Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo da 19.ª jornada da I Liga, frente ao Olhanense, e ainda na "ressaca" do desaire exibicional da equipa leonina na Luz, Leonardo Jardim teceu algumas considerações relevantes para a recuperação imediata da equipa.

 

Começou por considerar que a mensagem do presidente no Facebook não foi uma reprimenda, mas sim uma expressão de insatisfação pelo ocorrido. Decerto que terá sido confrontado por um jornalista com esta questão, mas deveria ser desnecessário o treinador vir a explicar e/ou a justificar os actos do presidente. Com isto em mente, a sua análise da contenda é perfeitamente compreensível, visando união interna, sobretudo, quero crer.

 

Não hesita em sublinhar que a exibição no "derby" foi um dos piores jogos da época para os seus jogadores, que eles reconhecem isso sem a necessidade de alguém lhes dar uma qualquer reprimenda nesse sentido. Acredita, contudo, que os seus pupilos vão dar uma boa resposta já no próximo jogo frente ao Olhanense. Nada a apontar sobre estas considerações, em contrário, até porque a confiança tem que começar com ele e daí ser transmitida aos atletas.

 

Questionado sobre a opção por Heldon no jogo da Luz, o técnico explicou que as suas decisões são baseadas no rendimento dos jogadores e não no seu tempo de casa. Aponta, com toda a lógica, que a competitividade interna é importante para os jogadores se valorizarem e quanto maior competitividade, mais intensidade e qualidade. Relativamente à sua utilização de jogadores, como qualquer outro treinador em qualquer outra equipa, sujeita-se à opinião crítica vinda da bancada do adepto que, quer se queira quer não, não deve ser equacionada na sua tomada de decisões. É perfeitamente natural que os outros extremos tenham sentido a opção pelo recém-chegado jogador em seu detrimento, mas isto são questões com que treinadores lidam todos os dias e, consequentemente, a responsabilidade é toda de Leonardo Jardim. Dito isto, também não é segredo algum que todos os treinadores desportivos têm as suas tendências pessoais, e um qualquer jogador que não merece a confiança de A, B ou C, é um fora-de-série para outro. Exemplos desta natureza são inúmeros no futebol e ainda ontem me lembrei disto quando verifiquei quem marcou mais dois golos pelo Tottenham. Confesso, no entanto, que gostaria de ter ouvido uma explicação mais detalhada sobre o "desaparecimento" de André Carrillo, o extremo mais criativo da equipa e, potencialmente, o mais brilhante.

 

Pelas palavras de Leonardo Jardim, parece que Jefferson não foi tão enorme "bluff" como se entendeu originalmente. Estava apto para jogar na Luz, caso o treinador assim entendesse, e faz parte das contas para o jogo com o Olhanense. O técnico considera que o lateral esquerdino e William Carvalho são "peças" centrais na equipa, porque além de defenderem, fazem parte essencial da construção do jogo ofensivo.

 

Foi também explicado que o objectivo em colocar dois avançados em campo - com Montero a jogar nas costas de Slimani - é de ter mais jogo aéreo e maior presença dentro da área. Quando só joga um, o Sporting conduzirá mais o seu jogo pelos corredores, como tem feito toda a época. O que também é perfeitamente compreensível, mas... falta o tal "10" que tanto nos tem preocupado.

 

Não garante que entrem dois avançados logo de início no embate de sábado, mas a sua estratégia passa por exigir mais intensidade logo no início do jogo e chegar à frente com mais qualidade para viabilizar a finalização. Tudo lógico, decerto, veremos então a execução por parte dos jogadores.

 

Em geral, uma conferência bem conseguida pelo técnico do Sporting, como aliás têm sido praticamente todas durante a época. Não verifiquei qualquer comentário sobre a evolução de adaptação de Shikabala, jogador que pessoalmente desejo ver em campo o mais breve possível, por mais que não seja para se poder determinar se ele terá de facto os atributos necessários para fazer a diferença nesta equipa do Sporting.

 

publicado às 17:51

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


14 comentários

Sem imagem de perfil

De UnHu_man a 13.02.2014 às 18:24

Tenho pouca confiança em Shikabala pelo simples facto da superstição do "número 7" que carregará às costas... De resto penso que pode ser um jogador determinante no nosso final de época e espero que venha a ser!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.02.2014 às 18:28

No futebol há muitas superstições e se dermos validade a todas, ninguém entrava em campo:)... Creio que ele está alheio ao historial do #7 no Sporting.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 13.02.2014 às 20:16

Leonardo Jardim diz que Heldon jogou porque achou que devia jogar e reitera a confiança nos restantes extremos: Acreditamos em Wilson Eduardo, Mané e Capel. Mas não fala de Carrillo. Simples esquecimento ou está de castigo ?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.02.2014 às 20:55

Reparei nisso. Ficam as dúvidas...
Sem imagem de perfil

De L a 13.02.2014 às 22:09


Não se esqueceu não, o Carrilo pelo menos para já não conta e vamos lá ver se é só o Carrilo. Nesta altura o melhor extremo que ele tem é o Heldon, disto não sobram dúvidas.

Uma palhaçada se ele disse, como o caro Rui Gomes escreve, que o Jefferson esteve algum dia em condições de jogar na Luz. E não jogou porquê? Aliás eu já estou curioso é para ver como é que ele vai jogar com o Olhanense. De qualquer forma estamos a falar de um trauma, queira Deus. No futebol não há nada mais aborrecido de comentar do que ver treinadores numa posição tão ingrata, com outros à procura do toque de Midas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.02.2014 às 22:36

Este quase "mistério" de Carrillo necessita de ser desvendado, e também concordo que não o mencionou por nome, por esquecimento. Isto obedece a uma qualquer estratégia que só será esclarecida com o passar de algum tempo.

Ele é algo estranho pela forma como conduz o "recheio" do banco de suplentes. Recorde-se que convocou Slimani e acabou por usá-lo num outro jogo, muito embora este não estivesse em condições de jogar mais de 20/30 minutos, pelas suas próprias palavras.

Veremos, então, se Jefferson será titular contra o Olhanense. O discurso do treinador deixa a ideia de que será.
Sem imagem de perfil

De L a 13.02.2014 às 22:52


Estamos a falar do Olhanense mas como o Rui já deve ter reparado, vêm já ai jogos muitos complicados e independentemente de casa ou fora. Rio-Ave, muito melhor que na 1ª volta, Braga, muito melhor que na 1ª volta onde já tivemos a sorte toda do jogo, para nós Setúbal em Setúbal é sempre Setúbal, Porto, Madeira, etc. Não precisávamos disto para nada.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.02.2014 às 23:00

Bem... eu sempre parti do princípio que não jogos fáceis para o Sporting.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.02.2014 às 23:06

Relativamente a Jefferson, as palavras exactas de LJ foram: "Jefferson já está disponível e por isso foi chamado para a Luz. Estava parado há dez dias e não foi opção, mas com mais 3 ou 4 treinos é alternativa."
Sem imagem de perfil

De L a 13.02.2014 às 23:13


Muito obrigado Rui.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.02.2014 às 01:59

Caro L,

Apenas para o alertar que o seu comentário no "outro" post não foi editado, mas que o post foi retirado.

Agradeço que não hajam comentários à temática abordada e eu não voltarei a referir a questão. Não se pode/deve escrever o que foi escrito sem comprovativos
concretos, pelo menos neste blogue, que eu prezo em conduzir no modo mais elevado possível.

Estou confiante que compreenderá o meu dilema perante a gravidade da questão.

Obrigado
Sem imagem de perfil

De L a 14.02.2014 às 10:24


Claro que compreendo, eu disse no meu 1º comentário aqui no Camarote o signo deste mandato, a perda da SAD. E também tendo a ligar pouco a negócios mais pessoais, se falhamos com uma série de internacionais não é com Magrões ou Welders que vamos lá de certeza e muito menos com ajudas dos lampiões. E a inevitabilidade também não tem nada ver com o mandato anterior mas com o atual nível de competitividade dos outros grandes. E o que se está a passar de uma forma mais genérica só tem tudo a ver com a opção para gerir a crise que saiu das últimas eleições, que já custou muito ao Sporting, inclusive vários ativos determinantes. E claro que havia solução, esta direção nunca podia ter sido empossada e não são aqueles que hoje já são nossos parceiros que estão em dívida comigo. O Zé Couceiro tinha que ter feito muito mais junto de todos os sócios, não era só dizer que esta gente não percebe nada de bola, esta gente nunca teve condições para gerir o atual momento do Sporting. Sem dinheiro nunca há tempo para nada!

Em relação a coisas mais diárias como o próprio derby, desta vez é o treinador que insiste em que ainda seja tema quando continua a afirmar que os jogadores não deram tudo. Claro que suscita explicações junto dos adeptos.

Ainda a propósito da gestão de crises e salvando as devidas distâncias como é óbvio, olhe-se para o mundo e veja-se a receita dos principais responsáveis pela desregulação e veja-se a Europa à espera de um resultado nas eleições muito parecido com aquele que conduziu aos dois maiores desastres mundias.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.02.2014 às 10:30

Vindo a informação de quem veio, até admito que seja fidedigna, mas determinadas acusações não podem ser feitas sem comprovativos e, mesmo que estes existam, há que ponderar cuidadosamente o caso antes de o lançar na praça pública.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.02.2014 às 23:56

Fui posteriormente informado que não havia "inside information" mas sim deduções de conversas travadas. Isto até criou uma série de conflitos "caseiros". Enfim...

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo