Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

brunocarvalhoricciardi.jpg

 

Aliviado com os 3 pontos de ontem e dado que a grande maioria dos meus amigos e até dos nossos leitores começa a dar-me razão naquilo que tenho escrito aqui há muito tempo quanto ao perfil do Bruno Carvalho, queria ajudar a esclarecer as pessoas do que, em minha perspectiva se passa em Alvalade na relação entre Marco Silva e Carvalho, contando a história da forma o mais aproximada possível à realidade (por mais conhecimento que tenha nem eu nem ninguém excepto os próprios terão os dados todos).

 

Bruno Carvalho aceitou com alguma dificuldade a forma como Leonardo Jardim o impediu de interferir com o seu trabalho, mas os bons resultados impediram que a “corda” partisse, excepto no fim da época quando o treinador já farto de aturar certas coisas do Presidente, se pôs à procura de novo clube e saiu, com muita pena da maioria dos sportinguistas.

 

Já com mais experiência no cargo e confiante com os resultados da época passada, Bruno Carvalho optou por contratar um treinador ainda mais “verdinho” que Leonardo Jardim e como tal, mais moldável, acreditando que agora sim poderia ver as suas ideias mais aceites e integradas. Começou logo por contratar mais uma carrada de jogadores de qualidade duvidosa sem “passar cavaco” ao treinador. O mal-estar começou a instalar-se com o facto de Macro Silva não apostar tanto nesses jogadores (em particular Ryan Gauld) nos jogos da pré-época e deu-se início a uma guerra fria, com alguns focos de tensão como nos casos Dier, Slimani e Rojo, nos quais Marco Silva não ajudou muito a posição do Presidente, com declarações a destacar a importância destes jogadores.

 

Depois, com a chegada apoteótica de Nani, Bruno Carvalho ficou ainda mais “inchado” e começa a tomar atitudes extemporâneas e de acordo com o seu perfil lampiónico, nomeadamente tendo feito quase um ultimato a Marco Silva na sequência do empate fora com o Maribor. A isto o treinador respondeu com frieza e declarações publicas que caíram muito mal junto de Bruno Carvalho. Este, à 1ª hipótese arrasou a equipa e desrespeitou o treinador depois do jogo de Guimarães com o tal post no facebook que marcou um corte de relações pessoais, mantendo-se a partir daí apenas o mínimo institucional.

 

Os empates caseiros e saída da Liga dos Campeões não terão ajudado a situação de Marco Silva e foi depois do jogo com o Moreirense que Bruno Carvalho decidiu que os dias daquele no Sporting (pelo menos esta sua 1ª passagem pelo nosso clube) ficaram marcados. No entanto e sabendo que esta é uma decisão muito arriscada, tendo em vista o seu grande objectivo e quase obcessão de ser reeleito, resolveu tirar da cartola a AG que não “lembra ao Diabo” excepto aos fiéis como o pai do seu psicólogo.

 

Marco Silva está agora num impasse, se por um lado a sua dignidade como pessoa e profissional diz-lhe e diz-nos que só lhe resta pedir já a demissão (aquela referência no comunicado ao Nani e João Mário e o que teria sido a época passada com eles é verdadeiramente assassina), por outro a sua relação com os jogadores e até adeptos e o seu futuro como treinador (a sair agora não seria com os resultados que acredita ainda poderemos ambicionar, apesar das limitações do plantel) pedem-lhe para ficar.

 

O resultado de ontem da Madeira ajudou todos a respirar fundo e a não haver decisões no imediato, mas não acredito que Marco aceite mais uma situação como esta, sob o risco de ser visto, até internamente como um treinador sem pulso.

 

Infelizmente quem tudo fazia para desestabilizar o Sporting quando estava fora do clube é quem continua a desestabilizá-lo dentro e ou há alguém com personalidade dentro da estrutura (coisa que não vejo) que lhe saiba fazer frente ou a coisa acaba muito mal para o nosso clube, cujos adeptos que têm tido um comportamento exemplar não mereciam isto que está a acontecer.

 

Um Óptimo Natal e Ano Novo com muitas vitórias leoninas (de preferência a ver-se mais verde e branco e menos amarelo).

 

P.S. Queria ter posto uma imagem de um abraço entre o Carvalho e o Marco Silva mas não encontrei nenhuma e arranjei esta que até vem de encontro ao espírito natalício.

 

publicado às 12:42

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Miguel a 22.12.2014 às 13:29

Não é que pretenda concordar com o City, mas a realidade, é que, uma estrutura profissional, seja ela qual for, não resiste a recados públicos. Imaginem vocês, numa empresa, o dono estar em conflito público com o chefe de departamento?. Infelizmente, e ainda hoje o disse perante amigos, os dias de Marco no Sporting, parecem-me estar contados, a não ser, que exista um enorme volte face neste período natalício. Espero é que, nem Inácio nem João de Deus, sejam as figuras que se perfilam.

Sobre o que está para vir na assembleia, pode-se especular muita coisa, desde patrocínios ou venda de capital da SAD, da construção ou não do Pavilhão, das conclusões menos esperadas da auditoria, da manutenção ou não do Treinador, da manutenção ou não da equipa B, do reatar de relações, do caso Doyen. Por estes motivos, concordo com a assembleia e com o momento, podendo ser discutível o modo e tempo como foi anunciada.

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 22.12.2014 às 15:54

Mas o Pedro Miguel pensa mesmo que vai estar mais do que uma "mão cheia" de sócios na Assembleia ? E que os que se derem ao trabalho de estarem presentes irão fazer perguntas incómodas ao presidente ?

Vai ser uma AG tipo bater no peito e dizer ámen .
Sem imagem de perfil

De rigaboss a 22.12.2014 às 18:53

se eu não conhecesse o tiago de outras paragens diria que estava a ser ingénuo ou naif.

Claro que a Ag é uma palhaçada e serve para deitar poeira para porcaria que vá fazendo e pelo caminho consegue comprar mais uma guerra com uma "oposição imaginária" ou poder começar uma purga contra quem o criticar.

E basicamente é para termos mais um super momento "norte coreano" de bajulação e adoração ao querido líder, de forma a ele depois poder dizer que quem o critica são uns maus Sportinguistas, e que não sabem o que dizem, que ele é que sabe tudo e percebe de tudo.

Quanto á questão do treinador, alguns treinadores já o tinham mandado, desculpem linguagem, á merda e batido com a porta, porque não estavam para aturar interferências no seu trabalho( sim quando ele nomeia os "reforços" e parte dele são o entulho comprado que não jogam ou andam a ser utilizados na B quase por favor, isso é interferir no trabalho) nem recadinhos públicos ao estilo de " tens jogadores que o teu antecessor não teve e olha que ele fez um trabalho melhor do que o teu".

mas claro que o pessoal seguidor incondicional do querido líder nunca saberá apontar-lhe o dedo e os culpados serão sempre os treinadores que deviam pagar para treinar o Sporting, os jogadores mercenários que deviam jogar por uma sandes e um sumo e mesmo assim já era demais, os árbitros, os empresários, a liga, a UEFA, a fifa, os fundos, o estado dos relvados, do tempo, a chuva, o sol, o frio, o calor, o pai natal, as renas e/ ou o coelhinho da pascoa

enfim qualquer pessoa que o querido líder aponte como culpado os seus fieis seguidos da iurd regime norte coreano que se instalou em Alvalade bate palminhas e diz sim e ámen.

PS. antes que venha aqui o pessoal do costume dizer que eu devia ir a Ag dizer o que quisesse, bem eu não gosto de palhaçadas e se quiser ver alguma vou a um circo que lá é que é o sitio dos palhaços
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 23.12.2014 às 02:56

«“O contrário de ganhar não é perder…É desistir e nós não vamos desistir. Hoje não honramos devidamente a camisola e fomos pouco humildes diante de uma equipa adversaria que teve raça e atitude, atributos que nos faltaram. Parabéns aos vencedores e os vencidos vão demonstrar que este jogo hoje será para recordar para melhorar e voltar a dar alegrias aos Sportinguistas. Hoje não fomos competentes. Há mais caminho!”, Gilberto Borges, responsável pelo hóquei em patins, após a derrota com a Sanjoanense.



“Não tenho palavras para descrever a tristeza que senti naquele momento. Momento ingrato, injusto e imerecido. Acabado de chegar desta viagem que durou uma eternidade, o que me vai na alma é simplesmente…desilusão. Todos merecíamos muito mais. Já levo alguns anos como profissional e nunca algo parecido me aconteceu. Já são demasiados jogos perdidos pelo misero pormenor. Fico triste por este grupo de trabalho que tanto se empenha mas que tem sido massacrado pelo constante falta de sorte. Dói ainda mais olhar para todos aqueles que fizeram tantos quilómetros para nos apoiar e ver a desilusão de não lhes darmos a alegria da vitória. Hoje ficou provado que, como vocês não há. Eram 1/3 dos restantes e só se ouvia “SPORTING SPORTING SPORTING”.Aquele pavilhão estava rendido a vós Se fosse possível gostaria de agradecer pessoalmente, como capitão desta equipa, ás claques que marcaram presença na Maia. Não vos demos a vitória mas a gratidão é um sentimento que todos temos por quem nos apoia. Obrigado por tudo. Sem conseguir dizer muito mais…..apenas
RESPECT Juve Leo, Directivo Ultras, TORCIDA VERDE e todos os restantes Sportinguistas que nos apoiaram.
Um bem haja”, Bruno Moreira (Capitão da equipa de Andebol do Sporting).»


Guilhotina para Gilberto Borges, já!
Imagem de perfil

De City Lion a 23.12.2014 às 09:49

Tywin Lannister, até me emocionei com o o que escreveu - o Sporting está finalmente a aprender com o Carvalho a ser um grande clube e a ter a tal nova cultura de excelência. Ou seja não ganhamos nada mas as vitórias morais são mais que muitas. Viva o Sporting Clube de Carvalho!
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 23.12.2014 às 12:00

Eu sou pelo Sporting Clube de Portugal, seja na hora das vitórias ou das derrotas.

Já o City Lion é o típico lampião que só aparece na hora das vitórias, perdão, das derrotas, para destilar veneno...

"Esforço, Dedicação, Devoção e Glória, Eis o Sporting!"


Uma pena que os nossos jogadores de futebol, bem pagos para o panorama nacional, não ponham os olhos nos nossos atletas de outras modalidades e lhes sigam o exemplo, treino após treino, dia após dia. Certamente, que com a atitude correcta, não teríamos testemunhado as tristes exibições diante de Vitória de Guimarães ou Moreirense...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds