Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Jefferson chegou ao Sporting no Verão de 2013 proveniente do Estoril Praia, por uma verba originalmente noticiada como tendo sido 400 mil euros, por 60 por cento dos seus direitos económicos. Posteriormente, através do Relatório e Contas da Sporting SAD, foi revelado que a aquisição foi mais dispendiosa do que tinha sido anunciado, tendo ficado por 700 mil euros. O lateral esquerdo brasileiro, de 25 anos, assinou na altura um contrato válido por quatro épocas, ou seja até 2017.

 

No contrato de compra e venda estava incluído uma cláusula que permitia ao Sporting adquirir mais 20 por cento do passe até ao final desta época, presume-se por valores pré-estipulados. Segundo o que é noticiado esta quarta-feira, o Sporting, face à importância crescente do jogador na equipa, decidiu exercer essa cláusula - embora os valores não tenham sido revelados - e adicionar mais um ano ao contrato, até 2018, com um aumento salarial. esta disposição, garantirá - em princípio - os serviços do jogador até aos 30 anos de idade.

 

Esta época Jefferson realizou 15 jogos como titular na I Liga, acumulando 1372 minutos de jogo ( 15,2 jogos), falhando 4 jogos, 3 por lesão e um por castigo. Regista ainda um jogo na Taça de Portugal e 3 na Taça da Liga, nesta com 283 minutos em campo.

 

Creio ser indiscutível que Jefferson tem sido uma mais-valia para o Sporting e uma "peça" importante na equipa e sistema de jogo de Leonardo Jardim. Esta decisão da SAD em adquirir mais 20 por cento do passe parece ser mais do que lógica e, potencialmente, um bom investimento, desportiva ou financeiramente.

 

publicado às 22:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De paulo a 20.02.2014 às 16:34

Sabe tão bem ler um post baseado unica e exclusivamente no trabalho da direcção. Isto sim é transparência. Sabíamos como era, sabíamos o que se previa e sabemos o que resultou .... e estamos todos de acordo.

Se todos os actos de gestão fossem assim simples .... tanto se teria poupado a este clube.

p
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 20.02.2014 às 19:35

Um dos problemas é que nem tudo o que ocorre é indiscutível e/ou consensual . Muito por isto, surgem opiniões divergentes que teremos de respeitar, muito embora possamos estar em desacordo.

Neste caso concreto, dado tudo o que conhecemos em directo e "in loco" do jogador, as suas características, a sua idade, as alternativas no plantel para a posição e, sobretudo, a sua contribuição até este ponto da sua estada de leão ao peito, a decisão da SAD é por de mais sensata.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo