Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As Notas de Julius (13)

Rui Gomes, em 28.02.21

fcpscp_7 (2).jpeg

Na 13.ª edição desta rubrica, o leitor tem assim a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que o nosso colaborador Julius atribuiu aos jogadores do Sporting e a outros intervenientes do jogo de ontem com o FC Porto - a contar para a 21.ª jornada da Liga NOS - que terminou com um empate a zero.

"Muita coragem, muito coração e o querer escrever os seus nomes para a eternidade. Onde vai um vão todos e agarraram-se uns aos outros ontem no Dragão, porque o querer é poder e estes rapazes demonstram que querem mesmo serem campeões. E já ninguém duvida, no País inteiro e todos os portugueses espalhados pelo mundo inteiro que desde o início do campeonato têm acompanhado a esta heróica caminhada de Rúben Amorim e os seus muchachos. Alguém disse que era fácil desmontar esta equipa do Sporting. Pois....!!! Mas tantos têm tentado, inclusive quem já teve três oportunidades para o provar, e o melhor que conseguiu é estar com 10 pontos de atraso. Melhor que se dedique a desmontar legos... poderá vir a ter melhor sorte".

DESTAQUE - JOÃO MÁRIO - 5 -  Chegou o momento das decisões e chegou também o melhor da forma do João Mário, quem o Sporting mais precisava, fez um jogo de grande sacrifício mas muito focado nas suas enormes capacidades, percebeu o alarme e assumiu a responsabilidade e a despesa de carregar a equipa, sempre rodeado de adversários sentiu-se como peixe na água a desgastá-los, como Palhinha correu quilómetros, os dois valeram por quatro, naquele meio campo quase sempre mais azulado.

ANTONIO ADÁN - 4 - O melhor sector da equipa foi sem dúvida a defesa, que em geral estiveram todos muito bem sem erros de maior gravidade. O ex-madrileno mostrou-se sempre muito seguro com nervos de aço; o trio Adán, Coates e Feddal tem sido o melhor desta Liga e os principais causadores de ser de facto difícil marcar um golo ao Sporting.

PEDRO PORRO - 3 - Teve vida difícil, é moda agora os treinadores adversários taparem os corredores ao Sporting na tentativa de anularem as saídas de Porro e Nuno Mendes o que passa a ser um grande desafio para o treinador encontrar soluções. Estava encostado ás cordas quando chegou o Matheus Nunes para o salvar e foi um grande alívio, voltou a respirar a partir daí.

GONÇALO INÁCIO - 3 - Acusou a responsabilidade e tremeu algumas vezes falhando alguns passes na saída, melhor a defender mas teve algumas hesitações; serão certamente as dores do crescimento. A barra hoje tinha mais peso, nomeadamente emocional.

SEBASTIÁN COATES - 5 - Foi um pronto socorro em todo o jogo, aparecia em todo o lado sempre com cortes e mais cortes da bola ao adversário, tem sempre o cabo de aço bem seguro na mão para que os colegas do lado se segurem sempre nas horas de aflição. Que grande temporada Sebastián!

ZOUHAIR FEDDAL - 4 - Muito activo e manteve-se sempre seguro no seu posto; teve dificuldades na saída, mas hoje todos tiveram. Ficou mais difícil na segunda parte depois do Nuno Mendes estoirar e perder reacção, teve o golo nos pés mas não foi tão rápido. O Conceição quis explorar o amarelo que levou metendo o Conceição júnior em "cima" dele mas " no pasó nada".

NUNO MENDES - 3 - Como Porro viu hoje o seu corredor com as portas trancadas e não ousou aventurar-se; e nas poucas vezes que o fez, não esteve tão bem nos cruzamentos; travou uma luta tremenda do seu lado e terminou de rastos, já não dava para mais. Ainda por cima, carregado muito cedo com um amarelo.

JOÃO PALHINHA - 5 - Foi muito difícil escolher o homem do jogo entre ele e o João Mário; agora, além de ser o "polvo" da equipa, é também mágico, aparece do nada fazendo desaparecer o adversário e fica ele com a bola; a TV tem de repetir a jogada em modo mais lento para todos percebermos melhor como o faz. Está em grande forma e é seguramente dos que mais merece ser campeão nacional, porque um campeão já ele o é.

POTE - 2.5 - O ataque não funcionou bem, teve poucas bolas e quando as teve falhou no critério; ontem o Pote até foi dos que mais falhou e foi mais culpado por ofensivamente o Sporting não ter causado danos à defesa do FC Porto; exigia-se mais rapidez a pensar e a executar; devia pelo menos ter segurado melhor a bola.

NUNO SANTOS - 2.5 - O Nuno é sempre uma incógnita e ontem quase sempre tudo lhe correu mal; até nas faltas não teve sorte; desastrado nos cruzamentos. Sabe fazer muito melhor. Que felicidade estar numa equipa com uma defesa de betão que até dá para passar umas férias lá na frente. Devia ter saído mais cedo.

TIAGO TOMÁS - 2.5 - O jovem nunca desiste de um único lance; levou uma 'paralítica' do Mbemba e terá aprendido com isso mais uma lição; foi presa fácil para os Pepes do Conceição.

MATHEUS NUNES - 4 - Depressa percebemos que devia ter sido lançado mais cedo no jogo; entrou com a corda toda e quase que desmantelava o FC Porto do seu arrogante treinador; com mais frieza fazia um golo monumental depois de uma fuga pela direita que matou o Otávio em que teve que meter o resto que tinha do turbo para correr atrás dele com a língua de fora e teve que sair logo a seguir.

BRUNO TABATA - 2 - Pouco se viu e pouco acrescentou quando o FC Porto já fazia as últimas tentativas do tal desmantelamento, através de bombardeamento aéreo e oferecia espaços que o Bruno não conseguiu aproveitar.

JOVANE CLABRAL - 2 - No mesmo nível de actuação do Bruno Tabata, pouco se deu por ele, mas também já era mais hora de defender o tesouro dos dez pontos.

MATHEUS REIS - 2 - O Rúben Amorim arriscou levando o jovem Nuno Mendes ao último fragmento da sua energia, podia ter corrido mal, o Matheus já o devia ter substituído mais cedo, fresco e sem amarelo daria a segurança que se exigia com a entrada do Conceição júnior, até porque o Feddal já dava sinais de começar a ceder.

RÚBEN AMORIM - 4 - Teste ultrapassado ao mais alto nível no Dragão contra o rival mais forte e que mais ameaçava a vantagem do líder Sporting. Estamos de facto rendidos à excelente coordenação da sua equipa e da forma como construiu as defesas do castelo. Muito longe de ter sido um bom jogo, mas foi quase sempre bem amarrado, bem seguro, não se deixando desmontar com a facilidade que alguém falou. O jogo pedia o Matheus Nunes mais cedo e depois o outro Matheus para o lugar do Nuno, mas correu bem e é isso que conta. Com os corredores fechados tem que pensar em meter mais um médio no meio, para o adversário ser obrigado a defender na largura e deixar mais espaços no centro.

SÉRGIO CONCEIÇÃO - 3.5 - Falhou o objectivo e, já pela terceira vez, contra esta equipa do Sporting, que afinal nunca consegiu desmontar nem com facilidade nem com dificuldade; falhou as três vezes e hoje em casa foi ainda mais grave. Tem de facto uma equipa forte, poderosa, mas ontem percebeu finalmente que é mesmo dificil ganhar a este Sporting. Compre um lego e treine melhor as desmontagens.

JOÃO PINHEIRO (Árbitro) - 4.5 - Os sportinguistas têm razões para não gostarem deste árbitro, mas ontem até fez uma arbitragem segura e isenta; muitas paragens mais por culpa sua. Teve momentos que parecia que iria perder o controlo do jogo, mas lá o foi agarrando e merece nota positiva.

ARTUR SOARES DIAS (VAR) - 4 - Mantenho dúvidas na forma como o Uribe disputa o lance com o João Mario dentro da área portista. Já vi este árbitro ASD marcar penáltis por menos, mas ele nunca marcaria aquele penálti contra o FC Porto. No resto não houve mais casos e nada mais para poder estragar.

publicado às 04:49

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


46 comentários

Sem imagem de perfil

De Rui a 28.02.2021 às 08:07

Confesso que este foi um jogo em que gostaria de ver o que conseguiria o Paulinho, juntamente com o TT... Talvez a bola circulasse mais no nosso ataque, foi pena a lesão.
Mateus Nunes a mostrar que queria ser titular. Aquele meio-campo é uma dor de cabeça para o treinador.
Já não duvido que o Sporting será campeão. Tenho curiosidade em saber com quantos pontos de diferença! Parabéns aos jogadores e ao treinador.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 11:29

Bom dia a todos caros amigos

Sim caro Rui, a lesão do Paulinho condicionou bastante as opçôes do ataque, o Sporting fez um esforço financeiro enorme para o trazer ja neste Janeiro passado para estar melhor preparado para estes jogos como o de ontem, a lesão foi um golpe, mas o mais importante é que saímo ilesos do Dragão e como descrevi em cima e o proprio Amorim tem dito algumas vezes esta equipa tem a particularidade de se agarrarem uns aos outros nas dificuldades é a sua principal caractristica.
Conhecem todos os momentos do jogo e disponibilizam-se a serem operários numa extraordinária entre ajuda.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 28.02.2021 às 08:39

Caro amigo julius

Difícil, como poucas vezes, escolher o homem do jogo: João Mário o maestro a teleguiar tudo, Palhinha o homem invisível a aparecer em todo o lado ou Coates o imperial a varrer toda a defesa?

Foi um jogo muito difícil para alguns dos nossos jovens jogadores, em Portugal não há nada que se compare ao Dragão, mas a solidariedade e a a coesão na equipa é de betão, parece um colete à prova de bala.

Percebo Rúben Amorim: o Porto é que tinha de correr atrás do prejuízo. De facto, o Porto correu, correu... e não obteve o que queria porque os leões estavam preparados para isso!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 11:41

De facto os 3 estiveram num patamar mais elevado caro amigo Leão Zargo, foram enormes e mostraram que estão num optimo momento e preparados para tudo.
Foi uma decisão por detalhes, as missôes deles tiveram um alto nível de dificuldade e que resultaram de enorme importancia no bom resultado que a equipa trouxe do Dragão.
Creio que se completaram e nenhum deles conseguiria fazer a exibição que fez se os outros 2 não cumprissem a sua parte naquele nível como estiveram.
Apesar de tudo creio que destruir será sempre mais fácil que construir e o João Mario teve essa missão mais complicada em que foi quase uma ilha verde bem verdinha naquele mar mais azul.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 28.02.2021 às 19:53

Compreendo e aceito o seu critério, amigo julius, de facto é mais difícil construir do que destruir. Mas, também revela que o futebol é um jogo colectivo, ninguém joga bem sem estar bem acompanhado.
Imagem de perfil

De Greenlight a 28.02.2021 às 09:08

Totalmente de acordo com a análise de Julius. João Mário e Palhinha estiveram muito bem. Aliás a equipa, como um todo , foi competente. Mas notou-se a falta de um verdadeiro Ponta de Lança para recepcionar os lançamentos de Adan e dos defesas quando o FCP obrigava o Sporting a “despachar” a bola. TT, Pote e Nuno Santos não estão talhados para esse tipo de jogo. Destaque para a excelente entrada de Matheus Nunes e para a fraca prestação de Tabata, que, embora tecnicamente dotado, mostra, quase sempre pouca intensidade. Não há jogos iguais e o momento do jogo era bastante diferente mas, quando Plata entrou, na 1/2 final da Taça da Liga, desbaratou a defesa do FCP.
Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 28.02.2021 às 09:14

Concordo, para mim, o Plata é bem melhor que o Tabata.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 12:39

O Plata deve estar de volta á equipa, mas antes de tudo o que seja está a disciplina principalmente quando se trata de um grupo extenso de muitos elementos, sem ela nunca poderia existir uma boa equipa. Qualquer rastilho tem que ser imediatamente apagado.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 11:53

Green bom dia, creio que nos sentimos hoje um pouco mais aliviados e mais confiantes, mas atenção caros amigos ainda não acabou falta ainda muito, todo o esforço de ontem vai pelo cano se não ganharmos já ao Santa Clara na sexta feira e que passa a ser agora o jogo mais dificil da época, a equipa tem que descansar bem e preparar muito bem esse jogo em que nunca bastará empatar teremos que ganhar os 3 preciosos pontos.

Ontem a equipa mostrou competência, mostrou afinal tudo o que ela é, o que tem, as suas virtudes o que faz muito bem e o que não consegue fazer tão bem onde o Porto explorou ao máximo das suas capacidades mas que não foram suficientes para nos abater.
O treinador do Porto fala tudo aquilo, mas eu pergunto-lhe porque não arriscou mais ainda? Porque tardou tanto nas substituiçôes? Porque não atirou para jogo mais cêdo os puros alas da equipa? A resposta é simples porque teve medo de perder, teve mais medo de perder do que vontade de ganhar.
Afinal mostrou-se incapaz de nos conseguir derrubar ( desmontar) .
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 28.02.2021 às 10:02

Juliscoelho

Não vi o jogo em directo, mas só um aleijado da cabeça pensaria que o SCP ia jogar todo aberto no Dragão. Mais uma vez ficou provado que o FCP tem um anormal como treinador. Quando empata ou perde é insuportável, pois dispara
frases que demonstram o seu carácter. Danado por não ter ganho o jogo, criticou o seu adversário, pela forma como jogou, esquecendo o que fez contra o City, onde a posse bola final foi muito pior entre os 70/30. No jogo de ontem mesmo jogando o SCP mal como ele várias vezes frisou a posse de bola foi mais equilibrada ou sejam 54/46. Pena não podermos banir gente desta que andam a mais no futebol. Para vermos o que se passa na cabeça desta gentalha um dia criticam um arbitro e fazem ameaças na Maia, noutro dia pedem que esteja presente, porque é o melhor . !!!!!!!!! Alguém consegue entender estas situações, ou será como a droga que já tem pernas para andar e se infiltra nos aviões privados ? Por amor de DEUS, corram com esta gente do futebol, pois os adeptos não merecem ouvir tanta baboseira. Fernando Albuquerque (SCP)
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 12:02

Caro amigo leão Fernando Albuquerque,
deve recordar-se as vezes e que foram muitas em que o Porto no passado vinha a Alvalade em posição previligiada no campeonato por estar na frente e como se aproveitava dessa vantagem para a defender jogando na espera do erro do Sporting para lançar depois os seus raros contra ataques, as despesas do jogo eram sempre feitas pela equipa do Sporting que era obrigada a correr atrás do prejuizo, ontem simplesmente servimos-lhes a vingança num prato frio.

A maior satisfação que sentimos hoje é que quando o Porto não ganha é de facto uma vitória do futebol e o Porto não ganhou ontem.
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 28.02.2021 às 13:26

Juliuscoelho

Como disse não vi o jogo em directo. Vendo depois a gravação uma verdade tem de ser dita o FCP rematou mais vezes á baliza do SCP, mas remates daqueles pode fazer centenas, pois o nosso guarda-redes fez uma defesa perigosa com selo de golo. Tudo o resto é fogo de artificio, e o anormal tem de se queixar dos seus jogadores que falharam redondamente uma baliza que tem 7,5 metros de largura. O SCP jogou mais que o FCP fez contra o CITY, que foi uma vergonha tratando-se do campeão do nosso País. Ai o anormal não criticou o facto de ter uma posse de bola que só as pequenas equipas a tem quando jogam contra adversários mais fortes.
Tenho de dar os parabéns aos nossos jogadores, que conseguiram os seus objectivos., que era ficar com o mesmos 10 pontos de avanço. Por vezes temos de ser humildes e admitir que o nosso adversários é mais forte, embora ontem não se tenha visto isso na posse do jogo. Peço desculpa ao Rúben Amorim , que desde o primeiro minuto no SCP lhe dei todo o meu apoio, mas o Matheus tem de estar na equipa, pois tem uma qualidade acima da maioria dos seus colegas. Ontem, e noutros jogos viu-se a diferença. Amigo Juliuscoelho faltam salvo erro 13/14 batalhas e temos de continuar assim, com qualidade e humildade, respeitando todos os adversários e pontuar sempre com 3 pontos. e no final seremos muito felizes. Deitar foguetes antes do final, pode ser perigoso, pois nada está ganho Fernando Albuquerque (SCP)
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 13:37

Caro amigo,
Compreendo o Amorim e até tenho a mesma opinião que na equipa devemos ter sempre alguém de respeito no banco que deixe a pensar tanto o adversário como os proprios colegas da equipa por saberem e sentirem que ele vai entrar e pode mudar tudo.
As grandes equipas têm que ter sempre esse alguém forte ali no banco, o próprio treinador sente mais confiança porque tem soluçôes, tem ainda um ás para jogar, porque não foi com tudo e correr o risco de não resultar e depois não ter no banco quem lhe possa valer.

O erro quisá foi o Matheus ter demorado a entrar porque o jogo já o pedia á largos minutos.
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 28.02.2021 às 10:07

Bom dia julius, peço desculpa mas vai ter que baixar a nota ao João Mário, não pelo que fez durante o jogo mas sim pelo que não fez após o mesmo, tenho certeza que o João conhece o Sérgio Oliveira e após a flash deveria ter arranjado uma caixa de xanax ao rapaz que ele estava claramente perturbado.
Queria também louvar a coragem de Sérgio Conceição ao começar a conferência de imprensa só após o autocarro do sporting abandonar o estádio.
E por último como é possível o fedal ter-se passado com o Pepe, o Pepe que é um rapaz tão calmo.😂🤣
Um abraço julius e estamos no bom caminho.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 12:16

Caro amigo Fúlvio um bom Domingo para si.

De facto o Sergio Oliveira surpreendentemente ou talvez não, mostrou no final que está a ter grandes dificuldades em aceitar a realidade de que em 3 jogos não conseguiu ganhar a uma equipa tão fácil de desmontar, imagino a lavagem cerebral que levaram nestes dias de que tudo seria fácil e depois afinal ficou provado que não é assim tão fácil, aqueles cerebros ficaram muito baralhados e a funcionar mal no final do jogo. Hoje já acordaram e já viram as capas dos jornais desportivos a trazê-los á terra.

O caminho está á vista mas falta ainda caminhá-lo e para honrar o esforço que todos fizeram ontem têm que ganhar ao Santa Clara na próxima jornada se não ganharam os 3 pontos todo aquele esforço que vimos fazerem vai pelo cano.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.02.2021 às 13:22

Fui ver o Santa Clara ontem, não será um jogo fácil, claro que o fato de ter público no estádio galvanizou os rapazes, pode até ser fácil de ler a equipa do sporting e a forma como joga, conseguir contrária-la é muito mais difícil, o nosso guarda redes e defesa transmitem serenidade e segurança à equipa o que depois solta os jovens, ontem demos mais um passo muito importante, faltam 13 para o título tão desejado
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 28.02.2021 às 13:23

O anónimo sou eu, fiz publicar antes de me identificar
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 13:43

No ínicio os jogos são todos muito dificeis e só depois com o decorrer do jogo se revelam as verdadeiras dificuldades, esta equipa ja defrontou o Santa Clara nos Açores, na terra do caro amigo e sentiu na pele que é uma equipa bem treinada e muito dificil de bater, está prevenida mas ao mesmo tempo muito motivada, sabem que têm uma enorme oportunidade de fazerem história e acredito que nem dormem direito á espera da hora de voltarem a treinar para se prepararem o melhor possível para escrever mais uma página bonita nesta longa caminhada que estão a fazer.
Sem imagem de perfil

De LG a 28.02.2021 às 10:28

Jogo em que, na realidade, ninguém quis perder: as palavras de Conceição no final foram elucidativas a dizer que se tivesse arriscado mais/mais cedo podia ter saído do jogo com uma derrota verdadeira em vez de uma derrota moral
E se ninguém quer perder, é "justo" que ninguém perca, ao Sporting era um resultado que interessava, apesar de poder ficar hoje com menos pontos de vantagem em relação ao segundo lugar. Conceição tentou, diz que foi sempre superior mas a verdade é que em 3 jogos não ganhou 1.

E deve ser esse o espírito, nada está ganho, temos 13 jogos para ganhar 10, "basta" ganhar os 7 jogos em casa e 3 fora

Quanto ao jogo, o Porto colocou dificuldades no controle do fora de jogo como este ano ainda não tinha acontecido: é um aspeto que Ruben Amorim tem muito bem trabalhado, mas ontem o Porto conseguiu, algumas vezes, ganhar vantagem.

Quanto ao jogo, quero destacar Tiago Tomás: é verdade que jogou pouco, mas levou tanta porradinha que não sei como aguentou (e sai desgastado para os próximos jogos). Precisamos rapidamente de Paulinho, já que não há mais ninguém.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 12:33

Caro amigo Leão LG
O maior elogio que podemos dar a esta equipa do Sporting é em toda aquela fanfarronice do treinador do Porto que faz tanto barulho mas que na hora que tinha que arriscar encolheu-se, teve medo, afinal respeitou o Sporting, teve mais medo de perder que vontade de ganhar, ele sabia, ele percebeu que quando desmontasse o seu esquema para colocar os alas iria perder o controle do jogo para o Sporting, muito bla´bla bla a entrar de peito feito mas acabou por sair de fininho, é tipico nele e naquela gente.

Não foi por acaso que o miudo levou porrada a valer, aquela paralítica do Mbemba foi golpe baixo dos artistas, o próprio Pepe cada vez que disputava o lance era com tudo em cima dele, mas caro amigo nös até agradecemos que assim tenha sido, porque o Tomás aprendeu muito ontem e vai estar melhor preparado no futuro não tenhamos duvidas, foi corajoso e temos que respeitá-lo muito, não jogou porque não o deixaram jogar.

Paulinho tem outra estaleca por isso pagamos o que pagamos por ele e ainda vai ser ainda muito util no que falta jogar neste campeonato.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 28.02.2021 às 10:49

Bom dia Julius,

Ontem demonstrámos que temos um belo processo defensivo, era o Porto que tinha de ganhar, nós fizemos o que tínhamos de fazer, e fizemo-lo bem.
Sobre as notas acho que o melhor em campo foi o Palhinha.
Relativamente às substituições ontem o Matheus Nunes entrou muito bem ao contrário do Tabata, não percebo como o Tabata tem mais oportunidades que o Jovane. Faltou-nos um bocado de profundidade e faltou o Pote que esteve quase sempre apagado.
De resto, resultado excelente na busca do título.

SL
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 12:58

Caro amigo Schmeichel
Não foi só ontem que o demonstrámos, só 10 golos sofridos em 21 jogos não são por acaso, dos 3 outros rivais aparece depois o Benfica com 17 o que é uma grande diferença, isso só é possivel porque de facto temos um excelente processo defensivo e foi por aí que o treinador iniciou a construção da sua ideia, construção que ainda não está concuida faltando muitos dos acabamentos lá mais na frente mas o que se vê é ja muito vistoso e de muita qualidade.

Claro amigo, Palhinha podia ter sido o meu eleito e merecia-o mas o João tem subido muito de forma, ja se notou nos jogos anteriores que está a regressar ao seu melhor nível a reencontrar-se e merece esse grande elogio que é o destaque da equipa no jogo de ontem e tambem porque a sua missão principal era criar o que é sempre mais dificil que destruir, teve tantas vezes calma, qualidade e sangue frio para sair dos apertos e descobrir critério muito elevado no seu passe. Que pena que foram mais as vezes que os colegas não conseguiram dar seguimento aos seus passes de rotura.
Faltou-nos a profundidade mas aí é mérito do adversário que trabalhou essa parte muito bem investindo numa defesa á largura com multiplas dobras, creio que é nessas alturas que o nosso treinador deveria meter mais alguem no meinho aproveitando o adversário estar mais espalhado na largura o que abre mais espaços interiores.
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 28.02.2021 às 13:44

Schmeichel

Houveram, vários jogadores que sobressaíram neste jogo. Além do Palhinha, que teve demasiados adversários para o anular, também o Coates. o Feudall, o miúdo Nuno Mendes,e o João Mário tiveram grandes actuações. O miúdo TT foi um moiro de trabalho e de pancada que lhe deram. Já atrás referi o facto do Matheus Nunes ter de jogar, pois tem uma qualidade excelente. O Pote esteve muito tempo apagado, pois se me permitem julgo que anda a jogar fora do seu habitual lugar, que é o meio campo. Contra equipas mais acessíveis deve estar na frente do ataque, pois tem uma facilidade de golo impressionante. Ao contrário do anormal do FCP fizemos o que era preciso. que era manter os 10 pontos de avanço.e a posse de bola 56/46, não demonstra grande superioridade do FCP, que deve queixar-se de si próprio, pois os seus jogadores são alérgicos a rematar à baliza, pois o Adan fez uma defesa perigosa. Fernando Albuquerque (SCP)
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 28.02.2021 às 11:37

Amigo Julius,

Prova superada!
Acima de tudo o Sporting foi uma equipa muito competente. Tinha dois resultados que lhe convinham e era ao Porto que competia alterar o panorama.
Neste tipo de jogos nota-se que a equipa ainda está em evolução. Como, em jogos desta natureza, ainda não tem a capacidade para dominar todos os aspectos do jogo, o mais importante era ter segurança e estabilidade táctica. Obviamente teve dificuldade na saida em construção, mas como disse, a evolução da equipa vai também permitir, no futuro, ter qualidade de construção neste tipo de jogos e contra este tipo de adversários.

Em relação aos jogadores, a entrada do Matheus Nunes mudou completamente o jogo. Deveria ter entrado mais cedo. E concordo que o Rúben Amorim devia considerar a sua inclusão no onze inicial (juntamente com o Palhinha e o João Mário) para construirmos mais pelo meio e contornar o obstáculo que os treinadores adversários estão a usar, ao taparem as faixas laterais.
Apesar do esforço do TT, ontem o Paulinho fez falta. Contra equipas que impeçam de jogar na profundidade é importante ter alguém que saiba receber a bola, segurá-la e jogar com os colegas. Ontem com o Paulinho teríamos tido mais bola no ataque e o Pote e o Nuno Santos teriam sido mais perigosos.
Mesmo assim descordo um pouco da fraca avaliação do Pote. Não que ele tivesse feito um grande jogo, mas pela forma como condicionou o Porto. Mesmo não brilhando individualmente foi importante pois obrigou o meio-campo e defesas do Porto a estarem com permanentemente atenção em si, o que levou a alterarem algumas das suas rotinas e não estarem tão predispostos ofensivamente.

Não é altura para euforias ou festas antecipadas. É sim altura para ter os pés bem assentes no chão e como já disseram os jogadores do Sporting nas redes sociais seguir concentrados e unidos neste longo caminho que ainda falta percorrer.
Venha o Santa Clara.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 13:18

Bom dia caro amigo grande Leão do Norte,

Superada sem dúvida, e resultou seguramente como um energético mental para toda a equipa principalmente para os mais novos nestas andanças, o caminho seguro faz-se com passadas mais confiantes e o jogo bem conseguido no Dragão no interior do tal castelo negro e sinistro do campeonato portugues foi uma prova ao mais alto nível, o Dragão tentou cuspir o seu fogo mas saimos de lá ilesos.

Ontem faltou-nos mais alguem no interior mais á frente mas com pedalada de segurar melhor a bola, o Porto investiu em distribuir-se mais na largura para nos sacar os corredores e a profundidade, anulou por isso bem o Tomás e os nossos laterias, era jogo para o Paulinho mas tambem para o Matheus Nunes entrar mais cêdo, eu já o estava a pedir logo a abrir a 2ª parte e o Amorim só se decidiu aos 65mt e quando entrou viu-se logo a diferença.
O Pote ontem irritou-me algumas vezes e imagino que ele próprio deve estar muito descontente com a sua exibição, foi lento a decidir e deixou-se encurralar a maior parte das vezes perdendo a bola de forma infantil, caro amigo isso desgasta muito os colegas porque se esforçam em vão para chegar para lhe oferecer linhas de passe e depois têm que recuar de novo rapidamente. Pote tem forçosamente que melhorar esse aspecto.

Euforias nem nada que se pareça, como a equipa não se deixa desmontar facilmente nós adeptos tambem não nao nos devemos deixar que nos desmontem facilmente com todos esses artificios que ja começam a chegar de varios lados.
Se não ganharmos ao Santa Clara de nada valeu todo aquele esforço de ontem.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 28.02.2021 às 13:34

Atenção, este é um ALERTA Camarote Leonino:
Sporting desde a jornada 6 que não consegue subir na Tabela Classificativa!
Medidas urgentes irão ser tomadas pela equipa, só se fala em ganhar ao Santa Clara!
EU ACREDITO, e tu?
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 13:47

Hoje a equipa vai ter um treino suave de recuperação muscular e amanhâ vão folgar, dormir bem, descansar o corpo e a mente para que na terça feira estejam de novo moscas para atacarem a preparação do seguinte jogo dificil contra o Santa Clara. São 13 finais e se conseguirem manter esta distância até ao jogo em Braga têm tudo para fazerem história.
Sem imagem de perfil

De Leão Campeão a 28.02.2021 às 14:14

Boas notas Julius!!
Concordo praticamente com tudo o que avaliou.

Também eu destaco João Mário como o melhor jogador em campo.
Pese embora todo o desempenho dos restantes, JM foi simplesmente a pedra de toque que desfez as pretensões do Porto. E nunca ninguém o conseguiu contrariar.
Dominou a seu bel-prazer a intermediária defensiva da equipa, muito bem secundado pelo seu colega de meio campo, João Palhinha.
No entanto, foi João Mário que impôs mais presença e ritmo ao jogo. Esteve praticamente sempre presente onde se disputava o jogo e ninguém o consegui secar. Por isso mesmo até me surpreendeu que tivesse sido substituído pois continuava a apresentar a frescura daquele jovem que um dia pintalgou de genialidade os campos portugueses e europeus...

Apenas alguns reparos.
Lembrar aquilo que há umas semanas atras disse quanto à utilização de Neto em contraponto com Inácio.
Para mim é simples: o melhor joga!
E era gritante a diferença de qualidade dos dois, mais ainda depois das provas de fogo que constituíram os jogos de janeiro entre Benfica, Porto e Braga que se traduziram em 3 vitórias do Sporting com Gonçalo Inácio a titular.
Por isso, em boa hora Amorim “ouviu-me... 😊
Por outro lado mantenho qie não entendo a insistência em Nuno Santos.
É um facto que só por mero acaso se mantém como titular e que decorre apenas e só da lesão sofrida por Paulinho. Não sendo assim, a frente seria provavelmente constituída pelo trio Goncalves- Paulinho-Tomás.
Nuno Santos é efectivamente um caso claro de sub-produção a pedir banco urgentemente e mais me espanto que, quando tal ocorre, incorre-se sistematicamente no mesmo erro de preferir Tabata a Jovane quando a diferença de qualidade entre ambos é evidente.
Mas é claro que um campeão também não faz isento de erros...!

Finalmente, a equipa foi essencialmente muito competente e eficaz, conseguindo o seu objectivo principal que foi integralmente cumprido.
Não estava em causa a vitória no jogo mas sim a conquista do título.
A vitória essa teria ser sempre a maior responsabilidade para aqueles que assumiam o desafio ao título mas que por respeito óbvio à qualidade da equipa do Sporting e falta de engenho para conseguir ir mais além acabaram subjugados a um empate que reflecte a tendência do campeonato e coloca o Sporting como a única equipa imbatível até ao momento.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 15:14

Caro amigo Leão Campeão
Sejamos realistas mais ninguem do plantel tinha estofo para fazer o que o João Mario fez ontem no Dragão e perante as circunstâncias do momento de enorme cargas emocionais, o João viveu algo semelhante em 2016 mas tinha uma equipa com outros argumentos que esta não tem principlamente no que toca a experiência dos grandes palcos.

O João ontem surpreendeu muito pela positiva e deve-se a ele em grande parte a inquietação do banco do Porto principalmente do Sergio Conceição, que no seu plano de desmantelamento da equipa do Sporting nunca conseguiu desmantelar a coragem do Palhinha, a categoria e os nervos de aço do Coates e acima de tudo o surpreendente jogo cerebral do João Mario.
Só a muita qualidade que ele tem podia ajudar a travar e manter mais ao largo as pretensôes da esquadra azul e ao mesmo tempo transmitir-lhes preocupação. Merece o destaque.
O Manafá corre muito e é muito bom jogador conseguiu junto com a enorme qualidade do Corona travar todo o nosso lado esquerdo e com um Pote a ter dificuldades em segurar a bola ficou mais dificil.

Agora concentração máxima no proximo jogo contra os açorianos do Santa Clara.

ATENÇÃO: que o Santa Clara tem 5 vitorias fora de casa e ganhou em Braga e em Vila do Conde e eliminou o Guimarães em Guimarães para a taça.
Demonstra que é uma equipa fortíssima fora de casa. O Sporting tem que se preparar muito bem para uma grande batalhaque vai ter contra este valoroso adversário.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 28.02.2021 às 15:19

É verdade, o Santa Clara é uma das boas equipas deste campeonato, mas o Paços também é, o Portimonense também tem vindo a crescer... etc etc etc...
Mas eu acredito sempre e porquê? Porque a nossa equipa encara cada jogo com se de uma final se tratasse, respeito pelo adversário, empenho e esforço máximo!
Assim conseguiremos os nossos objetivos!
EU ACREDITO!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 28.02.2021 às 15:40

As finais são mais finais na medida que nos aproximamos mais do fim e fica mais dificil qualquer necessidade de recuperação, eu não tenho duvidas que os nossos rapazes sentem um enorme vontade de não falharem e so pensam em treinar bem para poderem estar melhor preparados para não falharem.

Vai ser um jogo dificil para o Sporting mas mais dificil o vai ser seguramente para o Santa Clara.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 28.02.2021 às 19:24

Leão Campeão,

Compreendo a insatisfação com o rendimento ofensivo do Nuno Santos, apesar de ele ser dos que tem melhor qualidade no remate e poder marcar a qualquer momento (como fez contra o Portimonense), mas temos de pensar no aspecto defensivo.
Ninguém dá, ao Rúben Amorim, tantas garantias de fechar o lado esquerdo, como o Nuno Santos.
Sem imagem de perfil

De Leão Campeão a 28.02.2021 às 21:42

Leão do Norte
Esta equipa é essencialmente equilibrada do ponto de vista defensivo.
Tanto na sua componente técnica como táctica, o Sporting tem vindo a demonstrar qualidade igualável no espectro nacional.
Porém tal não se pode dever apenas a este ou aquele e muito menos a quem jogue no trio ofensivo que, embora contribuam para a segurança defensiva da equipa, têm outras funções determinantes em campo.
Nuno Santos tem sido um jogador mediano neste equipa.
Arriscaria dizer o seguinte: de todos os jogadores habitualmente utilizados, este seria o que menos seria desejado por qualquer um dos nossos adversários directos.
Ok... acrescentaria nessa lista o Neto e o Tabata!
Mas o primeiro já justifiquei porque não deve jogar a titular e Amorim também compreendeu. O outro é meio emprestado neste clube e não justifica até hoje a sua continuidade.
Mas um plantel é o que é e temos que saber aproveitar o que temos.
Jovane é para mim o jogador que melhor ocuparia aquela posição, com evidente mais valia para a capacidade ofensiva da equipa.
Quanto a Nuno Santos simplesmente justificaria passar uns tempos pelo banco... tal como qualquer jogador em qualquer clube quando não rende o necessário!
Sem imagem de perfil

De Leão Campeão a 28.02.2021 às 21:43

“... qualidade inigualável (...) “
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 28.02.2021 às 22:34

Leão Campeão,

Concordo que esta equipa é equilibrada do ponto de vista defensivo e, não se devendo a alguém especialmente, deve-se a um todo como equipa, tendo o Nuno Santos, na minha opinião, relevância nesse processo. E no esquema de Rúben Amorim ninguém está isento dessa contribuição defensiva, mesmo pertencendo ao tridente ofensivo e tendo outras funções determinantes em campo.

Em relação à escolha dos nossos adversários directos eu não arriscaria dizer algo do género sobre o Nuno Santos. A começar pelo nosso adversário de ontem que, na minha opinião, não desdenharia nada ter um jogador com a capacidade para fazer assistências que o Nuno Santos tem, para os seus avançados.

Podemos afirmar que tem estado em baixa de forma nos últimos tempos, mas eu não o crucificaria tanto porque vejo nele qualidades para o rendimento global da equipa, que poucos concorrentes directos têm.
Mas é apenas a minha opinião e a que conta, e ainda bem, é a do Rúben Amorim que trabalha diariamente com eles e domina todas as variantes para dar o melhor rendimento à equipa.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo