Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A primeira derrota: Claques 1-Varandas 0

Naçao Valente, em 01.11.18

 

1q9a3025_770x433_acf_cropped.jpg

 

Nunca disse que Peseiro era o melhor treinador para o Sporting. Sempre tive a consciência que era um técnico transitório. O que foi possível encontrar numa situação bastante difícil. Assumiu o cargo sabendo que era uma missão de muito risco. Quis assumir esse risco com a percepção que poderia dar volta à situação, e provar os seus méritos técnicos. Ao que me informaram, terá prescindido de um contrato nas "arábias", possivelmente bem mais interessante financeiramente.

 

Sabia que tinha um plantel desfalcado e muito inferior ao dos adversários mais directos. No entanto, arrumou a casa e conseguiu manter a equipa na luta em todas as competições, estando a dois pontos da liderança. Nunca se desculpou com a evidente falta de qualidade do plantel, com a agravante de não ter podido contar com jogadores insubstituíveis, como Mathieu, Bas Dost e Raphinha.

 

Com um plantel de segundas linhas, que quando chamadas a intervir não mostraram competência, foi mantendo a equipa na luta nas provas secundárias. A equipa que jogou contra o Estoril, possivelmente, não se aguentava na Segunda Liga. A decisão, tomada a quente, depois de uma derrota numa prova secundária, que ainda não está perdida, não abona em favor da postura racional que se exige a um Presidente. O presidente Varandas, no aspecto desportivo, mostrou ser mais do mesmo. Mostrou estar ao nível do mau dirigismo português. Um Presidente, tipo "pato bravo". 

 

Mostrou que está refém das claques, das bancadas. Os adeptos pensam (ou não pensam)  o Clube na base da irracionalidade. O Presidente não o pode fazer. As claques venceram. O Presidente foi derrotado. Se considera que é esse o caminho começa muito mal. A irracionalidade venceu o bom senso. Seja qual for o treinador que substitua Peseiro, mesmo que seja Mourinho ou Guardiola, ou até os dois, não será campeão com este plantel. Ao que parece, os adeptos ficam satisfeitos com boas exibições. Eu, sou do contra, prefiro comemorar títulos.

 

Mas o problema do Sporting não é apenas de plantel ou de equipa técnica. O problema é de estrutura e de organização. A construção de uma equipa vencedora, não se faz de um dia para o outro. A anterior Direcção, mau grado, a situação em que deixou o Sporting, até esteve no bom caminho, desportivamente, nos dois primeiros anos. Depois começaram as loucuras do Presidente destituído e deu no que deu. Este Presidente que viveu o Sporting por dentro parece que não aprendeu nada. E de uma outra forma quer seguir as mesmas "pisadas".

 

Esta má decisão, pode ser o pronúncio de uma caminhada que levará ao insucesso. E poderão ser mais 16 anos sem títulos. Na campanha eleitoral afastei-me de Varandas, pelo seu posicionamento de querer agradar a gregos e troianos. Nos debates surpreendeu-me pela negativa, nomeadamente pelos ataques de personalidade que fez a alguns adversários. Foi o escolhido pelos sócios, como o anterior. Começo a duvidar que tenha sido uma boa escolha. Rendeu-se às claques. Estas hoje rejubilam, como se vê por aqui. Amanhã quem estará na linha da frente, será o próprio Varandas.

 

E se no final do campeonato, a manter-se este plantel, a equipa ficar a mais de dois pontos do primeiro lugar e afastada de todas as competições, quero ver como vai justificar este despedimento, decidido numa noite mal dormida. Afinal, Frederico Varandas vem para unir ou desestabilizar?

 

P. S. : Achei alguma graça, sem a ter, aos obsessivos anti-Peseiro, que hoje voltaram em força, ausentes depois da exibição razoável e da vitória clara sobre o Boavista. Tiveram uma vitória que pode ser de Pirro, mas não sei se para o Sporting não terá sido uma derrota.

 ADENDA : Um leitor defendeu nos comentários, que Peseiro não foi despedido por pressão das claques. Talvez faça sentido. Segundo os ultimos desenvolvimentos na Comunicação Social, sempre foi intenção de Varandas despedi-lo. E não o fez, no imediato, porque a equipa estava invencível e no primeiro lugar. Diz-se que até já teria treinador "apalavrado". Apenas esperou que se criasse o ambiente propício. A ser assim, e digo-o com todas as reservas, ainda me parece mais grave. E leva-me a questionar o carácter do cidadão Varandas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


51 comentários

Sem imagem de perfil

De Sr. Comentador a 01.11.2018 às 15:49

O problema é que no Sporting as claques vencem sempre as direcções. Há muitos anos que assim é e Varandas confirma que assim vai continuar a ser.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.11.2018 às 16:05

Caro SR. Comendador,
Tal e qual. O pior que pode acontecer a uma Direcção é estar "prisioneira" das claques. Está mais que visto que não ajudam só complicam. Ou melhor, ajudam quando a equipa menos precisa, ou seja quando está em alta. Soube agora que Peseiro vai receber um pouco mais de um milhão. Para um Clube com dificuldade em cumprir compromissos, não deixa de ser um esbanjamento, pelo menos, para já, desnecessário.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.11.2018 às 16:15

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.11.2018 às 16:25

Caro Transmontano,

Temos alguns bons jogadores. Mas quem substitui William, como construtor? Quem substitui Mathieu, um central que alimenta o ataque. E os anteriores laterais? Muitos titulares não jogavam na época anterior.

Apesar das limitações, a equipa principal, com o regresso dos lesionados, já estava a mostrar melhor entrosamento, e iria crescer. Parece-me esta decisão precipitada. Mais um milhão para as urtigas.
Sem imagem de perfil

De Transmontano a 01.11.2018 às 16:56

Conterrâneo, o Futebol mudou muito e já não é o mesmo que era a 40 anos atrás, neste futebol moderno que vivemos actualmente, nunca o Sporting lucrou algo com uma mudança de treinador a meio da 1 volta..

Nessa altura o Braga não se assumia como candidato ao titulo, nem os Portimonenses dessa altura tinham jogadores de 6 milhões de contos, era bom que a realidade actual fosse essa mas não o é..O nosso plantel actual não chega para lutar pelo Titulo de Campeão por mais que a gente o deseje..
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.11.2018 às 17:32

E nesse aspecto estamos completamente deacordo
Sem imagem de perfil

De Frederico Silva a 01.11.2018 às 16:33

O despedimento do Peseiro vem na linha do que se vem fazendo nos últimos 30 anos. Independentemente de gostarmos do Peseiro, devemos lhe o facto de ter pegado na equipa quando ninguém quis e com um plantel fraco. Estamos a 2 pontos do primeiro, temos um jogo importante na próxima jornada, vamos ver se este despedimento não vai sair caro! Acho que se impunha uma outra atitude da direção, pois a ideia que fica é que se deixa influenciar pela contestação dos sócios e da claque! Vamos ver no futuro se a decisão é acertada! Concordo com o Nação Valente. Para além do
mais, acho que o Varandas fica com menos margem de manobra e corre riscos se o próximo treinador não apresentar resultados.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.11.2018 às 17:41

É isso mesmo Frederico Silva, o treinador apanhou o "comboio" em andamento, e não é responsável pela situação que encontrou. A sua missão principal deverá ser refazer o que foi destruído. Um treinador depende de resultados, e considero que Peseiro ainda tinha margem para continuar. Tanto mais que a equipa estava a mostrar progressos.
Esta interrupção abrupta no meio de um ciclo de jogos consecutivos, não se compreende. Varandas mostrou alguma precipitação e como diz pode perder margem de manobra.
Sem imagem de perfil

De Profeta a 01.11.2018 às 16:33

Mas quem é o Frederico Varandas, para começo de conversa? À partida faz sentido que um médico se candidate depois da invasão a Alcochete? Porque se não fosse essa invasão ainda o psicopata lá estava e nunca lhe passaria pela cabeça querer ser presidente!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.11.2018 às 17:43

Diz bem. Varandas foi atrás do prejuízo e daí tirou dividendos. A dúvida continua a ser se tem "estaleca" para a função. Veremos.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 01.11.2018 às 16:48

Da minha parte nao iria fazer mais qualquer outro comentario a jogos depois de ser tâo criticado como fui pelos meus comentarios ao jogo de Portimâo.
Recuso-me a ter que conviver com o insucesso como algo natural e normal como é o caso de alguns adeptos e onde incluo o proprio treinador despedido.
Hoje so o fiz depois da confirmaçao do despedimento do treinador, temos agora um cenario novo e diferente e que foi provocado.
Comentei o que penso da situaçao,tenho esse direito democratico.

Devo alerta-lo que todos os adeptos sportinguistas preferem resultados a exibiçoes mas a regra diz que jogando melhor existem mais probabilidades de ganhar os jogos.
Ninguem pode garantir a bola dentro da baliza dos adversarios mas pede-se e deve-se garantir e exigir raça e querer dentro do campo.
Dos 10 jogadores de campp em frente ao GR cada um representa 10 % da equipa e quando alguns nao estao ou nao conseguem estar na mesma frequencia deixam de ser equipa e passam a ser um grupo de jogadores e é precisamente isso que temos visto em muitos jogos e ai so se vislumbra um responsavel e mais culpado.

Afinal só se despediu um treinador nao acabou nem vai acabar o mundo por isso ,quando escreve que o Sporting agora vai estar mais 16 anos sem ganhar, é grave, faz-me recordar o presidente despedido quando contrariado disse que ja nao era mais sportinguista.
Sejamos conscientes.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.11.2018 às 17:20

Comentário apagado.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 01.11.2018 às 18:40

Fui jogador juvenil curiosamente no clube rival Benfica e mais recentemente treinador em 2 equipas sul americanas peruanas, o seu comentario chegou como anonimo e normalmente nao respondo a anonimos,deveria fazer a inscriçao, tornaria o dialogo mais facil.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.11.2018 às 19:07



em ke posiçoes jogavas nos lampes juka? ponta de lança de certeza

tas no Peru, coiradas das peruas seu garanhão

uma beijoka juka da tua mizé valério
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.11.2018 às 17:57

Sejamos conscientes com realismo. Porque é que Sporting não é campeão à dezasseis anos? O Peseiro só responsável por um desses anos, e este ainda não acabou. Nem o mestre da táctica conseguiu, e não foi posto em causa.

Os adeptos têm que conviver com sucessos e insucessos. Não há nenhum clube que ganhe sempre, não há nenhum clube que seja sempre campeão, a não ser que jogue sozinho. E os clubes que não ganham títulos? Já não existiam? Vive em que planeta?

Onde viu escrito que o mundo ia acabar. O que viu foi criticar uma decisão, pressionada por adeptos, que na minha perspectiva, não se justificava. E vai à vida mais um milhão. O dinheiro não cai das árvores, ou quem sabe, talvez venha do seu investidor secreto.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 01.11.2018 às 17:16

Não creio que a decisão de despedir peseiro tenha sido tomada com base nas pressões vindas das bancadas (não só das claques)

Peseiro foi um dos muitos equívocos de SC e na minha opinião FV toma uma decisão sensata em despedi-lo

A queda de BC deu-se muito pela covardia deste em não enfrentar ou despedir JJ.

Um presidente está e tem de estar sempre na linha da frente - Varandas pode não ser o responsável pela vinda de Peseiro mas seria o responsável por mante-lo muito mais tempo perante as evidências.

PS: queria mesmo dizer que a equipa que jogou ontem contra um Estoril também desfalcado tinha obrigação de lutar por um lugar europeu
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.11.2018 às 18:49

Então se não foi por pressão das bancadas porque foi? E porque foi no meio de um conjunto de jogos em várias frentes. Qua é o benefício imediato. E tem alguma alternativa já preparada?


Foi uma decisão sensata? Para mim foi de uma total insensatez. E deitou alegremente mais de um milhão á rua, em troca de quê. Brincamos com o dinheiro dos outros?
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 01.11.2018 às 19:42

Quero acreditar que o presidente tomou esta decisão com base na avaliação que fez do trabalho do treinador

Creio que tenha já alguém apalavrado porque referiu isso em entrevista

Os 1,2M que fala têm de ser negociados - nem no tempo de GL se pagava os valores totais das indenizações
Sem imagem de perfil

De RCL a 01.11.2018 às 17:34

Subscrevo inteiramente o seu post. Despedir um treinador, de madrugada, devido a uma derrota numa taça de má memória para os Sportinguistas foi um ato precipitado. E mais,a pedido das claques orquestradas. Peseiro foi apupado desde o inicio do jogo.

SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 01.11.2018 às 17:57

Caro Nação Valente

O Sporting é um organismo vivo e, como tal, está em transformação permanente. Como todos os clubes desportivos, hoje é diferente do que era há algum tempo atrás, e para além dos elementos constitutivos simbólicos (nome, símbolo, cores do equipamento…) pouco mais resta do que era na altura da fundação em 1906. Sofreu uma dolorosa punção e sangrou durante os cinco anos de Bruno de Carvalho. O positivo desta presidência foi engolido pela voracidade dos acontecimentos, restando um Clube em grave crise financeira e institucional, dividido internamente e em permanente desconfiança e animosidade. Cada facção sportinguista posicionou-se na respectiva trincheira à espera da investida (ou da falha) do adversário.

Hoje o Sporting é um vulcão a ameaçar que entra em erupção a qualquer momento. Frederico Varandas sentiu o lugar ameaçado e antecipou-se a maiores críticas despedindo Peseiro. Agora deixou de ter o alibi do treinador que ele não escolhera. Se o próximo treinador não tiver sucesso…


Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.11.2018 às 18:57

Caro Leão Zargo,
Se o próximo treinador não tiver sucesso, virá outro e outro, até chegar o presidente à linha da frente. Não se pode gerir um Clube sem saber resistir a pressões. Para mim mostrou-se um líder fraco. Pode ser que tudo corra bem, e tenha sorte, até porque o pior estava a passar. E em Janeiro podem chegar reforços.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 01.11.2018 às 18:12

Vai começar...
Muito bom, este nem 6 meses tem na presidência.
Abram os olhos e vão para as bancadas, não foi pelas claques que Pé0 foi despedido, foi por todos aqueles que acham que já chegava, incluindo eu e estou na central.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.11.2018 às 19:20

Psousa,

Ó meu amigo, até podia ter seis dias. Desde que mereça crítica irá tê-la. O que não significa que não seja respeitado, como presidente eleito. E já agora que se considera responsável pelo despedimento, porque não ajuda a pagar a rescisão.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 01.11.2018 às 19:48

Crítica é dizer que perdeu contra as claques?
É que não foi esse o caso.
Rescisão, não era necessário, então não foi o homem de palavra que é José Peseiro que disse que quando saísse não queria nada do SCP.... ou seja não preciso de pagar o 1,2M€ que estão a ser noticiados ou os 0,5M€ que tb já li.
É muito bom para quem teve "alguns dias em Alvalade".....
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.11.2018 às 21:24

Pelo que tenho ouvido José Peseiro foi despedido, depois de uma noite de insónia, e pelo que percebi não houve qualquer abordagem sobre a saída e eventual negociação. Digamos, em linguagem popular que foi despedido à má fila. Queria que ainda desse a outra face?

Esteve em Alvalade enquanto o deixaram estar. E não pediu para ser contratado. Papel de adepto é cantar ou assobiar. Papel de Presidente é decidir com bom senso e ponderação.
Sem imagem de perfil

De E-mocho a 02.11.2018 às 23:32

Se não era o “seu” treinador que o dispensasse no 1º dia de presidência!

O JP não se atirou para Alvalade, foram buscá-lo! Por que raio é que não haveria de receber aquilo a que tem direito? Uma coisa é ser “simpático” (admitindo que pudesse ter uma cláusula de rescisão a custo zero com o novo presidente) outra é ser parvinho e achar que isso dava para funcionar assim, dia a dia até ao fim do contrato a bel-prazer do “novo presidente”!
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 01.11.2018 às 18:26

Isto era mais do que previsível desde a derrota da equipa em Portimão. Nota-se claramente que a equipa não é bem orientada, não tem uma ideia de jogo (com o JJ tinha 2 ideias, eram sempre as mesmas, mas tinha-as). Só o facto de termos jogadores com a qualidade de Nani, B.Fernandes, Raphinha, Montero e Jovane impediu de estarmos mais distantes do 1º lugar do campeonato (quero lá saber da Taça da Liga).

Por alguma razão Pinto da Costa não quis ficar com Peseiro depois de o ir buscar em Janeiro. Ele sabe muito bem a qualidade que Peseiro não tem. Não é nenhum parvo no futebol.

Este foi um dos grandes erros de Sousa Cintra. Ir buscar um treinador perdedor, que nunca durou muito tempo nos clubes onde esteve. Um treinador do passado e desatualizado nas ideias de jogo e nos métodos de treino.

Agora, Varandas tem que provar que sabe o que anda a fazer e que tem uma estratégia definida, escolhendo um treinador com ideias modernas e atualizadas para a realidade do futebol de hoje. Leonardo Jardim seria uma bela escolha, mas também não desgosto de Miguel Cardozo, Vitor Pereira. O ex-adjunto de Mourinho, Rui Faria, seria uma aposta de risco, pois não tem passado como treinador principal, tal como o adjunto de JJ (falou-se na hipótese Raul José há umas semanas). Silas seria uma boa escolha também. Paulo Sousa não sei. Fez um trabalho engraçado em Itália mas depois desapareceu.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.11.2018 às 19:07

Mike,
Se está à espera de ser campeão com esta equipa pode esperar sentado. Pode vir o Guardiola. Admiro a sua justificação: por meia dúzia de jogadores, estamos a dois pontos do primeiro lugar. Olha se fossem estávamos em primeiro.

Está satisfeito. Óptimo. Eu não estou, pelo Sporting. É por esta e por outras que estamos há tanto tempo sem ser campeões.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 01.11.2018 às 19:29

Correcção: Olha se fossem onze, estávamos em primeiro lugar.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo