Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Acredita no regresso da Liga?

Rui Gomes, em 11.05.20

unnamed.png

Face aos casos positivos de Covid-19 em quatro equipas - Famalicão, Guimarães, Benfica e Moreirense - e ainda, pelos vistos, com os jogadores do FC Porto a recorrer às redes sociais para reprovarem as condições prescritas pela Direção-Geral da Saúde para o retomar da Liga NOS, acredita no regresso da Liga?

No que ao futebol nacional diz respeito, a dúvida que nos confronta neste momento.

publicado às 03:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


38 comentários

Sem imagem de perfil

De Profeta a 11.05.2020 às 07:35

Não acredito nem quero acreditar... Se o futebol for à falência que vá! Pode ser que depois renasca para algo melhor.
Sem imagem de perfil

De FF a 11.05.2020 às 08:58

Bom-dia, Profeta,
Que a sua profecia se concretize.
FF
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 09:07

Parece-me que quem deseja isso não é amante do futebol, como desporto.
Sem imagem de perfil

De FF a 11.05.2020 às 10:37

Bom-dia,sr. Rui Gomes
O facto de eu ter deixado de gostar de futebol por se ter tornado em negócio, não significa que esteja contra esta actividade.
Simplesmente e como por diversas referiu que a saúde era mais importante, o meu desejo, além de salvaguardá-la para bem dos atletas e demais intervenientes directos nos jogos, ao ter comentado a "profecia" desejei e desejo que os mafiosos que, quais sanguessugas proliferam no futebol, sejam definitivamente afastados, se bem que este meu desejo possa configurar alguma ingenuidade.
Saudações Leoninas
FF
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 12:27

Nao acredito que a pandemia vá provocar alterações na essência do modelo da indústria. Está muito dinheiro em jogo e, como sabemos, quando se chega à hora da verdade, o dinheiro fala sempre mais alto.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 09:04

O grande perigo com esse cenário é que a falência do futebol poderá arrastar os clubes pelo mesmo caminho.
Sem imagem de perfil

De LG a 11.05.2020 às 08:58

Acredito piamente por duas razões:
1 - O político sobrepõe-se ao técnico, pelo que a DGS vai ser (quase) sempe favorável à realizaçao dos jogos. Daí as "condições" previstas pela DGS, é daqueles casos em que o parecer, antes de ser dado, já tem a conclusão determinada, bastando-lhe definir as condições para chegar ao objetivo pretendido
Gosto principalmente do "A FPF, a Liga Portugal, os clubes participantes na Liga NOS e os atletas assumem, em todas as fases das competições e treinos, o risco existente de infeção por SARS-CoV-2 e de COVID-19, bem como a responsabilidade de todas as eventuais consequências clínicas da doença e do risco para a Saúde Pública":


2 - Sem jogos não há dinheiro das TV's. Por isso o espetáculo vai continuar, há muito dinheiro a rolar e para rolar. E como momentos de crise são sempre momentos de oportunidade para alguns, vamos ver quantos clubes não vão ficar (mais) nas mãos de "comendadores" e outros salvadores providenciais
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 09:05

Não há dúvida que a grande luta é a sobrevivência económica da indústria.
Imagem de perfil

De Greenlight a 11.05.2020 às 10:48

O futebol é, hoje em dia, essencialmente, um espectáculo desportivo de televisão, cujas operadoras são o seu principal financiador. Essas operadoras de Tv não pagam aos clubes, ou às federações, se não houver espectáculo. O futebol não é o mesmo se não houver espectadores no estádio, é verdade. Mas a nossa vida, hoje, também não é a mesma que era há dois meses atrás e muita gente e em breve, a maioria, terá que ir trabalhar e correr os riscos de contracção da Covid19, decorrentes de se deslocar para o trabalho e de lá permanecer. Com os jogadores de futebol terá que acontecer o mesmo. Sinceramente não percebo como é que alguns jornalistas, como o Rui Santos, berram contra a solução encontrada. Mas qual é a ideia deles? Só há futebol quando houver vacina?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 12:30

A realidade nua e crua é que a sociedade global não será a mesma enquanto não houver vacina.

Entretanto, tomam-se medidas para recuperar alguma "normalidade", mas a que preço?

O mesmo é aplicável ao futebol.
Sem imagem de perfil

De Helder Mestre a 11.05.2020 às 11:19

Na verdade eu há muito que deixei de gostar deste futebol. Não fico nada triste, antes, pelo contrário, se este modelo de futebol caducar. Gostaria de uma refundação do futebol, em bases mais genuinas. Eu ainda vou acompanhando o futebol, não por me atrair esta atividade, mas, apenas, por ser viciado no Sporting! Parece-me que qualquer leigo percebe que, neste momento, não existem quaisquer condições para se realizarem desportos de contacto. No entanto, os agentes deste negócio futebolístico não querem deixar morrer esta galinha de ovos dourados, mas muito conspurcados.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 12:32

O que está em causa, e a FIFA e UEFA sublinham bem isso, é a sobrevivência da indústria com os muitos milhões sobre a mesa.
Sem imagem de perfil

De João Tavares a 11.05.2020 às 11:39

Se o Boifica estivesse à frente, isto já se tinha resolvido há muito tempo, como em França e salvo erro Holanda.
Mas assim o Estado Lampião está obviamente a tentar os possíveis para que o desfecho seja diferente..
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 12:33

Bem... até poderá ter razão, mas esperamos que não seja assim.
Sem imagem de perfil

De João Tavares a 11.05.2020 às 13:28

Por mais que goste de futebol e saudade que tenha de assistir aos jogos, não me parece que faça qualquer sentido reiniciar o campeonato
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 15:20

Não é o único a pensar assim. É um assunto muito pouco consensual.
Sem imagem de perfil

De João Paulo Gonçalves a 11.05.2020 às 13:50

Boifica e Estado Lampião...
Como não adorar?
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 11.05.2020 às 19:20

São palavras reveladoras de um certo tipo de personalidade.

Como não adorar?
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 11.05.2020 às 12:15

É um problema novo com que todos vão lidar e nada esta seguro , poderá haver alterações bruscas dependendo da evolução da pandemia nos atletas.

Os casos que já são conhecidos se fosse no inicio da pandemia seriam motivo mais que suficiente para que parasse imediatamente a atividade mas o fator de alteração do clima trás esperança e expectativa que a pandemia acabe por estabilizar nos mínimos e deixar de causar danos maiores , cada vez sentimos mais a importância da vacina chegar antes do próximo inverno para que não se volte ao mesmo e as decisões para uma nova paragem total.

O futebol vai avançar é minha convicção, mas, não estou convencido ainda da forma como se processa o controle dos atletas que terá que ter toda a transparência.

Esta muito dinheiro em jogo e quando assim é ficamos sempre muito desconfiados.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 12:37

No futebol como nos outros sectores da sociedade, a que custo se tenta recuperar a normalidade sem ainda haver cura/vacina para o vírus?

Verificam-se manifestações contra as restrições, mas a realidade é que os números continuam a somar, pela negativa, ou seja, com altos e baixos continuamos a ver pessoas infectadas e fatalidades.
Sem imagem de perfil

De João Paulo Gonçalves a 11.05.2020 às 14:45

Depois de ver aqui um comentador a falar em Boifica e Estado Lampião, quase perdi a vontade de comentar, mas cá vai:

Nenhum setor de atividade terá melhores condições para um regresso ao trabalho do que o futebol.
Nenhuma camada da população fez ou fará testes a todos os seus elementos, como o futebol profissional fará.
A mais ninguém serão dadas as condições que os profissionais de futebol terão.
Estes pontos foram, e muito bem, defendidos por Frederico Varandas, presidente do Sporting.
Apenas entrarão em campo jogadores que tenham testado negativo ao Covid19. Ou seja, a transmissão da doença será praticamente impossível.

Passando à vertente económica da atividade futebol, é por demais evidente que o dinheiro das transmissões televisivas é essencial para a sobrevivência dos clubes profissionais em Portugal.
Desde Março que as operadoras não pagam aos clubes aquilo que acordaram. Não têm produto para vender, não recebem dinheiro...
Nenhum (ou quase nenhum) clube vive folgado em termos económicos. Quase todos vivem com a corda na garganta, antecipando receitas de tv e publicidade, e indo buscar dinheiro a empréstimos obrigacionistas. Num ano que corra bem, podem realizar boas entradas de dinheiro com a venda de alguns jogadores, mas até isso no futuro será diferente. Os valores que se pagaram por passes de jogadores até Janeiro deste ano, não me parece que se voltem a pagar tão depressa...
Parece-me óbvio que este regresso é essencial para a sobrevivência. Parece haver apenas um clube em Portugal capaz de passar por uma situação destas sem entrar em colapso, e mesmo desse já começam a surgir avisos de que isto não se pode arrastar por muito mais tempo.

Em relação à parte desportiva, em minha opinião só poderá ser declarado um campeão se a prova terminar com todas as jornadas concluídas. Se não for possível, os lugares europeus seriam atribuídos pela classificação após a última jornada concluída.
Para que tudo funcione com clareza, terá de haver alguma entidade extra-futebol a garantir que possíveis casos de infeção sejam mesmo verdadeiros, e não sejam inventados para tirar partido da classificação nesse momento.
Parece que se sente algum receio no FCP, com muita gente a dizer que se o Benfica passar para a frente se arranjará maneira de acabar o campeonato. Falta de confiança neles próprios?

Fica dado o meu contributo.
Saudações desportivas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 15:25

Uma vez que o campeonato não foi cancelado pela paragem, se o for num futuro próximo sem todas as jornadas concluídas, será muito polémico, especialmente se o Benfica conseguir ultrapassar o FC Porto.

De qualquer modo, é por de mais óbvio que isto é uma tentativa de responder à crise económica provocada pela pandemia. O que ainda está para ver é a que preço isso será realizado, ou pelo menos tentado.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 11.05.2020 às 16:49

Toda a gente percebe como funciona Portugal….. tudo em prol dos vermelhos!

Um gajo não pode ir na Pascoa à terra, não podemos ir a funerais, não podemos ir a Fátima, não podemos ir à praia, não pode haver modalidades nem futebol da II liga para baixo….. mas podemos ir ao Avante, podemos ir à concentração da CGTP na Alameda, podemos fazer surf e pelos vistos no desporto, apenas o campeonato da I Liga pode ser jogado.

Alguém acredita que se fosse o benfica o 1º classifica que ainda haveria campeonato?! toda a gente sabe que não….. mas vamos fingindo que não é assim….

Defendo o regresso da normalidade…. mas tem de ser esclarecido porque razão um jogador de futebol em contacto com outro jogador infetado, porque razão não tem de cumprir quarentena….. são estas idiossincrasias que fazem deste um pais espetacular!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 17:05

Bem... não sei bem se "espectacular" é o termo mais adequado...

Já admiti o cenário, após a retoma, do SLB ultrapassar o FCP na classificação e entretanto surgirem alguns casos do vírus. Veremos então como agirão os responsáveis pelas decisões.
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 11.05.2020 às 19:38

Caro Rui Gomes,
Nem que falte só um jogo para terminar o campeonato, e o Benfica estiver à frente, poderá haver campeão. O campeão é aquele que ao final de disputar todos os jogos com os seus adversários, em casa e fora, tenha somado o maior numero de pontos.
Para mim nem Liverpool, nem seja quem for deve ser consagrado campeão.

Gostei das palavras do Sadio Mané, jogador do Liverpool, "se não pudermos jogar mais para o ano há mais campeonato". É esta a mentalidade de um verdadeiro campeão, para efectivamente o ser tem de se merecer ganhando-o em campo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 20:13

O título até não importa, só por si. Se o campeonato for novamente parado e subsequentemente cancelado, a equipa que liderar a classificação apura-se directamente para a fase de grupos da Champions e os tais 50 milhões de prémio.
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 11.05.2020 às 20:35

Isso é outra questão, e provavelmente será o mais justo caso se verifique essa anulação.

E porquê que o FCPorto não se bateu pela paragem definitiva que a beneficiaria? Porque estão em falência, e precisam das verbas da TV e patrocínios.

Quanto aos 50M de prémio, ainda é algo que se vai ver.
Ou são só os clubes que estão em dificuldades e que podem cortar nos custos?
Sem imagem de perfil

De ZBraga a 11.05.2020 às 21:15

A pergunta que eu deixo. Será que para o ano há ligas dos campeões? Se houver liga dos campeões o prémio será tão chorudo?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 21:46

São perguntas legítimas, sem dúvida.

Segundo a UEFA, a Champions é para realizar, embora com agendamento ainda incerto.

Eu acredito que é tudo uma questão de timing e oportunidade, mediante a evolução da pandemia.
Sem imagem de perfil

De João F. a 11.05.2020 às 18:03

Se o coronavírus atacar os jogadores de algumas equipas da Liga fortemente até ao final de Maio, ponho as minhas dúvidas que o campeonato recomece. Bastará que algumas delas (Benfica e Porto) fiquem desfalcadas de alguns elementos-chave, para que tudo fique como está e sem campeão.Estão em jogo no mínimo 50 milhões de euros vindos com a participação na Liga de Champiões e tanto a Liga como a FPF, estão-se a borrifar para os outros clubes e também para o aspecto desportivo.


Imagem de perfil

De Mike Portugal a 11.05.2020 às 19:07

Eu até acredito que já haja pessoal do FCP e SLB a planear infetar os jogadores do adversário de alguma forma.
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 11.05.2020 às 19:22

Especialmente se forem adeptos infectados pelo vírus da estupidez.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 11.05.2020 às 21:26

ChakraIndigo,

Não duvides que haja gente a pensar nisso.
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 11.05.2020 às 19:32

O futebol como ecossistema só sobrevive se houver pagamento dos patrocinadores e dos detentores dos direitos televisivos aos clubes.

Até há ultima ínfima hipótese haverá retoma do campeonato, porque senão muitos clubes simplesmente irão falir (alguns já estão efectivamente falidos, caso do FCPorto, que é o clube mais desesperado por receber essas verbas, e que tem um défice de exploração mensal de 10M). O interesse nem é ser campeão, é mesmo sobreviver com as verbas que, se não se terminar o campeonato, não entrarão nos seus cofres.

O Benfica como de costume está sempre na boca de alguns sportinguistas, mas o FCPorto é o único clube da Europa que fez campanha para ser consagrado campeão na secretaria, tanto no futebol como no andebol, onde até houve uma boa resposta do Carlos Ruesga ao GR do clube do Porto, "fiquem lá com a taça", disse ele.

Por mim tudo bem, eles já têm vários campeonatos do "apito dourado" assim passavam a ter o campeonato do "vírus". Para um clube habituado a ganhar seja de que forma for até lhes ficava bem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 20:15

Se pensa que são só eles a somar títulos sombrios, engana-se a si próprio.
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 11.05.2020 às 20:29

Meu caro, eu não penso, ficou provado em tribunal.

Quando houver outros na mesma situação poderei então comentar sobre factos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.05.2020 às 20:36

Engana-se a si próprio se pensa que só o que é provado em tribunal é factual.

Muito ocorreu no futebol português ao longo dos anos que nunca chegou a tribunal algum.
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 11.05.2020 às 20:47

Tendo em conta o lugar que é atribuído ao nosso país nos estudos internacionais feitos relativamente à corrupção, é com grande grau de certeza probabilística que se pode fazer essa afirmação.

A maioria desses factos de que fala e que não chegaram a tribunal, provavelmente estarão no âmbito da falta de ética, de pequenos desvios legais, do aproveitamento de teias de influência, e outros deste género.

Eu não acredito que o Benfica tenha ganho algum titulo por corrupção, mas tenho a certeza que lhe foi sonegado pelo menos o direito de conseguir lutar com armas iguais durante muitas épocas.. E acho que o Sporting também está na mesma situação, e foi muito mais afectado por várias razões que não vêm ao caso.

Assim como tenho certeza que o FCPorto ganhou títulos com actos de corrupção, e que através dessa teia corrupta que montou, beneficiou posteriormente de condições para continuar a ganhar.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo