Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A voz do presidente ?

City Lion, em 19.10.15

 

18922796_siFbI.jpg

Nem queria acreditar num vídeo que me enviaram com o nosso treinador do hóquei patins a dizer depois da 1ª mão da Taça Continental que uma equipa do meu Sporting era a “voz do presidente”. Claro esta frase foi aproveitada pela agência de comunicação do Bruno Carvalho que parece também trabalha para o Sporting e fizeram o destaque que aqui publico.

 

Depois disso, essa “voz”, infelizmente para nós, já perdeu para o campeonato e foi esmagada na 2ª mão da Taça Continental. Espero que 4ª feira contra o Benfica mudem o “chip” e que os nossos treinadores e jogadores se esforcem e dêem tudo pelo clube e em particular pelos seus sócios e adeptos. Quem estiver circunstancialmente a dirigir o clube deve ser apenas respeitado (mesmo que não dê a esse respeito como naquela vez em que ia provocando um incidente grave durante um jogo de hóquei e outra vez no futsal espicaçando ânimos exaltados, o que é uma especialidade sua) e nunca confundindo com o Clube em si.

 

O próprio treinador do futsal do Benfica veio no sábado “dar graxa” ao Luís F Vieira depois de nos ganhar com muita sorte à mistura. Fica-lhe mal.

 

Ouvi, pela voz inconfundível do presidente do Sporting, na última Assembleia Geral do clube, que agora (aparentemente referindo-se ao seu mandato) o Sporting está finalmente a ganhar nas modalidades.

 

Resolvi fazer um exercício simples de comparação do que se tem passado nas principais competições das principais modalidades nos 2 anos desde que entrou Bruno Carvalho e os 2 anteriores à sua chegada.

 

No futsal fomos campeões e ganhámos a Taça de Portugal na época antes da entrada do Bruno Carvalho, depois disso ganhámos apenas um campeonato e temos falhado, em particular, nos jogos contra o Benfica como no último sábado = Estamos piores.

 

No andebol tínhamos ganho a Taça de Portugal nas duas épocas antes da chegada de Bruno Carvalho e ainda conseguimos repetir a graça em 2013/14, mas a época passada ficámos em branco (o que há muito não acontecia). Não vou falar do Troféu Cidade de Viseu cujo destaque dado pelo Bruno Carvalho já foi alvo de muito gozo pelos benfiquistas = Estamos piores.

 

No atletismo ganhámos em 2011 o título de pista coberta masculinos e femininos (que repetimos em 2012). Em 2012 ganhámos também o crosse masculinos (em 2011 tínhamos ganho o crosse curto masculino) e feminino (que repetimos em 2013 e 2014). Em todos estes anos ganhámos o campeonato nacional por clubes feminino = Estamos iguais.

 

A grande vitória que poderemos destacar desde a chegada do Bruno Carvalho é a da Taça Cers no regresso do hóquei. Lembro no entanto que é uma competição louvável mas geralmente jogada por equipas limitadas e que já tinha sido ganha por equipas como o Sesimbra, Oliveirense e Paço d`Arcos. Se temos ganho depois esta espécie de Supertaça contra o Barcelona (apesar do desinteresse dos adeptos deste clube pela modalidade) já teria sido um feito = Estamos melhores (não havia comparação com o passado).

 

É evidente que estamos a gastar mais dinheiro nas modalidades (com excepção do atletismo) porque, entre outras coisas, o Bruno Carvalho sabe que isto pode ajudá-lo ao seu principal objectivo (que agora já tornou público) de poder sustentar a sua família. Tiro-lhe no entanto o chapéu no acompanhamento que dá às várias equipas. Infelizmente e ao contrário do que é passado para a opinião publica, a verdade é que os resultados nas principais modalidades têm sido, até agora, pouco animadores com esta nova Direcção.

 

Confesso que estava / estou com esperança com o forte investimento deste ano nas modalidades, mas admito a minha desilusão por ver a atitude de profissionais bem pagos a não deixar tudo em campo, como no último fim de semana, nomeadamente no andebol quando fomos eliminados das competições europeias por uma equipa ao nosso alcance (inacreditável a última jogada de ataque sem sequer rematar / ainda estou para perceber porque mudámos de treinador) e no futsal que perdemos quase por displicência (confesso a minha embirração pelo Marcão que quando jogava no Benfica representava tudo o que eu não gostava um bocado à imagem do Jorge Jesus).

 

publicado às 13:29

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds