Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As Notas de Julius (16)

Rui Gomes, em 21.03.21

162931994_10157613158046555_6887532873633908962_o.

Na 16.ª edição desta rubrica, o leitor tem assim a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que o nosso colaborador Julius atribuiu aos jogadores do Sporting e a outros intervenientes do jogo de ontem com o Vitória de Guimarães - a contar para a 24.ª jornada da Liga NOS - que o Sporting venceu por 1-0, golo de Gonçalo Inácio aos 44 minutos.

"Não tem o golo do minuto noventa e Coates tem o golo do minuto quarenta e Inácio e... menos uma final, mais três pontos. Excelente primeira do Sporting em que não se notou tanto que faltou o capitão, na segunda parte foi fechar, fechar, fechar até ao fim. Para nós adeptos leões foi mais uma sessão de arritmia que nos faz ansiar cada vez mais para que o final deste campeonato não demore muito., uffff!".

DESTAQUE - JOÃO PALHINHA - 5 - Foi enorme em toda a primeira parte, cortou quase todas as tentativas do adversário pela raiz; jogou mais posicional para que João Mário e Bragança pudessem arriscar mais, depois, na segunda parte, com os estoiros da sua companhia a meio campo ficou mais isolado e acabou como pronto socorro. 

ANTONIO ADÁN - 4 - Foi expectador grande parte do primeiro tempo e quando foi chamado a intervir fez uma grande defesa num tiraço com selo de golo já dentro da área levando a bola a bater ainda no poste, no canto viu a bola bater na trave e não entrar; segue bem benzida a sua baliza.

PEDRO PORRO - 3.5 - Muito melhor como toda a equipa na primeira parte onde ligou bem o jogo na construção pelo seu corredor, ganhando a maioria dos duelos. Com a radical alteração táctica com que o Guimarães se apresentou na segunda parte, viu-se obrigado a subir menos e a ser mais posicional com a linha de cinco.

LUÍS NETO - 3 - A ausência de Coates trouxe-o de novo ao seu lugar à direita, mas voltou a ser o elo mais fraco da defesa; limitou bastante as saídas do Porro que teve que estar sempre com o olho no colega.

GONÇALO INÁCIO - 5 - Exibição à craque no lugar do patrão e capitão; nunca perde a profundidade para os adversários atacantes e ainda teve tempo para os seus lançamentos "açucarados" que começam a ser habituais. Depois, a cereja no topo do bolo; foi dele o "cabezazo" do jogo que valeu os três pontos da vitória.

ZOUHAIR FEDDAL - 4 - Assumiu o jogo com muita responsabilidade, por ser o mais experiente; as mexidas que o treinador teve que fazer pela ausência do uruguaio, sabia que tinha que agarrar o Gonçalo, e juntos, o cabo de aço da defesa e fê-lo muito bem, deve-se muito a ele toda aquela tranquilidade que o miúdo mostrou no jogo.

NUNO MENDES - 3.5 - Prometeu muito de início com saídas que baralharam o lado direito da defesa do Guimarães; quando muda de velocidade cria o pânico à sua frente, depois e da mesma forma que Porro, teve que posicionar-se na linha de cinco na segunda parte quando o adversário subiu no terreno e meteu quatro avançados na frente; com a entrada de Ricardo Quaresma, e já exausto, era necessário entrar alguém mais fresco e foi substituído.

JOÃO MÁRIO - 3.5 - Não fez uma grande exibição mas cumpriu sempre na tarefa árdua de pensar o jogo e encontrar linhas de rotura na defesa; teve a ajuda do miúdo Daniel e juntos com Palhinha reinaram na primeira parte; foi até não dar para mais e saiu bastante esgotado.

DANIEL BRAGANÇA - 4 - Inteligente o Rúben que percebeu que com este adversário tinha que colocar mais gente com capacidade de segurar a bola no interior; retirou-lhes espaço e o Daniel cumpriu muito bem a sua parte; manteve-se sempre próximo do João Mário e ganhou muitas segundas bolas, foi destaque na construção.

POTE - 4 - Teve alguns lances de génio na primeira parte e esteve perto do golo por duas vezes, foi infeliz com a bola a esbarrar na trave e ainda assistiu o Tomás no lance do golo anulado. Caiu na segunda parte e também recuou para defender o golo da vitória; pena que se ausente ocasionalmente do jogo, um aspecto importante que terá forçosamente que corrigir. 

TIAGO TOMÁS - 3 - Mais uma noite de muito trabalho em que até chegou a marcar, mas o VAR invalidou-lhe o golo; tem dificuldades em jogar de costas para os defesas que o marcam e se não o deixam virar acaba por perder a bola e viabilizar contra ataques do adversário; terá que evoluir nessas acções.

PAULINHO - 2.5 - Já se esperava a sua falta de ritmo e acerto; falhou um golo cantado. De registar e louvar o seu esforço e competência na hora de ajudar a defender o resultado, vimo-lo várias vezes a cortar a bola dentro da nossa área.

BRUNO TABATA - 2.5 - Quando esperávamos a entrada do Jovane surge o Tabata, entrou no momento da perda do meio campo, o Daniel já não estava e ao João Mário já se lhe via a língua de fora; a missão que lhe foi pedida para segurar a bola era difícil mas não comprometeu.

DESTAQUE - DÁRIO ESSUGO - 3 - Dezasseis anos e o mais jovem de sempre numa equipa do Sporting nos jogos da Liga. Entrou para o lugar do João Mario, histórico e só por isso tem nota positiva, teremos tempo de ver o que sabe fazer.

MATHEUS REIS - 3 - Era a hora de agarrar o que a equipa já tinha conseguido e esse sinal foi dado com a entrada de Ricardo Quaresma, com o adversário a entrar no risco total. O Rúben Amorim percebeu e não facilitou e o Matheus, fresco, entrou e não se viu o Quaresma.

JOVANE CABRAL - 2.5 - Fica difícil de perceber a razão de Jovane só entrar nos cinco minutos finais; mesmo assim ainda conseguiu carregar a bola por duas vezes para o meio campo do V. Guimarães. O Rúben lá saberá porquê, mas que o jogo já pedia há muito a sua entrada pedia.

RÚBEN AMORIM - 4 - Continua a ganhar e é isso que importa; tem gente que fala que o campeonato para o Sporting só começava hoje, pois foram mais 3 pontos e ficam a faltar 10 finais. A equipa jogou muito bem nos trinta minutos iniciais em que podia ter marcado dois golos; a entrada do Daniel para ajudar o João Palhinha e o João Mário foi muito bem pensada.

JOÃO HENRIQUES - 3.5 - A sua equipa fez uma fraca primeira parte, sem velocidade e sem pressão aos jogadores do Sporting, mas podia ter marcado com duas bolas a bater nos ferros da baliza de Adán; na segunda parte subiu as linhas mas raramente incomodou a sério a defesa do Sporting.

TIAGO MARTINS (Árbitro) - 3.5 - É um árbitro que marca poucas faltas mas deixa o jogo correr, por vezes excessivamente, fazendo vista grossa a faltas flagrantes. Bem no capítulo disciplinar. No golo, apitou fora de jogo antes de terminar a jogada, felizmente que existe o VAR e resolveu bem.

VÍTOR FERREIRA (VAR) - 3.5 - Bem no golo, validando-o depois do árbitro apitar um fora de jogo inexistente. No golo invalidado a Tomás deixou algumas dúvidas, mas houve uma imagem que deixa a ideia de a bola ter passado a linha lateral e se passou decidiu bem.

publicado às 04:48

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds