Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A queda vertiginosa de Bruno de Carvalho

Leão Zargo, em 10.04.20

21760371_W4jrW.jpeg

Bruno de Carvalho pretendeu iludir a realidade desde o primeiro dia na presidência do Sporting e frequentemente até conseguiu levar a água ao seu moinho. Mas, o esgotamento do modelo de gestão e o seu cansaço físico e emocional levaram-no a uma fuga para a frente, acelerando o processo que o levaria à destituição em Assembleia Geral. Por estar prestes a ser pai, em 5 de Abril de 2018 decidiu não acompanhar a comitiva leonina a Madrid numa eliminatória para a Taça UEFA.

Depois desse jogo, na sua página de Facebook, Bruno de Carvalho criticou a equipa e avaliou o desempenho de alguns atletas. No dia seguinte, Rui Patrício e William Carvalho publicaram nas redes sociais um texto que depois viria a ser partilhado pela maioria dos jogadores. Criticaram as declarações do presidente e apelaram à união do plantel.

Em 18 de Abril, na partida com o Paços de Ferreira no Estádio de Alvalade, Bruno de Carvalho abandonou o campo com dores agudas nas costas, ouviu um coro ensurdecedor de assobios e viu lenços brancos nas bancadas. Os jogadores comemoraram a vitória todos juntos no relvado e chegaram a fazer uma volta olímpica. A divisão do presidente com os jogadores e os adeptos sportinguistas revelar-se-ia irreversível.  

No mês seguinte terminou tudo da pior maneira. Em 12 de Maio, Bruno de Carvalho garantiu numa entrevista ao jornal Expresso que “para ter sucesso, a primeira coisa a fazer é criar fama de maluco. Depois é só mantê-la”. O presidente do Sporting pretendeu garantir assim a toda a comunidade leonina de que não era maluco, apenas se armava em maluco. Mais três dias e aconteceu o impensável: cerca de cinquenta indivíduos de cara tapada, armados com cintos, bastões e facas invadiram a Academia de Alcochete. Foi o fim para ele.

Aconteceu há dois anos no nosso Clube. Nada está perdido, mas estão demasiadas coisas comprometidas.

publicado às 15:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 10.04.2020 às 17:04

Na minha forma de ver BdC começou a demonstrar falta de capacidade para liderar o Sporting naquela AG antes do jogo com Estoril onde perante uma interpelação do sócio Severino abandonou a mesma... demonstrou não respeitar os sócios do Sporting ao fazer uma chantagem exigindo 75% ou demitia-se.
O ataque de Alcochete foi o culminar de um final de mandato pouco lucido, mas tem de ser dito que não foi apenas o ataque que promoveu a queda do BdC mas também os processos de rescisão.
BdC não tinha condições de continuar, sendo ele ou não o responsável pelo ataque, e ao não ter noção de que tinha de se demitir naquele momento perdeu a maioria dos seus apoiantes. Diga-se que apesar de tudo continua a ter bastantes apoiantes, eu continuo a defender genericamente que o primeiro mandato foi dos melhores que vi no Sporting. Aliás como se comprova com os quase 90% de aprovação.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.04.2020 às 17:23

Schmeichel
Acredite que não consigo ver um mérito assim tão grande no primeiro mandato de Bruno de Carvalho. Um dos melhores?!
Perfil Facebook

De Manuel Fernando Galvão a 10.04.2020 às 17:17

A um Sportinguista a sério interessa mais é os resultados desportivos no futebol e modalidades, financeiros e a obra feita. A um Sportinguista de brincadeira interessa mais uma ou outra patetice que um presidente fez ou disse,mesmo que seja o melhor no que interessa mais, ou seja, há sportinguistas que se "preocupam" demais com o feitio de um presidente e não com os resultados do clube.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.04.2020 às 17:25

Não percebo a divisão entre "sportinguista a sério" e "sportinguista de brincadeira". Penso que um sportinguista é alguém que se interessa por tudo o que diga respeito ao seu Clube.
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 11.04.2020 às 12:19

Nunca fui à bola com Bruno de Carvalho... não me identifico minimamente com o perfil! Daí que nunca teve o meu voto.
No entanto, sou incapaz de não lhe reconhecer mérito no trabalho desenvolvido no seu primeiro mandato, até à chegada de Jesus ao clube.
Recordo com tristeza e muita vergonha alheia aquele dia da apresentação do treinador ao clube, desde logo antevendo em jeito premonitório que estava ali atingido o princípio de Peter do nosso presidente.
Foi um instante até os egos excessivos se sobreporem ao trabalho firme e humilde que nos poderia conduzir ao sucesso. Este, ainda assim, quase foi atingido muito por força do excelente desenvolvimento produzido pelos treinadores antecessores, tal como pela excelência do plantel que Bruno de Carvalho tão bem sob conservar.
Passado este tempo todo sinto nostalgia pelos momentos vividos que nos conduziriam à ilusão que talvez lá tivéssemos conseguido chegar... tivesse havido mais juízo!
A partir daí foi o descalabro e a queda constante e vertiginosa levou-o a demonstrar de forma bem visível o seu lado mais obscuro que, de resto, sempre esteve lá bem presente.
Acontece que tenho para mim que infelizmente em Portugal, o sucesso desportivo só é antingivel se liderados por gente “out of box” que muitas vezes se pode traduzir em indivíduos de pouca índole e de métodos menos legais.
Eu sei! É pena só se poder ganhar assim... mas é o que temos.
Até lá, até haver uma nova ordem que produza regras e legalidade desportiva em Portugal,nunca seremos coisa alguma com este tipo de anjinhos que arranjamos para liderar o clube.
Diga-se que Bruno de Carvalho, entre outras coisas, até foi dos que até hoje mais colocou o dedo na ferida sobre as ilegalidades que constantemente se passam no dirigismo nacional. Também por isso foi esmagado...
Acabou, por isso, a se tornar também ele mais um anjinho...!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo