Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A problemática salarial

Rui Gomes, em 18.05.14
 

 

Hesito em abordar esta temática, pela escassa informação disponível, mas sendo verdade o que o "O Jogo" adianta na sua edição deste domingo, um jogador da equipa principal do Sporting com um salário de 10 mil euros/mês, é um conceito que não consigo contextualizar, mesmo tendo em conta as actuais condições financeiras e orçamentais do Clube.

 

Apetece-me dizer - mas não digo - que as chuteiras de Cristiano Ronaldo custam mais do que isso. Segundo o diário desportivo do Norte, William Carvalho usufrui de um salário de 10 mil euros por mês e que a proposta sobre a mesa visa um aumento para 30 mil euros, ou seja 360 mil ao ano, o que também não é nada deslumbrante. Acredito na informação noticiada, admitindo que mesmo que não seja cem por cento correcta, aproxima-se muito dos números reais. Também ajuda a dar fundamento ao rumor que o salário de Leonardo Jardim é/era 35 mil euros/mês.

 

Segundo consta, Rui Patrício e Adrien Silva são os jogadores mais bem pagos no Sporting, com  vencimentos que ultrapassam um milhão de euros anual. Faz sentido, pelas circunstâncias, que Diego Capel, Marcos Rojo e Carrillo seguem, mas sem atingir a mesma marca. Teremos depois um grupo mais modesto, em decréscimo, liderado por Fredy Montero e a terminar com William Carvalho, Carlos Mané e, muito provavelmente, Eric Dier.

 

A corresponder à realidade, ou não, é difícil de imaginar este lote de jogadores virem a enfrentar equipas na próxima época em que um só jogador recebe mais do que a soma da equipa do Sporting. Mas esta disposição até acaba por ser menos importante - no contexto global das coisas - muito mais pertinente são as diversas situações actualmente pendentes com jogadores leoninos, a exemplo de Fabrice Fokobo, Vítor Golas e o próprio Eric Dier, só para nomear três, que até ao momento recusam comprometer-se longo prazo com o Clube, por estas e outras questões. Para ser sincero, se eu fosse um jogador com talento e potencial de evolução, também não aceitaria renovar.

 

O caso de Eric Dier será algo diferente dos outros, em que o jovem sente que já demonstrou o suficiente para ser titular na equipa e vê o seu lugar tapado, nomeadamente por Maurício, um jogador oriundo da segunda divisão brasileira que impressionou esta época pela sua regularidade, garra e entrega, sem dúvida, uma das razões do sucesso atingido. Dito isto, é um futebolista tecnicamente muito limitado e, sobretudo, não é o "patrão" da defesa que o Sporting necessita. Eric Dier, não obstante a sua juventude, tem tudo para ser isso e mais. 

 

Mas voltando à questão dos salários e mesmo desconhecendo os números exactos, dá para imaginar as condições contratuais de todos aqueles que têm vindo a assinar vínculos por 4 e 5 anos. Ao primeiro sinal de performance a um nível mis elevado, interesse do exterior é inevitável e tornar-se-á difícil para um atleta resistir perante ofertas muitíssimo superiores.

 

Assumir uma posição de força com jogadores como Fokobo e Golas é uma coisa, outra totalmente diferente é fazê-lo com aqueles que já demonstraram a sua mais-valia. A exemplo extremo, vejamos este cenário: o Sporting recebe e recusa uma proposta por William abaixo dos 45 milhões de euros da cláusula de rescisão. Digamos, para efeitos de argumento, que é somente 27 milhões ou 30 milhões e vem acompanhada com uma oferta salarial para o jogador de 1,5 ou 2 milhões de euros. O jogador exerce pressão no Sporting para que a transferência se realize. Quais são as reais opções do clube, contrato ou não contrato ?... Ficar com um jogador descontente e com performance potencialmente reduzida ou encostar o jogador e desvalorizá-lo ?

 

O caso de Bruma foi um autêntico "milagre", pelas circunstâncias, e assente em uma decisão da CAP que ainda hoje não faz sentido e que nem o próprio Sporting esperava. Tiago Ilori só o futuro dirá se foi a decisão mais correcta, mesmo considerando que era o desejo do jogador de se transferir até 2015.

 

Não possuo dados suficientes para sugerir soluções, mas, na minha opinião, este estado das coisas, mais cedo ou mais tarde, vai dar muito que falar. 

 

publicado às 16:26

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


39 comentários

Sem imagem de perfil

De Luis Franco a 18.05.2014 às 17:09

Na minha opiniao eu acho que eles estam a falar de SALARIO LIQUIDO. O que quer dizer que para o william ganhar 3omil euros como o jornal do norte diz....sporting quer pagar a volta de 70mil euros mensais.

Qualquer maneira se eu estiver errado simplesmente digo isto....contrato ate 2018 e sporting esta com a faca e queijo na mão.

William tem que ser proffesional e esperar para o momento certo para sair.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2014 às 19:46

Não sei onde está escrito que o montante é líquido, e ainda menos a conclusão dos 70 mil.
Sem imagem de perfil

De M a 18.05.2014 às 20:20

Não está escrito mas, em boa verdade, tem a sua lógica. Quando o Rui refere os honorários acima de 1M de Adrien e Rui Patrício deve ter em mente que esses são os valores líquidos que ambos reecbem, sendo que o Sporting tem que custear, além disso, os 46% (salvo erro) relativos à taxa fiscal para a especificidade em Portugal. Só para contextualizar...

Dito isto, é óbvio que a questão da competitividade (ou falta dela, neste caso) é um problema. Mas é um problema que não vem de agora, e que só agora se fala (mais) porque antes não havia qualquer problema em pagar ordenados na ordem dos 500 mil € para mais a "miúdos" (passe o termo) oriundos da 2ª divisão francesa, do Chile ou da Colômbia. Mais uma vez, só para contextualizar...

Quanto ao Eric Dier, é de facto um jogador com uma qualidade acima da média e potencial para vir a ser uma caso sério mas, a acreditar nas palavras do próprio pai, que disse que o filho só renovaria para ser titular, acho que é algo estapafúrdio. Era o que faltava um jogador (qualquer que fosse) exigir jogar só porque sim, tenha qualidade ou deixe de ter... Para isso é que lá estão os treinadores, senão cada jogador fazia a sua equipa...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2014 às 21:10

Continuo a não compreender a fonte de informação sobre os salários, líquidos ou não.

Quanto ao Eric Dier, a interpretação das supostas palavras do pais não é correcta. O que me parece óbvio é que se pretende dar prioridade a um jogador de qualidade limtada, só porque fez uma época de grande entrega, em detrimento de um talento acima da média como jovem inglês. Tem alguma dúvida que ele devi ser titular do Sporting neste momento ?

O que eu gostaria de dizer sobre isto é que quem faz as decisões terá de assumir as consequências mas, infelizmente, quem as sofre é o clube.
Sem imagem de perfil

De M a 18.05.2014 às 21:16

A fonte é a mesma que o Rui usou, a imprensa. Se pode ser verdade para umas coisas, com certeza pode ser verdade para outras. Ou é por conveniência?!

O pai disse, e cito, "o meu filho só renova se jogar". Acho que não há espaço para interpretações erróneas aqui. Se tu tenho dúvidas de que ele devia ser titular neste momento? Neste momento? Tenho, como tenho do Rúben Semedo, do Tobias Figueiredo e de qualquer central demasiado jovem, com independentemente da qualidade.

O que você gostaria de dizer já 90% de quem o lê está fartinho de saber. E o que você disse agora valia igualmente para outros, embora não lhe merecessem a mesma vontade de o dizer...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2014 às 21:59

Não presume saber todas as minhas fontes.

Eu raramente deixo algo por dizer, quando pretendo mesmo dizer, por conseguinte não se trata do que eu "gostaria de dizer". Dispenso, portanto, a insinuação.

O Eric Dier está patamares acima do Rúben e do Tobias e se não vê isso, nada mais posso acrescentar.

Para que saiba, o pai tentou passar a mensagem de que o filho não aprecia ser utilizado como um "tapa buracos" com foi este ano, e que tem qualidade para muito mais. Nem ele nem ninguém faria uma exigência de titularidade garantida.
Sem imagem de perfil

De M a 18.05.2014 às 22:05

O Eric Dier está patamares acima do Rúben e do Tobias e se não vê isso, nada mais posso acrescentar. - E? Daqui a mais está-me a dizer que o Eric Dier merece um ordenado da mesma ordem que o Rojo, ou algo parecido, tal é o altar que lhe quer fazer. Ele que tenha calminha com a carreira que ainda é demasiado novo para já pensar que tem moral para exigir ser mais que suplente.

Btw, não era nenhuma insinuação, era uma constatação mesmo. E quanto às fontes, olhe, enquanto não secarem, use e abuse.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2014 às 22:23

Sim, até concordo :) A grande vedeta na Champions para a próxima época vai ser o Maurício.
Sem imagem de perfil

De M a 18.05.2014 às 22:27

Vai? E eu a pensar que ia ser o Dier!... Damn, shame on me.
Sem imagem de perfil

De Luis Franco a 19.05.2014 às 07:14

Calculo do salario liquido

Normal

Remuneração Bruta

€ 70 000

Segurança Social (11%)

€ 7 700

IRS (44.5%)

€ 31 150

Sobretaxa

€ 1 073,28

Remuneração Líquida

€ 30 076,73

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.05.2014 às 17:24

Meu caro, não refuto a contabilidade mas sim onde está divulgado que os salários em questão são líquidos. Com rara excepção, e quando está especificado para o efeito, os salários divulgados publicamente são sempre ilíquidos.
Sem imagem de perfil

De António Gomes a 18.05.2014 às 17:20

"Segundo consta, Rui Patrício e Adrien Silva são os jogadores mais bem pagos no Sporting, com vencimentos que ultrapassam um milhão de euros anual. Faz sentido, pelas circunstâncias, que Diego Capel, Marcos Rojo e Carrillo seguem, mas sem atingir a mesma marca. "

versus

http://camaroteleonino.blogs.sapo.pt/temos-farao-858196

Sei que o link acima foi escrito pelo um dos outros, para mim alter-egos do visível Rui Gomes, mas se não o for é uma política de conteúdo do blog um bocado esquisita, especialmente lendo a sua defesa nos comentários do autor do post.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2014 às 19:49

Não venha com essa de "alter-egos" que não impression aqui ninguém, e quando referir algo que seja escrita minha, já que eu não por ninguém nem ninguém fala por mim.

Na ausência de argumentos factuais, recorre-se a matéria não relevante.
Sem imagem de perfil

De António Gomes a 18.05.2014 às 20:58

pelos vistos quem não sabe interpretar é vocemessê.

fique bem..
Sem imagem de perfil

De António Gomes a 18.05.2014 às 17:27

"O caso de Bruma foi um autêntico "milagre", pelas circunstâncias, e assente em uma decisão da CAP que ainda hoje não faz sentido ..."

Não faz sentido para si, porque está habituado a que o Sporting seja prejudicado em todas as situações e a que ninguém se mexa. Mas ficou provado que o Bruma tinha contrato.

Por mim não podemos andar sempre de pernas abertas a espera de porrada, numa criança um tabefe bem dado na altura certa resolve muita coisa. Por isso estou contente com a política de voz grossa desta presidência, já me basta de mariquices que aturamos nos últimos 15 anos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2014 às 19:52

Se não sabe ler e interpretar as leis o problema é seu. A decisão da CAP que foi aqui muito debatida na ocasião, não faz sentido algum e, como indiquei, nem o próprio Sporting esperava um parecer favorável.

O resto que cita é cenário de adorno à conveniência, que em nada se relaciona com o caso em si.
Sem imagem de perfil

De António Gomes a 18.05.2014 às 20:59

Mas ficou provado que o Bruma tinha contrato
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2014 às 21:19

Aconselho-o a ler o muito que se escreveu aqui no blogue sobre esta temática e, ainda, as regras da FIFA que são aplicáveis ao caso.

Temos precedentes mais do que suficientes para compreender que muitas das decisões feitas pelos organismos portugueses, e o Sporting já sofreu por isso, são sem nexo.

A decisão do processo Bruma prevaleceu porque o objectivo era encontrar uma solução para a sua transferência, precisamente o que aconteceu, caso contrário, teria ido parar à FIFA e aí se veria as consequências.

O contrato do Bruma foi feito em paralelo com um outro com três anos de validade, que é o máximo que a FIFA permite com jovens com uma determinada idade. Se contratos paralelos são válidos, então não vale a pena a FIFA impor essas regras. Isto não é nada de novo...
Sem imagem de perfil

De Teoria da batata frita a 18.05.2014 às 18:28

William ganhar 10 mil, credo!
O Bruma, milagre!
O Presidente ganhar 5 mil, credo!
Treinador que fez esquecer Jesulado por 35 mil, credo!
Montero, Slimani, Jefferson, Mauricio a preço de saldo, milagre!
Vender um treinador por 5 milhões, credo tanto dinheiro!
2º lugar com orçamento de saldo, milagre!
Um grupo coeso, unido, valorizado, jovem, e as poupanças a subir...milagre!!

Valha-nos nossa senhora, uff!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2014 às 19:53

O seu nick é perfeitamente aplicável ao que escreveu, já que nada mais construtivo tem para oferecer.
Sem imagem de perfil

De Nunes da Silva a 18.05.2014 às 18:50

Caro Rui Gomes, entendo este seu post, como mais uma acha para a fogueira em que, mesmo que não se aperceba, vai queimando o Clube que afirma ser do seu coração!...

Mesmo que a sua argumentação faça algum sentido, o que a meu ver, com dificuldade conseguirá fazer, o caro não dará conta de que aquilo que escreve, será quase inevitavelmente lido pelos jogadores que refere, e que o seu texto é um convite à rebelião?! Que espécie de amor ao Sporting é o seu, quando permanentemente vai instalando em todo os campos que directa ou indirectamente possam ser associados ao Clube, uma pérfida rede de minas e armadilhas, sempre com o objectivo claro e inequívoco de lhe tornar mais pedregoso e difícil o caminho?! Não, o caro Rui Gomes, mais do que sportinguista, torna-se claro que pretenderá ser, por motivos que só o caro conhecerá mas que facilmente se adivinham, o verdugo executor, o carrasco, das pessoas e das acções de quem os sócios do Sporting colocaram DEMOCRATICAMENTE no poder!

Lamento dizê-lo, mas acompanho o seu blog há tempo suficiente para me aperceber e concordar com o comentário, anterior ao que agora faço, de António Gomes. Para mim, poderá contratar e despedir todos os "LIONS" que quiser: da cidade, do deserto, da aldeia, vila ou província, que todos esses "heterónimos" serão sempre entendidos por quem o souber ler, como derivações dos propósitos do caro Rui Gomes. Mas aconselho-o a planear de modo mais coerente e competente, a sua estratégia, de modo a que todos os "lions" não se atropelem nos ódios, na inconsequência e na imcompetência e não entrem, descaradamente, em conflito e contradição.

Já por aqui lhe deixei expressa a minha admiração por alguns dos seus atributos. Mas penso que mais do que o advogado do diabo, o caro estará a percorrer o caminho que o levará a ser... O PRÓPRIO DIABO !!!!!.....

SER SPORTING, será algo muito diferente daquilo que julgará. Talvez esteja próximo o dia em que deixarei de o ler. Sei que este meu alerta pouco ou nada o incomodará. Mas nem o caro saberá se muitos dos seus leitores me copiarão o gesto...


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2014 às 19:56

Li o seu comentário e cheguei ao fim sem compreender a relevância ao post. Mas se lhe dá conforto, tudo bem. Quando desejar debater factos concretos e deixar a "banha da cobra" de lado, aqui estou.
Sem imagem de perfil

De Nunes da Silva a 18.05.2014 às 21:00

Creia que lamento a por si invocada incapacidade intelectual para perceber o meu comentário. Reconheço-lhe suficiente envergadura para perceber cada palavra que lhe deixei, tão bem como a sua capacidade para a percepção de que a fuga lhe será mais cómoda. Está no seu direito. Não me queira porém convencer do seu sportinguismo. Se alguma réstia lhe sobra, está doente e em fase terminal. Acredite que é com pena que o afirmo.

Nesta condição, acabo de pintar com tinta negra, uma cruz na sua porta de entrada. Passe bem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2014 às 21:20

Agradeço a consideração :)
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 18.05.2014 às 20:28

O Eric Dier está com o seu primeiro contrato de formação, pelo que não terá um custo anual muito elevado, salvo erro, o Record até chegou em tempos a avançar com um valor redondo de 20 mil euros por ano.

O William Carvalho era um "desconhecido" no início da pré-temporada, pelo que aceitou renovar por valores bem abaixo dos praticados por outras administrações num passado recente no Sporting, logo faz sentido especular uma renovação de contrato e prolongamento do vínculo por mais dois anos, por exemplo.

Vai na volta, e o William Carvalho, a acontecer tal renovação, ainda vai ganhar menos que um Santiago Arias ou um Diego Rubio...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2014 às 21:32

O meu ponto, que todos recusam compreender, não é assente em crítica - quando pretendo criticar não hesito - mas sim de tentar esclarecer aquilo que eu considero difícil de compreender, no contexto de um clube como o Sporting que ambiciona competir ao mais alto nível.

Este cenário já não mereceria discussão de fosse com qualquer outro clube português que não os três grandes.

O Eric está no seu primeiro contrato (4 anos) pós formação e não de formação, que é matéria totalmente diferente, dado que já tinha 18 anos de idade quando o assinou.

Pode-se especular o que desejar no caso de William Carvalho. Seu fosse o agente dele - que é o Jorge Mendes - recomendaria não assinar por esses números. Ele não era um desconhecido - aliás, para muitos sportinguistas até era - mas sim um jovem que percorria um curso de evolução, primeiro na Academia e depois em outros clubes, por empréstimo.

Estou convencido - e digo isto sem querer tirar o mérito a LJ - que ele teria atingido o mesmo nível, este ano, com qualquer outro BOM treinador em uma equipa do Sporting que fosse COMPETITIVA, como esta foi.
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 19.05.2014 às 06:44

Obviamente que o agente Jorge Mendes preferirá tentar uma transferência já neste Verão, por outro lado, William Carvalho tem bastante a ganhar em aceitar um valente aumento salarial.

Quanto ao Eric Dier, tem todas as condições para se afirmar como titular na próxima temporada, mas para tal, é preciso que chegue a acordo para renovar contrato...
Sem imagem de perfil

De MaxMartins a 18.05.2014 às 22:14

Há um problema que não podemos esquecer...

O Sporting ao que tudo indica (atendendo à situação deficitária a que chegou...), não pode pagar os ordenados que outros pagam por correr o risco de simplesmente ter de fechar portas se não tiver cuidado com a maneira como gasta o que tem e não tem...

Essa foi a razão porque aconteceram todas as guerras para a dispensa de jogadores com ordenados muito acima das possibilidades reais do Clube...

Vamos ter certamente ainda por muito tempo de ter cuidado com a maneira como iremos cumprir os orçamentos ...para não acontecer o que já esteve mesmo à beirinha de acontecer...

Não que eu não entenda que jogadores como o William e outros merecem (se comparados com os ordenados pornográficos que outros pagam... ) ganhar muito mais do que efectivamente ganham...o problema porém, creio que todos sabemos qual é, para que isso não aconteça...

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2014 às 22:28

Sim... e o meu argumento, ou melhor, o que mais tenho dificuldade em compreender, é precisamente o enquadramento da SAD em termos competitivos e desportivos, atendendo às dificuldades. Dito isto, seria interessante saber quanto mais alguns reforços da época passada, que provaram ser flops, ganharam a mais do que jogadores da casa como o William, Eric Dier, Mané, só para nomear estes.

Frequentemente, os "filhos da casa" são sempre os menos considerados.
Sem imagem de perfil

De L a 19.05.2014 às 09:09


Até o Cissé ganha mais que a maior parte dos miúdos que o Rui está a pensar. De notar que vivemos um tempo em que já estamos a ser preteridos por quem nunca imaginamos e o mais engraçado é que sempre que isso acontece passamos logo a falar de coxos. Até o Jardim ainda vai ser o pior treinador do mundo. E para quem continua a culpar o passado por não haver dinheiro só estamos como estamos por causa dos supostos milhões do Vale Tudo de 3ª categoria, como alguém também lhe chegou a chamar e muito bem. E não vai ser uma época muito acima das expectativa e até isso já foi para o lixo, que vai continuar a encobrir tanta falsidade, tanto amadorismo e tantas transacções.

Sem dinheiro, com paciência e a médio prazo um jogador com formação vale sempre muito mais que qualquer jogador sobrevalorizado, senão veja-se a situação nos outros grandes de tantos jogadores que se foram buscar ao Estoril, Steven Vitória, Licá, Carlos Eduardo… e pior, porventura todos titulares neste Sporting. A prova é um lateral esquerdo como o Jefferson, que a defender nem a indemnização do Evaldo vale e que só o Sporting quis. E se os outros grandes também precisavam de um lateral esquerdo, no Benfica até mandaram embora o Cortez, mais ou menos com as mesmas características.

Agora imagine-se a diferença no banco entre um professor e alguém que nem aluno conseguiu ser mas lá para o natal falamos outra vez da sabedoria que também emana sempre do “cheiro do balneário”. Parece que até o mestre da táctica, que finalmente admitiu de saída do Benfica, também já admite que não sabe tudo. Muitos milhões e 5 épocas depois no Benfica e sem o poder de influência encarnado ganhava era Taças da cerveja e mesmo assim o Benfica não parece muito disposto a arriscar num jovem treinador. Não sei porque será mas sei que sem dinheiro e ao invés de mais contratações o Sporting precisava era de um treinador forte a trabalhar com os mais jovens.

E já aconteceu estarmos à espera de outros para anunciarmos um treinador novo, agora uma saída... Ainda estão a estudar como fazer um pacote com William, mais ou menos como o Porto fez com o Moutinho, para descalçarem a cláusula do Bruno.
Sem imagem de perfil

De Leão da estrela a 18.05.2014 às 23:22

Hoje é um dia triste para o Sporting. Se bem se lembram, faz hoje anos que um adepto do Sporting foi assassinado por um adepto lampioso no Jamor.
Acho lamentável que mantenhamos relações com essa gentalha. Se eu algum dia fosse presidente do Sporting, a minha primeira medida seria cortar relações com essa gentinha.
Aproveito para pedir algo a todas as pessoas que escrevem neste blog.
Os nossos inimigos estão lá fora e não dentro de casa.
Temos aqui opiniões diferentes mas, todos somos do Sporting Clube de Portugal.
Desse modo, mesmo não concordando com as opiniões de outra pessoa que aqui escreva, claro que podemos expressar essa discordância mas, pedia que isso fosse feito dentro da elevação que esteve na base da criação do Sporting Clube de Portugal.
Nós somos o Sporting. Não somos aquela gentalha de Carnide.
Viva o Sporting Clube de Portugal
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2014 às 23:27

Subscrevo na íntegra, caro Leão da Estrela.

SL
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 18.05.2014 às 23:54

Li mais que uma vez o post e sinceramente não percebo onde pretende chegar

Não digo que o que está direcção está a fazer será sempre o acertado, mas ha factos que não pode negar:

Renovou-se com a maioria dos jovens da academia, quase todos por valores baixos - seguramos quase 20 promessas leoninas e basta o exemplo de William para saber que valeu a pena

Para além disse e apesar de Wiliam carvalho estar "preso" por mais 4 anos, não é por isso que não é recompensado pelo excelente trabalho que fez

E isso é uma mensagem que se passa para todos que já assinaram ou vão ser convidados a assinar contratos profissionais baixos - agora assinas por X, mas se tiveres merito não é por teres mais 3 ou 4 anos de contrato que não te subimos o contrato - mesmo que não seja um vencimento ao nivel de top europeu

Quanto ao Dier - conhecendo BC, ou ele assina este defeso ou vai ser transferido por valores proximos dos 8M ou 10M

Sem imagem de perfil

De Leão da estrela a 19.05.2014 às 00:41

Caro Iorda9

Acho muito bem que se renove com os jovens da formação e que lhe sejam dados incentivos quando atingem determinados patamares.

Mas, alerto também que relativamente a esses jogadores da formação deve demonstrar-se aos mesmos que são apostas para o futuro.

Que imagem é dada a esses jovens quando se contratam Magrões ou Welders e os mesmos ficam todo o ano do plantel (sempre esperei a dispensa de ambos na reabertura do mercado). O 2º caso é ainda mais grave pois, penso que fez zero minutos pela equipa A em jogos oficiais (não tenho a certeza absoluta disto mas, caso não seja totalmente correcto, penso que poucos minutos fez)

Relativamente ao Dier, espero que o cenário que aponta não se venha a verificar por três razões:

a) Dier tem um enorme potencial e ficando mais alguns anos no Sporting pode ser vendido por muito mais do que o valor que fala

b) é um mau exemplo para os restantes jogadores jovens pois seria mais um jovem da academia a sair incompatibilizado com o Sporting/direcção

c) Sei que a generalidade dos adeptos acham que se ele sair por não renovar, isso demonstra a força da direcção. Para mim, isso é sinal de fraqueza por não se conseguir chegar a um entendimento com um jovem altamente promissor e que há muitos anos representa o Sporting.

Saudações leoninas
Sem imagem de perfil

De L a 19.05.2014 às 09:10


E o Cédric também está de saída senão renovar?
Sem imagem de perfil

De Petinga a 19.05.2014 às 06:21

Depois de ler o post e comentários subjacentes, fico com a impressao de que existe aqui uma "pescadinha de rabo na boca".

Por um lado, todos concordamos (agora...) que renovar por 4 ou 5 anos com o William Carvalho (e o Carlos Mané, e outros...) no comeco da temporada foi uma excelente medida de gestao.
Todos concordamos que, face ao rendimento desta temporada, William Carvalho merece um salário superior.
Todos concordamos que o Sporting nos próximos 7-10 anos da sua existencia dificilmente terá condicoes para lhe pagar um salário que esteja a 50% daquilo que um qualquer Manchester City ofereceria neste momento (e ainda menos caso ele fique no Sporting e a sua performance se mantenha na próxima temporada).
Portanto, nao vejo aqui grande drama: as coisas sao como sao e, a menos de uma vitória no Euromilhoes, o Sporting terá que jogar com as armas que tem. Aqui há uma diferenca clara que se pretende nas relacoes entre o clube e os jogadores: firmeza para nao ceder a pressoes (vidé caso Joao Moutinho), afectividade para conseguir manter os jogadores tanto tempo quanto humanamente possível (no caso de William resume-se, no máximo, a mais uma temporada se mantiver o nível exibicional).

A discussao sobre Dier é um fait-divers. Já todos aqui percebemos que o Rui adora o jogador e permite-lhe tudo. O "caso" Dier (a haver um "caso") sucede simplesmente porque a SAD procura aplicar tratamentos semelhantes a jogadores em situacoes semelhantes. O Rui procura já desde há algum tempo utilizar regularmente a situacao do jogador como arma de arremesso contra a actual direccao; está no seu direito. Os seus leitores também estao no seu direito de pensar pela própria cabeca :)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.05.2014 às 12:19

O que é, exactamente, que eu permito ao Eric Dier por gostar dele ?

É lógico e natural que os leitores pensem por sua própria cabeça. Eu até gostava de ver o Petinga fazer isso, em vez de passar o tempo a dizer ámen a tudo quanto esta Direcção faz, a exemplo de alguns outros discípulos que agora até dizem que o Dier não vale grande coisa.

Essa de atirar areia para os olhos resulta com alguns, não com todos.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 20.05.2014 às 06:56

Permite declaracoes aos seus representantes dizendo que "ele só renova para ser titular", por exemplo...

Ninguém disse que o Dier nao vale grande coisa, antes pelo contrário: mas ainda tem que trabalhar para atingir o nível de regularidade exibicional que a dupla titular da temporada transacta demonstrou. Qualquer adepto do Sporting (eu incluído) quer ver o Dier na espinha dorsal da equipa A durante muitos e bons anos. Mas ninguém aqui esquece o que se passou com Moutinho, com Ilori e com Bruma. Os jogadores (sobretudo os da formacao!) nao podem exigir a titularidade - teem que a conquistar por mérito próprio - e nao podem ficar com a impressao de que o clube é permeável a pressoes. Isto nao é areia para os olhos, é um paradigma de gestao mais do que razoável para quem tem poucos recursos financeiros e quer apostar na formacao.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo