Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

801324575245.jpg

A sociedade de advogados que representa André Carrillo fez saber, através de comunicado enviado à Agência Lusa, que entregou à Sporting SAD, esta sexta-feira, a defesa à nota de culpa inerente ao processo disciplinar instaurado, em que acusa o atleta de má fé durante as negociações de renovação contratual:

 

 

"Regressado quinta-feira de representar a seleção peruana, ao serviço da qual se lesionou, Carrillo entregou esta sexta-feira, através de um dos seus advogados (...), na sede da Sporting SAD, a contestação às acusações que esta lhe move". A defesa tem mais de 200 artigos, mais de 30 páginas e junta mais de 10 documentos. 

 

Como meios de prova, apenas requer a inquirição de dez testemunhas, pelo que os atos de instrução podem ser efetuados com celeridade, de modo a que a decisão seja proferida dentro de uma semana. Desta forma, neste processo, nove das dez testemunhas são dirigentes ou funcionários da Sporting SAD, pelo que podem ser inquiridos com urgência e a decisão de arquivamento do Processo Disciplinar ser decretada numa semana. 

 

A Sporting SAD autorizou André Carrillo a utilizar as instalações do clube - às quais tinha o acesso vedado desde há duas semanas - e a recorrer ao departamento médico do clube para recuperar da lesão sofrida ao serviço da seleção peruana, na sequência de um pedido do jogador."

 

 

No que aparentam ser declarações à parte do comunicado, Nuno Cerejeira Namora, um dos advogados de Carrillo, afirmou "acredito que o processo disciplinar que o Sporting instaurou deverá ser encerrado em pouco tempo. A resposta do jogador vai ajudar o clube a dissipar alguns temores e a esclarecer os factos. Com o arquivamento do processo a permitir a pacificação das relações laborais, voltarão a existir condições para que sejam encontradas soluções de futuro, voltando o jogador à mesa das negociações em ambiente de paz." 

 

Sendo verdade, fica no ar a ideia que, pelo menos, será possível resumir as negociações, embora um acordo ainda seja, neste momento, uma remota possibilidade. Os próximos dias deverão esclarecer o estado das coisas sobre a permanência de Carrillo em Alvalade.

 

publicado às 18:52

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


34 comentários

Imagem de perfil

De Profeta a 16.10.2015 às 19:21

Mal por mal estava a jogar... nem que o vendessem em Janeiro...
Sem imagem de perfil

De Petinga a 16.10.2015 às 22:01

Com o devido respeito, parece-me que não percebeu nada de todo este processo...
Imagem de perfil

De Profeta a 16.10.2015 às 22:23

Quando se assume a luta pelo titulo, quando se contrata um treinador de Top como Jorge Jesus, é para lhe dar o melhor plantel possível. Ora se o Carrillo estava a ser o melhor jogador da equipa, porque tem o treinador que ficar sem ele, só porque a direcção não conseguiu renovar com o jogador (independentemente das razões) ????

É por este tipo de gestão que bons treinadores como Leonardo Jardim e Marco Silva dizem "adeus" ao fim de 1 ano... E provavelmente, com este, não será diferente...
Sem imagem de perfil

De Petinga a 17.10.2015 às 07:32

... porque há mensagens que não devem ser passadas para um balneário.
Um jogador apresenta uma proposta para renovação. O clube aceita e prepara tudo para assinar (agora percebemos porque é que o Inácio estava tão seguro de que o caso se iria resolver "até segunda feira"). E o jogador decide que afinal já não quer e diz "não quero jogar mais pelo Sporting. Quero sair a custo zero".
E o Profeta acha que o jogador deve continuar a ser titular? Que mensagem é que isto transmite aos demais colegas?

Não. Em vez disso, o Sporting fez o que lhe competia. Gelson agarrou a oportunidade e abriu-se até espaço para Matheus (afinal JJ não ia apostar na formação...). Já se fala na renovação de William - a mensagem é simples.
E adivinha-se quem é o primeiro a tentar mudar o discurso?
Imagem de perfil

De Profeta a 17.10.2015 às 10:44

Façam o que quiserem. Cá estaremos no final da época para fazer contas.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 17.10.2015 às 13:00

E alguma vez a direcção se esquivou a fazer contas no final de cada temporada?
Os resultados porventura terão sido piores do que o que se esperava após o descalabro que foi 2012-13?

A "solução" que propôs teria sido comparável ao que foi feito quando se cedeu a Moutinho e colocámos o então capitão de equipa no fcp... Dir-me-á, ao menos nessa altura recebeu-se compensação financeira (ainda que longe da apropriada).

Por último, os treinadores. Não percebo porque se continua a trazer Jardim à baila - quando foi o primeiro treinador cessante pelo qual o Sporting Clube de Portugal, em toda a sua história, recebeu compensação financeira. E olhe que não é só desde 2013.
Imagem de perfil

De Profeta a 17.10.2015 às 13:26

Essa de recorrer sempre ao passado, vai durar até quando? Sejam mais criativos, por favor.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 17.10.2015 às 14:40

Folgo em ver que não tem outros argumentos para debater o que escrevi.

Repare que aquilo que optou por fazer a direcção é uma estratégia como outra qualquer. Mas faz muito sentido (pelas razoes expostas acima) e é uma defesa do Sporting e dos seus interesses a curto e médio prazo.
Ser capaz de ainda tomar o partido do jogador nesta história faz muito pouco sentido.
Imagem de perfil

De Profeta a 17.10.2015 às 17:26

É mais do mesmo. Simplesmente isso.

Só os resultados desportivos dirão razão - ou não - a estes actos de gestão. Que tenho dúvidas, tenho...
Sem imagem de perfil

De Petinga a 17.10.2015 às 18:36

Essa dos resultados desportivos é evidente - quase uma verdade de LaPalisse.

Para já nao vejo grandes razoes de alarme. A equipa principal joga bem e segue na frente. Tirando o rombo da nao entrada na Champions (da forma que toda a gente viu!...), mantém-se a aposta na formacao (Gelson e Matheus). Vejo também (para o bem e para o mal) treinador e direccao em total sintonia, sem recados pelo media e com muita determinacao.

Se com estas condicoes tem dúvidas, imagino o que terá passado pela sua cabeca em temporadas anteriores...

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo