Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

image.jpg

 

Concluída a final da Taça de Portugal de futebol feminino, ficaram muitos telespectadores bastante irritados e frustrados pelo facto da RTP ter terminado a transmissão logo após o apito final e nem sequer ter a decência de transmitir a entrega do troféu conquistado pelas "leoas" do Sporting. Além disto,  durante o prolongamento, a emissão foi sendo dividida com o concerto de solidariedade em Manchester. A bem dizer, esta indigna postura da RTP não é novidade, mas nem por isso não deixa de evidenciar a noção que a estação é mais pública para uns do que para outros. Sobretudo, na minha opinião, foi um acto impudente para com o Sporting Clube de Portugal, seus sócios e adeptos.

 

Nuno Saraiva - director de comunicação do Sporting -, agiu bem em vir prontamente com uma breve mensagem no Facebook, condenando a decisão dos responsáveis pela RTP:

 

pet_61971809295e.jpg

 

«Esforço, Dedicação, Devoção, apesar de a Glória ter sido ignorada e censurada pela RTP, televisão pública paga também por todos os Sportinguistas. A vergonha não ficará impune!... Parabéns leoas».

 

publicado às 04:47

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


75 comentários

Sem imagem de perfil

De MarcoI a 05.06.2017 às 06:52

Sem ironia nenhuma : a sério que em vez de questionarem porque os nossos impostos são gastos a transmitir jogos que não interessam a ninguém ainda se queixam que queriam mais tempo de antena? O.o

Fico sem entender o " mais público para uns que para outros". Não conheço mais nenhum país que transmita final da taça de futebol feminino no principal canal publico nacional. Só mesmo aqui, e mesmo assim gera criticas da meia dúzia de interessados porque cabe lhes na tola que a RTP não tem objectivos de share e audiência e pode dispender horas com eventos destes...
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 05.06.2017 às 07:48

Essa é uma realidade, ao contrário da ladainha habitual, até acho que este jogo só foi transmitido porque era um dos intervenientes era o Sporting, espécie de prémio de consolação. A verdade é que nem com bilhetes à borla, aquilo chegou a meio da lotação. Ainda reclamam de terem tido 90 minutos a mais de transmissão num canal público, de um jogo do qual os adeptos entrevistados no Jamor, não eram capazes de dizer o nome de uma jogadora da sua própria equipa....
Sem imagem de perfil

De J. a 05.06.2017 às 08:52

Não me lembro de ver em qualquer outra competição desportiva que numa final de Taça Portugal consiga reunir mais de 10.000 pessoas.... será das borlas com certeza!
Folgo igualmente em saber que todo o pessoal afecto a qualquer clube que não o Sporting, consegue dizer a maioria dos nomes do plantel de qualquer outra modalidade que não seja o futebol.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 05.06.2017 às 09:10

Tão tipico eles defenderem o compadrio e a falta de decência, vá lá k pelo menos a Liga não devem defender esta semana salvo novas instruções é claro!

Parace-me k kem defende o sucedido está a passar um grande atestado de algum tipo de problema cognitivo ... ver num quadrado da TV um concerto sem som é algo surreal! LOL
Sem imagem de perfil

De MarcoI a 05.06.2017 às 10:10

Mais tipico é a conversa do Sérgio com as referências a um qualquer "eles" - sinal muito mais revelador de problemas cognitivos acredite 😁

Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 05.06.2017 às 10:17

Fiquei fâ do filme "The Others"
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 05.06.2017 às 12:24

A questão não tem nada que ver com ser verde ou vermelho mas apenas com audiências televisivas, mais nada.
Apesar de tudo esta foi a primeira vez que uma final de taça de futebol feminino foi transmitida, apesar de estarem lá dois clubes sem história no futebol feminino.
Um dos clubes da minha terra, o sintrense Sociedade União 1º de Dezembro, é recordista nacional de futebol feminino, com 12 campeonatos e 7 taças de Portugal vencidas, sem um único minuto de transmissão da RTP.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 05.06.2017 às 12:31

Explique me lá o problema ... foi nunca terem transmitido antes uma final da Taça ou terem agora transmitido!? ou o problema é terem transmitido e o SCP ser um dos clubes finalistas!? percebe a tacanhez da sua intervenção espero eu!

Sobre a relevância das audiências tem muito que se lhe diga e os share da RTP em diversos horários é demonstrativo disso da falta de audiências.
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 05.06.2017 às 12:52

Tacanhez é essa sua mania infantil de dividir o mundo em verde e vermelho e reduzir tudo a um confronto entre os dois.
Mas no futebol feminino o mundo é muito mais complexo e mais rico, com muitos outros clubes a fazerem bom trabalho de formação há dezenas de anos e que quando foram finalistas da Taça de Portugal ninguém se lembrou de vir protestar contra a falta da transmissão do canal público RTP.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 05.06.2017 às 13:20

O Francisco aqui tem razão: não ha só o verde e vermelho, há o 1 de Dezembro tb, clube que já referiu mais vezes no comentário a este post do que se calhar nos últimos 10 anos.
Mas continua— se sem perceber a sua posição. Como manifesto conhecedor da modalidade, como depreendo dos seus comentários, é contra ou a favor que se transmita a final da taça feminina?
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 05.06.2017 às 13:48

Vamos lá a ver se entende: o facto da RTP ter transmitido o jogo já é um passo em frente em relação ao que acontecia anteriormente e isso é obviamente positivo.
Mas sejamos lúcidos, o futebol feminino ainda não arrasta adeptos em massa, nem sequer dos próprios clubes, como se pode ver pela assistência ao jogo, apesar das entradas gratuitas.
Se tivesse sido uma final de futebol masculino entre Sporting e Braga com bilhetes pagos e caros, como tem sido, o estádio teria lotação esgotada!
Pelo que se nem os adeptos dos clubes valorizam tanto como o futebol masculino, se nem a Federação valoriza tanto como o futebol masculino, como é que se pode pedir à RTP que o faça?
Eu, que sou um optimista por natureza, prefiro valorizar este passo em frente e esperar que, como o desenvolvimento da modalidade, daqui por 10 anos uma final feminina da Taça de Portugal esgote o Estádio Nacional, mesmo com bilhetes pagos, que o troféu seja entregue ao vencedor pelo Presidente da República e certamente que nessa altura será normal e regular a transmissão de jogos de futebol feminino nos vários canais de televisão.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 05.06.2017 às 13:57

A lucidez do caro é qq coisa ... isso o seu oportuno "otimismo".

"Tacanhez é essa sua mania infantil de dividir o mundo em verde e vermelho e reduzir tudo a um confronto entre os dois."

Aproveito ainda para o esclarecer que para mim o Mundo (o meu pelo menos) tem 2 cores sim, mas são o verde & branco e se pensar/ler melhor verá que nem referi o seu clube nem o seu clube esteve envolvido na dita final :).

Peço lhe encarecidamente que não coloque em mim o ónus do seu problema

Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 05.06.2017 às 14:00

Se nem fazendo um desenho percebe... nada a fazer.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 05.06.2017 às 14:03

Se desenhar da forma lúcida e otimista como a que escreve é normal que não se faça entender :).
Imagem de perfil

De ALM a 05.06.2017 às 22:08

Pelos visto a RTP até se devia ter arrependido de assumir a transmissão do jogo. Pelas imagens da RTP pareceu-me (posso estar enganado) que o estádio devia ter mais ou menos 50% de assistência, ainda que os bilhetes fossem muito baratos ou mesmo de borla e não chovia. Nos 2 cafés por onde passei nem os poucos sportinguistas viam o jogo e num até mudaram de canal. Num quiosque onde os reformados jogam às cartas, estavam talvez tantos ou mais sportinguistas que nos cafés a verem o jogo e um dos cafés é de um sportinguista doente.
Se nem os sportinguistas se interessaram pelo jogo, qual a razão para criticarem a transmissão da RTP em vez de criticarem os seus sócios e adeptos por não irem ao estádio!?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.06.2017 às 22:28

E agora que temos o seu testemunho dos eventos, podemos dormir tranquilos cientes que já ficámos conhecedores da verdade toda.

Levou muito tempo a ponderar este comentário ou foi uma inspiração súbita encarnada.

Não venha para aqui vender palha !!!
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 05.06.2017 às 09:32

Não é a maioria dos jogadores do plantel, é um nome de uma jogadora, mas ok, querem que a RTP dê mais importância ao jogo, do que o presidente que foi passear para o Canadá.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 05.06.2017 às 13:39

Não foi a primeira vez que a RTP transmitiu a final da taça feminina... mas é sempre interessante registar a dor de cotovelo sempre que o Sporting ganha qualquer coisa... foi batido o recorde de assistência logo a seguir ao futebol masculino, foi só o jogo mais visto!
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 05.06.2017 às 13:48

A final da Taça Feminina, na época passada, foi transmitida pela TVI24. Dor de cotovelo ? Claro que sim, trocava de bom grado o Tetra, a Taça ganha há uma semana, pela taça de futebol feminina. Aliás, quem vem chorar pela RTP não transmitir a entrega da Taça, dizendo que se fossem outras cores não seria assim, são os invejosos do costume.
Reafirmo, quem desvalorizou esta final, foi o presidente do Sporting, antes quis ir passear para o Canadá, isso é que é desvalorizar a final, agora a RTP tinha que estar a tarde toda a dar a festa de uma modalidade com pouca visibilidade, apenas porque estão com inveja das festas do Benfica ? Ontem a equipa feminina de Hoquei, do Benfica, ganhou mais uma dobradinha, teve o destaque que mereceu, pouco, é a vida, sem dramas nem choradeiras.
Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 05.06.2017 às 16:04

Por falar na equipa feminina de hóquei do SLB, ganhou nos 5 últimos anos apenas 14 das 15 competições em que entrou e neste ano ganhou 4 das 5 competições. Uma superioridade esmagadora.

Mas, apesar de ser o clube com mais audiências televisivas, NUNCA um canal de TV, público ou não, deu UMA das suas finais com outras equipas femininas na história da TV portuguesa.

Não li em qualquer lado o director de comunicação do Benfica queixar-se desse facto.
Todas as transmissões sempre ficaram a cargo da TV do clube. E ficamos felizes por isso, porque não nos queremos colocar em bicos de pés para que nos vejam.
Deixamos os complexos de inferioridade para os outros.

Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 05.06.2017 às 16:12

Tudo dito, mas vai levar com as acusações de cotovelite, adiante.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 05.06.2017 às 17:38

Já foi explicado que o ano passado a tvi24 transmitiu a final entre o valadares e futebol benfica... o que demontra que existe público a ver, e o grande Sporting não estava lá.
Interessante seria saber quantas pessoas viram ontem o jogo comparativamente com um jogo de hóquei feminino... porque vamos ser sérios, nem em masculinos tem sido transmitido. Quase 13 mil pessoas no futebol e no hóquei qual é o recorde?!
Sem imagem de perfil

De Jtmil a 05.06.2017 às 10:05

Compreendo que ter dado o jogo já foi bastante bom para a modalidade, mas já que decidiram dar, que mostrassem tudo como deve ser! A RTP tem vários canais, podiam ter passado o jogo ou o concerto para outro canal, mas não, quiseram dar tudo no mesmo e acabaram por não mostrar nada de jeito
Sem imagem de perfil

De Pedro Miguel a 05.06.2017 às 14:27

Concordo em absoluto.

Apesar de compreender as queixas dos sportinguistas, penso que o facto do jogo ter passado em horário nobre, no canal 1 (e não na RTP3, por exemplo), já é uma grande conquista.

De resto, penso que isto só aconteceu, precisamente porque um dos clubes envolvidos era um dos 3 grandes.

No entanto, apesar de achar que as queixas são um pouco exageradas, penso que a solução que que refere teria, facilmente, resolvido o problema, com a transmissão da entrega de prémios na RTP3.

Talvez tenha faltado o senso comun...
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 05.06.2017 às 10:59

Que não interessa a ninguém? Ou que não interessa a si? Ou aos adeptos do seu clube? Falta de respeito pelas intervenientes no jogo..... O futebol feminino lá fora há muito tempo que é uma modalidade bem conceituada e apoiada pelos clubes e pela imprensa, mas aqui neste cantinho á beira mar plantado lá vemos respostas de estes entendidos em desporto: "não interessa a ninguém...."
Já que se transmitiu o jogo, nada mais normal que se transmitisse a entrega da taça, isto é menosprezar claramente as atletas (dos dois clubes)
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 05.06.2017 às 12:53

Meu caro comenta só por comentar ou assistiu á transmissão?
Se a hora passou os limites programados até se pode aceitar , o que nao é aceitável são as inumeras interrupções no prolongamento quando tudo se decia para emitir em Manchester .
Mais grave foi deixar um quadrado sem som com imagens de Manchester em cima da transmissão do jogo , ridículo sem som , as pessoas nem conseguiam ver uma nem a outra transmissão simplesmente ridiculo, foi uma infeliz ideia.
Em Manchester tratava-se de musicos e musica que interessam imagens sem o som da musica? Parece propositado de facto.
Assumiam ou davam uma ou a outra assim daquela forma aquilo nao foi nada.
Sem imagem de perfil

De Alcibíades a 05.06.2017 às 08:37

O NS sempre com a mesma história do Esforço Dedicação Devoção e Glória leva a crer que é a única coisa que conhece do Sporting.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 05.06.2017 às 09:29

Nada disto me espanta... nos últimos tempos tem havido um separador na RTP, onde metem um conjunto de imagens do Salvador, do Papa e claro da festa do benfica... tal e qual o antigamente... futebol, fado e Fátima.
Sem imagem de perfil

De Luis a 05.06.2017 às 09:29

A TV pública tem horários a cumprir, e cedeu 30min extra com esta transmissão (possivelmente tinham agendados apenas 90min de transmissão). Por isso, não me parece nada anormal aquilo que se passou.

Deram o mais importante que foi o jogo... assim sendo, e tendo em conta o "histórico" de transmissões da modalidade em causa não há muito que o clube se possa queixar. Não me lembro de ver sequer a RTP interessado em transmitir jogos do futebol feminino em outros anos, por isso... há que aproveitar a promoção da modalidade feita pela RTP e continuar a trabalhar.
Sem imagem de perfil

De Diogo a 05.06.2017 às 11:20

Se apenas agendarem 90 minutos para o jogo, são incompetentes. Isso não é desculpa nenhuma, como é evidente.

Ainda que haja um esforço de alguns benfiquistas presentes neste blog em achar que isto é birra ou sei lá o quê, é evidente que a RTP prestou um péssimo serviço.

SL
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 05.06.2017 às 12:56

Meu caro levámos todo o prolongamento do jogo com interrupçõe e com um ridiculo quadrado de imagens de musica sem som, exactamente isso , musica sem som em cima da transmissão do jogo , isso tambem lhe parece normal , claro.
Sem imagem de perfil

De MARIOSCP a 05.06.2017 às 09:36

Então aonde estão os 3.5 milhões?
Era uma tristeza ver as bancadas desertas.
Por favor aquilo é pobre de mais para ser transmitido em horário nobre,sejamos sérios.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 05.06.2017 às 13:01

meu caro ou se transmite ou nao se transmite essa é que é a questão , ou faz-se um serviço bem feito ou então decidiam pela não transmissão.
Depois dividir o ecran com outra transmissão simultanea de musica sem som então foi o maximo , nao se conseguia ver bem nem nem a outra. Imagens de musica sem som essa foi expectacular.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 05.06.2017 às 13:35

Foi batido o recorde de assistência num jogo de futebol feminino... mas existe sempre alguém que consegue criticar e dizer que foi pobre... pobre é essa sua mentalidade!
Sem imagem de perfil

De MarcoI a 05.06.2017 às 10:12

P.S louve-se a iniciativa de transmissão do jogo. Condene-se a falta de inteligência ( e diria de decência) de quem acha que a RTP1 pode transmitir 90mnts+30mnts+cerimònia protocolar de um jogo que interessa a tão pouca gente.

Do Saraiva espera-se sempre estupidez, não há necessidade se replicação
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 05.06.2017 às 13:03

Meu caro estavm 13 mil pessoas no estadio mais do que um pavilhao cheio .
O que se mais reclama nao a transmissão ter passado os limites programados mas sim o que fizeram no prolongamento com inumeras interrepções e aquele quadrado em cima com imagens de musica sem som. Isso parece-lhe normal?
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 05.06.2017 às 10:20

Rui mais valia terem perguntado aos especialistas das transmissões da RTP aqui residentes se ELES concordavam ... pelos vistos mais parece que fizeram um favor ao SCP e não ao futebol feminino.


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.06.2017 às 10:44

Não vou responder aos comentários individualmente (não vale a pena), mas preocupa-me verificar vários casos de "cotovelite aguda", nomeadamente de sintoma encarnado.
Sem imagem de perfil

De sloct a 05.06.2017 às 18:34

Na mouche, mas isso é "business as usual", caro Rui.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.06.2017 às 18:40

É mesmo !
Sem imagem de perfil

De Altino Torres a 05.06.2017 às 10:42

Quem tem razão de queixa sobre a RTP é o Fofó e o Albergaria que andaram anos e anos a sustentar o futebol feminino e nunca, mas nunca a RTP lhe deus um minutoi de atenção sequer, para agora que aparece o Sporting passarem na TV uma final de Taça de Portugal Feminina. Aliás , o Sporting viveu ontem a realização do seu maior sonho que é entrar em competições de futebol sem o Benfica e sem o Porto e assim poder ser totalmente dominador.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.06.2017 às 10:49

Que desperdício de tempo e energia este comentário ! ... E o autor terá ficado convencido, indubitavelmente, que contribuiu com algo de significativo.
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 05.06.2017 às 11:18

E ainda o 1º de Dezembro de Sintra, clube da minha terra, com mais história no futebol feminino que o SCP, tendo sido várias vezes campeão nacional sem um único minuto de transmissão da RTP.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 05.06.2017 às 13:06

Mas que culpa tem o Sporting, do Porto e Benfica nao terem capacidade de terem tambem o futebol feminino é exactamente por isso mesmo que o Sporting é a maior potencia desportiva nacional ou nao é assim?
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 05.06.2017 às 14:26

Aproveite agora porque não vai faltar muito para FCP e SLB terem futebol feminino e ai vai ter concorrência a sério... e talvez depois passe 15 anos de jejum...
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 05.06.2017 às 15:10

"talvez" ... nao podia mesmo escrever uma outra palavra, claro
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 05.06.2017 às 15:16

Claro, não tenho uma bola de cristal.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 05.06.2017 às 15:26

sao formas de ver as coisas eu por exemplo nao perco tempo com ideias onde existem o "talvez".
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 05.06.2017 às 13:32

Eu já vi outras finais femininas com direito a transmissão televisiva na RTP.
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 05.06.2017 às 13:56

Na TVI24, que transmite regularmente outras modalidades que não o futebol masculino, não na RTP.
Sem imagem de perfil

De TV a 05.06.2017 às 10:54

Se fosse o Braga a ganhar, também estariam indignados de não terem dado a cerimónia da entrega da taça?

Alguém se queixou da RTP1 não ter passado a vitória do Barcelos este ano na taça CERS ou da final da liga europeia do ano passado Benfica - Oliveirense ou este ano da oliveirense com o Reus? Ou algumas das vitórias internacionais em atletismo, judo e outras modalidades?

Já ter passado no principal canal esta final da taça foi uma sorte para a modalidade. Já devia haver pouca gente a querer ver o jogo (gostava de saber qual foi o share) quanto mais gente a querer ver as comemorações
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.06.2017 às 11:13

Merece a mesma resposta que foi dada ao leitor Altino Torres. Nem mais !
Sem imagem de perfil

De TV a 05.06.2017 às 12:17

A minha pergunta é estão a queixar-se de não terem passado as comemorações de uma competição nacional, ou estão a queixar-se de não passar as comemorações de uma competição ganha pelo SCP?

Fosse o Braga a ganhar e o Rui teria feito um post igual? Eu acredito que não (mas posso estar errado)

Eu acho que esta atitudo do SCP até pode ser prejudicial para a modalidade, porque neste momento o futebol feminino não tem adeptos suficientes para tornar rentável a transmissão no principal canal (à semelhança das outras modalidades que não o futebol sénior). Para o ano a RTP vai ter de considerar se está disposta a abdicar não só de 90 minutos da sua programação, mas de 120 mais comemorações (talvez à volta de 150 minutos ao todo)

Pode, com isso, decidir não transmitir mais a modalidade. É o futebol feminino que pode ficar a perder com esta atitude.

Eu pratiquei hoquei e assisti a a isso mesmo. Quando deram a mão à modalidade, começou-se a pedir o braço e ficámos sem a mão.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.06.2017 às 13:41

Meu caro,

Não faria um post idêntico porque, decerto, que não haveria comunicado algum de Nuno Saraiva, mas comentaria o jogo e a transmissão do mesmo. Há anos que a RTP me irrita com a sua política de realização de jogos de futebol. A exemplo, mesmo com a equipas de homens da I Liga, têm o mau hábito de cortar a transmissão logo após o apito final, nem há hipótese de ver as equipas sair do relvado.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 05.06.2017 às 13:11

Estou a responder-vos a todos um a um o que merecem ler.
Meu caro nao se trata da transmissão de 1 jogo de futebol feminino trata-se sim que ela foi assumida pela rtp , agora se é assumida então faz-se um trabalho serio ou então é melhor estar-se quieto e repetirem por exemplo a festa do Benfica pelas rua de Lisboa aí nao houve interrepuções nem quandrados em cima .

Levamos todo o prolongamento momento da decisão do jogo com interrupções e com aquele ridiculo quadrado de imagens de musica sem som isso foi correcto?
Sem imagem de perfil

De nanda a 05.06.2017 às 10:57

Caro Rui, achou o meu comentário insultuoso ou obsceno?
Matar o mensageiro...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.06.2017 às 11:11

Houve um comentário, talvez o seu, que foi editado inadvertidamente. Queira repetir, se desejar.

Como já referi no meu comentário, verificam-se muitos casos de "cotovelite aguda", é só mais um com certeza.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo