Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A sina do treinador e a natureza do adepto

Naçao Valente, em 22.10.18

 

mw-680.jpg

 

A profissão de treinador é das mais precárias. Vive e sempre viveu de resultados. Poucos, muito poucos, fizeram a carreira sem serem dispensados. E esses poucos, para além da sua qualidade, foram os que tiveram a sorte de estar em clubes, onde não vencer é a excepção.

 

Os adeptos querem que a sua equipa ganhe sempre. É a natureza do adepto. Mas o adepto do Sporting é especial: ganhar não chega, é preciso muito mais, dar espectáculo. Mas se a equipa der espectáculo e acumular derrotas, o treinador, vai  também de vela. Ou seja, preso por ter cão e preso por não ter. É muito difícil contentar a tribo do futebol.

 

Um dos responsáveis por esta situação, é Sousa Cintra, que apesar dos bons serviços que prestou ao Sporting, criou altas expectativas, quando não havia condições para tal. Dizer que com os retalhos de uma equipa destroçada ,iríamos ser campeões, colocou pressão desnecessária na estrutura, e ilusões na mente dos adeptos, que reagem pela emoção e não pela racionalidade, e muito menos pela razoabilidade.

 

José Peseiro, que na passagem anterior pelo Sporting, tinha uma equipa que jogava bom futebol, e perdeu tudo por uma unha negra, construiu uma equipa mais preocupada com o resultado do que com a exibição. E enquanto teve à sua disposição todo o plantel, foi conseguindo esse objectivo. Jogar sem Mathieu e sem Bas Dost é jogar sem a mesma consistência na defesa e sem presença na área. Não se pode dissociar as más exibições da qualidade individual. E quando se colocam as segundas linhas, o problema amplia-se.

 

Portanto, na minha perspectiva, o problema de José Peseiro, para além das limitações do actual plantel, é estar amarrado à obsessão do resultado. Isso reflecte-se na estratégia, na alteração do onze, na ousadia de arriscar. Isto tem-se vindo a verificar de jogo para jogo. Uma vez conseguido o resultado positivo, procura-se defendê-lo, dando oportunidade ao adversário de crescer. Quando jogou sem medo, como na visita ao Estádio da Luz, esteve quase a ganhar.

 

Voltando aos adeptos, estão a demonstrar uma falta de paciência preocupante e a revelar uma memória muito curta. Ainda na época anterior, uma equipa, bem mais apetrechada de valor, perdeu com o Estoril (desceu de divisão) e para ganhar a final da Taça da Liga ao Vitória de Setúbal, viu-se obrigada a ir a penáltis. E outros exemplos poderia dar. Essa falta de memória alarga-se aos acontecimentos do final da época e das suas consequências, que ainda se reflectem no que se passa neste momento, nomeadamente no plantel.

 

Esta equipa tem jogado mal? Tem. Está afastada de alguma competição? Não. Vai estar no futuro, como aqui auguram profetas da desgraça? Não sei. Vivo de realidades, não de especulações. Alguns adeptos têm estado mal, neste contexto? Têm. Se não querem ajudar, que não ajudem, mas deixem a equipa jogar e ganhar. Com a contestação, porque sim e porque não, só estão a contribuir para piorar.

 

P.S: Os meus fervorosos parabéns a Rui Patrício, que mostrou a sua gratidão, ao Sporting, prescindindo de muitos milhões, para facilitar o acordo da sua saída. Uma bofetada de luva branca a quem a merece. Duvido que os que o crucificaram, fizessem tal acto na sua vida privada.

 

publicado às 03:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


114 comentários

Imagem de perfil

De Greenlight a 22.10.2018 às 08:49

Com a contestação crescente a Peseiro qual é a oportunidade da entrevista de Sousa Cintra ao Record? Claro que os responsáveis do pasquim resolveram chamar à primeira página a hipótese (frustrada há 3 meses) do regresso de JJ ao Sporting. Vou repetir-me, acho Peseiro muito fraco mas JJ foi uma calamidade no Sporting. JJ never again!
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 22.10.2018 às 09:55

Nunca saberemos se JJ, com um presidente mais estável de cabeça não poderia fazer um melhor trabalho.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 18:17

Estou de acordo. Com outra estrutura, JJ teria sido campeão.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 12:29

De acordo em relação a JJ.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 22.10.2018 às 09:33

Caro Nação Valente

De facto, uma das características dos sportinguistas é a bipolaridade. Basta comparar a paciência da época passada e a exigência desta. É como diz, jogar sem Mathieu e sem Bas Dost é jogar sem a mesma consistência na defesa e sem presença na área. Pior, ainda, se avaliarmos a qualidade global do plantel. Na verdade, estamos dependentes da inspiração individual de dois ou três jogadores. E sabe-se quem construiu este plantel.

Os adeptos que agora exigem a demissão de Peseiro não perceberam a situação que a gestão do destituído provocou no Sporting. Na verdade, visam a Direcção e pretendem provocar o caos no Clube. Por alguma razão para esses críticos parece que não existem dois problemas gravíssimos: o empréstimo obrigacionista e o dossier das rescisões!
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 22.10.2018 às 11:14

Esta muito enganado, caro leão zargo

Incrível como o espectro de BC ainda tolda o pensamento de alguns.

Os adeptos querem é a equipa a jogar bem á bola - peseiro é e sempre foi um treinador a prazo, não escolhido pelo presidente - se Varandas o dispensar não vem aí o caos, mas se o manter não sei.

Já que continuam ainda a pensar tanto no destituído - para mim é uma situação similar a BC/Jesualdo.
Compreendo que Varandas pondere a sua primeira grande decisão mas na minha opinião não há outra opção
Sem imagem de perfil

De Luís a 22.10.2018 às 12:26

Está a brincar???
Só pode estar a brincar.
Lembra-se de algum jogo que tenhamos jogado um futebol exemplar?
É que eu não me lembro.
E pior que isso foi perceber que nem contra o temível Loures conseguimos ter fio de jogo e pior ainda para cumulo ainda sofremos um golo.

O futebol jogado pelo Sporting contínua a ser de péssima qualidade. Há semelhança do que já acontecia com JJ.
Um tremendo erro de casting que nos custou milhões e que nos vai sair bastante caro durante décadas.
Veja-se o colapso da nossa formação que so se agravou com a entrada de JJ.
Vejam o descalabro da nossa equipa de Juniores, não vence há 5 jogos.
Não fui investigar, mas talvez nunca tenha acontecido uma situação destas.

Os sportinguistas não são bipolares, estão é cansados, fartinhos de ver a sua equipa de futebol a jogar pessimamente, mesmo ganhando de aflitos.

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 12:38

É verdade, caro Leão Zargo, é estranha esta falta de paciência. Dá a sensação que se esgotou por uso exagerado noutras épocas.
Não sou muito de acreditar em bruxas ou teorias da conspiração, mas que parece que as há. Esta contestação, em certo sentido, parece orquestrada, e não visa apenas o Peseiro, mas também o Sporting. Não digo que seja apenas isso, mas a minha percepção leva-me a concluir, que os fiéis do destituído, estão na linha da frente, desejando que tudo corra mal.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 22.10.2018 às 12:56

Ultimo parágrafo 💯 %
Ajudados ainda agora por os "amiguinhos"
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 22.10.2018 às 14:18

Caro nação valente

Vá falar com sportinguistas e vai reparar que o apoio a BC é residual mas a contestação a Peseiro é transversal a isso - conheço muitos votantes de FV que desejam trocar de treinador.

Olhe até quem o contratou vem hoje dizer que o homem é um indeciso e que só não está cá outro por pormenores.

E depois os adeptos é que andam a orquestrar não sei o quê.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 16:15

Cris Dileo,

Se leu o Record, leio também a opinião do articulista, na última página. Esta contestação é prematura, inconsciente e irresponsável. O que a equipa precisa é de apoio e incentivo. Assobiar, os jogadores não ajuda nada, só prejudica. É não perceber nada de psicologia motivacional.
Pouco me interessa se os contestatários são ou não votantes de Varandas. Sejam de quem forem, na minha perspectiva, estão errados. Basta recordar exemplos passados. Infelizmente, o adepto não aprende nada com os erros.
E quanto a Sousa Cintra fala de mais. Há um ditado que diz: quantas vezes o silêncio é de ouro.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 22.10.2018 às 17:14

Não li, mas mesmo que lesse, nada mudaria, tenho por habito pensar pela minha propria cabeça.

Eu defendi continuidade de Peseiro até à ridicula entrevista que deu, onde não fez mais nada do que se valorizar e deitar abaixo a equipa que treina.

Eu quero estabilidade - acho que Varandas tem estado na generalidade bem e quero que se aguente muitos anos à frente do Sporting - acho
e que insistir em Peseiro não lhe tratá nenhuma estabilidade - antes pelo contrario, mas é uma opção dele.

As declarações de Cintra são simplesmente surreais - sacode completamente a agua do capote e atira todas as responsabilidade da má preparação da epoca para as indecisões de Peseiro.

Entre outras, diz que o Sporting perdeu jogadores pela indecisão deste, outros por decisão dele e que a não aposta na formação é culpa de Peseiro.

E vc caro Nação Valente, está preocupado com uns assobios no final do jogo e uns comentarios nuns blogs ?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 18:36

C:D;

Eu também penso pela minha cabeça, mas não vivo numa redoma e gosto de ler outras opiniões, nomeadamente a sua, para estar bem informado. Não estou preocupado com opiniões em alguns blogs. Já estou mais preocupado com os milhares de comentários na página do Facebook do Sporting, a "malhar" no Peseiro e muitos no Varandas. Tanto mais que muitos deles têm uma clara inclinação brunista, com elogios ao passado.

Quanto aos assobios depois do jogo, do mal o menos.

Sem imagem de perfil

De Luís a 22.10.2018 às 09:38

Começo pelo PS: Obrigadinho Rui Patricio por teres sido o primeiro a rescindir com o Sporting e por teres levado todos os outros por arrasto.

O meu sincero obrigado por todos os anos que deste o Sporting, a troco de quase nada, porque agora veio a saber-se que eras pago em sandes de fiambre com manteiga e um sumol para empurrar...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 14:05

A toco de nada está Viviano. Rui Patrício serviu o Sporting com profissionalismo. E só rescindiu depois de ser agredido e vilipendiado pelo Presidente. E já estava com guia de marcha. Antes de rescindir chegou a ser negociado, ou não? A memória é curta e selectiva.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 16:28

Correcção: a troco de nada
Sem imagem de perfil

De Luís a 22.10.2018 às 09:42

Quanto ao Peseiro e ao futebol do Sporting folgo em perceber que nos editores deste blogue reina a confiança total.
Já nem há palavras para descrever o futebol do Sporting e as desculpas permanentes de José Peseiro.
Muito haveria para dizer, mas não temos tempo (vão ler a Tribuna do Diogo Faro).

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 12:41

A coluna do Diogo Faro, com a sua ironia, arrasa o plantel. E diz do treinador o que aqui digo. está dominado pelo medo de perder.
Sem imagem de perfil

De Luís a 22.10.2018 às 12:49

Pensei que ele também arrasava o treinador, mas isso deve ser da minha imaginação.
O Peseiro tem é medo de treinar, porque de certeza que esta equipa não treina.
Não existe fio de jogo, não existe mecanismos, não existe dinâmica, não existe coordenação, enfim um desastre.
Que só foi disfarçado enquanto as pilhas aceleradoras de Jovane e Rafinha aguentaram.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 22.10.2018 às 13:21

Eu não li...
Mas, será o Diogo Faro sportinguista?
Pois, se arrasa...

Não concordo com o jogar a medo.!!
Hoje em dia joga-se de 3 em 3 dias.
O que Peseiro faz, já o fazia JJ.
Baixar linhas, deixar correr os minutos, poupar esforços, etc.. Precisamente o que não gosta o adepto.
Esta é a linha.. de pensamento! 😉
Eu também não gosto mas, é a nova táctica para equipas que jogam na Europa.
Umas mais que outras. Dependendo do plantel que tem à disposição.

P. S. Mais poderia eu dizer sobre essa táctica mas, não é o momento. Além disso seria muito extenso.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 14:09

Carlos N.T.,
O referido articulista usa o humor para avaliar as prestações dos jogadores. Vale o que vale. Em relação a Peseiro a única coisa que escreveu, nessa linha, foi que Peseiro jogou de peito aberto com o Loures. A minha expressão "medo de perder" significa cautela.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 22.10.2018 às 09:46

Um dos responsaveis foi Sousa Cintra, sem divida, mas também o atual presidente que não corrigiu os objetivos.

Peseiro jogou sem medo na Luz ??? Especialmente na fase em que o slb estava a arriscar tudo e em vez de colocar Jovane para "matar" o jogo, colocou em campo Petrovic. Acabámos por empatar e com mais um pouco de azar ainda tinhamos perdido o jogo.

Os adeptos se não querem ajudar, não ajudem ??? Mas o que podem os adeptos fazer mais para ajudar ? No meu caso para treinar não tenho curso e para jogar já tenho 48 anos. Ou apoiar é bater palmas cagamente a tudo o que vemos ?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 12:46

mike1906,
Apoiar é incentivar a equipa, dar-lhe confiança, para tentar fazer melhor, dentro das suas limitações. É isso que vejo em adeptos de outros países, que mesmo com equipas a perder não deixam de dar apoio. A mentalidade portuguesa é irmã gémea do derrotismo.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 22.10.2018 às 12:59

Caro Nação Valente,
Você vai ao estádio ou ao pavilhão?
Por muito mal que digam das nossas claques, eles estão sempre a apoiar nos jogos, mesmo a perder e com más exibições. No final é que podem "contestar".
Mas também lhe digo que existem coisas que tem limites.... não é falta de paciência, mas há um limite para estas exibições de "cócó" (desculpem o termo).
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 22.10.2018 às 09:59

Peseiro, como qualquer outro treinador está à mercê dos resultados. No entanto, o passado dele (não ganha nada e nunca fica muito tempo no mesmo clube) traz-lhe automaticamente uma falta de estado de graça que JJ teve, por exemplo.

Porque é um treinador que nós já sabíamos que não ía fazer grande coisa no SCP para além de tentar estabilizar o balneário. Mas pelos vistos, nem sequer taticamente consegue trabalhar a equipa. Isso é que é a grande desilusão.

Em relação a Patrício, nem sequer comento isso dos €5M. É de rir. Vou desejar a ele e todos os outros que rescindiram e não voltaram todo o azar possível.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 12:54

Mike,
A grande desilusão é a de criar expectativas que não poderiam ser cumpridas. Embora às vezes aconteçam milagres.
Já me pronunciei sobre as rescisões, na altura própria, e não me vou repetir. E desejo-lhes as maiores felicidades nas sua nova carreira. Ao Sporting cabe defender os seus interesses e receber o que lhe é devido. Questões de ódio, não fazem parte do meu vocabulário.
Sem imagem de perfil

De Luís a 22.10.2018 às 10:01

Vem a propósito de toda esta confiança e da palavra de ordem que estamos em todas as competições.
Até quando veremos, porque algumas delas só agora deram o pontapé de saída.

O futebol feminino registou um segundo desaire em pouco tempo e isto são sintomas preocupantes.
Como já aqui escrevi o treinador exigiu mundos e fundos para entrar na Champions League e depois por incapacidade própria não o consegui e parece-me que ai começou a debacle desta época.
Piorou com a perca da Supertaça para o Braga e continuo com este resultado.
A equipa joga pior que em outras épocas e o treinador cristalizou o futebol do Sporting. Já se percebeu que o não vai conseguir acrescentar nada de novo e que seria fundamental injeção de sangue novo e novos métodos para esta equipa. Ainda vamos a tempo de não ter um dissabor no final da época.



Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 12:57

Se o dissabor não for maior que nas épocas anteriores, em que com investimentos acima das possibilidades, não ganhamos quase nada, já é uma vitória, em função das circunstâncias.
Sem imagem de perfil

De Luís a 22.10.2018 às 10:24

Quanto a Modalidades regista-se um arranque aos solavancos, sobretudo na modalidade em que mais expetativas foram criadas - Futsal.

Futsal - Desilusão pelos resultados recentes, mas uma frustração enorme por não termos tido capacidade para ganhar ao Kairat. E isso deixa-me preocupado para o que ai vem em termos de Champions League.
Esperemos que o tempo sirva para entrosar os reforços e recuperar os lesionados e que a qualidade venha ao de cima.

Voleibol - Grande potencial, mas ainda não existe uma verdadeira equipa. Esperemos que na altura dos play-offs esteja no ponto.

Andebol - Frustração pela derrota na Maia, mas orgulho pela prestação na Champions. Acho que vamos lutar até final.

Hóquei Patins - Equipa com potencial, mas que vai ter dificuldades para chegar ao título, porque este ano temos 4 equipas muito fortes.

Não temos a obrigação de ganhar tudo, até porque do lado de lá veio um forte investimento para conquistar alguma coisa este ano. Só espero que vão verificar no R&C desse clube qual foi o investimento para a época 2018/2019 e não falem somente do orçamento do Sporting.

Parece-me que o Miguel Albuquerque não vai ter uma época fácil, nas modalidades. Não exijo que se ganhe tudo outras vez, mas também espero que não sejamos somente campeões no Ténis de Mesa.
Miguel Albuquerque é visto como um homem com estrelinha, esperemos que não a perca pelo caminho.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 22.10.2018 às 10:41

O Caro Naçao Valente é que tem a memoria Curta desafio-o a rever os comentarios no CL apos esse jogo Estoril-Sporting, o que escrevi eu e o que escreveram muitos outros adeptos sobre JJ apos essa partida.

Se me recordo foi precisamente nesse jogo quando nos saltou a tampa de forma definitiva e o que restava ja do pouquissimo credito por esse treinador ainda tinha é injusto invocar esse jogo quando a maioria de nós nos revoltamos fortemente e foi precisamente apartir desse jogo que eu por exemplo escrevi que JJ tinha chegado ao fim da sua linha no Sporting.

Todos os que trabalham no Sporting sao bem vindos e aplaudidos enquanto forem soluçâo mas quando passam a fazer parte do problema so existe uma saida. Sempre foi e sempre sera assim.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 22.10.2018 às 10:55

Quanto ao Peseiro é simples foi util em um determinado momento de vida conturbada no Sporting mas hoje ja com maior estabilizaçao vem ao de cima as suas fragilidades como lider de grupo.
A vida continua e a do Sporting tambem e todos devem retomar o seu caminho .

Comparar o futebol de hoje e a mentalidade dos jogadores de hoje ao de ha 10 anos atras é desonesto e injusto,uns evoluiram outros ficaram parados no tempo, é facil perceber o que aconteceu ao Peseiro.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 14:12

Qual estabilização? Só vejo desestabilização. Varandas mantem-te calmo.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 13:02

IJ,
JJ foi o treinador mais caro que passou pelo Sporting. No entanto. ao fim de três épocas e título zero, nunca sofreu a contestação que Peseiro está a ter. Nem depois do Estoril. Eu não confundo críticas com contestação.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 22.10.2018 às 10:47

É impressão minha ou está a voltar ao Sporting aquele conformismo de que já não competimos com os rivais benfica e porto?!?

Vamos por partes….

1) Sousa Cintra fez muito bem ao elevar o espirito leonino…. ao contrário do Varandas, que não faz declarações públicas, e quando o faz, passa a ideia de não ter o perfil adequado e de não saber comunicar.
O Sporting tem de ser sempre candidato ao titulo…. se o Braga o é.... porque razão o Sporting tem de ser sempre o coitadinho que não aguenta a pressão?!

2) Não gosto, nem tolero, esta forma leviana como se encara os maus resultados/exibições…. o Sporting jogou este fds com o Loures, e qual é foi a razão para p.ex a entrada do Petriovic? controlar o jogo contra uma equipa de amadores? Algo vai muito mal na mentalidade desta equipa….

3) Os adeptos do Sporting são exigentes, porque representamos uma equipa Grande…. nós não somos o Paços ou o Tondela…. é preciso explicar a grandeza do Sporting?!? Aquando do mandato de BdC, a exigência foi sempre máxima, e vindo nós de um 7ºlugar e estando falidos…. porque razão a exigência por bons resultados hoje ser menor? Não entendo este argumento…

4) Recuso esta visão de agradecer ao Rui Patricio…. um jogador que rescindiu contra o Sporting, indo contra o clube que lhe deu tudo…. e ainda é considerado um herói?!
Vergonha!!!….. Rui Patricio és um traidor, fizeste de tudo para que o Jorge Mendes recebesse 7M€ de comissão, mais quase 20% do passe…. de facto és um herói para aqueles que agora dizem que não podemos exigir vitórias….. Esta história de ter abdicado de muitos Milhões é para rir, só pode! O Wolverhampton iria pagar-lhe uma comissão se fosse jogador livre, mas como ele não era jogador livre, nunca teria direito a essa comissão…. logo o Rui não abdicou de nada! Só abdicou mesmo foi do respeito pelos adeptos do Sporting que o apoiaram durante anos….
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 14:26

Durante cinco anos, isso mesmo, cinco anos o Sporting ganhou uma Taça de Portugal, do que resultou premiar o treinador com o despedimento, e uma Taça da Liga tirada a ferros ao colosso Vitória de Setúbal. Sobre conformismo e exigência estamos conversados.

Rui Patrício foi agredido por adeptos, duas vezes, e vilipendiado pelo Presidente. Tinha guia de saída. Foi negociado antes de rescindir, e não é responsável por não ter havido acordo. A memória é muito traiçoeira e selectiva. E como sabe que não era jogador livre? Fico satisfeito por saber que para si cinco milhões são amendoins. Olhe para mim, infelizmente, não.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 22.10.2018 às 15:17

Nação Valente,

Nunca me ouvirá resumir a qualidade de jogo da nossa equipa e a qualidade do nosso treinador baseado apenas nos títulos…. já o disse diversas vezes o melhor treinador do BdC foi precisamente o que não ganhou nenhum titulo…. Leonardo Jardim.
Depois, dizer ainda que eu não estou a exigir títulos…. estou a exigir postura de clube GRANDE…. não podemos ter uma postura de medo perante adversários muito mais fracos do que o Sporting…. é disto que estou a exigir!

O Wolverhampton ao pagar pelo Rui Patricio assume que o jogador não era livre… ou estou enganado?! Na minha forma de ver o Wolverhampton é manietado pelo Jorge Mendes, e funcionou apenas como uma fachada aos reais interesses destas rescisões…. que foi desvalorizar o jogador, e com isso aumentar os lucros para empresário, jogador e clube que comprou…. mais uma vez o grande prejudicado foi o Sporting, a tal entidade pela qual o Rui Patricio diz que respeita muito!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 16:42

Schmeichel,

Temos posições diferentes. Eu prefiro títulos, ganhos dentro das quatro linhas, mesmo que seja sem "fio de Jogo" que não sei bem o que significa, e por isso não atinge o meu entendimento. Futebol é meter a bola na baliza. As exibições espetaculares, que também me encantam, diluem-se no dia seguinte. O que fica nos registos, são os títulos.
Os empresários fazem e continuarão a fazer parte do mundo do futebol, para qualquer clube. Diabolizá-los é exercício de retórica. Não muda nada.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 22.10.2018 às 22:52

Títulos ganhos sem "fio de jogo". Mas quais títulos ? Só se forem títulos de capas de jornais. Amanhã deve haver já outro título bonito depois de Peseiro dizer que o Sporting tem que pensar em ir à final da Liga Europa! !! Então no fim de semana viu-se o que se viu com o Loures e na 2a feira já se pensa na final do liga Europa? É o desnorte total.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 22.10.2018 às 23:35

O que é que viu em Loures? O Sporting perdeu? Foi eliminado?
Eu já vi o FCP, por exemplo, ser eliminado de uma Taça, em casa pelo Torreense. O treinador não era Peseiro. E exemplos destes há muitos.


Outro exemplo: há meia dúzia de anos Domingos Paciência, fez uma época razoável no Sporting. Na segunda época, não começou bem. Resultado: rua. Depois vieram, se não estou enganado, três treinadores. Resultado: 7º lugar.

O ser humano não aprende nada.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 23.10.2018 às 00:04

Mas o Domingos Paciencia é treinador? Falamos de treinadores razoaveis como Peseiro e depois passamos para o Domingos Paciencia?

!!!!!!
Sem imagem de perfil

De Zappa a 23.10.2018 às 02:26

Bem, um treinador que levou o SCB a lutar pelo título até à última jornada, e que no ano seguinte foi à final da liga europa... para bom treinador, estamos conversados.
O jj em 3 anos ganhou uma taça Lucílio baptista, a ganhar 8 milhões/ano, conclusão óbvia, ele e o destituído rebentaram com o clube.
Os danos estão aí...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 23.10.2018 às 14:05

Eu prezo muito o meu amigo, até pela sua participação neste espaço. Diz que foi treinador e acredito. Agora não esperava que se interrogasse sobre se Domingos Paciência é treinador. Começou a treinar equipas "pequenas" com sucesso. Pela primeira vez o Braga esteve à beira de ser campeão, quando Domingos foi o treinador. No primeiro ano em que esteve no Sporting, com uma equipa construída do zero, esteve até meio do campeonato a lutar pelo primeiro lugar. Depois de ter saído do Sporting, não se impôs, mas acontece com muitos. Veja-se também o que aconteceu com Paulo Bento.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 23.10.2018 às 23:44

ja repeti inumeras vezes a minha opinião sobre Paulo Bento.

Teve duas vitorias na sua vida , triunfou nos juniores do Sporting e na primeira epoca (meia epoca) na equipa principal do Sporting, depois........acabou , e o tempo que ainda ficou no Sporting depois disso só foi excessivo e nada mais acrescentou.
O resto nem é bom falar de despedimento em despedimento até desaparecer.
Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 22.10.2018 às 21:15

Mais uma vez a meter os pés pelas mãos.
Os empresários recebem em percentagem dos preços de venda e compra dos jogadores que representam.

Por isso, o Mendes ficou a perder se teve percentagem na transferência do Patrício quando este desvalorizou e foi "vendido" a preço de saldo ao Wolves. O contrário do que afirmou.

Na minha opinião, o único que ganhou foi o Sporting, que recebeu algum dinheiro num momento muito grave de aperto premente de tesouraria, pela boa vontade do Wolves e do Mendes que não eram obrigados a fazer o negócio, agora que se sabe a realidade dos factos de Alcochete.

Comentar post


Pág. 1/3





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo