Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As Notas de Julius (14)

Rui Gomes, em 06.03.21

img_920x519$2021_03_05_22_54_07_1822767.jpg

Na 14.ª edição desta rubrica, o leitor tem assim a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que o nosso colaborador Julius atribuiu aos jogadores do Sporting e a outros intervenientes do jogo de ontem com o Santa Clara - a contar para a 22.ª jornada da Liga NOS - que o Sporting venceu por 2-1, com golos de Pote, aos 22', e Coates aos 90+3'.

"Estrelinha? Hoje foi toda a constelação da Ursa Maior. Esqueceram que têm que jogar à bola para ganharem os jogos? Escaparam de boa e na verdade fizeram tudo para não merecer, mas quem tem o Santo Coates, tudo pode vir a acontecer e aconteceu mesmo, outra vez. Não podem deixar o jogo correr daquela forma; é exporem ao sofrimento os adeptos e a si próprios. Amorim vai ter que lhes falar a todos com voz de macho. Terá que o fazer".

DESTAQUE - ( SANTO) SEBASTIÁN COATES - 5 - Dos menos culpados do apagão geral da equipa em praticamente todo o jogo. Cumpriu sempre a sua parte e ainda teve que ir lá marcar de novo o golo da vitória carimbando os três pontos. Momentos antes teve outro cabeceamento com a bola a passar junto ao poste. Acaba por ser o herói do jogo, o adversário tem nome de santa mas o santo foi ele.

ANTÓNIO ADÁN - 3 - Não foi obrigado a fazer uma única defesa e sofreu um golo quase no final do jogo; noite muito inglória.

MATHEUS NUNES - 3 - Pouco se viu neste jogo. Andou quase sempre longe da bola e também poucas vezes a procurou; não fez a diferença no novo alinhamento à direita. A ligação com Tabata foi quase sempre inexistente.

GONÇALO INÁCIO - 3 - Esteve bem nos duelos a defender e a fechar mas desastrado no passe na profundidade e o Tomás foi quem mais sofreu com isso. 

ZOUHAIR FEDDAL - 2.5 - Jogo sofrível. Teve noite muito complicada, hoje o Nuno Mendes não fez a sua parte na esquerda e sobrou para ele maiores dificuldades; foi baixando o rendimento deixando-se contagiar pelo mau jogo dos companheiros; no golo sofrido podia ter feito algo mais e na hora do tudo ou nada foi o sacrificado a sair. 

NUNO MENDES - 1 - O Nuno está com muitos problemas físicos; já entrou cansado e percebeu-se que nem devia ter jogado; raramente conseguiu subir no seu corredor e pior, nunca ligou o jogo de forma que criasse espaços de desequilíbrios no adversário.

JOÃO PALHINHA - 3 - Lutou muito nas acções defensivas, mas foi algo ineficaz nas tentativas de empurrar a equipa para a frente. Na segunda parte também foi um dos que deixou o jogo correr defendendo a ilusão de uma vantagem que se perdeu no golo do empate. Tinha muitas razões para comemorar daquela forma o golo do Coates .

JOÃO MÁRIO - 4 - Seria ele o destaque não fosse o golo do Santa Clara quase no final e que provocou a forte reacção de toda a equipa que levou ao excelente golo do Coates. Foi dos mais esclarecidos mas viu-se muito desacompanhado na hora de levar a equipa para a frente. Fez o cruzamento que resultou no golo de ouro.

TABATA - 3 - Descobriu aquela linha de passe que desmarcou o Pote e mais nada se viu; pareceu quase sempre perdido em campo, nunca entendeu onde tinha que estar. A sua assistência acabou em golo e arrancou por isso a nota positiva à tangente.  Desaproveitou a oportunidade que o treinador lhe deu.

POTE - 3 - Marcou um bom golo ainda cedo no jogo. Pensámos todos que o jogo estava desatado, mas puro engano e pouco fez depois para contrariar o bom jogo de muito acerto do adversário. Foi dos primeiros a desistir do risco e acomodou-se a ver o jogo correr e o adversário a jogar.

TIAGO TOMÁS - 2.5 - Jogo fraco. Raramente a bola lhe foi lançada em condições e andou quase sempre muito desapoiado, muitas vezes uma ilha deserta lá na frente; pouco incomodou os centrais do Santa Clara. 

MATHEUS REIS - 2.5 - Características diferentes do Nuno por não ter a sua velocidade; preocupou-se sempre muito mais em fechar e acudir aos apelos de Feddal; vê-se que sabe proteger muito bem a bola e transportá-la, mas necessita de mais minutos de jogo depois de longa paragem.

NUNO SANTOS - 2 - Entrou para trazer mais velocidade ao ataque da equipa mas foi pólvora seca, falhou duas saídas de contra ataque em superioridade numérica por péssimo critério no passe.

DANIEL BRAGANÇA - 3 - Não sabe jogar mal e veio melhorar o meio campo da equipa; o jogo estava mesmo a pedir a sua entrada mas o Santa Clara estava com o bloco subido e na largura no risco total, acabando por fazer o golo do empate já depois de ter entrado; foi fundamental depois na hora do abafo ao adversário para a fé no golo da vitória que acabou por surgir no último lance da partida.

JOVANE CABRAL - 2.5 - Ainda a bola estava dentro da baliza do Adán e já o Rúben Amorim pedia ao Jovane que tirasse o fato de treino; entrou porque é o talismã da equipa e a verdade é que quase marcava pouco depois de entrar; a bola foi-lhe metida demasiado em cima do espaço do guarda redes e pouco depois foi o golo do Coates. Deveria ter sido titular em vez de Tabata. 

RÚBEN AMORIM - 5 - Atingiu nesta noite o maior número de jogos sem perder na história do Sporting e sem ter uma equipa de super craques; vai ter que falar a todos com voz de macho porque se querem de facto ser campeões não podem repetir o jogo que fizeram ontem; têm que aprender a lidar com a ansiedade e não se deixarem dominar por ela. Só o treinador pode resolver esse problema.O contentamento só durou mesmo nos momentos do golo do Coates porque depois disso vão ter muito que conversar e muito a sério.

DANIEL RAMOS - 4 - Tem uma boa equipa e muito bem trabalhada. Todos sabem gerir muito bem os momentos do jogo. Quase que fazia história em Alvalade, mas o Santo Coates teve mais força que a Santa Clara. Jogou o jogo em todo o terreno anulando bem os pontos fortes do Sporting; só não conseguiu manter a mesma organização defensiva nos instantes finais quando o Sporting alterou tudo e se atirou à procura do golo da vitória. 

MANUEL OLIVEIRA (Árbitro) - 4 - Boa arbitragem no geral, com justa dualidade de critério.

FÁBIO VERÍSSIMO (VAR) - 3 - Sem casos para analisar.

publicado às 04:02

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


56 comentários

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.03.2021 às 08:37

Caro amigo

Há jogos que são um desastre, em que a nossa equipa abusou da inoperância e da desinpiração até ao último minuto. Não existe grande mal se forem a excepção e não a regra.
O pior, o que preocupa, é se a equipa não for capaz de se superar, de voltar ao registo antigo, e abandonar-se a uma triste mediania. A minha esperança, a nossa esperança, é que Rúben Amorim meta ordem na casa com voz de macho, como o Julius escreve.
É que, e isso é certo, "só o treinador pode resolver esse problema".
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.03.2021 às 10:38

Muito bom dia amigo Leão Zargo,
Pensei eu e muitos de nós que o empate no Dragão os podia ter libertado na pressão e apresentarem-se soltos no jogo de ontem para arrancarem uma boa exibição mas não foi assim, eu vi cargas de ansiedade em cima deles que os fatiga mentalmente e que os amarra ou adormece dispondo-se sómente a cumprir o jogo sem o atacar e ficaram dessa forma á beirinha de perder pontos por isso.

A prova é que o golo do Santa Clara resultou na quebra do feitiço e despertaram felizmente a tempo de corrigirem os danos que pareciam inevitáveis.
Conheço estes momentos da equipa e o treinador e os capitães vão ter que actuar. Eles ainda devem estar com o zumbido da buzina de alarme nos ouvidos.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 06.03.2021 às 16:19

Caro julius

Rúben Amorim já sinalizou que Coates vai "conversar" com os companheiros sobre o jogo!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.03.2021 às 16:22

Neste momento tem mesmo que ser, à sinais preocupantes, e têm todos que resolver entre eles, creio que vai começar a hora de terem que sofrer e a motivação de poderem conseguir chegar ao tesouro é motivo mais que suficiente para ajudar a superar a fadiga.
Sem imagem de perfil

De Rui a 06.03.2021 às 08:45

Ora bem, não podem ser só os rivais a fazer sofrer os seus adeptos!
Também estes jogos fazem parte da equipa de qualquer grande clube. O Santa Clara vai em 7º, o que não é nada mau. Mas realço a diferença do Sporting deste ano: a luta até ao fim. Noutros anos, a equipa teria desistido e teríamos ficado com o empate. Por isso acredito que o Sporting será campeão este ano.
Gostei das respostas de RA aos jornalistas: há muito potencial, muito talento, e muito trabalho a fazer. O que impressiona é, com os jovens jogadores e com os poucos e económicos reforços, o Sporting ter 12 pontos de vantagem. Como disse RA, contra o Lask a equipa jogou com mais intensidade, e perdeu 1-4. Aqui jogou adormecida e ganhou. Também a sorte faz parte. Parabéns e venha o Tondela!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.03.2021 às 10:50

Esta equipa do Santa Clara agradece aos adversários que venham com a atitude de pensamentos lentos e sem grande vontade de disputar o jogo a sério, quem nâo jogar rápido e intenso dificilmente lhes fica com os 3 pontos.
No regresso a casa após o jogo do Dragão vimos fogo de artificio na autoestrada a seguir o autocarro da equipa e isso não foi boa ideia, os mais novos sentem ainda as coisas de forma diferente, ainda não dominam tão bem a ansiedade quando ela chega em vagas de tsunamis, depois bloqueiam e sentem-se mais tolhidos para corrrerem deixando o jogo correr como se não fizessem parte dele.

Até nisso estão a aprender, só continuando a correr muito e a entregarem-se á luta de corpo e alma conseguem ficar mais perto de ganhar e evitar os dissabores como ía acontecendo no jogo de ontem.
Sem imagem de perfil

De AlexandreP a 06.03.2021 às 09:00

Podemos e devemos fazer mais,para almejarmos ser campeoes.

Espero que como noutras alturas desta epoca,apos uma exibicao menos conseguida,no proximo jogo regressemos à nossa habitual superioridade em campo...
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.03.2021 às 11:02

Caro amigo AlexandreP,

Ontem quem ganhou suores na testa a sério foram os adeptos pelo enorme nervosismo com tudo o que viam, em Tondela terão forçosamente que dar uma resposta bem diferente e eles mais que ninguém sabem disso.
Faltam 12 jogos mais de um terço das jornadas do campeonato para se jogar o que é ainda muitíssimo, (36 pontos) e têm que ter a perfeita noção do perigo.
Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 06.03.2021 às 09:06

O que me parece que está fazendo muita falta ao Sporting é um verdadeiro ponta de lança. Alguém que meta respeito aos defesas adversários e que garanta 15 a 20 golos por época. Por agora, a equipa está seguindo o ditado que diz que quem não tem cão caça com gato, mas eu diria que é uma contratação que está a ser pedida aos gritos para a próxima época.
Sem imagem de perfil

De José Gonçalves a 06.03.2021 às 09:29

Ontem não havia ponta de lança que jogasse bem; simplesmente as bolas não chegavam lá!
O Sporting ontem fez um jogo parecido com um Polonia- Alemanha de há uns anos atrás no europeu, mas aí nenhuma queria ganhar, o empate era o objetivo!
Enfim, acho que quem vai sofrer as consequências disto é o Tondela, caso contrario Amorim passará a ser o responsável, pois a ultima coisa que uma equipa pode perder é a atitude!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.03.2021 às 12:11

Bom dia amigo Gonçalves,

Concordo consigo dificilmente qualquer outro ponta de lança faria melhor quando a bola raramente chegava perto da area adversária, quase que nem rematamos á baliza do Santa Clara, a entrada do Bragança foi fundamental para não perdermos o jogo, na forma como estava a desenrolar-se pairou essa possibilidade depois do adversário ter percebido e se adaptado melhor ás nossas dificuldades.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.03.2021 às 11:08

Amigo Orlando bom dia,

Mas a bola tem que lá chegar, nesse caso até penso que Paulinho seria muito util ontem porque sabe quando é hora de recuar para ajudar os colegas a levar o jogo mais para a frente, tabela muito bem. Estivemos coxos em simultãneo nas alas que é um dos principais trunfos do modelo de jogo da equipa, Nuno Mendes claramente em excesso de esforço ja entrou cansado e Matheus Nunes não consegue nunca naquela posição fazer o que faz o Porro creio que foram esses tambem os factores que limitaram bastante o jogo da equipa na saída para o ataque e tambem na forma como pressiona o adversário quando ganha a bola.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 06.03.2021 às 09:32

Bom dia Julius,

Ontem jogámos muito pouco.... houve falta de intensidade e na minha opinião o Ruben Amorim teve mal, primeiro os laterais nao deram profundidade nao percebi a saida do Nuno Mendes, os dois Matheus nao deram profundidade limitando-se a passar a bola para o lado.
No ataque o que vi foi o TT sempre sozinho, não houve movimentações, só apos golo Santa Clara é que jogámos à bola.

Não gostei da nossa postura competitiva, se bem que talvez tenha sido o primeiro jogo com esta postura esta época.... acho que estas festas de renovação a meio da semana serviu para distrair o que numa equipa de trabalho como a nossa não pode acontecer.

Vitória muito importante mas que vem relembrar que ainda não ganhamos o campeonato portanto manter o que fizemos até aqui com humildade. Mais perto do titulo mas é preciso continuar a correr.

SL
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.03.2021 às 11:21

Amigo Schmeichel bom dia,

"os laterais nao deram profundidade" creio que foi mais por aí que resultou o apagão da equipa, mesmo que Santa Clara a dispôr-se na largura para nos sacar os corredores a verdade é que o sub rendimento do Nuno e adaptação do Matheus Nunes tramaram a estratégia do normal funcionamento do modelo de jogo da equipa e faltou sempre ali algo na ajuda ao João Mario e ao Palhinha os normais carregadores da bola no jogo para a frente, Pote ainda desceu algumas vezes mas o facto de os corredores não estarem a carburar como é costume bloqueou tudo e o Santa Clara ao ler as nossas dificuldades preparou ao intervalo melhor o seu jogo e atirou-se aos pontos que quase nos conseguia roubar.

Muito trabalho a fazerem e começa logo pelo treinador em pensar em outras soluçôes que possam resultar melhor. Não sabemos se o Nuno vai ter que parar algum tempo para descansar, se a lesão do Porro é só para 1 semana, se o Paulinho pode já voltar a treinar, muitas interrogaçôes num momento crucial da época, é de todo conveniente mantermos as vitórias até ao jogo de Braga.
Sem imagem de perfil

De Everton Costa a 06.03.2021 às 09:50

Talvez Rúben Amorim terá de repensar como recuperar logo o Gonzalo Plata, ontem ele poderia ter colocado fumo ao jogo, assim como nos jogos ao qual o autocarro estiver estacionado em frente à baliza ele e o TT quando joga aberto são os únicos quebradores de linhas com seus dribles, ele teve mau quando foi escalado de lateral direito mas na semifinal da taça da liga contra o Porto quando entrou na sua posição real e foi muito bem, criando jogadas sofrendo faltas perigosas de onde uma delas surgiu o golo de empate.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.03.2021 às 11:29

Caro amigo Everton

Os principais problemas que ontem vimos na equipa foram a sair e no momento de pressão ao adversário quando este tinha a bola, não creio que o Plata viesse a resolver algum coisa aí.
Tinhamos alteraçôes profundas nas alas, a saída do Nuno por falta de intensidade e o Porro estar lesionado depois se juntarmos a isso aquela atitude geral do deixa andar após o golo cêdo do Pote temos a conclusão do que se passou na equipa, salvou-se o resultado mas está tanta coisa em jogo que nos tirou do sério a todos.
Vamos acreditar que ouviram bem sonoros os alarmes e que vão responder muito melhor no jogo seguinte em Tondela.
Não podemos ser nós próprios a animar e a motivar os rivais a pensarem em esperanças.
Imagem de perfil

De Greenlight a 06.03.2021 às 10:10

Genericamente de acordo com Julius. A equipa esteve mal, como um todo. Mas gostaria de destacar:
Coates: já não há palavras para a época que está a fazer.
João Mário: Foi o mais esclarecido, como quase sempre.
Tabata: fez a assistência para o golo e nada mais. As fracas exibições de Tabata e contrariamente ao resto da equipa, são habituais. Não me parece que seja jogador para uma equipa com as ambições do Sporting
Matheus Nunes: jogou fora da sua posição e cumpriu a defender mais do que a atacar. Não fez, obviamente, esquecer o melhor Porro.
Matheus Reis: poderá vir a ser reforço mas está muito lento, esperemos que recupere a velocidade. Assim e se RA não quiser colocar Nuno Mendes, duvido que faça melhor que Antunes
Tiago Tomás: mais um jogo para qual não está talhado, não era, o PL que o Sporting precisava, ontem. Ontem, Sporar, apesar da sua trapalhice, teria sido mais útil. Mas afinal, Paulinho já veio lesionado do Braga, ou não? Ainda jogou dois (ou três?) jogos pelo Sporting, pouco fez e não marcou. Jogou incapacitado?
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.03.2021 às 11:40

Bom dia caro amigo Green

O que nos vale é o aparecimento desse minuto sagrado nos jogos do Sporting, o minuto NOVENTA E COATES que vai ser lembrado e recordado quisá para a eternidade. O fogo de artificio a acompanhar o regresso da equipa depois do jogo do Dragão fez-lhes mal, enfeitiçou-os e isso viu-se quando o golo do Santa Clara os despertou felizmente a tempo do tal minuto sagrado Noventa e Coates.

"Paulinho já veio lesionado do Braga?", já pensei nisso, até que as suas exibiçôes nos jogos que jogou foram para o fraco, se calhar..........!! Depois Amorim confidenciou que ele não dizia nada queixando-se só de uma "dorzita", até que foi ás maquinas e viram que tinha de facto uma lesão.

O Nosso principal problema ontem foi nos corredores onde somos sempre fortes e também o não pressionarmos o Santa Clara como se devia depois do nosso golo marcado ainda cêdo no jogo e a nossa rapaziada pensou (mal) que essa atitude seria suficiente.

Sem imagem de perfil

De João Gil a 06.03.2021 às 10:19

O Sporting precisa de conseguir variar o seu jogo, como percebeu e disse ontem Rúben Amorim. RA também disse que é teimoso e não muda, mas sabe que em certos jogos tem de mudar circunstancialmente a táctica para conseguir o objectivo do jogo, que é ganhar e meter a bola na baliza do outro. Nem sempre se conseguem golos com jogadas de desmarcação e tabelas, como é o típico jogo do Sporting. Consequências do modelo de defesa a três que o treinador nunca desfaz e que limita o modelo a usar na frente e sobrecarrega a dupla de meio campo e exige muito jogo e velocidade aos laterais. Ontem, quando foi preciso, sacrificou um central, meteu Bragança a meio campo, Reis e Nuno Santos na esquerda e a coisa lá se compôs, com Coates a fazer o papel do ponta de lança. Sem Paulinho, lesionado, o Sporting não tem ninguém que dispute bolas aos defesas na grande área adversária e os cruzamentos para a área são inúteis. A equipa mostrou-se um pouco desgastada e se calhar precisa de refrescar nalgumas posições, para manter todos a carburar e sem acomodações prematuras. Falta muito jogo e pontos essenciais na contabilidade do campeonato podem perder-se quando menos se espera. Vitória importantíssima, depois do empate e de dois pontos deixados na casa de um rival directo. Recuperar Plata, dar um pouco mais de jogo a Bragança, Jovane, talvez não fosse má ideia. Heverton é um bom lateral e se calhar pode ser trazido mais depressa para a equipa principal. Ontem, como se percebeu, não há alternativa sólida a Porro e Matheus Nunes teve de ser adaptado. O treinador saberá melhor que qualquer um de nós, mas ainda falta aqui e ali alguma coisa a esta equipa. Em Tondela, espera-nos um jogo ainda mais difícil. Vamos, Sporting. SL
Sem imagem de perfil

De José Gonçalves a 06.03.2021 às 11:00

Plenamente de acordo. Conversa rápida com o Plata, moral para cima e larguem o talento; acredito nas potencialidades de Plata ( há que refrescar a equipa ) e Jovane o mesmo!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.03.2021 às 12:00

Caro amigo Gil

"não há alternativa sólida a Porro e Matheus Nunes teve de ser adaptado", junte tambem o facto da substituição prematura do Nuno pelo Reis e ficamos com os corredores entregues a uma forma bem diferente do normal que prejudicou tambem o Tomás que ficou sem profundidade, depois nas poucas vezes que se libertaram nas alas chegavam lá mas não havia quase ninguem na chegada á area adversária, cruzavam para quem? lá tinham que fazer recuar a bola e reconstruir tudo de novo procurando outras formas interiores.

Quando nada corre bem o primeiro impulso é pensar que quem ficou de fora podia resolver melhor, tambem acredito bastante no Heverton que irá chegar cêdo á equipa está quase listo para ser lançado, mas seria um erro agora porque está tapado e iria sentar. Melhor que continue a crescer onde está, ontem nao creio que teria sido solução sem estar ainda entrosadono jogo da equipa.

A parte positiva é que conseguiu-se o bom resultado mantendo os rivais à distância que pelo menos ja estavam e gostamos todos óbviamente daquela reação instantânea de todos logo a seguir ao golo do empate treinador incluído com a entrada do Jovane.
E lá apareceu o minuto Noventa e Coates,
Sem imagem de perfil

De João Gil a 06.03.2021 às 12:49

Caro Julius, sem dúvida, estamos de acordo. Mas na lateral direita e na linha de ataque o Sporting precisa de mais qualquer coisa. De resto, mesmo sem Figo’s e Balakov’s está bem servido. A equipa não pode é fiar-se na virgem, como fez ontem, porque Coates não vai resolver todas as partidas que faltam aos 90+3..SL
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.03.2021 às 13:33

Curioso é que Coates tem sido o nosso melhor ponta de lança, quando é necessario ocupa a posição 9 e nem precisa de aquecer por ja la esta dentro desde o ínicio.

Eu ja contei algo aqui curioso que se passou na minha equipa no Peru, tinha precisamente um exelente central que fazia tambem quando necessitava o lugar 9 de ponta de lança, mas eu fazia ao contrário do Amorim , na primeira parte o Arold jogava como ponta de lança e marcava quase sempre os seus 2 golos e depois na segunda parte recuava-o para o seu lugar de central e geria o resultado ja feito na 1ª parte , ele tinha outra particularidade que era uma tremenda surda com potencia tipo Hulk.

Amorim ainda tem que pensar nessa estratégia, afinal Coates é o melhor ponta de lança que tem para certos adversários.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 06.03.2021 às 13:41

Na volta,,.
Sem imagem de perfil

De Luis Moreira a 06.03.2021 às 11:55

Com Nuno Mendes em sub-rendimento e com Nuno Santos no banco a nossa asa esquerda não funcionou. Na asa direita a falta de Porro foi também notória e com Mateus Nunes sem calo naquela função, o Sporting jogou amarrado desde logo por estes dois factores absolutamente fundamentais no nosso jogo .
Todos os jogos são uma lição o de ontem foi de cátedra .
Mateus Reis deve substituir Nuno Mendes nesta fase . Nuno Santos deve voltar tal como Porro e Paulinho .
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.03.2021 às 12:21

Amigo Luis Moreira

É como descreve, as nossas alas não funcionaram ontem, sendo através delas que passam muitas ideias de jogo no plano estratégico da equipa, principalmente explorando a profundidade nas costas da defesa adversária com lançamentos constantes à corrida do Tomás e nada disso conseguiram pôr em prática.,

Fica-nos a ideia que a lesão do Porro o impediu uma só semana e que estará já em Tondela, quanto ao Nuno parece-me mais delicado, ja no Dragâo deu mostras de começar a estar a ceder, precisa de parar para descansar.

Fizeram um pergunta curiosa ao Rúbem se estava a fazer ao Matheus Nunes o que lhe fizeram a ele no Benfica, em que jogou em varias posiçôes sem uma específica.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.03.2021 às 12:11

foi um jogo de descompressão mental, que felizmente acabou com vitória.
Temos jogadores a precisar de banco: Nuno Mendes não está bem desde que voltou da lesão e Tiago Tomás está morto, pelas pancadas que leva e pelo desgaste que sofre, mas este tem de jogar porque não há mais.

Como RA disse, no final, a equipa precisa de dois dias de descanso para repousar a mente, agora, depois do jogo do Dragão, é que lhes caiu em cima o receio de perderem o campeonato.
Santa Clara não criou oportunidades de golo, mas ter sofrido o golo também é uma lição para a equipa entender que ter a melhor defesa e conceder poucas hipóteses aos adversários não resulta sempre numa clean sheet. Curiosamente, o golo sofrido libertou os jogadores.

Venha Tondela

Imagem de perfil

De Julius Coelho a 06.03.2021 às 12:32

Bom dia amigo LG

Jogo que se complicou de facto mas o nosso minuto Noventa e Coates resolveu, como tem resolvido.

Os problemas na própria equipa com as alteraçôes forçadas num plantel em que não abunda a quantidade de qualidade principalmente para posiçôes especificas (quem em Portugal joga como o Porro?) juntando uma certa apatia provocada pela crescente ansiedade que todo o mundo faz á volta da ideia de um Sporting quase campão mexeu com todos principalmente os mais novos que se vêm pela primeira vez nestas andanças, imagino as suas cabeças até na hora de dormir depois depende sempre de cada um da sua capacidade de gerir toda essa ansiedade.
O Treinador vai ter apartir de agora trabalho redobrado para saber entrar na cabeça de todos tanto no colectivo como individualmente e fazer-lhes soar o alarme em que na medida que o campeonato se aproxima do final também começa a fazer efeito o muito que têm a perder se não continuarem finos e disponíveis para correr e sofrer ainda para o muito que falta.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo