Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 
 
O Sporting já realizou 26 jogos na I Liga, registando 18 vitórias - 6 empates - 2 derrotas - 60 pontos. O acesso aos "play-offs" da Liga dos Campeões foi matematicamente selado com a vitória sobre o Paços de Ferreira, faltando agora apenas vitórias nos próximos dois jogos para garantir o acesso directo à fase de grupos da máxima competição europeia. Isto, perante os actuais 49 pontos do FC Porto, com 5 jogos e 15 pontos ainda em disputa.
 
No que ao título concerne, embora ainda matematicamente possível, é uma meta muito pouco realista. O Benfica lidera o campeonato com 64 pontos em 25 jogos, tendo então 5 jogos e 15 pontos por disputar. Para o Sporting chegar ao primeiro lugar, além de ter que vencer os seus restantes 4 jogos, o Benfica teria de perder, no mínimo, 2 jogos e empatar outro, o que dar-lhe-ia 71 pontos perante os 72 do Sporting. Considerando as circunstâncias do campeonato português, é praticamente impossível isto vir a acontecer.

Neste momento o Sporting lidera o campeonato em golos marcados, com 50 - uma média de 1,92 golos por jogo - e é segundo em golos sofridos com 18 - uma média de 0,69 golos por jogo. Antes da realização do seu 26.º jogo, esta tarde, o Benfica está em segundo lugar em golos marcados, com 48, e em primeiro em golos sofridos, com 15. O FC Porto é terceiro com um registo de 45-20.
Na conferência de Imprensa pós-jogo, Leonardo Jardim foi instado a comentar a partida, a exibição dos seus pupilos e outras disposições do Sporting. Entre as suas diversas declarações, a que mais apreciei foi esta, afirmada com a sua usual honestidade:
 
«No meio dos jogadores existe uma equipa de trabalho, em que todos são importantes e com objectivos em comum. Num clube como o Sporting as vedetas são os adeptos.»
 
Para um bom entendedor "meia" palavra basta  !
 

publicado às 04:15

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


12 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 06.04.2014 às 11:22

E será que o presidente também estará incluído nos adeptos ?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.04.2014 às 11:24

Boa pergunta :)
Sem imagem de perfil

De Gonçalo Catarino a 06.04.2014 às 11:30

Ora estando ele a falar do grupo de trabalho onde usualmente existem jogadores com tiques de vedeta que põem em causa todo o espírito colectivo por causa do seu umbigo, esta frase foi apenas o enaltecer dos seus jogadores, afirmando que estes tem uma grande capacidade de trabalho, deixando essa faceta de vedetismo para os adeptos.

Mas eu não sou um bom entendedor, já que não descortinei aqui mais um recado encapotado de Jardim para o presidente.


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.04.2014 às 11:34

Leonardo Jardim já mandou "recados encapotados" para o presidente ?
Sem imagem de perfil

De Gonçalo Catarino a 06.04.2014 às 11:41

Não sei, diga-me você caro Rui. Eu ja disse que não sou bom entendedor portanto pode-me ter escapado algo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.04.2014 às 11:46

A interpretação foi sua. Se algo mais escapou, não sei.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.04.2014 às 11:48

P.S. Porquê evocar o presidente, quando o post é totalmente dedicado à equipa e ao seu treinador ?
Sem imagem de perfil

De Sócio de prata a 06.04.2014 às 18:27

Então esclareça por favor, se o post é totalmente dedicado à equipa e ao seu treinador para quem é a "meia palavra que basta"???
Será para o Elias???
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.04.2014 às 18:59

Para si não é de certeza !
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 06.04.2014 às 23:24

O presidente preside, o treinador treina, os adeptos apoiam. É assim que funciona um clube/equipa de futebol. Todos são importantes. A união é fundamental para o êxito. Para quê criar divisões com questões de lana caprina. E isto acontece quando O clube está bem e se recomenda. Olha se assim não fosse?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.04.2014 às 00:49

Concordo consigo, mas não acha que é uma rua de dois sentidos ? Nem todos nós estamos dispostos engolir tudo em nome da chamada união, quando atitudes em voga, a exemplo destes ridículos slogans, provocam exactamente o inverso, ou quando o presidente discursa sempre rebaixando uma fracção do universo sportinguista em prol da sua insaciável apetência para o populismo.

Quando diz que o clube "está bem e se recomenda" é óbvio que faz referência à única disposição que conta para a maioria: os resultados desportivos. Caso estes não existissem neste momento, estaria tudo em caos.

Dito isto, não associo o seu comentário ao post que visa apenas e tão só a equipa e o treinador.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.04.2014 às 00:51

P.S. E isto em nada se relaciona com a defesa de alguém, passado ou presente, mas pouco me ofende tanto como desonestidade intelectual.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo