Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

brunocarvalhoricciardi.jpg

 

Aliviado com os 3 pontos de ontem e dado que a grande maioria dos meus amigos e até dos nossos leitores começa a dar-me razão naquilo que tenho escrito aqui há muito tempo quanto ao perfil do Bruno Carvalho, queria ajudar a esclarecer as pessoas do que, em minha perspectiva se passa em Alvalade na relação entre Marco Silva e Carvalho, contando a história da forma o mais aproximada possível à realidade (por mais conhecimento que tenha nem eu nem ninguém excepto os próprios terão os dados todos).

 

Bruno Carvalho aceitou com alguma dificuldade a forma como Leonardo Jardim o impediu de interferir com o seu trabalho, mas os bons resultados impediram que a “corda” partisse, excepto no fim da época quando o treinador já farto de aturar certas coisas do Presidente, se pôs à procura de novo clube e saiu, com muita pena da maioria dos sportinguistas.

 

Já com mais experiência no cargo e confiante com os resultados da época passada, Bruno Carvalho optou por contratar um treinador ainda mais “verdinho” que Leonardo Jardim e como tal, mais moldável, acreditando que agora sim poderia ver as suas ideias mais aceites e integradas. Começou logo por contratar mais uma carrada de jogadores de qualidade duvidosa sem “passar cavaco” ao treinador. O mal-estar começou a instalar-se com o facto de Macro Silva não apostar tanto nesses jogadores (em particular Ryan Gauld) nos jogos da pré-época e deu-se início a uma guerra fria, com alguns focos de tensão como nos casos Dier, Slimani e Rojo, nos quais Marco Silva não ajudou muito a posição do Presidente, com declarações a destacar a importância destes jogadores.

 

Depois, com a chegada apoteótica de Nani, Bruno Carvalho ficou ainda mais “inchado” e começa a tomar atitudes extemporâneas e de acordo com o seu perfil lampiónico, nomeadamente tendo feito quase um ultimato a Marco Silva na sequência do empate fora com o Maribor. A isto o treinador respondeu com frieza e declarações publicas que caíram muito mal junto de Bruno Carvalho. Este, à 1ª hipótese arrasou a equipa e desrespeitou o treinador depois do jogo de Guimarães com o tal post no facebook que marcou um corte de relações pessoais, mantendo-se a partir daí apenas o mínimo institucional.

 

Os empates caseiros e saída da Liga dos Campeões não terão ajudado a situação de Marco Silva e foi depois do jogo com o Moreirense que Bruno Carvalho decidiu que os dias daquele no Sporting (pelo menos esta sua 1ª passagem pelo nosso clube) ficaram marcados. No entanto e sabendo que esta é uma decisão muito arriscada, tendo em vista o seu grande objectivo e quase obcessão de ser reeleito, resolveu tirar da cartola a AG que não “lembra ao Diabo” excepto aos fiéis como o pai do seu psicólogo.

 

Marco Silva está agora num impasse, se por um lado a sua dignidade como pessoa e profissional diz-lhe e diz-nos que só lhe resta pedir já a demissão (aquela referência no comunicado ao Nani e João Mário e o que teria sido a época passada com eles é verdadeiramente assassina), por outro a sua relação com os jogadores e até adeptos e o seu futuro como treinador (a sair agora não seria com os resultados que acredita ainda poderemos ambicionar, apesar das limitações do plantel) pedem-lhe para ficar.

 

O resultado de ontem da Madeira ajudou todos a respirar fundo e a não haver decisões no imediato, mas não acredito que Marco aceite mais uma situação como esta, sob o risco de ser visto, até internamente como um treinador sem pulso.

 

Infelizmente quem tudo fazia para desestabilizar o Sporting quando estava fora do clube é quem continua a desestabilizá-lo dentro e ou há alguém com personalidade dentro da estrutura (coisa que não vejo) que lhe saiba fazer frente ou a coisa acaba muito mal para o nosso clube, cujos adeptos que têm tido um comportamento exemplar não mereciam isto que está a acontecer.

 

Um Óptimo Natal e Ano Novo com muitas vitórias leoninas (de preferência a ver-se mais verde e branco e menos amarelo).

 

P.S. Queria ter posto uma imagem de um abraço entre o Carvalho e o Marco Silva mas não encontrei nenhuma e arranjei esta que até vem de encontro ao espírito natalício.

 

publicado às 12:42

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


64 comentários

Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 22.12.2014 às 17:01

Não pude assistir ao jogo,por estar fora.Realço só a muito importante vitória alcançada.
Mais uma vez o clube de Carnide foi escandalosamente beneficiado pela arbitragem.
Até quando prosseguirá esta vergonha.

Mas o tema deste post é outro.Mais uma vez vou-me socorrer do que foi dito:

"Neste momento o nosso sentimento não é de alegria perante as últimas exibições da equipa. Como responsável máximo pelo Clube, pela SAD e pelo futebol, na análise imperativa do caminho percorrido, assumo a minha responsabilidade. É necessário que os demais envolvidos assumam com a mesma frontalidade a sua quota-parte. É necessário deixarmos de ter medo de dar a cara e de justificar cada mau resultado ou má exibição com chavões ou filosofias românticas."

Como já disse,embora diga que é o responsável máximo , o objectivo nitidamente é criticar publicamente toda a estrutura do futebol que está abaixo e aqui parece-me óbvio que AI não pode ser excluído.
Mas, é óbvio, os principais visados têm que ser os jogadores e o treinador.

A resposta de MS é correcta e parece-me que não visa o presidente,mas sim a defesa dos jogadores,mais até do que a dele próprio.
Parece-me que já nem vale a pena dizer que estas mensagens devem ser feitas internamente mas a tentação de protagonismo do presidente é grande demais.

MS parece-me um excelente treinador mas é jovem.Está a passar por situações que nunca vivenciou e no entanto está fazer um bom trabalho.
Seria um erro a sua substituição.

E onde nos levou este caminho das chicotadas psicológicas?
Não será também esta uma prática a mudar para entrarmos no caminho das vitórias?
E que treinador aceitaria intromissões constantes no seu trabalho?
Além do mais as críticas também são aos jogadores.Vamos trocar de plantel?

Veremos como isto acaba,mas tenho pena que o Sporting tenha este espírito autofágico.Esperemos que impere o bom-senso.

Afinal nada está ainda perdido,mesmo o campeonato.
Imagem de perfil

De City Lion a 22.12.2014 às 17:49

Leão 1906, concordo com tudo mas desculpe discordar so na parte da resposta do Marco Silva. Ele não devia dar troco publico ao Carvalho.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo