Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A soma de A + B

Rui Gomes, em 06.11.17

 

Captura-de-ecrã-2017-08-3-às-16_17_12.pngimg_770x433$2017_10_24_17_54_55_1327210.jpg

 

 Um exercício, em que vamos ter em conta o seguinte cenário para o efeito de debate:

 

Treinador A - ele treina uma equipa que vai no 4º lugar do campeonato com tiques de grandeza, fruto de um plantel que, segundo o presidente que nele manda e paga os salários a toda a gente, é o melhor que o clube teve na última década, ao ponto de o comparar ao que, há seis anos, chegou à final de uma Liga Europa, um feito importante na vida que se vive em Braga. O que talvez seja verdade, porque nessa equipa a que António Salvador repete elogios, há Xadas, Ricardo Horta, Danilo, Vukcevic ou Ricardo Ferreira, tipos que facilmente caberia no plantel de um dos grandes.

 

Treinador B - ele treina a equipa que é mesmo grande, tem mais dinheiro, mais opções e milhões para gastar, que bem gastou para estar em 2º lugar e andar a mostrar boa imagem na Liga dos Campeões, onde não ganha pontos mas colhe vitórias morais contra equipas maiores, bem maiores. O Sporting tem Dost, Bruno Fernandes, Gelson, Coates e Acuña, tipos tão bons que são sempre titulares e jogam sempre, evidência que este treinador gosta, com cautela, pois com tanto jogo e exigência eles “acabam por rasgar”. Palavras dele.

 

Se fizermos o A+B, uma soma em que os treinadores também chamam grande um ao outro e o A até diz do B que “é o melhor treinador dos últimos 15 anos” do Sporting, a que conclusão chegamos ?

 

Nota: Adaptação parcial de um texto de Diego Pombo, jornal Expresso.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:37

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.11.2017 às 10:33

Só mais uma coisa, Rui: não sei se já dedicou um post a isso, provavelmente sim, mas envergonha qualquer pessoa com dois dedos de testa e alguma noção do ridículo ter um relator de serviço como o nosso nos jogos transmitidos pela Sporting TV. Ontem vi a equipa B e aquilo repugna: o sectarismo, a colagem bacoca ao registo Perestrelo, a sobranceria, o azeite... Meu Deus, haja critério! O Bruno de Carvalho tem de pôr a mão à consciência. Em muita coisa, mesmo. É que, a este ritmo, rapidamente passamos a ser, além de uma fábrica de talentos, uma fábrica de anedotas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.11.2017 às 10:56

Sobre a Sporting TV, o estado de coisas não é novidade alguma. Não sendo corrigido pela própria Direcção do Sporting, a solução é não prestar atenção, como eu faço. Mas concordo que é triste e lamentável.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds