Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img_920x518$2019_04_23_20_17_51_1538002.jpg

 

Rogério Alves, presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, comentou esta terça-feira, na Sporting TV, a divulgação pública da Auditoria:

 

"Em primeiro lugar, tenho o máximo de respeito por todos os sportinguistas. Contacto com muitos ao longo do meu dia e da minha vida. Há uma coisa que no Sporting devia ser tido em conta: é que as candidaturas terminam com as eleições. Ficar sempre os três ex-candidatos, os cinco, os nove, não é uma coisa saudável para o Sporting. Não vale a pena dizer que os três subscritores (José Maria Ricciardi, Dias Ferreira e Fernando Tavares Pereira)  tiveram em conjunto 16 ou 17 por cento dos votos.

 

Foi mau para o universo sportinguista que a auditoria fosse revelada desta forma. A Direcção está a fazer tudo ao seu alcance para descobrir o que aconteceu e perseguir os responsáveis se eles forem detectados.

 

A maior preocupação de todos nós neste momento é minorar os estragos, e não, como algumas pessoas que parecem estar a fazer provas de vida, esfregar a ferida, lamentar, lamuriar.

A Direcção não tinha interesse absolutamente nenhum nessa divulgação. Não vale a pena estar a fornecer trunfos aos nossos adversários. É por de mais evidente que não é bom ver espalhadas informações que são obviamente para manter em confidencialidade, não vale a pena esgravatar na ferida.

 

O que aconteceu foi muito traiçoeiro para o Sporting, uma violação dos Estatutos. Agora não sabemos quem foi. Terá sido dentro ou fora do Sporting… não sabemos.

Não faz nenhum sentido imputar à Direcção do Sporting a responsabilidade pela fuga. Pode nascer de vários lados. Infelizmente, como sabemos, hoje é muito difícil controlar o fluxo de informação.

 

Habitualmente, nas investigações pensa-se: ‘quem é o grande beneficiário com o que aconteceu?'... E essa entidade acaba por se tornar o principal suspeito. Ou, como se diria no Casablanca, os suspeitos do costume.

 

Para além do que causa ao Grupo Sporting, a Direcção seria sempre a última entidade interessada em ver de algum modo exposto o manancial de informação que debilita o seu poder negocial".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:48

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


55 comentários

Perfil Facebook

De Luis Vicente a 24.04.2019 às 10:44

O problema é.
As pessoas não saberem a diferença entre um bem dado em penhor é um bem penhorado.
Um bem dado em penhor,é um bem dado como uma garantia.
Um bem penhorado,é um bem dado por um devedor,para pagar uma dívida,depois de uma sentença judicial transitada em julgado.
Fiquei a saber que um EO era uma sentença transitado em julgado.
Mas como na vida andamos sempre a aprender.
Sem imagem de perfil

De Jmonteiro a 24.04.2019 às 12:39

Se está assim tão interessado em aprender, antes de mais veio a um blog do clube certo, a seguir leia os ultimos paragrafos do João Carvalho. A sua definição de penhora é um bocado como os remates do Marega: a maior parte sai ao lado.
Perfil Facebook

De Luis Vicente a 24.04.2019 às 13:57

JMonteiro.
Explique-me por favor o que é?!?
Um penhor e
Uma penhora
Obrigado
Sem imagem de perfil

De João Eduardo a 24.04.2019 às 14:20

Para acabar com as especulações...

"Penhor:
É uma forma de empréstimo onde o devedor dá algum tipo de bem como garantia em troca de dinheiro, e ao quitar totalmente este empréstimo ele tem o bem dado como garantia devolvido. Este tipo de empréstimo é bastante comum e vantajoso para quem precisa de dinheiro porque os juros são mais baixos e não apresenta muita burocracia, já que o banco credor está em posse do bem dado como garantia.

Penhora:
É a ação executória de um ato judicial expedido por um juiz e promovida por um oficial de justiça. Nela, os bens do devedor são apreendidos e levados a leilão para que sua dívida seja paga."
Perfil Facebook

De Luis Vicente a 24.04.2019 às 15:43

Acabou de me dar razão.
Obrigado

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo