tempo útil de jogo de 8 minutos, 52 interdições de Estádios sem dar em nada, 49 pedidos de penalty por partida, 74 gestos a pedir o VAR por encontro, 374 processos disciplinares por jornada e os respetivos recursos ao TAD. As saudades que eu tinha da competitiva Liga Portuguesa
Sem imagem de perfil

De João F. a 07.08.2022 às 10:13

E depois aparece o chico palhaço a acusar o Sporting de fazer pressão sobre os árbitros! Viu-se ontem mais uma vez quem utiliza todos os meios para ganhar.
O anónimo que acaba de vomitar mais uma dose da droga que engoliu no estádio do Ladrão, é melhor deixá-lo espernear.
Sem imagem de perfil

De Rui Maside a 07.08.2022 às 15:50

Comparado com o festival do ano passado contra o Sporting, isto são festinhas.
Num país onde a impunidade é total, o crime floresce.
O mais engraçado é ver intelectuais normalmente críticos da sociedade, os Baldaias e afins, a defenderem isto até à exaustão (na pior das hipóteses sai um "sim mas" ou "os outros também fazem"). O futebol faz realmente coisas estranhas, ou então é mesmo feitio, e nisto da bola podem ser verdadeiros.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 07.08.2022 às 16:35

Destaco essa do Baldaia.
Sempre tão "pseudo-intelectual", tão crítico, tão justiceiro, tão iluminado em tudo o que é assunto da nossa sociedade, mas no que toca ao futebol é de uma "acefalia" gritante.
O azul e branco tolda-lhe o raciocínio.
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 07.08.2022 às 17:07

O comentário do ano pertence ao Leão do Norte
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.08.2022 às 16:01

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De João F. a 07.08.2022 às 16:06

O maior espetáculo foi o ballet no banco de suplentes, tendo como chefe da coreografia o Sérgio Malcriadão!
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 07.08.2022 às 16:45

Se fazem isto quando estão a vencer imagine-se quando o jogo estiver a correr mal.
Como nunca são punidos de forma verdadeiramente efectiva julgam-se no direito de terem todo o tipo de comportamentos no banco.
Este Malheiro ainda esboçou uma tentativa de punição mas face à ineficácia da justiça os próximos árbitros nem isso vão fazer. Face à ineficácia da justiça e pela sua integridade física fora dos campos de futebol.
Sem imagem de perfil

De João F. a 07.08.2022 às 17:02

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo