Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

Não era minha intenção voltar a abordar o despedimento colectivo no jornal "Sporting", mas depois de reflectir conscienciosamente determinadas informações que me chegaram, há dois ou três dias, decidi que valeria a pena um comentário adicional, que se não tiver outra utilidade, servirá para acentuar que este assunto foi mal e impiedosamente gerido pelo Conselho Directivo e, sobretudo, em contraste com a transparência que é constantemente apregoada, nem tudo é o que aparenta, caso existissem dúvidas.

 

As suspeitas sobre diversos aspectos desta decisão dos responsáveis do Sporting surgiram logo no primeiro minuto, pela informação que foi divulgada pela comunicação social , em nada atenuadas pelo tardio comunicado do Clube, que eu então denominei o proverbial "atirar areia para os olhos". Soube-se, então, que foram despedidos oito funcionários do jornal, homens e mulheres, alguns com décadas de serviço no Clube. Um dos rumores que então surgiram foi-me possível agora confirmar: que apenas ficaram dois fotógrafos, possivelmente porque o "YoungNetwork" Grupo não tem profissionais da especialidade no seu quadro.

 

Entretanto, através de fonte directa e fidedigna - nomeadamente um dos funcionários despedidos - foi possível apurar um pouco mais sobre o processo e a forma como este foi gerido por quem de direito. Este funcionário, que por uma questão de respeito e sem a exigência da pessoa, vou manter anónimo, depois de décadas na função, apresentou-se ao serviço na terça-feira, dia 22 de Abril, e quando tentou dar início ao seu trabalho verificou que o acesso ao seu computador estava bloqueado. Dirigiu-se então a um colega que o informou do despedimento colectivo e que também ele descobriu a situação do mesmo modo. Para não entrar em mais detalhes, será suficiente indicar que o referido funcionário dirigiu-se a um dirigente e perguntou-lhe se a Direcção não sentia o dever e se não dispunha de cinco minutos para informar as pessoas directa e pessoalmente. Não recebeu resposta !

 

Ainda através de uma outra fonte, também esta fidedigna, um vogal da Direcção foi questionado sobre a situação. Como resposta, limitou-se a dizer que o processo "já estava a ser planeado há algum tempo, porque estavam a ser cometidos muitos erros" (com a publicação do jornal).

 

Caso à parte, quero deixar aqui o meu apreço por Rúben Coelho - director-adjunto do jornal - o real "motor" da publicação com cerca de 25 anos de casa e, salvo erro, distinguido com o Prémio Stromp, em mais do que uma ocasião. Pessoa com quem eu tive o prazer de lidar durante os meus anos de colaboração com o jornal. Não tive ocasião de falar com ele, mas creio que visita o blogue. Desejo-lhe as maiores felicidades.

 

publicado às 07:57

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


37 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.04.2014 às 10:37

E já há muito que se reconhece a falta de qualidade do site...

A comparação entre o jornal e o site não tem fundamento algum, técnica e historicamente.

Bruno de Carvalho é Doutor de quê ?... A título de curiosidade.
Sem imagem de perfil

De Marco Silva a 30.04.2014 às 11:08

Do que lhe disse só lhe mereceu observção as habilitações do Dr. BdC o que significa que a defesa que faz do assunto é muito débil ou então concorda comigo no essencial.

No CV de BdC, pode ler-se:

"A sua formação de base a nível académico (primeiro ciclo) é o Curso Superior de
Gestão tendo lhe sido conferida a licenciatura pelo ISG - Instituto Superior de
Gestão que veio posteriormente a completar com os estudos do segundo ciclo do
ensino superior, com o Mestrado em Gestão do Desporto de Organizações
Desportivas, pela Faculdade de Motricidade Humana e pelo ISEG -Instituto Superior de Economia e Gestão"

Segundo julgo saber, é(ou foi) Professor no ISEG.

Mas mais de que tudo isso é o Presidente do meu clube de coração que num ano de gestão devolveu-me o orgulho de ser sportinguista e, em particular, afastou de mim o pesadelo do absimo ao mesmo tempo que me faz acreditar que (afinal) ainda podemos retomar o caminho da glória
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.04.2014 às 12:12

Sim, tem razão, ele quase toda a Direcção do Sporting são professores no ISEG.

Respondi-lhe a três questões diferentes, mas como isso não o satisfez, ainda poderia ter dito que ainda "bem" que considera a perda de empregos pelas oito pessos despedidas "histórias de alcoviteiros".

Quanto ao resto da sua demagogia, o disco já está bastante gasto.
Sem imagem de perfil

De L a 30.04.2014 às 12:51


É favor não comparar a estrada da Beira com a beira da Estrada. O ISEG, ex-ISE e ex-Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras da Universidade Técnica de Lisboa, em São Bento, ao Quelhas, é só a Faculdade de Economia mais antiga do país, quase tão antiga como o SCP. Aliás até deriva de duas escolas ainda mais antigas.

Já este Sporting está em força é no ISG (Business and Economic School), instituto onde trabalham vários elementos ligados à Universidade Lusófona, caso de Manuel Damásio, que é presidente de ambos os conselhos de administração (CA). Outro nome comum é Carlos Vieira, ‘vice' do Sporting, que é o responsável pelas Relações Internacionais da Lusófona e vogal do CA da Ensinus, empresa a que pertence o ISG, onde trabalham ainda Bruno de Carvalho e os ‘vices' leoninos Vicente Moura e José Quintela. Também o antigo dirigente verde e-branco Dias Ferreira está entre os docentes do instituto. No ISG, o "mestre" Bruno de Carvalho é o responsável pela coordenação científica do curso de pós-graduação em Gestão Desportiva. Além disso, é docente na Unidade Curricular Gestão e Exploração de Recintos Desportivos, e Organização e Desenvolvimento Desportivo, com Bento Valente. Nesse mesmo curso, Dias Ferreira é o "mestre" em Direito no Desporto; o "comandante" Vicente Moura ficou com a unidade Aprendizagem, Sustentabilidade e Responsabilidade Social no Desporto; e o "mestre" José Quintela com Relações Públicas no Desporto, aparecendo ainda como docente em Workshop Gestão de Crises na disciplina Comunicação de Crise.

Claro que é uma mera coincidência, naturalmente que haverá pessoas com amizades comuns diz Manuel Damásio, presidente do conselho de administração do ISG, sobre o facto de no instituto trabalharem vários elementos da direção do Sporting, como Bruno de Carvalho, Carlos Vieira, José Quintela e Vicente Moura.

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.04.2014 às 19:16

Será porventura uma explicação semelhante à que o mesmo Manuel Damásio daria se lhe perguntassem sobre o facto de ser sócio do Godinho Lopes na Estoril Sol Residence.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.04.2014 às 21:58

Não acha que é comparar "alhos" com bugalhos " ?
Sem imagem de perfil

De sloct a 01.05.2014 às 08:27

O caro L tem toda a razão. O ISEG (no meu tempo era ISE) é uma instituição séria, não tem nada a ver com os ISG's que por aí pululam....
Sem imagem de perfil

De Marco Silva a 30.04.2014 às 18:51

Meu caro Dr Rui Gomes
Com esta resposta(?) concluo uma de duas: ou está em baixo de forma por quaisquer razões que por vezes atingem o comum dos mortais ao que, se for verdade, formulo sinceros votos para que sejam rapidamente ultrapassadas, ou então, o seu ódio/obessão pelo Dr Bruno de Carvalho fá-lo perder alguma clarividência levando-o, muitas vezes, a ser injusto/incorrecto.
Ao invés do que escrveu, não me respondeu a três questões. Questionou as habilitações académicas do Dr. Bruno de Carvalho. Reconheceu que era mau o site do Sporting e que o site e o jornal não eram comparáveis como se isso fosse a questão.
Quanto ao grau académico parece que ficámos esclarecidos. Em nota de rodapé e do que li por aqui, parece que o facto de vários membros de Direcção do Sporting darem aulas juntos no tal Instituto é quase crime e menos valorativo das suas funções.
Quanto aos empregados despedidos, lamento dizer-lhe mas não vejo nisso nenhum drama desde que as pessoas em questão sejam tratadas com a devida urbanidade e recebam as indemnizações a que têm direito. No resto é um processo normal na vida das empresas que dão prejuízo
Antecipando-me ao que irá escrever (nas costas dos outros vejo as minhas) quero desde já dizer-lhe que não deixarei de visitar diariamente o seu blogue. Como diz o escritor, alegoricamente falando, até nos pântanos nascem flores e algumas das que tenho visto por aqui, são das mais belas que colhi e é dessas que continuarei a vir à procura
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.04.2014 às 22:20

Meu caro Marco Silva,

Em primeiro lugar permita-me esclarecer que não uso "Dr.".

Segundo, não reconheço as credenciais académicas de Bruno de Carvalho para ser tratado por "Doutor", tão simples como isso. O facto de ser "Mestre" no ISEG em gestão desportiva, é um caso irrisório que nem justifica mais discussão.

Porque é que não se aprova o "Bruno" tem de ser devido a "ódio" ou qualquer outro sentimento tão degradado ? Já expliquei neste espaço inúmeras vezes as razões que me levaram a não acreditar na pessoa. De resto, Bruno de Carvalho tem tanta influência na minha vida como um mosquito, salvo por ser o presidente do meu clube.

Foi o caro que fez referência ao site do Sporting, ou fui eu ? A operação de um qualquer site que na realidade não envolve jornalismo, é muito diferente da publicação de um jornal. Uma das razões que permitem e até exigem que seja contratado no exterior. Isto, não obstante, há muito que é reconhecido que a plataforma do site do Sporting é muito pobre.

Ainda bem que não acha nenhum drama no despedimento de pessoas que exerciam uma função há muitos anos, e especialmente da forma como foi. Fico grato por não necessitar da sua compaixão !
Sem imagem de perfil

De L a 30.04.2014 às 22:56


Caro Rui,

Desculpe a insistência, mas para quem preza vários amigos entre o corpo docente do ISEG chega mesmo a arrepiar, neste caso o caro persistir no erro, como estou certo por puro engano. Aliás como pensei que tivesse ficado mais que evidente logo na minha primeira chamada de atenção, onde só sou responsável pelo primeiro parágrafo referente ao ISEG, tudo o resto é peça jornalística no google à distância de Sporting e Lusófona, com toda a certeza uma nota de imprensa enviada pela seita em causa. Como julgo inclusive que já abordei aqui uma vez a questão desta maralha de mestres que se enchem à custa de muitos pais que não fazem a mais pequena ideia do que devia ser sempre a educação e o ensino, no caso superior e claro do erário público.

Respondendo ainda ao outro utilizador, claro que é sempre mais conveniente associarmos o crime organizado a actividades ilegais no lugar de necessidades mais básicas a qualquer ser humano e em boa verdade até à data ainda só se consegui desmantelar dois lobbies do mesmo género com o rótulo de crime organizado, as Universidades Modernas e Independente. Tudo a seu tempo, por enquanto a Lusófona é mais conhecida por licenciaturas fraudulentas e logo por ironia a envolver outro ministro da propaganda.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.04.2014 às 23:14

Não refuto que assim seja. Não fiz pesquisa sobre a matéria e limitei-me a evocar a informação mais disponível, aliás, já há algum tempo.
Sem imagem de perfil

De L a 30.04.2014 às 23:27


Só pretendi mesmo salvaguardar aqui o ISEG. Quanto ao que se passa no ISG vinculado na imprensa não sei nem quero saber e a última coisa que ainda pretendi foi vir para aqui dissertar sobre os grandes monumentos que alguma politica portuguesa decidiu erigir numa democracia muito peculiar à portuguesa.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo