Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ainda os vouchers: mais um mero equívoco?

TVI diz que PJ tem indícios de corrupção desportiva contra o Benfica

Rui Gomes, em 02.03.20

A TVI avança que a Polícia Judiciária tem fortes indícios de corrupção desportiva contra o Benfica no caso dos 'Vouchers'.

Numa reportagem do Jornal das oito deste domingo, a TVI avança que a PJ descobriu que 'vouchers' oferecidos pelo Benfica a árbitros não eram apenas de 35 euros e que, nalguns casos, chegaram aos 600 euros, já que os mesmos estendiam-se a pessoas da intimidade dos árbitros, observadores e assistentes.

2020-03-01 (1).png

A estação avança que a investigação fez um levantamento da facturação do restaurante Museu da Cerveja onde a conta das refeições terá andado entre os 500 e 600 euros.

Na investigação da PJ que a TVI teve acesso, alguns 'kits Eusébio' oferecidos pelo Benfica a árbitros ultrapassaram os 245 euros, montante definido pela UEFA como sendo o limite.

O caso original já foi arquivado na justiça desportiva mas continua no Ministério Público, juntamente com o caso dos emails, que alegadamente configuravam um esquema do clube da Luz para controlar a arbitragem.

Reacção do Benfica através de comunicado:

"A respeito de uma peça divulgada na TVI ("Benfica e Arbitragem"), promovendo o jornal de domingo às 20h00, o SL Benfica torna público que não foi notificado de nenhuma "conclusão do Ministério Público" relativamente a qualquer inquérito judicial que esteja em curso.

Aliás, não deixa de ser muito curioso e significativo o timing desta peça. Aquele inquérito está, como é sabido, sujeito a segredo de justiça, pelo que o SL Benfica reservará qualquer actuação para o momento e local próprios.

Mais aproveita o SL Benfica para relembrar que no designado caso dos 'vouchers', a que parece aludir a TVI, todas as decisões processuais de instâncias nacionais e internacionais até agora conhecidas concluíram pelo arquivamento do processo".

publicado às 02:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


36 comentários

Sem imagem de perfil

De LG a 02.03.2020 às 08:14

Como é evidente, virão benfiquistas afirmar que "nenhum árbitro se deixa corromper por 30/40/50/70/100/.......euros"
Como parecem ser conhecedores, podiam dizer qual é a medida certa da corrupção.

Como alguém disse, já em 2017, e como estamos em Portugal, isto não vai dar em nada, Isto é apenas uma parte de uma investigação, ainda não é acusação, ainda vai passar pela fase da instrução e com sorte chegar a julgamento.

Também não percebo a tática do MP: Juntar este processo ao dos emails para quê? Fazer mega-processos dá quase sempre lugar a mega-absolvições.
E mais importante do que este processo será o do Mala Ciao.

(e pode ser que alguém cumpra a sua promessa eleitoral)
Sem imagem de perfil

De Pedro Piedade a 02.03.2020 às 10:22

Explique la´como é que vai passar pela fase de instrução se ainda nem sequer há acusação????
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 02.03.2020 às 08:40

Uma coisa é a PJ ter indícios de corrupção, outra bem diferente é conseguir provar isso em tribunal. De qualquer maneira, desportivamente o caso dos vouchers foi arquivado, portanto para haver alguma sanção desportiva teria que ser aberto um novo caso que não fosse relativo a vouchers, penso eu.
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 02.03.2020 às 11:11

O Mike no outro dia veio refilar que eu benfiquista estava a comentar um assunto do sporting e agora vem comentar um assunto sobre o slb, que coerencia.
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 02.03.2020 às 19:31

Existem provas e a matéria probatória é inequívoca e irrefutável.
A decisão de arquivo a nível desportivo, não é definitiva, porque o Direito, os Tribunais e a Justiça a ela se sobrepõe.
As instâncias desportivas, não julgam, nem investigam, pois limitam-se a apreciar apenas o que lhes é facultado no momento.
Por conseguinte sem jurisdição, ou seja, não se sobrepõem à Lei, aos Tribunais e à Justiça.
SL
Sem imagem de perfil

De Pedro Piedade a 03.03.2020 às 00:28

Mas diga lá, do alto da sua sabedoria, onde está essa matéria probatória inequívoca e irrefutável, que passados 5 anos de investigação ninguém conhece, e nem sequer deu para um único arguido nem qualquer acusação?
Sem imagem de perfil

De João a 02.03.2020 às 08:44

Acho, sinceramente, que este caso é absolutamente ridículo.Como diz um outro blogger, penso que não serão só os benfiquistas, como qualquer pessoa de bom senso dirá que NINGUÉM se deixa corromper por "meia dúzia" de euros.E não digo isto porque seja o Benfica, mas já viram quanto é que ganha um árbitro de primeira liga? Acham mesmo que arriscariam perder esse ordenado por um jantar para a esposa e para os filhos?Se me perguntarem se isso poderá gerar algum "condicionamento" na altura de tomar alguma decisão num jogo do Benfica. Talvez... Penso que é uma operação de charme do Benfica que, não sendo corrupção, poderá ser eticamente questionável.Mas vale a pena realçar que, como refere a própria notícia, as refeições incluem "pessoas da intimidade dos árbitros, observadores e assistentes". Ou seja, o que acontecia era que, depois do jogo, vários dos intervenientes se juntavam para jantar, sendo que a conta total era "conjunta", o que faria sempre disparar o valor.Dito isto, parece-me que haverá, nos e-mails, situações que poderão ser muito mais questionáveis do que isto.Esta notícia parece-me uma clara tentativa de chamar à praça pública um assunto que já estava morto.Curiosamente, ou talvez não, acontece no mesmo dia em que o FC Porto divulga as suas contas, com prejuízos record, e com capitais negativos de perto de 100 M€. Ora, eu não acredito em teorias de conspiração, mas lá que é uma estranha coincidência, lá isso é...
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 02.03.2020 às 09:27

Tinha de vir a cartilha lampiónica….. a vossa teoria tem vindo a variar, relembro que diziam e foi esse creio o parecer da FIFA sobre o limite de 250€ da prenda…. isto não fica ao critério de um qualquer lampião ou juiz lampião, isto tem de ter um enquadramento legal, e como é óbvio oferecer jantares de 600€, representa em Portugal o equivalente a um salário mínimo.

Ser uma oferta depois do jogo pode como é obvio condicionar o jogo seguinte, e condiciona de certeza o que o árbitro vai escrever no relatório desse jogo.
Sem imagem de perfil

De Hugo Boss a 02.03.2020 às 09:54

Calma caro Schmeichel, o teu guro, Don Bruno, já veio dar entender que vai tudo preso! Até aconselhou alguns a fugir! Por isso prepara a festa e festeja naquele restaurante que o jornaleiro da TVI não sabia o nome!😁😁
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 02.03.2020 às 10:07

Percebo o vosso incómodo….. pensavam já estar safos de mais um esquema em que foram apanhados, e agora vem com a conversa do Bruno que não é chamado para aqui….. só se quiser referir que foi o tal que expôs em directo num programa da TVI o caso dos vouchers, relembra-se o que o Pedro Guerra disse na altura? que era um ofensa denegrir o nome do Eusébio, onde é que se viu o benficazinho não poder oferecer prendas? Afinal até escolhia os juízes…. vale tudo para o benfica?
Sem imagem de perfil

De João Paulo Gonçalves a 02.03.2020 às 10:25

Do Cashball é que nunca mais se soube nada...
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 02.03.2020 às 10:32

Soube-se…. foi arquivado por falta de provas. Aliás soube-se que o tal Paulo Silva foi pago pelo CM.
Vocês que são muito da teoria da conspiração a favor do benfica, e que dizer do caso Cashball que foi lançado na CS no dia do ataque de Alcochete, e que por coincidência a CM foi o o único a ter imagens do ataque de Alcochete….. é só coincidências.
Sem imagem de perfil

De Hugo Boss a 02.03.2020 às 10:55

Veja novamente a peça: " fortes indícios...a PJ acredita...jantares de 35€ passaram para 70€..." Vai tudo preso!!!
PS: já agora qual foram árbitros e delegados que foram corrompidos? Todos?50% ?
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 02.03.2020 às 11:02

Repare uma coisa….. eu não acho que vai tudo preso….. porque no fim disto tudo será um qualquer vice a assumir tudo, tendo feito estes esquemas todos por livre iniciativa.

O benfica começa a ter muitos casos para se dizer que é inocente em todos, desde ligações a juízes, ao Ministério Publico, a árbitros, observadores, a jogadores adversários, isto é tudo muito obscuro, no mínimo!
Sem imagem de perfil

De Pedro Piedade a 03.03.2020 às 00:31

O Benfica tem muitos casos? Para já tem dois com sentenças a condenar o FCP e agora com acusações formal do MP a alguns dos seu altos funcionários... e logo por 7 crimes...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.03.2020 às 00:47

E com tanto entusiasmo, a esta hora, não comenta a arbitragem no outro post, do jogo com o Moreirense?
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 02.03.2020 às 19:55

Para que se esteja na presença do crime de corrupção passiva e do tráfico de influencias, não é necessário que o acto seja consumado "per si".
Por outro lado, a ilicitude, a ilegalidade, a violação das regras e do Direito, para o caso do crime de corrupção, não depende do valor, montante, benefício ou oferta.
Pode haver crime de corrupção, sem estarem envolvidas verbas, benefícios, ofertas, etc..
É perfeitamente indiferente, porque o determinante é a acção premeditada e sistêmica, de oferecer e o aceite verificado, entre os agentes que interagem no crime.
A oferta de bens materiais, serviços, privilégios e cortesias, que não são devidas, nem necessarias a actividade profissional dos mesmos, são actos indignos, inconfundíveis e ilegais.
SL
Sem imagem de perfil

De Pedro Piedade a 02.03.2020 às 10:20

Era preciso desviar as atenções do estado de pré-falência revelado pelas contas do FCP e ainda da acusação formal de 7 crimes do Ministério Público a altos funcionários do clube no caso dos emalis... e para isso nada melhor que ir remexer na sarjeta da CMTV e lançar mais uma campanha contra o Benfica.
Mas o tempo e a justiça se encarregará de por as coisas no seu devido lugar.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 02.03.2020 às 12:14

A entra na casa de B ilicitamente, lá dentro, verifica que B cometeu um crime, A é acusado por B de ter entrado na casa e roubado informação...
Pergunta é: Será que o crime de A apaga o crime de B??????
Hummmmmmmmmmmmmmmm.... em Portugal pelos vistos apaga......
Sem imagem de perfil

De Pedro Piedade a 03.03.2020 às 00:21

Pelos vistos na sua lógica a obrigação do A é ir a correr dar a informação do "crime" ao Ao FCP e ao Porto Canal...
Mas para sua informação, já que parece não gostar de ler, o despacho de acusação do Ministério Público é bem claro a dizer que não há qualquer crime nos e-mails ORIGINAIS do Benfica.
Mas obviamente isso não lhe interessa nada.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 03.03.2020 às 03:01

Lá por a SAD não ir a julgamento, bem como o despacho do Ministério Público não referir a existência de qualquer crime não quer dizer que esse crime não tenha sido praticado, são coisas diferentes...
Neste país de justiça de papel e como foi preparada a acusação era evidente que não daria em nada....
Noutro país estavas na 2ª divisão....
"Pelos vistos na sua lógica a obrigação do A é ir a correr dar a informação do "crime" ao Ao FCP e ao Porto Canal..."
E que tem a ver o que A faz com a informação que recolheu na "casa" de B com a existência de um crime praticado por "B"? Nada, como é evidente.....
Sem imagem de perfil

De Pedro Piedade a 03.03.2020 às 17:09

Não acha que, para um adulto, a sua argumentação é demasiado infantil?
Sem imagem de perfil

De João Paulo Gonçalves a 02.03.2020 às 10:37

No dia em que é anunciada a pré-falência do FCP...
No dia a seguir à acusação a dirigentes azuis no caso da violação de e-mails do Benfica...
No dia em que no FCP, ao fim de quase 40 anos, surge uma lista para concorrer contra Pinto da Costa...
No dia em que Ricardo Araújo Pereira estreia, à mesma hora, um novo programa na SIC....
A TVI lembra-se de desenterrar das cinzas um caso já arquivado por todas as instâncias desportivas nacionais e internacionais.
Um caso que está em segredo de justiça, englobado num processo conjunto com outros "casos" relativos ao Benfica.

O que eu desejava:
- que a Justiça em Portugal fosse séria e célere, e julgasse este e outros casos em tempo razoável, nunca mais de um ano.
- que, caso se prove alguma coisa, os culpados sejam efetivamente condenados.
- que, caso o sejam, sejam corridos dos respetivos clubes, caso ainda lá estejam.
- que qualquer clube, incluindo o meu, seja castigado caso se prove que cometeu ilegalidades.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.03.2020 às 11:36

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De Pedro Piedade a 02.03.2020 às 11:46

Explique lá essa: o que é que a Relação de Lisboa tem a ver com o Benfica? Ou não sabe que o MP não tem nada a ver com a Relação e que primeira condenação do FCP até foi na Relação do Porto?
Sem imagem de perfil

De Filipe a 02.03.2020 às 11:51

O que desanima é precisarem de cinco (!) anos para isto.

Vi a peça da TVI. O jornalista que conduziu a "investigação jornalística" disse que nalguns casos os árbitros e observadores gastaram 70 euros por pessoa em vez dos 35 que estavam no voucher. Os 500-600 euros refere-se à totalidade do grupo e é para dar mais sensacionalismo à notícia. Não vai dar em nada. Eu até acho que aquela malta se vende por um prato de lentilhas (neste caso lagosta e afins) mas não estou a ver o ministério público avançar com um processo de
corrupção por causa de jantares de 70 euros por pessoa.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 02.03.2020 às 12:16

Investigue-se....
Normalmente onde há fumo, há fogo.....
Tal como se devia investigar porque motivo os árbitros recorrem das classificações que obtêm através do presidente do SLB.....
Sem imagem de perfil

De RCL a 02.03.2020 às 12:37

Cortesia
Aquilo que é oferecido como prova ou sinal de amabilidade.
Ex: o aperitivo é cortesia da casa.
Cortesias de 500/600€ é obra!
Claro que não vai dar em nada, os limpinhos - limpinhos ja estão no museu.

Com tanta cortesia, quando consegue LFV o tal Benfica europeu que apregoa há 20 anos?
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 02.03.2020 às 13:33

Existem 51 Milhões de razões para desenterrar um caso com anos, com "factos" já conhecidos e absolvidos na justiça desportiva.
Vou recordar alguns:

- A SIC vai estrear um programa que promete arrasar a concorrência.

-O FCPorto tem um prejuízo astronómico de 51M (cinquenta e um milhões de euros) em 6 meses (SEIS).

-Vários elementos do FCPorto envolvidos no caso dos emails são condenados.

-Alguns elementos dos Super Dragões, nomeadamente um tal de "Aranha", são condenados no caso de corrupção por apostas desportivas, que envolveram o Leixões.

-Existe uma divida de 9M aos jogadores do FCPorto, por prémios, enquanto os administradores da SAD do FCPorto têm os seus valores todos regularizados.

-Os principais jogadores do FCP não vão renovar contrato, porque estão a ano e meio de acabar contrato, podendo repetir-se os casos de Herrera, Brahimi, Marcano (que depois voltou por 6M) e outros.

No R&C da SAD do FCPorto, é escrito pela Ernst & Young, certificadora das contas, uma frase assassina - "...Estas condições indicam que existe uma incerteza material que pode colocar dúvidas significativas sobre a capacidade do Grupo em se manter em continuidade."

Ou seja, em linguagem comum, "esta porcaria está ingovernável, e prestes a dar o berro".

A pergunta que eu faço, é - porque raio é que estamos a falar de um processo com 4 ou 5 anos, sem factos novos, a não ser "a PJ acredita que..", o "valor dos vouchers era de 70€ por pessoa...", uma mão cheia de nada, na verdade?!

Porque não aparecem sportinguistas a perguntar se têm de competir com um clube que faz concorrência desleal, que apresenta mais prejuízos e mais passivo acumulados, que tem capitais próprios de 80M negativos (sim, leram bem, OITENTA MILhÕES), e que no final da época vai apresentar mais de 100M de prejuízo, e tem de vender quase todo o plantel?!

Um mistério, ou não.
Sem desprimor, acenaram com a cenoura, ou seja, com o nome do Benfica, e foi tudo a correr atrás dela.

Em Inglaterra o FCPorto já tinha pontos a menos na classificação, e estaria em risco de descer de divisão, ou até de extinção.

Espero para ver o que vai acontecer com o fair-play da UEFA.

Vai ser bonito de ver.

A nossa CS é um nojo autentico .
Os indignados com os voucherzitos, se esta debacle anunciada fosse do Benfica, tinham programas de horas, alertas CMTV, era o Apocalipse anunciado.

Mas assim está tudo bem, o problema são jantares de 70€, camisolas do Eusébio.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 03.03.2020 às 03:03

é tudo uma "acabala", ai esses malandros desses jornalistas................

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo