Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Apenas os factos

Rui Gomes, em 27.05.14
 

 

As estatisticas referentes à performance de Eric Dier durante a época de 2013/14. Isto, para evitar as deturpações, à conveniência dos argumentos, que se verificam nos comentários do prévio post:

 

I LIGA

 

- Titular em 8 jogos - suplente utilizado em 5 jogos - suplente não utilizado em 17 jogos - 864 minutos de jogo (9,6 jogos)

 

II LIGA

 

- Titular em 9 jogos - 860 minutos de jogo (9,6 jogos)

 

TAÇA DA LIGA

 

- Titular em 3 jogos - 283 minutos de jogo (3,1 jogos)

 

1.ª Arouca - SNU

2.ª Académica - SU - 18'

3.ª Benfica - SU - 36'

4.ª Olhanense - T - 94'

5.ª Rio Ave - T - 95'

6.ª SC Braga - SNU

7.ª V. Setúbal - SNU

8.ª FC Porto - SNU

9.ª Marítimo - T - 96'

10.ª Guimarães - T - 96'

11.ª Paços de Ferreira - SNU

12.ª Gil Vicente - SNU

13.ª Belenenses - SNU

14.ª Nacional - SNU

15.ª Estoril - SNU

16.ª Arouca - SU - 23'

17.ª Académica - SU - 32'

18.ª Benfica - T - 92'

19.ª Olhanense - SNU

20.ª Rio AVe - T - 94'

21.ª SC Braga - SNU

22.ª V. Setúbal - SNU

23.ª FC Porto - T - 95'

24.ª Marítimo - SNU

25.ª Guimarães - SNU

26.ª Paços de Ferreira - SNU

27.ª Gil Vicente - SNU

28.ª Belenenses - SU - 9'

29.ª Nacional - T - 94'

30.ª Estoril - SNU

 

Se há uma pergunta que eu gostaria de fazer a Leonardo Jardim - partindo do princípio que a decisão foi dele - é qual a razão da sua quase total não utilização a partir da sua excelente exibição na vitória sobre o FC Porto. Se Marcos Rojo não tivesse sido expulso no jogo com o Belenenses, a época para Eric Dier teria para todos efeitos terminado à 23.ª jornada. Há um outro ciclo intrigante: foi titular nas vitórias consecutivas sobre o Marítimo e Guimarães - 9.ª e 10.ª jornadas - mas depois não foi utilizado um único minuto nos seguintes 5 jogos.

 

Mais um daqueles casos em que há razões que a própria razão não compreende.

 

publicado às 12:42

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Mário Borges ferreira a 27.05.2014 às 13:16

O caso do Eric Dier nada tem a ver com o seu valor desportivo, mas sim com a gestão de uma equipa com base em critérios colectivos em detrimento de "estrelas".
Os investmentos na academia deverão ser para criar valores seguros, não estrelas.
Os valores para se tornarem seguros precisam de talento, esforço e dedicação, as estrelas já nascem predestinadas e não precisam da academia para nada.
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 28.05.2014 às 06:26

Eu olho para as convocatórias do Leonardo Jardim para o campeonato, e tirando o caso do Carlos Mané, para jogar a extremo ou a segundo avançado, que ainda agora fez 20 aninhos, todos os outros jogadores que foram chamados para serem titulares já tinham uma rodagem considerável...

Uns mais que outros, pois dos mais novos, Cédric com 22 anos, fez 59 jogos antes desta temporada, menos que Carrillo (77 jogos), mas mais que William Carvalho (52 jogos, excluindo os 13 feitos pelo GD Fátima), ou Wilson Eduardo, 23 anos e 109 jogos...

A outra excepção foi mesmo o Eric Dier, e este, ficou sempre atrás dos mais experientes. O Ricardo Esgaio ainda chegou a ser convocado, mas o mais que fez pela equipa principal foi 4 minutos na Taça da Liga. Melhor sorte teve o Rúben Semedo, que ainda fez uma parte inteira para a Taça de Portugal.

Portanto, Leonardo Jardim foi muito consistente e demonstrou-o durante toda a temporada, utilizando de preferência os mais experientes ao seu dispor e Eric Dier pode ser muita coisa, mas ainda lhe falta experiência.

Ele poderia ter sido a excepção, jogando quase sempre a titular, caso não se tem lesionado na pré-temporada, perdendo assim o lugar para Maurício, mas mesmo assim, aos 20 anos já leva 47 jogos feitos... O William Carvalho regressou ao Sporting com 21 anos já feitos com apenas 52 jogos feitos na Bélgica...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds