Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As Notas de Julius 2021/22 (08)

Julius Coelho, em 25.09.21

Nesta rubrica, o leitor tem a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que eu atribuí aos jogadores do Sporting e a outros intervenientes do jogo com o Marítimo da 6.ª jornada da Liga BWIN, que resultou numa vitória por 1- 0. Golo de Pedro Porro (90+8'), g.p..

Jogo de um só sentido, mas macio da equipa do Sporting que provocou poucas vezes a intensidade que se exigia e que por isso quase que lhe saía bem caro. Adán não fez uma única defesa nos 101 minutos dados pelo árbitro. Nuno Santos voltou a ser bastante perdulário, podia ter resolvido o jogo muito mais cedo contra um adversário que apenas defendeu usando e abusando do anti-jogo. Vitória justíssima da única equipa que jogou para ganhar.

Screenshot (332).png

DESTAQUE - PEDRO PORRO - 4.5 - Depois de uma primeira parte menos conseguida voltou do intervalo com outra disposição, impôs outro ritmo no seu jogo dominando todo o seu corredor como quis, foi dos mais esclarecidos da equipa, atirou ao poste num remate muito semelhante quando contra o Ajax, por sinal o mesmo poste, e a bola não quis entrar. Voltou a marcar a grande penalidade com classe dando à equipa os 3 pontos que quase fugiam.

ANTONIO ADÁN - 3 - Foi espectador durante todo o jogo, nem deu para aquecer para o banho. O Marítimo, tirando um remate aos 20 minutos da primeira parte e que saiu por cima da trave, nunca incomodou a baliza do Sporting.

LUÍS NETO - 3.5 - Durante toda a partida a equipa empenhou-se sempre em construção de ataque contínuo o que não é propriamente a sua praia; quando foi chamado a intervir na defesa fê-lo sempre com compromisso e competência.

SEBASTIÁN COATES (cap) - 4 - Pelo dispositivo táctico montado pelo Marítimo com as linhas sempre muito recuadas teve sempre muito espaço à sua frente. À medida que o tempo ia passando e com o resultado inalterável foi percebendo que tinha que arriscar mais levando a linha da defesa mais à frente. Nos 10 minutos finais voltou a ser o ponta de lança mais letal da equipa, teve dois cabezazos que podiam ter tido melhor sorte e foi ele que ganhou a bola na área do Marítimo no lance que resultou na grande penalidade.

ZOUHAIR FEDDAL - 3.5 - Ainda não atingiu a forma que lhe reconhecemos. Tem tido alguns problemas físicos mas ontem pareceu já estar melhor, mais solto e mais rápido sobre a bola. Verdade que os avançados do Marítimo raramente incomodaram o último terço da defesa do Sporting. 

RÚBEN VINAGRE - 3 - Continua complicado conseguir soltar-se e jogar o seu futebol, numa noite mais tranquila a defender a equipa necessitava muito mais da sua colaboração nas acções ofensivas com outra competência que nunca conseguiu dar. Está a passar um momento difícil. 

JOÃO PALHINHA - 4 - O adversário encolheu-se lá atrás com as linhas o mais juntas possíveis e com isso provocou maiores problemas aos elementos do meio campo do Sporting que tinham que procurar inspiração para encontrar linhas de passe. Apareceu mais vezes em terrenos mais adiantados do que lhe é normal e por isso teve que construir mais do que destruir. Quase que marcava numa excelente iniciativa individual já dentro da pequena área do Marítimo, num ângulo difícil obrigou uma  defesa de recurso ao guarda-redes.

MATHEUS NUNES - 3.5 - Lutou bastante até ficar sem pilhas, o maior espaço que teve no meio campo para levar a bola foi estratégico do adversário, depois lá mais à frente ficava com menor espaço e sem ideias. Nunca se escondeu do jogo e tentou sempre forçar a linha defensiva do Marítimo com as suas diagonais, tentou empurrá-la e com isso criar linhas de passe nas suas costas para as entradas de Paulinho e Nuno Santos.

PABLO SARABIA - 3.5 - Apresentou-se melhor fisicamente, por duas vezes aclarou o caminho para isolar o Nuno Santos, mas está ainda num período de adaptação aos colegas, aos adversários, aos árbitros portugueses, enfim, ao futebol português. É lutador e parece disposto a assumir e participar no compromisso da equipa. Vai melhorar muito, porque vê-se bastante qualidade nas decisões que toma no jogo. 

NUNO SANTOS - 3.5 - Anda a cheirar o golo e estará muito perto de o festejar. Teve duas ocasiões perdidas em que com mais confiança teria marcado: uma delas a bola caiu como uma pena na trave e a outra levava boa direcção mas faltou intensidade no remate e permitiu o desvio do guarda-redes. Andou sempre solto lá na frente, à direita e à esquerda, ganhando muitas vezes as costas da defesa maritimista.

PAULINHO - 3 - É seu apanágio lutar sempre por cada bola, tentando criar intensidade nos lances que parecem quase mortos, mas ontem esteve particularmente desinspirado e quase sempre fora "dela". O autocarro do Marítimo tinha muitos 'rodados' lá atrás que lhe reduziram o espaço. Participou no lance do penálti, ganhando também nas alturas a bola vinda do Coates e que depois iria sobrar para o Jovane.

TIAGO TOMÁS - 2.5 - A sua principal característica como avançado é a velocidade, depois ficamos à espera de perceber quais são as outras e aí o cenário complica-se. Ficamos sem saber se é ponta de lança ou outra coisa no jogo. Terá sim seguramente que melhorar o seu remate - na zona do penálti não se fazem cócegas na bola, tem que fuzilar. Começa a ser hora de mostrar a utilidade que pode realmente dar à equipa.

DANIEL BRAGANÇA - 3.5 - A sua entrada foi decisiva para o ataque final à muralha do Marítimo. O jogo de construção melhorou substancialmente pela sua precisão e rapidez de passe e com a subida do Coates para junto do Paulinho o Marítimo sentiu dificuldades redobradas e a verdade é que se adivinhava o golo que acabou por aparecer.

JOVANE CABRAL - 3 - Sabe fazer muitíssimo mais, está uma sombra do Jovane que conhecemos, contudo, ainda executou um excelente passe na diagonal que encontrou o Porro no lance em que a bola foi ao poste; depois foi sobre ele que o guarda-redes cometeu a falta para penálti que mudou a história do jogo. Tirando isso, protagonizou demasiadas asneiras. Necessita de ganhar outra confiança.

RICARDO ESGAIO - 2.5 - Entrou para o lugar do amarelado Luís Neto  para trazer maior frescura nos movimentos de construção; era hora do tudo ou nada e o Marítimo já dava sinais de esgotamento e de poder vir a ceder, esteve pouco tempo em jogo para poder argumentar uma nota positiva.

BRUNO TABATA - 2.5 - Palhinha estava esgotado para poder ser o criativo que nunca foi, o Bruno mais fresco trouxe essa missão para os 15 minutos finais, foi o melhor período da equipa em que encostou verdadeiramente o Marítimo às cordas até ao golo da vitória.

RÚBEN AMORIM - 4.5 - Sofreu a bom sofrer no banco, viu a sua equipa sempre virada para o ataque mas sem grandes resultados pragmáticos. Face ao plantel à sua disposição não tinha grandes alternativas para poder surpreender no 'onze' titular; o adversário fechou-se a sete chaves num bloco muito junto e recuado, raramente se desmontou e era necessário mais velocidade e intensidade que alguns elementos da equipa não deram ao jogo. Tentou tudo, fazendo 5 substituições e com elas ganhou os 3 pontos já na 3.ª parte da partida.

JULIO VELAZQUEZ - 2.5 - Não terá assim tantos motivos como apregoa para se orgulhar do futebol da sua equipa; perdeu e deixou uma imagem feia de anti-jogo que deveria envergonhar qualquer treinador. A parte que teve de mais positivo foi as dificuldades que criou ao campeão nacional no seu estádio, com um esquema de grande união defensiva sempre com gente nas dobras e sem nunca se desmontar. Mas o guarda-redes do Sporting foi assistente privilegiado ao jogo.

JOÃO PINHEIRO (Árbitro) - 3 - Arbitragem esquisita, no início quis repetir o deixa andar do colega Tiago Martins e depois estranhamente foi apertando o critério das faltas, do oitenta passou ao oito e as faltas a beneficiar o Marítimo viu-as todas, mesmo as que não foram. Mas lá viu a falta rainha do jogo, deve-lhe ter custado assinalar o penálti.

HUGO MIGUEL - 3No lance capital do jogo corroborou a decisão do árbitro e não teve outros lances que o obrigasse a intervir.

publicado às 04:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


55 comentários

Sem imagem de perfil

De MAV a 25.09.2021 às 05:38

Tenho de concordar com as notas do Julius nāo vi o jogo. Só o resumo e parece que o Marítimo não quis jogar.
Vi RA na flash e na CI pareceu mais nervoso e pela 1° vez falou de anti-jogo, tenho a sensação que está a sentir as dores do plantel ser curto e as soluções não serem as mesmas. Acredito que RA vai encontrar soluções.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 11:10

Um bom dia de sábado a todos.

Não foi um grande jogo da equipa é um facto mas o que fez mereceu inteiramente ganhar os 3 pontos, seria de enorme injustiça ter empatado porque o Marítimo desisitiu logo de início de jogar o jogo pelo jogo olhos nos olhos. O Marítimo teve o que merecia.
Sem imagem de perfil

De Manuel Cunha a 25.09.2021 às 06:16

Só vi a primeira parte. Fizemos o suficiente para ganhar por mais que um. Marítimo fez pela vida. Feio, mas não é o primeiro nem será o último. Pena o Nuno Santos andar de pé frio.
Ainda bem que o penalty foi assinalado.
Dá a sensação que falta qualquer coisa.
SL
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 11:12

Falta o Nuno metê-las lá dentro e aquele poste não ser tão ingrato, já tirou 2 golos feitos ao Porro este mês.
Sem imagem de perfil

De Rui a 25.09.2021 às 07:19

Caro Julius, no final ficam os 3 pontos. P. Gonçalves faz falta com a sua pontaria, mas a equipa sabe compensar. Destaco a luta até ao fim, sem desistir. Falta neste tipo de jogos aquele finalizador que à mínima oportunidade consegue desbloquear o resultado, mas um jogador assim não se encontra por aí facilmente, e por valores acessíveis. Paulinho é diferente, faz mexer o ataque. Na falta desse jogador, toda a equipa ataca. Será um campeonato muito competitivo, mas a equipa até agora não tem desiludido.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 11:17

Pego na sua ultima frase, "a equipa até agora não tem desiludido".

A verdade é que sem 2 titularíssimo tem se aguentado bem. Neste Sporting fazem mais diferença as ausências pelas limitações que se conhecem e jogar quase 2 meses sem o melhor maracador do campeonato portugues óbviamente que faz mossa. A equipa tem que conseguir passar esta fase por cima porque quando regressarem os ausentes só pode melhorar ainda mais.
Sem imagem de perfil

De De Perry a 25.09.2021 às 08:07

As notas dó Julius estão corretas,, falta falar do relvado que está num estado lastimoso, o Sporting que nós últimos anos tinha resolvido em parte este problema, voltou a ter este problema, é uma pena pois só favorece quem defende. É uma pena a inoperância atacantes sem Pedro Gonçalves, e necessário muito esforço para ganhar e se sofrermos um golo não vamos lá,. Pois o Sporting dificilmente marca mais que um, é um sofrimento para os jogadores e para os sofredores. Ao plantel falta mais um avançado e um defesa, pois as soluções defensivas são poucas e com tantos jogos vai haver muitos cartões, onde os defesas são os mais amarelados, ontem foram os três centrais, e também lesões mais três pontos no bornal, mas não se iludam,
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 11:30

De facto caro amigo não entendo que um relvado novo e já são 2 nos ultimos tempos, levante enormes pedaços de relva durante o jogo, é bizarro ainda não terem acertado com o produto correcto. E defacto tem influência pois favorece as equipas mais pequenas que vêm para jogar para o empate.

Tem havido de facto alguma falta de sorte em lances que deviam dar golo, o Nuno e o Porro têm tirado tinta nos postes, nesse tipo de lances as possibilidades da bola entrar são sempre elevadas, só têm que continuar a insistir. É o plantel que temos, o grupo agarram-se sempre uns aos outros e é com essa força extra que vão passando as adversidades do jogo e acreditando sempre que podem ganhar.
Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 25.09.2021 às 08:54

O Sporting precisa urgentemente de um ponta de lança. Espero que em Janeiro vão buscar alguém, se já não for tarde de mais...
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 11:33

Dentro de algumas semanas mais ja temos o Pedro Gonçalves e com ele a equipa melhora substancialmente. Não gostei de ouvir que podia ter ido à faca, ficamos com a incerteza se a paragem será suficiente para a cura e se não estará a perder mais tempo.

Foi precipitação terem libertado o Pedro Marques, agora estaria a ajudar bastante.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 25.09.2021 às 16:54

"Foi precipitação terem libertado o Pedro Marques, agora estaria a ajudar bastante."

Sabemos que o Rúben Amorim só deseja dois jogadores por posição, de forma a todos terem oportunidade de jogar, mas também penso que o Pedro Marques seria útil, principalmente pelo seu instinto goleador. Ainda esta semana, no jogo da taça da liga pelo Famalicão, marcou dois golos plenos de oportunidade em cerca de 30 minutos.
Face ao rendimento actual do TT possivelmente o Pedro Marques seria melhor opção. Mas é apenas uma opinião e que à data não passa disso uma vez que as decisões foram tomadas noutro contexto.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 17:30

Pois, é que eu também penso igual, que o Pedro Marques seria melhor opção que o Tiago, porque tem outras coisas que o Tiago não tem.
Sem imagem de perfil

De Rui a 25.09.2021 às 17:14

É claro que há questões internas ao balneário que nós, adeptos, não estamos por dentro, mas também sou da opinião que P. Marques (e E. Quaresma também) teriam lugar este ano no plantel. Não é pela questão da poupança dos salários (não seriam por aí além, ao contrário de Soprar) e nestes momentos poderiam trazer algum contributo.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 17:32

Agora é o que temos nada mais a fazer, têm que se desenrascar e aguentarem-se bem na Liga até que voltarem os ausentes.
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 25.09.2021 às 21:05

Soprar tem um golo marcado e o midlesborough está em 18 lugar, para o ano está de volta
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 25.09.2021 às 22:48

O iphone faz correção automática
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.09.2021 às 22:50

Acredito...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.09.2021 às 13:27

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 14:59

Provoco a sua honestidade intelectual é pénalti perante os seus conhecimentos futebolistícos?
Imagem de perfil

De Greenlight a 25.09.2021 às 10:29

Caro Julius,
Vi, outra vez, o jogo no estádio. O ambiente compensa a falta de repetição das jogadas mais críticas. Também, no final, houve a compensação de ver o golo que a nossa equipa e a adversária mereciam, por o que uma fez e a outra não. Apenas algumas discordâncias. Assisti de perto, na primeira parte, porque estava do meu lado, à inexistência de Vinagre a atacar, foi um a menos; desta vez não comprometeu defensivamente mas fica-se na dúvida se isso não se deveu pura e simplesmente ao facto do Marítimo ter desistido de atacar. Com Nuno Santos no lugar dele, foi outra conversa. Quanto a Paulinho, não soube aproveitar a classificação de melhor em campo que o Julius lhe deu, injustamente, no jogo com o Estoril. No estádio foi ainda mais exasperante ver a inoperância de Paulinho. O Julius pode dar-lhe os incentivos que quiser, mas com exibições medíocres, como a de ontem, Paulinho não contribui positivamente para a equipa. Finalmente e para acabar com uma nota positiva, grande Porro, pelo que jogou e pelo que incentivou a equipa e...o público.
SL
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 11:45

Caro amigo o Vinagre de facto tem tido pouco ácido e deixa sempre a salada sem gosto e não temos mais ninguém para aquele lado que não sejam adaptações. Mostra em alguns lances pormenores de alguma qualidade mas depois não lhes dá seguimento. Dá a ideia que se acomodou sentindo-se envaidecido por ser jogador do Sporting, terá que abrir a pestana porque o precipício anda ali mesmo ao lado dele e tem que sair dali o quanto antes, se cai "ya te fuiste".

Paulinho está intermitente mas quem temos para o substituir? O corre corre Tomás? O miudo em cima da marca do penalti faz um passe para o guarda redes em vez de fuzilar.
Dos suplentes o único que realmente mexeu a sério no jogo foi o Daniel.
O Sporting voltou ontem a ser forte na 3ª parte do jogo após as substituições, onde na época passada fez muitos pontos nesse período.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 11:47

Green só mais uma nota, apesar do jogo menos conseguido do Paulinho ele teve papel decisivo no lance que levou ao penalti.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.09.2021 às 10:55

Bom dia Julius a semana passada não concordei com a nota e o destaque ao Paulinho como acho que Vinagre não merece a nota positiva hoje. Pote faz muita falta porque é o único avançado da equipa que consegue a meter lá dentro.
Abraço
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 25.09.2021 às 10:56

Desculpe não fiz o registo o comentário acima é meu
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 11:51

No jogo no Estoril o João Palhinha esteve soberbo de facto mas o Paulinho rematou muito e de forma correcta mas a bola teimou em não entrar.

Até que concordo consigo que a nota do Vinagre está valorizada por excesso e ele melhor que ninguém também o saberá, não se pode queixar nunca por falta de apoios inclusive do próprio treinador, esperemos que se acalme e abra a pestana porque o tempo na vida passa sempre muito depressa e terá que saber aproveitá-lo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.09.2021 às 16:27

Foi de longe o pior jogador do Sporting. Quase sem a necessidade de defender, nunca fez a ala como compete e contribuiu pouco ou nada para as manobras ofensivas. Mais vezes do que não, avançava um pouco no terreno e depois passava para trás para um dos centrais.

Nuno Mendes deixa muitas saudades!!!

P.S.: Não sei em que forma está o Nazinho, mas talvez que Amorim lhe devia dar uma oportunidade. Vinagre está a levar muito tempo a integrar-se no sistema de jogo da equipa, quiçá a arriscar a opção de compra no final da época.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 17:35

Se continuar neste registo óbviamente que o Rubén irá reconsiderar na continuidade da sua utilização, ficou sim e já uma espécie de aviso publico do treinador, veremos agora como reage nos próximos jogos.
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 25.09.2021 às 22:23

Gostei de Nazinho na pré temporada, merecia uma oportunidade veremos no decorrer da época se tem uma oportunidade na taça da liga ou na taça de Portugal e a agarra.
Quando Gonçalo Inácio regressar e sendo já um titular indiscutível quem acham que deve sair?
Eu pelas últimas exibições não tirava o Neto.
Em relação ao sistema e principalmente nos jogos em casa não sei se devíamos fazer algo que Keiser fazia com Borja e Acuna, que era jogarmos com e eu não acredito que vou sugerir isso só porque não gosto do jogador mas enfim, jogarmos com o Matheus Reis e o Nuno Santos, e no momento defensivo o Matheus encostava aos centrais e o Nuno descia e no momento ofensivo o Nuno subia e o Matheus abria na lateral
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 25.09.2021 às 10:57

Caro amigo Julius

O jogo foi de grande stress para quem está de fora, um sufoco, a equipa deu tudo, lutou até ao fim e foi por isso que conseguiu vencer. Não faltou atitude, mas faltou criatividade e velocidade no jogo.

Gostei muito do trabalho do Nuno Santos, foi até à exaustão, teria sido perfeito se tivesse marcado um golo. Estava no lugar certo para marcar, é um jogador que não se esconde, mas na verdade tem que conseguir maior frieza no momento do remate para golo. Pote faz muita falta para desbloquear estes jogos.
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 25.09.2021 às 11:08

Ontem no fim do jogo publiquei no Facebook a foto de duas garrafas de vinho com a seguinte frase a dose recomendada para assistir aos jogos do sporting sem sofrer um enfarte. Resume o que foi o jogo.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 11:57

Casa Santos Lima Algazarra é dos vinhos que mais fazem parte da minha garrafeira caro amigo, nunca lá falta
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 12:03

Aquele remate cruzado do Pote levava a direção certa tal como quando do jogo contra o Ajax, foi um lance a papel químico, tenho sérias duvidas se o raio daquele poste estará mesmo bem fixo, se não se move.
Creio que o Matheus Nunes não estará tão talhado para estes jogos contra adversários que entregam os espaços do meio campo.
As caractristicas do Matheus é a passada larga e a segunda velocidade como fazia o António Oliveira e quando se joga só no ultimo terço do terreno essas caractristicas perdem efeito. Quisá seja melhor a entrada do Daniel para esse tipo de jogos.

O Nuno anda lá muito perto e estou convicto que "aquilo" é mesmo a rolha do ketchup que está bloqueada e depois de aberta será...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.09.2021 às 12:47

Até o julius sente a falta do Pote, até escreveu o nome dele no lugar de Porro
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 25.09.2021 às 12:48

Outra vez não fiz o registo isto hoje não está fácil
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.09.2021 às 12:56

Deve estar tempo de trovoada aí nos Açores!
Perfil Facebook

De Fúlvio Amaral a 25.09.2021 às 13:07

Por acaso está um lindo dia 😂🤣, mas como estou no ginásio depois de publicar é que me lembro do registo
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 13:11

Pois como um certo jornal escreveu, Porro!! que estava difícil.
Sem imagem de perfil

De RCL a 25.09.2021 às 14:42

Leão Zargo
O problema do Nuno Santos é que "não tem pé direito". Os grandes jogadores marcam com os 2 pés, de cabeça e até, como Jardel, de bunda.
Mas Nuno Santos é muito útil, é explosivo, mexe com o jogo. Esta a sentir a falta do parceiro, Pedro Gonçalves.
SL
Sem imagem de perfil

De Luis Moreira a 25.09.2021 às 11:48

Quando o Pote voltar não pode ser o Nuno Santos a sair .Juntamente com o Porro é nele que há potência de remate e velocidade .
Sarabia trouxe técnica e visão . Paulinho e companheiros vão sair beneficiados.Há muita intensidade misturada com nervosismo o que não ajuda na finalização.
Paulinho joga para a equipa mas Rubem A tem que decidir que Paulinho quer . Não podemos ter o PL sistematicamente a chegar atrasado à finalização.
Jogamos bem e ganhamos bem .De acordo com as notas atribuídas
Abraço leonino
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 12:07

Tocou no busílis caro amigo, não podemos ter o ponta de lança sistemáticamente a chegar atrasado, é um aspecto que o Rúben terá que repensar e trabalhar melhor porque de facto é o que tem acontecido.

No geral o jogo da equipa é agradável de ver, porque se entregam todos de corpo e alma mas tem detalhes que terão que ser melhorados, terão que ter melhor eficácia principalmente dar maior velocidade à bola.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.09.2021 às 13:03

Construção de jogo por vezes muito vagarosa com excesso de passes entre os centrais.

Uma coisa estranha que ainda ninguém mencionou: Feddal, que é esquerdino, não consegue executar passes para a ala esquerda, mesmo com um colega completamente desmarcado. Procura sempre o centro do terreno e o flanco direito.

Deve ser um qualquer complexo porque com o pé esquerdo devia ser a acção mais natural. Olha, olha e 9 em 10 vezes não faz o passe para aquele lado.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 13:10

Tem falhado alguns desses passes e perdeu confiança a voltar a fazê-los, esse passe tem que ser bem metido para não sair pela linha lateral e ao mesmo tempo permitir ao colega uma recepção orientada e pela necessidade da precisão perdeu confiança.

Quando estiver melhor fisicamente voltará a fazê-los, sentirse-á mais confiante.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 25.09.2021 às 16:31

Desculpe, mas não aceito essa explicação. A condição física dele não desculpa a má execução técnica.

Aliás, até lhe digo que não estou a gostar nada dele esta época. Que venha o Gonçalo Inácio para o lado esquerdo e deixar o Neto na direita.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 25.09.2021 às 13:12

Boa tarde Julius,
No geral concordo com a sua análise às prestações individuais dos nossos craques.
É sempre complicado jogar contra equipas que praticamente só defendem como foi o caso de ontem, mas exigia-se maior intensidade do nosso jogo e também maior acerto no capítulo da decisão e do passe.
No final caiu a vitória, foi merecida mas caiu do céu, prémio justo.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.09.2021 às 15:03

Contra equipas que recuam demasiado as suas linhas na verdade vejo a solução do chuveirinho a melhor e os advesários sabem que não temos ponta de lanças para isso e que o Coates só sobe nos ultimos 10 minutos se o resultado se mantiver empatado.

E foi no chuveirinho e já com o Coates lá que o Marítimo abanou como varas verdes.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo