Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ao fim e ao cabo, venceu quem marcou

Rui Gomes, em 16.07.20

cla8.jpeg

O FC Porto não foi brilhante, quanto muito terá sido suficientemente competente para marcar quando houve oportunidade para isso, num lance de bola parada, e assim vencer o jogo e sagrar-se campeão 2019/2020.

O Sporting não jogou mal, aliás, até teve momentos muito bons, mas os muitos miúdos no relvado não conseguiram oferecer o que mais era necessário para chegar à vitória.

Tendo em conta o todo do jogo, talvez seja justo dizer que o segundo golo portista mesmo ao cair do pano foi demasiado penalizador para a equipa leonina.

Da arbitragem não vale a pena falar. Quando em dúvida... mais do mesmo de sempre.

Sporting CP: Luís Maximiano [GR], Eduardo Quaresma (78’, Gelson Fernandes), Sebastián Coates [C], Cristian Borja, Stefan Ristovski (73’, Rafael Camacho), Marcus Wendel, Matheus Nunes, Nuno Mendes, Gonzalo Plata (54’, Francisco Geraldes), Jovane Cabral (78’, Tiago Tomás) e Andraz Sporar.

cla4.jpeg

Rúben Amorim teve isto para dizer:

“Entrámos muito bem no jogo, a ter bola, e tivemos uma oportunidade logo no início, mas depois o FC Porto equilibrou ao seu estilo, com muitos jogadores por dentro. Nós também o fizemos, tentámos pressionar alto porque essa tem de ser a nossa matriz. Tivemos uma bola parada no início da segunda parte, tentámos ir para cima do FC Porto, e até conseguimos, mas faltou-nos sempre qualquer coisa para criar mais perigo. O 2-0 é um resultado claramente exagerado para o equilíbrio que houve no encontro.

GoalPoint-Porto-Sporting-Liga-NOS-201920-90m.jpg

Fiquei com uma boa impressão. Acho que os miúdos se adaptaram muito bem ao jogo, senti-os muito à vontade. Uns jogaram bem, outros não tão bem, mas fico com boas sensações de jogo. Estes jogos são importantes porque para conquistar títulos é preciso um espírito forte e a equipa do Sporting CP vai, certamente, tê-lo. Temos muito trabalho pela frente, mas gostei da forma como eles entraram no jogo e como o equilibraram frente a uma equipa que precisava de um ponto para ser campeã”.

publicado às 03:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


68 comentários

Sem imagem de perfil

De mike1906 a 16.07.2020 às 08:06

Jogo fraquinho onde acabou por imperar a maior qualidade global dos jogadores do Fcp. O Sporting ofensivamente foi praticamente inexistente.

Excelente exibição de Coates e Matheus, em contraponto com Jovane e Plata, muito abaixo do que era necessário.

Ristovski na minha opinião foi o pior em campo
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 10:47

"Jogo fraquinho onde acabou por imperar a maior qualidade global dos jogadores do Fcp"

Mike

O que acabou por imperar foi a maior intensidade dos jogadores do Porto, que em termos físicos estão noutro patamar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 11:21

"Em termos físicos estão noutro patamar"...

Acho que a sua TV precisa de um qualquer ajustamento que no mínimo seja menos crítico e mais objectivo.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 13:25

Rui

O Porto está noutro patamar, acho que não há dúvidas sobre isso.
Eles foram sempre mais pressionantes, chegavam mais cedo há bola, ganhavam em velocidade, ganhavam os duelos físicos,saltavam mais alto, ganhavam quase sempre nos cruzamentos, muitas vezes rodeavam os jogadores do Sporting com mais de um jogador, e estavam melhores distribuidos no terreno de jogo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 13:36

Isso é a sua percepção das coisas. Na realidade, a diferença entre as equipas foi mínima, mesmo com tantos jovens a alinhar pelo Sporting.

O FC Porto jogou em casa, com a grande motivação de conquistar o título e tem um plantel mais experiente.

Além do mais, beneficiou de uma arbitragem que quando em dúvida nunca favoreceu o Sporting. Pepe podia muito bem ter sido expulso, há aquela "falta" não existente sobre Coates já perto do fim do jogo quando o Sporting está a pressionar a área portista, etc..

Enquanto o Sporting não foi tão ofensivo como gostaríamos, quantas defesas dignas do nome fez o Max?

Eu detesto análises em função do resultado e muito do que se lê aqui é precisamente isso. Reconheço que o Sporting teria de elevar o seu jogo para ganhar, mas não mais do que isso.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 15:02

Rui

Mas eu não analiso em função do resultado, já digo há algum tempo que se o Sporting quer ganhar títulos tem de jogar noutro nível.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 15:24

E isso quer dizer o quê? Já todos sabemos isso e não vale a pena estar a repetir o disco mil vezes.

Claro que analisam em função do resultado, hoje e... sempre!
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 16.07.2020 às 16:29

Caro Rui Gomes,
Não me parece que tenha sido por causa do árbitro que perdemos o jogo.
Perdemos porque fomos incapazes de anular os pontos fortes do Porto e não fomos competentes ofensivamente.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 16:51

Caro Paulo,

Eu não disse que a derrota se deve à arbitragem. O que esteve à vista em vários lances é que quando em dúvida, raramente a decisão favorece o Sporting.

Nestes jogos muito apertados em que um golo decidirá o desfecho, não é preciso muito da arbitragem para fazer a diferença.

Pepe merecia ou não ser expulso?... Naquela confusão na área do Porto em que ele assinala falta não existente de Coates, em que uma bola perdida pode resolver a questão. O mesmo Pepe "cavou" mais 3/4 faltas não existentes. Etc.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 16.07.2020 às 11:36

Se a questão fosse física era muito mais simples de resolver... não me parece que seja isso.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 13:38

A condição física dos jogadores não foi factor algum. Isso é apenas um argumento de quem procura criticar por todos os meios.
Sem imagem de perfil

De GreenHill a 16.07.2020 às 14:17

Bento,

Em termos físicos sim o FCP está noutro patamar, sempre dissemos que o FCP do Sérgio Conceição é um Vitória "quitado". Faz lembrar as equipas de Mourinho, que dá preferência a jogadores físicos em detrimento de técnicos. O jogo é pobre, mas marcando um golo num canto ou num livre está mais perto de ganhar.
Este FCP é igual. É pobre. Mas marca imensos golos de canto ou livre que desbloqueiam jogos. Depois de estar a ganhar normalmente é a 2ª jogada mais usada do FCP: uma bola nas costas da defesa para o Marega ou Soares correrem que nem gazelas. É este o jogo.
No final temos:
FCP, 5 cantos, 1 golo.
SCP, 8 cantos, 0 golos.
Pessoalmente não gosto de ver os jogos do Mourinho e deste FCP. Gosto de ver jogos bem trabalhados. Agora é um facto que trazem resultados. Mas em 3 anos de Real o Mourinho ganhou 1 e o Guardiola 2. É possível vencer com um futebol mais bonito, mas tem de se ser assertivo. 8 remates e apenas 2 enquadrados num jogo é pouco para se conseguir vencer! É preciso fazer mais.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 15:07

GreenHill

"Mas em 3 anos de Real o Mourinho ganhou 1 e o Guardiola 2"

Mas esse Barcelona era uma equipa extremamente intensa, que pressionava muito, não deixava os adversários respirar.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.07.2020 às 14:21

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 15:10

Depois de Alcochete querias o quê?
Querias que num passe de mágica o presidente inventasse dinheiro!?

Este é o resultado do ataque a Alcochete.
Sem imagem de perfil

De RCL a 16.07.2020 às 08:19

Aquela jogada de Joelson merecia golo. Agarrem-me este puto!
Ontem, com o nosso antigo capitão que brilha em Manchester, a história seria outra.
Continuar a trabalhar e fazer contratações certas(3/4).A base será "miúdos" com estaleca e há vários.
Temos o treinador certo.
SL
Sem imagem de perfil

De Perry a 16.07.2020 às 09:08

Exatamente RCL, fazer as contratações certas, já disse isto aqui uma vez, não há melhor defensor de uma Direcção, que a equipe de futebol em campo. Se comprarem fllops, terão problemas, os sócios preferem que então joguem e aproveitem os que cá estão.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 12:36

"Se comprarem fllops, terão problemas,"

O Sporting não tem flops, tem jogadores baratos que estão de acordo com o preço pago por eles.
Os adeptos é que exigem a jogadores baratos o mesmo que exigem a jogadores mais caros.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 12:55

E acrescento, muitos dos jogadores a que se chama flops, vão para outros clubes e fazem boas épocas, depois os próprios adeptos que lhes chamavam flops pedem a contratação deles.
E há jogadores que agora alguns adeptos pedem para contratar, jogadores do Famalicão e do Guimarães, que não se sabe se vão render ou não, e se não renderem provavelmente serão mais uns que alguns adeptos chamarão de flops.
Temos esses exemplos no clube, onde há certos jogadores que fizeram boas épocas noutros e os adeptos pediram para contratá-los e agora chamam-lhes flops.
Eu não gosto de chamar flop a nenhum jogador pois é um termo muito depreciativo, e a maioria das vezes injusto, mas para mim o jogador que se pode chamar flop seria aquele jogador que custou 30 milhões ou mais e rende pouco.
Sem imagem de perfil

De Perry a 16.07.2020 às 13:06

Bento não concordo com o Senhor. Se o Sporting tem o Ivanildo Fernandes que é jovem, rápido, defesa central de pé esquerdo e que ganha para aí uns trezentos mil euros anuais, se vai buscar um defesa marroquino ao Betis que já não lhe vai valorizar nada, tem que este jogador ter um alto rendimento. Ivanildo no entanto vai para o Monza, novo clube de Berlusconi e possivelmente pegar, pois foi dos melhores jogadores defensivos o ano passado no Moreirense. Gastamos três milhões no marroquino e recebemos 3 milhões pelo português que podíamos valorizar mais na nossa casa e ganha muito menos. Quanto a Porro, se é pior que Ristovski, Camacho, ou Rosier que vem cá fazer? Rosier demos 5 milhões e um jogador que ganhava bastante menos (Mama Balde), e é muito melhor que ele, mas isto é estar a comprar jogadores pelo preço certo? Eles até podem valer aquele dinheiro, mas os que cá temos, são mais baratos e melhores, aprendam com os erros, os sportinguistas, já não têm paciência, nem tempo para mais.
Sem imagem de perfil

De Perry a 16.07.2020 às 13:09

Mamã Balde, foi o quarto jogador mais utilizado na liga francesa pelo Dijon, meu Deus se Rúben Amorim o tivesse era o cavalo que ele necessitava para fazer todo aquele corredor direito
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 15:26

Perry

"se Rúben Amorim o tivesse era o cavalo que ele necessitava para fazer todo aquele corredor direito"
👍

Não é fácil fazer essas avaliações, por vezes são dadas oportunidades aos jogadores e eles não rendem, e noutro tipo de equipas e noutro estilo de jogo conseguem render mais.
Com tantos jogadores a sair da formação é inevitável que alguns sejam emprestados e outros vendidos. Claro que queremos que os melhores fiquem.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 14:47

Perry

"se vai buscar um defesa marroquino ao Betis que já não lhe vai valorizar nada, tem que este jogador ter um alto rendimento"

É aí que eu acho que os adeptos se equivocam, quando exigem alto rendimento a atletas baratos.
Ele a vir poderá ter um rendimento dentro do valor dele.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 14:58

"Gastamos três milhões no marroquino e recebemos 3 milhões pelo português que podíamos valorizar mais na nossa casa e ganha muito menos"

👍

"Quanto a Porro, se é pior que Ristovski, Camacho, ou Rosier que vem cá fazer? "

Completamente de acordo.

"mas isto é estar a comprar jogadores pelo preço certo?"

É comprar pelo valor de mercado, e no geral são contratações de baixo valor.

Estou de acordo consigo quando diz que comprar por comprar, aposte-se na formação, desde que não seja jogadores como o Pedro Mendes que até agora mostrou pouca aptidão para integrar o plantel principal.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 15:22

Vocês...

Como é que sabem se Porro é melhor ou pior?

A única coisa que eu digo é que se vem por empréstimo, terá que ser com opção de compra, caso contrário não vale a pena.

Quero acreditar que o Man City não dava 13 milhões por um jogador jovem sem talento, mas como não o conheço, não posso opinar nesse sentido.
Sem imagem de perfil

De Pedro Santos a 16.07.2020 às 15:33

Meus caros amigos,

Os jogadores contratados são como os melões: só depois de jogarem é que se sabe se valem alguma coisa.
Estas análises dos putativos jogadores contratados é só para entreter a malta.
Vamos evitar as análises a priori para não criar nuvens no jogador que quando chega tem de se ambientar à cidade, ao clube, aos adeptos, etc... Podem ganhar muito dinheiro, mas no fim são iguais a todos nós.
SL
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 15:39

"Os jogadores contratados são como os melões: só depois de jogarem é que se sabe se valem alguma coisa"

"Vamos evitar as análises a priori para não criar nuvens no jogador que quando chega tem de se ambientar à cidade, ao clube, aos adeptos, etc... Podem ganhar muito dinheiro, mas no fim são iguais a todos nós.
SL"

Completamente de acordo Pedro
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 17:05

Certíssimo, caro Pedro Santos. Com raras excepções, é precisamente isso que acontece.
Sem imagem de perfil

De Paulo Ferreira a 16.07.2020 às 10:34

O problema é mesmo esse, contratações certas.

Depois de 3 janelas de transferências onde estão as contratações certas? Mudou alguma coisa em quem gere essa área? Não me parece, por isso é esperar por milagres...
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 11:13

Paulo

Não temos dinheiro para mais.
As contratações valem o que foi pago por elas.
Nós temos a tendência de exigir o mesmo das contratações quer sejam mais caras ou baratas,mas não podemos exigir de contratações de 2,3,4 milhões o mesmo que exigimos de contratações de 10 milhões ou mais.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 16.07.2020 às 11:38

Doumbia vale 5 milhões ? Rosier vale 5 milhões ? Illori vale 3 milhões ? Só para citar alguns
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 16.07.2020 às 12:51

Camacho ? Vale o que se pagou por ele ? Na minha opinião o unico que vale o dinheiro que se pagou por ele é Sporar
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 13:51

Compreendo o ponto do Mike, mas é muito subjectivo.

Ainda dou o benefício da dúvida a Camacho. Só tem 20 anos, precisa de crescer, e neste momento anda algo cofuso pela mudança de posição, de extremo para lateral.

Creio que precisa de mais algum tempo para se definir.

Quanto ao resto, 4/5 milhões no actual mercado não é nada. É risco mínimo. Se não resulta, procura-se uma alternativa.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 15:28

"Quanto ao resto, 4/5 milhões no actual mercado não é nada. É risco mínimo. Se não resulta, procura-se uma alternativa"

É isso mesmo que acho.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 17.07.2020 às 09:48

Se o mercado dos 3M - vale precisamente isso e nada acrescenta à qualidade do plantel não tem logica continuar a insistir nessa compras.

Apostem (como estão agora a fazer) na formação e em vez de 6 jogadores de 3M, provavelmente podem comprar 2 de 9M
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.07.2020 às 09:55

O mercado não é uma ciência exacta. Por 3 ou 9 milhões, há sempre risco.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 10:48

"Continuar a trabalhar e fazer contratações certas(3/4).A base será "miúdos" com estaleca e há vários.
Temos o treinador certo."

👍
Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 16.07.2020 às 08:37

Resultado normal que espelha a diferença entre as duas equipas, se bem que um golo de diferença estivesse mais certo.
Sem imagem de perfil

De LG a 16.07.2020 às 09:12

Jogo tipo anúncio da Luso, a derrota do Sporting foi tão natural como a sede.
Jogo interessante até ao momento em que o Danilo marcou, depois valeu a idade e exeriência dos jogadores do Porto, que congelaram o jogo.

Jogadores da formação já temos, agora faltam os restantes jogadores de qualidade. Que sejam dores de crescimento, pode ser ser que para o ano a bola bata menos na barra...

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 12:00

É verdade que o FC Porto tem um plantel muito mais experiente, mas mesmo assim não deslumbrou de modo algum. O jogo ficou definido com o golo de Danilo, pouco mais do que isso.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 10:42

Tivemos os problemas do costume.
O Sporting joga devagar, devagarinho e com isso torna-se muito difícil conseguir fazer o seu jogo.
A equipa quando tem a bola está estática, á espera não sei do quê, e contra equipas que pressionem torna-se ainda mais difícil, acabando a equipa por falhar enúmeros passes pois não tem linhas de passe abertas.
Quando não tem a bola a equipa não pressiona, limitando-se a defender á zona deixando tempo e espaço para os jogadores adversários decidirem qual o melhor seguimento a dar á bola.
O Sporting teve bastantes dificuldades nos cruzamentos, com o Porto a criar várias situações de perigo nesses lances. Em termos individuais notei a equipa sem confiança, "amedrontada", resignada ao que se estava a passar.
O Coates no segundo golo nem se faz ao lance, fica a ver o avançado a dirigir-se para a baliza.
O Pepe teve uma entrada sobre o Wendel que devia ser vermelho e não amarelo.
Como já disse várias vezes, falta á equipa outra pedalada para poder conquistar títulos, e isso viu-se no jogo de ontem, o Porto com pedalada e o Sporting a jogar a passo.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 10:58

Faltou-me dizer que o meio campo do Sporting teve sempre grandes dificuldades em construir jogo e recuperar bolas, pois além de pressionado estava quase sempre em inferioridade numérica, devido á grande aglumeração de jogadores adversários naquela zona.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 11:24

Repito a observação que fiz mais acima. Irrita!!!
Sem imagem de perfil

De J. a 16.07.2020 às 10:52

Só de acrescentar que o Sporting neste jogo, rematou as mesmas vezes que o Porto, teve mais cantos e até posse de bola. Mas o resultado foi o que foi, e acho que todos estamos de acordo que a vitória do Porto é justa.

Para mim o problema desta equipa está na linha da frente. Somos o quinto melhor ataque da Liga apenas em igualdade com uma sexta equipa, o Famalicão.
Em pouco menos de um ano perdemos 3 grandes referências ofensivas: Bas Dost, Raphinha e Bruno Fernandes. Por outro lado, aqueles que seriam as nossas referências ofensivas da formação (Gelson, Matheus Pereira e Rafael Leão) resolveram sair de qualquer maneira para outros lados....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 11:58

Certíssimo... o Sporting carece de referências ofensivas, assim como de alguém (Vietto) que joga mais em apoio a Sporar, que praticamente nunca foi servido.

Já aqui referi que o FC POrto entrou com dois médios defensivos precisamente para marcar Jovane e Plata.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.07.2020 às 11:02

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 11:15

Desde que pintou o cabelo ainda não marcou nenhum golo de livre.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 11:55

Esqueça-se do cabelo do rapaz!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 11:56

P.S.: E não responda a idiotas que aparecem aqui e que vão ser apagados.
Imagem de perfil

De Greenlight a 16.07.2020 às 11:46

O resultado foi exagerado embora se aceite a vitória do Fcp. Gostei de Matheus Nunes, Coates e Nuno Mendes. Wendel não sabe jogar mal mas esteve pouco em jogo. Os nossos avançados foram pouco mias que inofensivos. Sporar fez mais um jogo medíocre e estava a dormir no golo de Danilo. Não se adaptou ao sistema de Amorim? Espero que não caminhe para se tornar em mais um flop a somar a todas as outras contratações da estrutura Varandas, é que ninguém se aproveita, o panorama é desolador. Os jovens promovidos por Amorim brilham, forçosamente, face à mediocridade dos outros. Até Coates, que é bom jogador mas não é fora de série, parece um craque. Enfim, Varandas parece ter acertado, finalmente, com o treinador, mas agora, tem que encontrar alguns reforços, poucos e bons, em vez de muitos e medíocres, como tem feito até aqui.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 11:54

O usual negativismo...

Quantas vezes foi Sporar servido durante o jogo?

No golo, ele saltou com Danilo que ainda conseguiu por a cabeça à bola. É um lance perfeitamente normal. Mais criticável é a posição de Max.

Até parece que o FC Porto fez alguma coisa de especial. Valeu-se de um plantel mais experiente e ainda porque aquele primeiro golo apareceu, caso contrário a conversa hoje era outra.

É por de mais óbvio que o Sporting carece de referências ofensivas. O FC Porto entrou com dois médios defensivos precisamente para marcar Jovane e Plata.
Imagem de perfil

De Greenlight a 16.07.2020 às 12:18

"O usual negativismo". Talvez, mas, para se progredir há que reconhecer os erros, em vez de encarregar escribas ( que às vezes aparecem no CL) que se dedicam a louvar o rumo do timoneiro competente (sim são essas as palavras mais usadas). Depois de, realmente, reconhecer os erros, nomeadamente a dúzia de contratações e empréstimos falhados, há que fazer diferente pois não se pode aplicar a mesma receita e esperar resultados diferentes. Das futuras contratações haverá tempo para falar, mas os nomes falados, até agora, não entusiasmam e cada um é livre de ser optimista ou pessimista. No entanto, com as provas dadas, pela actual estrutura , no que se refere a contratações, é natural que se seja pessimista e não o contrário.

"Quantas vezes foi Sporar servido durante o jogo" Então a culpa é sós dos outros? Neste e nos últimos dois jogos, Sporar não acrescentou nada ao jogo do Sporting.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 13:58

Reconhecimento de erros é uma coisa, outra muito diferente é andar sempre à procura de meios para ser negativo.

Já aqui comentei o Sporar - que para mim é bom jogador - e não vou perder mais tempo a dar-lhe uma lição de futebol.

Sporar era um goleador muito razoável antes de chegar ao Sporting, continuou a ser de leão ao peito enquanto existiram outras referências na equipa, que agora não existem. Tudo tem explicação.

Vocês passam a vida a repetir meia dúzia de decisões menos acertadas da estrutura e a ignorar tudo o resto.

Pelo seu último comentário, percebe-se que tem conhecimentos de futebol muito limitados. Passa a ser apenas mais um que fala em função do resultado.
Imagem de perfil

De Greenlight a 16.07.2020 às 14:36

À sua auto propalada competência para dar lições de futebol aplica-se o aforismo: “ presunção e água benta, cada um toma a que quer”
Sem imagem de perfil

De Paulo Ferreira a 16.07.2020 às 13:02

Caro Rui,

Talvez o sistema de Ruben Amorim não favoreça o Sporar, mas os números dele estão longe de entusiasmar, em termos de golos versus minutos está aquém dos valores do Luis Philippe o ano passado e este ano, e a maioria das pessoas concorda que o Luis Philippe está longe de ser um craque.

No campeonato já leva 15 jogos e marcou 5 golos e um foi de penalti, não me parece que fossem esses os números que todos esperavamos quando se contratou o Sporar, e ele não custou 1 milhão de euros, antes pelo contrário.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 13:46

Claro que sim, dado que Sporar não tem Bruno Fernandes como Luiz Phellype teve e posteriormente ainda perdeu Vietto.

Sporar é um ponta de lança que para produzir tem de ser servido pelo miolo. Não é um Bas Dost ou um Slimani para se fazer aos cruzamentos das laterais, cruzamentos esses, aliás, que são mais vezes do que não deficientes.

Para um ponta de lança produzir tem-se de lhe reconhecer as suas características e servi-lo de acordo.

Estes casos fazem-me sempre lembrar do lendário Ian Rush, eterno goleador do Liverpool e da Premier. Foi transferido para a Juventus e não conseguia marcar um golo. Regressou a Inglaterra e resumiu o seu perfil de goleador nato. A razão?... Muito simples, a Juventus não adaptou o seu jogo de modo a tirar proveito das características deste grande goleador. Embora em circunstâncias diferentes, semelhante ao que faz agora com Cristiano Ronaldo, que corre o campo todo para ser servido e raramente é.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 15:34

"Estes casos fazem-me sempre lembrar do lendário Ian Rush, eterno goleador do Liverpool e da Premier. Foi transferido para a Juventus e não conseguia marcar um golo. Regressou a Inglaterra e resumiu o seu perfil de goleador nato. A razão?... Muito simples, a Juventus não adaptou o seu jogo de modo a tirar proveito das características"

Isso acontece muito, vemos isso a acontecer com jogadores que saem da nossa formação para a equipa profissional e não rendem, depois são emprestados ou vendidos a equipas mais "pequenas", e melhoram o rendimento.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 17:03

Mas neste caso, não se trata de um jogador da formação, mas sim de um consagrado goleador da Premier League.

O Ian Rush quando chegou à Juventus em 1986, já tinha marcado mais de 200 golos na Premier, a maior parte dos quais pelo Liverpool.

A Juventus não o soube aproveitar e tinha uma grande equipa nessa altura, com o lendário Boniek, entre outros.
Sem imagem de perfil

De Bento a 16.07.2020 às 13:13

Em relação ás estatísticas o Sporting falhou 80 passes o que é muito, e parece-me a mim que a maioria dos passes certos foram entres os defesas, isto é, em zonas onde não criava perigo. O Porto fez 23 desarmes o Sporting 17, o Porto recuperou 13 bolas o Sporting 11.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 16.07.2020 às 16:25

Embora reconheça que o Porto é atualmente a melhor equipa em Portugal, esperava mais do Sporting, quer em termos tácticos quer em termos de desempenho dos jogadores. Na segunda parte a diferença foi maior, pecámos a defender, não conseguimos anular as melhores armas do Porto e falhámos na construção do jogo. A única boa notícia ontem foi o empate do Braga.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 16:58

Mais negativismo em função do resultado...

O FC Porto não é actualmente "a melhor equipa" em Portugal, e se é, não é dizer muito.

Nenhuma equipa está a jogar bom futebol. O FC Porto é campeão não por ser melhor, mas sim porque o Benfica caiu redondamente num abismo e, então, o Porto ganhou força, mas o seu futebol é muito suspeito.

Com essa suposta superioridade, tinha então a obrigação de dar uma goleada a uma equipa do Sporting que, salvo erro, utilizou 10 miúdos.

O momento decisivo e em lance de bola parada, foi o golo de Danilo, caso contrário, estou convicto, o resultado final seria o empate.

Mas que "melhoras armas" do FC Porto?... Fizeram tantos remates como nós e não me à memória nenhuma defesa extraordinária de Max.

Essa de arranjar argumentos para engradecer a vitória de adversários não convence!!!
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 16.07.2020 às 17:13

O caro Rui Gomes pelos vistos anda distraído.... caso contrário saberia perfeitamente que uma das melhores armas do Porto esta época tem sido precisamente as bolas paradas, e ontem não conseguimos anular essa estratégia, já no jogo da primeira volta em nossa casa assim foi, não é arranjar desculpas é um facto, também deve desconhecer que o Porto é das defesas menos batidas e isso tem influência na classificação e é campeão, portanto neste momento é a melhor equipa, o Sporting ainda tem que crescer e isso foi evidente ontem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.07.2020 às 17:47

Ando tudo menos distraído meu caro.

Não obstante a forte tendência deles para lances de bola parada, aquele golo era evitável. Não quis dar destaque ao Max, mas, para mim, ele leu mal a trajectória da bola e deixou muito da baliza descoberta.

Não refuto que o FC Porto seja a melhor equipa, mas neste momento não é dizer muito. Com esta equipa na Champions, por exemplo, seriam afastados rapidamente.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo