Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ainda a lesão de João Palhinha

Rui Gomes, em 29.11.21

img_770x443$2021_11_28_07_31_51_1933113.jpg

João Palhinha, que saiu lesionado do jogo de ontem frente ao Tondela, apresenta "uma lesão muscular na região posterior da coxa direita", confirmou o Sporting esta segunda-feira. O médio deverá assim falhar o dérbi com o Benfica, agendado para sexta-feira, caso que se confirmar, verá, muito provavelmente, Manuel Ugarte ocupar o seu lugar.

O jogador leonino lesionou-se quando tentou fazer um corte, na área leonina, na sequência de um livre favorável ao Tondela. Palhinha ficou caído e foi substituído de imediato, aos 67 minutos de jogo. Já no banco, Palhinha colocou gelo na zona afectada.

Jovane Cabral e Rúben Vinagre estiveram novamente ausentes dos trabalhos dos leões de hoje, uma vez que continuam a fazer tratamento às respectivas lesões. Já os titulares do jogo de ontem fizeram o habitual trabalho de recuperação pós-jogo, enquanto os restantes trabalharam no relvado às ordens de Rúben Amorim.

O plantel estará de folga amanhã e regressará ao trabalho na quarta-feira (treino agendado para as 1030, na Academia).

publicado às 14:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


24 comentários

Imagem de perfil

De Mike Portugal a 29.11.2021 às 14:11

Já fico contente em saber que não é rutura.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.11.2021 às 14:12

Sim, isso já é uma boa notícia.

É muito improvável que esteja disponível para sexta-feira, mas parece-me que ainda é uma possibilidade, remota que seja nesta altura.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 29.11.2021 às 14:34

Se estiver disponível muito bem, mas eu não arriscaria a não ser que fosse com certeza absoluta do médico.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.11.2021 às 14:48

Sim, claro, o Sporting nãi vai arriscar agravar a lesão.
Sem imagem de perfil

De Juskowiak a 29.11.2021 às 15:03

Se o estiramento foi ligeiro provavelmente estará apto. Estas lesões curam-se rapidamente com descanso e anti-inflamatório.

Se não estiver apto é improvável que se recorra à infiltração, pois este jogo é importante mas não decisivo.

Seja como for este é um tabu que RA deverá alimentar, pois é diferente jogar com Ugarte ou Palhinha. E assim condicionará a estratégia de Jesus.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 29.11.2021 às 16:38

Insisto que não será o Ugarte.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.11.2021 às 16:51

Só se o Matheus Nunes assumir uma postura totalmente defensiva, porque se vamos depender do Daniel nesse sentido, vamos ter problemas.

Sei que o Julius é um grande admirador do Daniel, até nas "Notas" se vê, mas ele ainda tem muito a pedalar para chegar lá.
Sem imagem de perfil

De verdesangue a 29.11.2021 às 18:34

Para quem tem visto os jogos da equipa B com atenção, um jogador se tem destacado acima de todos os outros, Dario Essugo, apesar de seus 17 anos, se Palhinha não poder ir a jogo, não me admiraria se Amorim aposta-se no menino....
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 29.11.2021 às 19:55

O Dário ainda esta muito verdinho para o tipo de cilindrada de um derby.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 29.11.2021 às 19:42

O problema é que o Ugarte ainda está naquele patamar das entradas sem timing e é dessa forma vulnerável aos cartões.
Imagem de perfil

De Greenlight a 29.11.2021 às 19:50

Edtou de acordo com Juliud. Se num jogo com o Tondela, que já estava resolvido, Ugarte viu o cartão amarelo por falta desnecessária, imagine-se o que iria acontecer na Luz se Ugarte jogasse a titular. Aos vinte e tal minutos, o “grande mestre” já estaria a aplicar a táctica de 11 contra 10. Daniel Bragança estará do ponto físico num nível inferior mas, futebolisticamente, está num patamar superior a Ugarte.
Imagem de perfil

De Greenlight a 29.11.2021 às 19:51

Quiz dizer” estou de acordo com Julius”
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 29.11.2021 às 19:52

É isso que defendo precisamente, mas se o M Nunes jogar mais posicional saindo só mais pela certa e quando sair o Dani defender-lhe as costas pode ser a solução.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 29.11.2021 às 21:10

Para um dérbi com o Benfica um meio-campo com Matheus Nunes (mesmo que mais posicional) e Daniel Bragança a mim não me convence. É uma dupla que não tem a intensidade para um jogo desta exigência. Perdíamos em toda a linha. Na vertente defensiva e até na ofensiva. Bem sei que as circunstâncias são diferentes mas estou suficientemente escaldado com a experiência do ano passado para voltar a repeti-la.
Apesar do risco preferiria apostar no Ugarte. Até já me passou pela ideia colocar o Neto nessa posição!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 29.11.2021 às 21:33

Bom o Ugarte veio precisamente para resolver as ausências do Palhinha, sabemos que não tem o ritmo para a intensidade que aquela posição obriga, fácilmente o vemos como o substituto natural do Palhinha, mas pode ainda não estar listo, tenho-lhe visto fragilidades, principalmente no timing de entrada á bola e é um dos aspectos que podem tornar decisivos para o treinador apostar ou não nele para sexta feira.

A verdade é que ninguém consegue substituir o Palhinha, é único em tudo o que joga e faz jogar, mas à forma de remediar o problema que é jogar com 2 "seis" com um deles com ordem para sair na construção mas com poleiro imediato logo que a equipa perca a bola.Tudo depende da dinãmica que o Rúben pretenda no jogo.
Já me aconteceu ficar sem o meu jogador pêndulo e sem ninguêm a poder igualar-se a ele, optei por jogar com 2 "seis" e resultou bem, quando um deles tem ordem para ligar o jogo mais à frente quando com bola.

É um jogo que necessitamos de ter gente forte no banco também, sem o Jovane ficamos com menos soluções de gente tarimbada, ficamos reduzidos a escassas opções criativas, todos têm que ir a jogo menos o Nuno Santos, fica como opção mais válida porque o Tabata consegue ser ainda mais irregular. O Tomás e o Nuno Santos serão as primeiras opções caso o Daniel seja mesmo titular. Veremos.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 29.11.2021 às 21:50

Julius, percebo a lógica do seu raciocínio mas a dupla Matheus Nunes-Bragança não me convence para um jogo desta intensidade. O Daniel não aguenta num meio-campo a dois e deixa o Matheus "órfão".
Não estou a dizer que o Ugarte é a opção ideal, até porque partilho da visão do Julius sobre as suas insuficiências, mas mesmo assim parece-me a menos arriscada.
Sem imagem de perfil

De Pedro Santos a 29.11.2021 às 22:05

Aqui estou com o Julius…
Ugarte será naturalmente um jogador mais posicional e sólido, defensivamente.
De resto, Ugarte foi um jogador suficientemente notado em Famalicão para se poder afirmar ser capaz de poder eventualmente protagonizar um grande jogo na Luz a actuar naquela posição de “6”.
Mas Ugarte, por todas as razões, ainda não está suficientemente adaptado ao estilo de jogo do Sporting. Além disso, sendo sombra de Palhinha neste plantel, talvez sinta ainda o peso da responsabilidade, justificada na sua tenra idade.
Aqui entra na equação Daniel Bragança.
O Sporting apoia-se num estilo de jogo contido mas igualmente trabalhado.
Tacticamente falando, Bragança é um jogador muito mais encaixado neste estilo de jogo. Além disso, o Daniel representa o paradigma de jogador construtivo e influente no xadrez ofensivo, aliás, tal como Palhinha.
Sendo ele o jogador mais utilizado naquele meio campo em substituição dos dois habituais titulares, seria para mim pouco imaginável que Amorim prescindisse dessa experiência adquirida em alternativa por alguém pouco rotinado na função.
Bragança irá a jogo de início, em minha opinião, e Ugarte entrará em fase mais adiantada do jogo, espero eu, para poder ajudar a defender o resultado entretanto construído.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 29.11.2021 às 22:15

De facto é precisamente essa a minha ideia, porque tudo é revisto ao mínimo detalhe entre os prós e contras. E a rotina e a falta dela joga a favor do Daniel, áparte o tal detalhe que o Ugarte ainda se precipita excessivamente na leitura do timing de entrada na bola e é um grande risco ser amarelado logo no início do jogo, mas tudo é subjectivo.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 29.11.2021 às 22:56

São opiniões.
Não questiono o entrosamento táctico e a maior participação nas dinâmicas da equipa por parte do Bragança.
O que me preocupa é a "fragilidade" global desta dupla. A nível ofensivo não duvido da sua utilidade mas a nível defensivo...
Estamos a falar de um jogo em que, quer queiramos ou não admitir, o nosso estilo de jogo, habitualmente trabalhado, poderá não ser o predominante.
Volto a repetir que o Ugarte não é a solução ideal, infelizmente até está longe disso, mas parece-me a mais adequada. Face à intensidade do jogo penso que o grande risco que corremos com a utilização de Ugarte pode ser a sua maior valia.
Queria eu estar enganado mas temo que essa dupla "estenda a passadeira" às acções ofensivas do Benfica.
Sem imagem de perfil

De RCL a 29.11.2021 às 16:40

O Sporting tem um excelente Departamento médico e até o presidente é Fisiatra. Por aí , e não só, estou descansado.
SL
Sem imagem de perfil

De jose Gonçalves a 29.11.2021 às 17:34

Se bem me lembro, na pré época houve experiências no meio campo utilizando Bruno Tabata e até Mateus Reis, que não foram totalmente frustradas!
Amorim pode surpreender, até Paulinho lutador como sempre poderia deixar o lugar na frente a TT, enfim para coisas destas é preciso tempo e rotinas!
Confio na sensatez e audácia de Amorim; uma coisa é certa, com estes jogadores rapidíssimos do Benfica na frente, o meio campo terá sempre de jogar mais junto aos defesas numa entreajuda constante espreitando sempre o jogo em profundidade aos nossos 3 mais avançados.
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 29.11.2021 às 18:27

Ainda tenho esperança que jogue
Vamos ver!

Beijinhos, Rui
Resto de Dia Feliz
Sem imagem de perfil

De José Silva a 30.11.2021 às 12:05

Palhinha sé regressará em Janeiro, espero estar enganado.Na minha opinião, e para o próximo jogo, Matteus Nunes deve jogar no lugar de Palhinha porque consegue jogar e bem, em qualquer lugar do meio campo, e a seu lado se eu fosse o treinador, colocaria Bragança ou Tabata. Lembrem-se que em jogos da pré-época, Bruno Tabata realizou grandes jogos mo interior do meio campo com grandes elogios da comunicação social da especialidade. Bom dia a todos.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo